Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

"4G" vs "LTE" no iPhone 6


Posts Recomendados

Olá, pessoal!

 

Tive a oportunidade de ir aos EUA nas últimas semanas e aproveitei para comprar o iPhone 6 \o/

 

Estou adorando o aparelho. Eu tinha um iPhone 4S. A evolução é incrível. 

 

Como faço sempre que vou aos EUA, eu comprei um chip pré-pago T-Mobile logo no primeiro dia. No iPhone 4S, o ícone de conexão da T-Mobile é "4G", o que para a T-Mobile (e acho que para a AT&T também) significa um 3G melhorado (UMTS). Como todos sabem, o iPhone 4S não tem suporte a LTE.

 

Quando troquei para o iPhone 6, o ícone mudou para "LTE" e a velocidade ficou realmente espantosa. Conseguia publicar vídeos no Instagram em menos de um segundo, coisa que não consigo nem em wi-fi aqui no Brasil, por exemplo.

 

Voltei ontem para o Brasil e reparei que o meu sinal aqui em São Paulo (Claro) é marcado como "4G", não "LTE". Não consegui ainda sacar se a velocidade é boa ou não (não quero rodar Speedtest para não matar a franquia de dados).

 

Afinal, estou em LTE ou não? Algum dos colegas aqui conseguem ver o ícone "LTE" no iPhone na Claro? Fiz o teste com amigos que também usam Claro e todos vêem "4G".

 

Valeu! Abraços!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não sei, mas talvez tu tenha usado uma rede LTE-A (de "advanced"), que é uma melhora do LTE (ou 4G). Não é uma nova geração de comunicação (o que seria a 5G), mas é como se fosse uma "4.1G".

Vale salientar que o 4G brasileiro teoricamente teria uma alta velocidade de transmissão, já que a frequência de operação (2.5GHz) é uma das mais altas.

Quanto maior a frequência, mas alta pode ser a taxa de transferência de dados, porém o alcance do sinal é menor. Ou seja, para cobrir a área de uma cidade, por exemplo, são necessárias muito mais antenas - o que não é algo muito inteligente em um país pobre.

Isso vai mudar com a nova frequência que foi licitada, de 700MHz. Não estranhe se as operadoras empurrarem com a barriga o 4G até puderem instalar antenas com a nova frequência.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não sei onde li, faz um tempo, mas pelo que lembro, o LTE é um termo mais "global" que o 4G. Portanto, redes mais rápidas que talvez não sejam consideradas apenas 4G, podem fazer parte do termo LTE. Posso estar falando besteira, mas é como se o mínimo que o LTE alcançasse fosse a velocidade de um 4G normal, mas tem também a opção de alcançar velocidades superiores com tecnologias mais avançadas.


Boa noite Adriano.
Eu sei que não tem nada haver com a sua pergunta, mas gostaria de saber como vc faz com o chip da T-mobile, pois eu vou para os EUA em janeiro e estou super em dúvida quanto a isso.

Obrigado !!!

Amigo, sei que a pergunta não foi pra mim e também nem cheguei nos EUA ainda, mas pelo que andei pesquisando, vou comprar um nano-SIM pré-pago e aderir ao "pay by the day". Onde você bota uma valor X de créditos e cada dia que usar (dependendo do que usar) vai consumindo seus créditos. Pelo que vi, são $3/dia para ter ligações, sms e internet 4G ilimitados. E $2 com internet 2G. A dificuldade pra encontrar esse chip/plano eu não sei, mas vou optar por esse plano quando chegar lá.

 

http://prepaid-phones.t-mobile.com/pay-by-the-day-cell-phone-plans

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não sei onde li, faz um tempo, mas pelo que lembro, o LTE é um termo mais "global" que o 4G. Portanto, redes mais rápidas que talvez não sejam consideradas apenas 4G, podem fazer parte do termo LTE. Posso estar falando besteira, mas é como se o mínimo que o LTE alcançasse fosse a velocidade de um 4G normal, mas tem também a opção de alcançar velocidades superiores com tecnologias mais avançadas.

