Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

iTunes Match - Review (análise) do Guedes


Guedes - Brasília

Posts Recomendados

Assinei o serviço iTunes Match.

Desde o lançamento que eu gostaria de experimentar o serviço. A proposta de ter um espaço de 25.000 músicas na nuvem por $25 pareceu-me interessante.

O motivo para eu finalmente assinar o serviço foi que eu resolvi vender meu iPhone 4 de 32 GB pelo mesmo preço que comprei um novo iPhone 4S de 16 GB. Como 13GB do meu iPhone era ocupado por música, assinei o serviço para não sentir falta do espaço perdido com o upgrade de câmera gratuito (é que na minha opinião o upgrade do iPhone 4 para o 4S é simplesmente um upgrade da câmera).

Só para deixar clara a terminologia. Todas as músicas são analisadas pelo serviço e ficam em dois estados:

  • disponibilizado: Quer dizer que a Apple tem aquela música e permite você trocar seu arquivo pela versão da Apple com qualidade iTunes Plus (AAC 256 kbps) - ou seja, aconteceu o Match daquela música
  • carregado: Quer dizer que a Apple não tem (ou pensa que não tem) aquela música. O upload é feito e então fica na nuvem para você ouvir em todos os iTunes e iOS que você tenha.

Todas as músicas da minha biblioteca do iTunes foram adquiridas em CD, ou compradas na UOL Megastore e na 7digital.com.

A maior parte da minha biblioteca é de músicas evangélicas, e a quantidade de músicas disponibilizadas foi surpreendente. Cerca de 50% do total das minhas músicas (nem todas evangélicas, mas a maioria).

Álbuns de música evangélica nacional totalmente disponibilizados:

  • Aline Barros - Consagração (detalhe: Álbum não disponível para venda na loja)
  • Aline Barros - Deus Do Impossível (detalhe: Álbum não disponível para venda na loja)
  • Aline Barros - Jesus Vida Verão (detalhe: Álbum não disponível para venda na loja)
  • Aline Barros - Som de Adoradores
  • André Valadão - Diante Do Trono
  • Cassiane - Recompensa
  • Cassiane - Sementes Da Fé
  • Diante Do Trono - Tua Visão
  • Fernanda Brum - Glória
  • Fernanda Brum - Quebrantado Coração
  • Nívea Soares Diante Do Trono
  • Oficina G3 Acústico (detalhe: Álbum não disponível para venda na loja)
  • Oficina G3 Preciso De Ti (detalhe: Álbum não disponível para venda na loja)
  • PG - A Conquista
  • Stauros - Praise

Os álbuns internacionais e os não evang

élicos foram quase todos disponibilizados, com exceção dos discos de Roupa Nova, Scorpions, Trilhas sonoras da Disney e alguns discos independentes (Fabulosa Banda do Coringa por exemplo).

Estou citando a música evangélica porque é um tipo de música que pode ser considerado, de certa forma, alternativo. Os resultados de match com quem tem músicas mais comuns devem ser melhores ainda.

Todos os álbuns de música comum carregados (isto é, sem match com músicas da loja da Apple) foram estes:

20120205-kxxiuibd262nsma1fx583m1f3y.preview.jpg

Já os álbuns de música comum disponibilizados (isto é, com match) foram estes aqui:

20120205-fk8j5xacje76hcejcf5w3nk82a.preview.jpg

Alguns álbuns aparecem nas duas listas porque algumas faixas foram carregadas e outras disponibilizadas. De qualquer forma, dá pra ver que no caso das músicas comuns, a grande maioria foi disponibilizada.

Obs. Toda vez que eu tentei baixar um disco disponibilizado mas que não tinha para venda na loja recebi uma mensagem de que não foi possível encontrar a capa do Álbum.

Obviamente os discos independentes e de gravadoras como a Novo Tempo não foram disponibilizados e foram carregados sem problemas.

TODAS as músicas que eu comprei pela UOL Megastore e pela 7digital.com foram reconhecidas e disponibilizadas. Sem exceção. Fiz até uma lista inteligente para conferir.

Estavam em MP3 320 kbps e resolvi trocar pela versão da loja da Apple (AAC 256 kbps) depois de ler que o formato AAC oferece melhor qualidade de Áudio do que o MP3. Obviamente a diferença de qualidade foi imperceptível.

Ou seja, o serviço cumpriu 100% com a promessa feita no lançamento:

"Se você comprar suas músicas em outras lojas de músicas digitais nós substituímos pela versão vendida em nossa loja, economizando o upload e trazendo um eventual ganho de qualidade com o nosso formato iTunes Plus AAC"
.

Isto aconteceu com 100% das minhas músicas. Não tem como ser melhor.

JÁ com relação aos CDs que eu ripei, então embora alguns tenham sido totalmente disponibilizados, alguns foram parcialmente disponibilizados e outros tiveram que ser carregados.

Percebi que os CDs parcialmente disponibilizados tinham aquelas faixas vendidas em coletâneas na loja. Ou seja, embora o CD não esteja à venda na loja, algumas faixas apareciam em coletâneas diversas e eram reconhecidas.

Houve pelo menos um caso de disco que identifiquei que estÁ à venda na loja mas que não foi disponibilizado. Percebi que as músicas do meu CD tinham alguns segundos de diferença em relação a versão da loja - ou seja, a mixagem é diferente e isto faz com que o iTunes não reconheça a minha versão.

Nestes casos eu não estou substituindo a minha versão pela versão disponibilizada porque eu ripei todos os meus discos usando o iTunes na qualidade iTunes Plus, então acho que o arquivo do CD ou da loja deve ser a mesma coisa.

Saldo final:

  • 674 músicas na lista inteligente "Estado do iCloud = disponibilizado"
  • 660 músicas na lista inteligente "Estado do iCloud = carregado"
  • Satisfação: 