Amigo, sei que a pergunta não foi pra mim e também nem cheguei nos EUA ainda, mas pelo que andei pesquisando, vou comprar um nano-SIM pré-pago e aderir ao "pay by the day". Onde você bota uma valor X de créditos e cada dia que usar (dependendo do que usar) vai consumindo seus créditos. Pelo que vi, são $3/dia para ter ligações, sms e internet 4G ilimitados. E $2 com internet 2G. A dificuldade pra encontrar esse chip/plano eu não sei, mas vou optar por esse plano quando chegar lá.

 

http://prepaid-phones.t-mobile.com/pay-by-the-day-cell-phone-plans

Ah valeeu !!! 

Eu também estava de olho nessa plano. 

Espero que tenha um bom custo beneficio e que não seja impossível de se encontrar.

 

Obrigado !!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não sei, mas talvez tu tenha usado uma rede LTE-A (de "advanced"), que é uma melhora do LTE (ou 4G). Não é uma nova geração de comunicação (o que seria a 5G), mas é como se fosse uma "4.1G".

Vale salientar que o 4G brasileiro teoricamente teria uma alta velocidade de transmissão, já que a frequência de operação (2.5GHz) é uma das mais altas.

Quanto maior a frequência, mas alta pode ser a taxa de transferência de dados, porém o alcance do sinal é menor. Ou seja, para cobrir a área de uma cidade, por exemplo, são necessárias muito mais antenas - o que não é algo muito inteligente em um país pobre.

Isso vai mudar com a nova frequência que foi licitada, de 700MHz. Não estranhe se as operadoras empurrarem com a barriga o 4G até puderem instalar antenas com a nova frequência.

Diego,

Alta velocidade de transmissão não tem correlação com a freqüência. o 4G no Brasil está bem rápido porque poucos o utilizam.

Não sei, mas talvez tu tenha usado uma rede LTE-A (de "advanced"), que é uma melhora do LTE (ou 4G). Não é uma nova geração de comunicação (o que seria a 5G), mas é como se fosse uma "4.1G".

Vale salientar que o 4G brasileiro teoricamente teria uma alta velocidade de transmissão, já que a frequência de operação (2.5GHz) é uma das mais altas.

Quanto maior a frequência, mas alta pode ser a taxa de transferência de dados, porém o alcance do sinal é menor. Ou seja, para cobrir a área de uma cidade, por exemplo, são necessárias muito mais antenas - o que não é algo muito inteligente em um país pobre.

Isso vai mudar com a nova frequência que foi licitada, de 700MHz. Não estranhe se as operadoras empurrarem com a barriga o 4G até puderem instalar antenas com a nova frequência.

Diego,

Alta velocidade de transmissão não tem correlação com a freqüência. o 4G no Brasil está bem rápido porque poucos o utilizam.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Olá, pessoal!

 

Tive a oportunidade de ir aos EUA nas últimas semanas e aproveitei para comprar o iPhone 6 \o/

 

Estou adorando o aparelho. Eu tinha um iPhone 4S. A evolução é incrível. 

 

Como faço sempre que vou aos EUA, eu comprei um chip pré-pago T-Mobile logo no primeiro dia. No iPhone 4S, o ícone de conexão da T-Mobile é "4G", o que para a T-Mobile (e acho que para a AT&T também) significa um 3G melhorado (UMTS). Como todos sabem, o iPhone 4S não tem suporte a LTE.

 

Quando troquei para o iPhone 6, o ícone mudou para "LTE" e a velocidade ficou realmente espantosa. Conseguia publicar vídeos no Instagram em menos de um segundo, coisa que não consigo nem em wi-fi aqui no Brasil, por exemplo.

 

Voltei ontem para o Brasil e reparei que o meu sinal aqui em São Paulo (Claro) é marcado como "4G", não "LTE". Não consegui ainda sacar se a velocidade é boa ou não (não quero rodar Speedtest para não matar a franquia de dados).

 

Afinal, estou em LTE ou não? Algum dos colegas aqui conseguem ver o ícone "LTE" no iPhone na Claro? Fiz o teste com amigos que também usam Claro e todos vêem "4G".

 

Valeu! Abraços!

4G = LTE

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pelo que vi, são $3/dia para ter ligações, sms e internet 4G ilimitados. E $2 com internet 2G. A dificuldade pra encontrar esse chip/plano eu não sei, mas vou optar por esse plano quando chegar lá.

 

http://prepaid-phones.t-mobile.com/pay-by-the-day-cell-phone-plans

 

A franquia de internet 4G deste plano é de 200 mega por dia. Depois que ela é esgotada você passa para 3G e aí sim fica ilimitado. A ultima vez que usei a T-Mobile em NYC o 4G oscilava entre 12 a 16 mega e o 3G em média ficava em 5. Isto é apenas um relato da minha última experiência.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Valeu, gente, pelas observações. O foco da pergunta é porque a Apple criou um status bar icon "4G" e outro status bar icon "LTE". São coisas diferentes? Enfim, tenho percebido que minha conexão "4G" aqui no Brasil está bem rápida, mas não tão absurdamente rápida como era a "LTE" lá nos EUA. Mas pode ser simplesmente porque a internet lá, em geral, é melhor, sem ligação com o ícone etc.

 

Boa noite Adriano.
Eu sei que não tem nada haver com a sua pergunta, mas gostaria de saber como vc faz com o chip da T-mobile, pois eu vou para os EUA em janeiro e estou super em dúvida quanto a isso.

Obrigado !!!

 

Opa, beleza? Roaming internacional de celular (voz/dados) é um absurdo. Uma vez fui obrigado a fazer isso em Buenos Aires e me arrependi amargamente: qualidade de internet horripilante, limites diários minúsculos e uma fatura salgadíssima no final do mês.

 

Então, quando vou aos EUA, uma das primeiras coisas que eu faço é ir a uma loja da T-Mobile (em NY tem uma T-Mobile quase toda quadra, tipo Starbucks e farmácia Duane Reade) e comprar um chip pré-pago. É exatamente como o @Heit0r comentou: mais ou menos 3 dólares por dia, dados e voz ilimitados, velocidade 4G/LTE até 200 MB/dia. Não parece tão barato, mas é inifinitamente mais em conta que qualquer plano de roaming de qualquer operadora brasileira.

 

Basta pedir pra atendente um "pre-paid SIM", dizer quantos dias você vai ficar nos EUA e pronto. Em 5 minutos você tem uma linha americana com internet funcionando no seu celular. Dica: sempre estique sua estadia em um ou dois dias quando você for responder o atendente, porque ele SEMPRE calcula errado e SEMPRE os créditos acabam no penúltimo dia. Se isso acontecer, você pode ir a qualquer loja e fazer um "refill" facinho, mas a recarga mínima é de 10 dólares e você acaba desperdiçando dinheiro.

 

O pessoal costuma reclamar da T-Mobile, dizem que é a TIM americana etc, mas pelo menos nas minhas experiências em NY eu não tinha do que reclamar. O 3G é bem melhor que o brasileiro e o 4G/LTE é MUITO rápido. O sinal costuma sumir em algumas áreas, porém, e é certeza que em lugares subterrâneos/fechados você vai ficar sem celular (por exemplo, no subsolo do Rockfeller Center).

 

Criei o hábito de ir à T-Mobile porque, há algum tempo, nos EUA só ela operava em frequências compatíveis com os aparelhos vendidos no Brasil. Hoje em dia os celulares suportam mais frequências e você pode usar chip AT&T no seu aparelho brasileiro sem nenhum problema. Acho até que, dependendo do celular, você pode comprar chip até na Verizon ou na Sprint, que são operadoras CDMA. Mas não tenho certeza e, por isso, não recomendo. Pelo menos em NY, vai de T-Mobile que é garantido :)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Quando o 3G começou era 1 mega depois veio o 3G plus mais veloz o mesmo com o 4G que atinge velocidade rápida porém o LTE seria um avanço da própria tecnologia no Brasil a claro e tim tão liberando o sinal 4g ao máximo que podem mais já noto uma queda brusca e antes não reduziam velocidade da franquia 4G mais acabou a copa acabou a festa kk

Editado por fabio.laurindo
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Meu 4g da claro quando apenas com 1 ponto de sinal bate 22mb para download e 18mb para upload.

Já consegui alcançar 67mb de download e 48mb para upload.

 

Morei fora e sinceramente, o máximo que vi foi 42mb para download e não me lembro de upload, mas, não passava dos 20mb.

 

Lembrando que LTE e 4G são a mesma coisa.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Victor o 4G da Orange aqui em Paris bate 12 megas porém libera 90% da velocidade ou seja no real tráfego umas 6 vezes melhor que a claro do Brasil. No Brasil tenho plano claro no real é liberado apenas 20% da velocidade o LTE da Orange da velocidade de 50 megas e consigo no iPad Air baixar 1gb em 6 segundos

Editado por fabio.laurindo
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É que as operadoras americanas optaram por considerar as evoluções do 3G como sendo 4G, por exemplo, a AT&T considera o HSPA+ como sendo 4G, mas do ponto de vista técnico não é, trata-se apenas de uma evolução do HSPA.

 

Então, quando estiver nos EUA e o celular indicar "4G" significa que você estará utilizando uma rede 3G "melhorzinha". E quando indicar LTE significará que de fato você está em uma rede de 4ª geração.

 

No caso da Claro em SP penso que seja a mesma coisa, faça o teste de velocidade. A tecnologia HSPA+ permite no máximo quarenta e poucos Mb/s de download, mais que isso só no LTE.

 

http://www.att.com/esupport/article.jsp?sid=KB115951&cv=820

Editado por Odigooogle
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É que as operadoras americanas optaram por considerar as evoluções do 3G como sendo 4G, por exemplo, a AT&T considera o HSPA+ como sendo 4G, mas do ponto de vista técnico não é, trata-se apenas de uma evolução do HSPA.

 

Então, quando estiver nos EUA e o celular indicar "4G" significa que você estará utilizando uma rede 3G "melhorzinha". E quando indicar LTE significará que de fato você está em uma rede de 4ª geração.

 

No caso da Claro em SP penso que seja a mesma coisa, faça o teste de velocidade. A tecnologia HSPA+ permite no máximo quarenta e poucos Mb/s de download, mais que isso só no LTE.

 

http://www.att.com/esupport/article.jsp?sid=KB115951&cv=820

 

Sim, você está correto.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É que as operadoras americanas optaram por considerar as evoluções do 3G como sendo 4G, por exemplo, a AT&T considera o HSPA+ como sendo 4G, mas do ponto de vista técnico não é, trata-se apenas de uma evolução do HSPA.

 

Então, quando estiver nos EUA e o celular indicar "4G" significa que você estará utilizando uma rede 3G "melhorzinha". E quando indicar LTE significará que de fato você está em uma rede de 4ª geração.

 

No caso da Claro em SP penso que seja a mesma coisa, faça o teste de velocidade. A tecnologia HSPA+ permite no máximo quarenta e poucos Mb/s de download, mais que isso só no LTE.

 

http://www.att.com/esupport/article.jsp?sid=KB115951&cv=820

 

Valeu pela resposta!

 

Quando chegar perto do final da franquia eu mando ver um Speedtest e coloco os resultados aqui :)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É só você ir até a loja e pedir um pre-paid chip para o seu iPhone 6. Não tem mistério. A T-Mobile tem um plano que você paga 70$ e pode ligar para vários países de forma ilimitada. Além da franquia 4G-LTE ilimitada!

Boa noite Adriano.

Eu sei que não tem nada haver com a sua pergunta, mas gostaria de saber como vc faz com o chip da T-mobile, pois eu vou para os EUA em janeiro e estou super em dúvida quanto a isso.

Obrigado !!!

Cara, o consumo de dados em teste é irrisório.

Esse speed test consome aproximadamente quantos MB...?

Editado por Ralph Casoli
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe do debate

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, entre agora para postar com ela.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.




  • Conteúdo Similar

    • Por Desirée Oliveira
      No início do ano, a tela do meu computador MacBook Pro deu um problema e apareceram glitches incontroláveis. O aparelho é o modelo MacBook Pro 15” i7/ 2.6 Ghz/ 512 GB ssd/ 16 gb/ Touch Bar / Cinza Espacial e então decidi procurar uma Assistência Autorizada da marca no Brasil/SP. Fui até a empresa STI Tecnologia, deixei para orçamento e eles me instruíram a realizar a troca do display inteiro. O valor desse serviço era de R$ 5.475,00. O que se espera de um investimento desses é o máximo de qualidade e eficiência. Na época, entenderam que o problema existia a partir de negligência de uso - modus operandi da assistência. Acreditando no que me disseram, aceitei a proposta e seguimos com a troca do display.
      No dia 05 de Março, retirei o equipamento da loja e, naquele momento, me disseram que a garantia do serviço/peça era de 3 meses. No dia, questionei porque de ser tão pouco tempo, já que são peças originais, e a atendente me informou que era procedimento da Apple.
      O computador é a minha ferramenta de trabalho e é com ele que eu consigo sobreviver financeiramente. Os aparelhos da Apple não são nem um pouco acessíveis, assim como seus serviços. Ter essa ferramenta e realizar um serviço autorizado, com peças originais, não foi simples. Demandou muito investimento, suor e horas trabalhadas. Esse aparelho é meu patrimônio.
      Para minha surpresa, no dia 14 de Junho, alguns glitches voltaram a aparecer no meu equipamento e no dia 15 de Junho liguei para a STI agendando um horário para mostrar o que estava acontecendo. A empresa marcou horário para o dia 18 de Junho, pela manhã. Chegando lá, contei minha história para um novo atendente e ele chamou sua superior para entender como proceder. Após cerca de 20min de espera a resposta chegou: me informaram que a garantia havia vencido no dia 05 de Junho e não poderiam fazer nada sobre isso. O PROBLEMA VOLTOU A ACONTECER 9 DIAS DEPOIS DA GARANTIA DELES. A solução que me deram era de deixar meu computador novamente, realizar um novo orçamento e, provavelmente, ter que desembolsar um valor semelhante ou maior que o serviço anterior. Mas me deram uma alternativa: deixar o equipamento e, se eu não autorizasse o serviço, pagar uma taxa de R$100,00. Engraçado, pra não dizer trágico, é que o mesmo problema aconteceu com a máquina, mas dessa vez a negligência de uso não existia. Ou seja: será que não foi, desde o início, um problema de fabricação? Pedi para falar com o técnico responsável pela troca do display para me explicar um pouco mais do diagnóstico que ele tinha dado, mas ele se recusou a conversar comigo. 
      No momento, fiquei indignada! Como é possível 9 dias depois da garantia o equipamento original que eles trocaram não estar mais funcionando? O serviço deles foi tratado como alimento perecível. Os atendentes da loja disseram pra eu entrar em contato com o 0800 da própria Apple e então liguei, dali mesmo, para o número. E, após 30 minutos em espera, o call center me retornou com a mesma resposta. Aí eu fiquei ainda mais frustrada. Me senti roubada.
      O meu questionamento é: como pode uma empresa multinacional e uma representante de serviços da mesma reagir com tanto descaso ao consumidor? Me senti, e ainda me sinto, impotente por ter seguido as orientações e ter conduzido meu problema da maneira mais correta possível.
      Pra piorar a situação, levei em outra assistência técnica autorizada e eles me deram como diagnóstico "substituir o display completo que está danificado, não há como repará-lo". Palavras da própria assistência. E o valor do orçamento foi ainda mais caro que da primeira vez: R$6.565,00. Claro que não deixei lá, então tive que pagar uma taxa de R$180,00 dessa vez. 
      Estou sendo extremamente ridicularizada. Completamente impotente. Desesperada para que a Apple olhe para o meu problema. Confiei e investi na marca e estou passando por uma grande decepção. 
      Tentei contato em outros canais com a Apple e eles só me responderam via consumidor.org.br, no dia 21 de Junho. Até agora, dia 29 de Junho, nenhum outro update. 
       
      Mais alguém passou ou está passando por essa frustração? 
       

    • Por Fernando Braz
      Vendendo meu iPad Air pois não me adaptei, garantia até ano que vem.
      Acompanha Pencil de segunda geração, película já aplicada e case smart folio.
      Quero R$7.200 no kit completo.
      Mais imagens do equipamento no link abaixo:
      https://drive.google.com/drive/folders/1Wj4Q4ZslxOay-QB0muPpIJOqjr3gjDdM?usp=sharing
      Retirada em mão por SP e pagamento na hora via PIX.
       

    • Por Vitorino
      Meu iPhone 6 nao liga. Gostaria de saber se encontro serviço autorizado em Niterói.
      Obrigado !
    • Por NEOLIGHT
      Prezados, por gentileza gostaria de uma ajuda, talvez duas: hoje eu tenho um MBP late2013 que eu estou pensando em trocar por um MBP 13 M1 2020. Tenho também hoje o Magic keyboard que, embora tenha sido comprado aqui no Brasil, é de padrão internacional (sem cedilha). O laptop atual também tem o teclado internacional - foi comprado nos EUA em 2013.
      Daí as duas dúvidas da minha ignorância: 
      1) O MBP M1 vendido aqui no Brasil está vindo com teclado internacional (sem cedilha) ou ABNT (com cedilha)?
      2) No caso dele vir com cedilha, padrão ABNT, traria problema (no sentido de dor de cabeça, ter de ficar configurando toda hora) para o uso do Magic keyboard internacional?
      Muito obrigado a todos!
    • Por ederrp
      Pessoal estou criando esse tópico pois estou com diversos itens à venda, todos com anuncio no Mercado Livre:
      Sou de São Paulo capital - Zona Leste - Artur Alvim
      Segue meu contato por Whatapp para quaisquer dúvidas: 
      Eder R Pereira 
       
      iPhone 7 32gb - space gray desbloqueado.
      iphone 7 - ML
       
      Beats X - seminovo
      Beats X - ML
       
      AirPods 2 com wireless charger: pouco uso.
      AirPods 2 - ML
       
      Cabo Lightning - novo ORIGINAL 
      Cabo Lightning - ML
       
      EarPods Lightning - novo ORIGINAL
      EarPods Lightning - ML
       
      Earpods P2 - Original 
      R$70,00
       
      iPhone 4s - 16gb
      iPhone  4s - ML
       
      iPhone 6 - 16gb
      iPhone 6 - ML
       
       
       
       
    • Por saethkeller
      Olá!
      Estou usando o whatsapp gb no iphone 6, agora quero saber como usar o whatsapp sem perder o status após 24h. Como posso exibir o status personalizado no meu iPhone?
      Ajude-me a responder à pergunta?
    • Por Allan Yasikov
      Bom dia, tenho um iPhone XR e estou tendo o seguinte problema. Do nada a internet do 4G para, fica o ícone do 4G mas não navega, só volta se eu redefinir as configurações de rede ou colocar em modo avião e depois voltar a habilitar a internet. Minha operadora é a Oi RJ e estou usando o iOS 13.3. O que pode ser???
      Grato
    • Por heberdelia
      Tenho um iPhone XS Max de 256GB, comprado no Brasil, e utilizo um plano pós-pago da Claro com grande franquia de dados. Às vezes, por conta da necessidade, faço o compartilhamento da internet móvel com o meu MacBook Air (última versão do macOS Catalina instalada). No entanto, não pude deixar de verificar que, ao realizar testes de velocidade no SpeedTest, a velocidade diminui drasticamente ao fazer o compartilhamento com o laptop, enquanto que a velocidade fica muito acima quando utilizo a mesma rede 4G no iPhone. A minha dúvida é: essa situação seria provocada pela operadora, que propositalmente reduz a velocidade da minha rede, ou pode ser alguma limitação no próprio iPhone? Inclusive observei a mesma situação com a Apple TV, pois algumas vezes a internet aqui de casa caiu e compartilhei a do celular. Detalhe: aparelho fica bem perto do computador e da TV.
      Muito obrigado pela ajuda.
    • Por Gustavo Jaccottet
      Prezados,
      Tenho lido diversos tópicos, alguns deles com informações divergentes e até mesmo de teorias de que as operadoras podem desligar as Bandas 3 e 7 para prender os usuários a comprar os modelos que suportam a Banda 28, numa suposta "proteção", mas já adianto que isso é comercialmente e tecnicamente inviável diante das especificações do sistema LTE Advanced e LTE Advanced Pro. Quem tem um iPhone sem suporte à Banda 28, pode ficar tranquilo. 
      Há muita polêmica em torno dos modelos de iPhone "americanos" e "europeus e/ou Anatel", estes com o suporte à Banda 28, aqueles sem o suporte a banda 28, contudo ambos suportam as Bandas 3 e 7. O primeiro ponto a ser compreendido é o que significa ter um Smartphone que é compatível com as três bandas oferecidas ao consumidor brasileiro, exceto aos clientes da Oi, pois a operadora não oferece o suporte à Banda 28. Coletei alguns dados e aqui vai:

      1. 2.849 municípios brasileiros estão cobertos pelo sistema LTE Advanced, que nada mais é do que a possibilidade de um smartphone se conectar a duas faixas de espectro distintas, exemplo: o meu iPhone 11 Pro Max pode se conectar, simultaneamente, às Bandas 3 e 7, mas não à Banda 28. Se ele fosse compatível com a Banda 28, poderia haver a combinação com esta banda, lembrando que a conectividade se dá apenas com duas faixas de espectro distintas, a depender da oferta de sinal da Estação Rádio Base da sua Operadora;
      2. 1865 municípios brasileiros, entenda-se, destes 2.849 que citei acima, possuem Estações Rádio Base que permitem o LTE Advanced Pro. Quais as suas vantagens? a) ele pode combinar três faixas de frequência, leia-se, Bandas 3, 7 e 28, num espectro mínimo de 30MHz; b) conectividade 4x4 MIMO (apenas o iPhone Xs e o 11 Pro oferece, esta conectividade, os modelos X, Xr e 11, são 2x2 MIMO); 3) Modulação de 256QAM, que permite uma melhor transmissão de bits, melhorando o DL e o UL. 

      3. Claro e VIVO são as operadoras com o maior número de Estações Rádio Base e municípios atendidos pelo LTE Advanced.

      4. Agora vou ensinar a como saber a qual antena o meu Smartphone está conectado e a quais outras estações rádio base ele também está ou pode estar conectado, sabendo inclusive a respectiva banda:

      Usando seu discador, digitar *3001#12345#*. Discar. Vai aparecer um menu. Selecionar LTE ---> Serving Cell Info; Depois Back. Selecionar LTE Neighbor Cell Meas (aqui você vai ver as Estações Rádio Base vizinhas e qual o espectro de frequência presente em cada uma, a depender da Banda ali presente). Como vocês podem ver pelos prints abaixo, eu estou conectado a apenas uma antena, cuja conectividade é com a Banda 7. Este teste foi feito usando um iPhone Xs comprado no Brasil. Interessante notar que moro no interior do RS e não há, aqui onde estou, nenhuma Estação Rádio Base da Claro que ofereça suporte LTE a não ser a única que estou conectado. Como venho testado isso com bastante afinco, todas as demais, na Zona Urbana, oferecem as Bandas 3 e 7. Por ora não há a Banda 28, pelo menos aqui. 

      Até para servir de guia e tranquilizar aos demais colegas, peço que compartilhem, se possível, os seus dados com as informações de localidade, exemplo: Cidade de Pelotas, Bairro Três Vendas ou São Paulo - Capital, próximo ao Shopping Morumbi. 

      Com toda certeza teremos pessoas que vão atestar somente a presença da Banda 28 e da mesma forma, meu caso, quase sempre das Bandas 3 e 7, com alguns lugares, como o Bairro do Bom Fim, em Porto Alegre, onde há Estações Rádio Base com suporte às três bandas. E sempre lembrando que a coexistência das três bandas significa uma melhora significativa no uso de dados via LTE Advanced Pro, mas não se assustem, pois o LTE Advanced já oferece uma qualidade de sinal excelente e mesmo que milhares de cidades tenham a possibilidade de oferecer o LTE Advanced Pro, são poucos os locais, nessas cidades, que oferecem Estações Rádio Base com os três espectros.

      Abs.

      Gustavo
       




    • Por ericks
      Bom dia pessoal, de ontem para hoje percebi um comportamento estranho no botão home do iphone 6s (vinha usando sempre o botão virtual). Ele me parece ter um “click” bem suave quando pressiono bem de leve, como se estivesse frouxo. As vezes quando clico de canto ele faz um barulho um pouco diferente como se fosse dois clicks mesmo, um bem suave e o click real do botão. Não sei se é assim mesmo. Alguém também tem esse comportamento  no botão home (click suave).?
  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      52,7k
    • Total de Posts
      439,8k
×
×
  • Criar Novo...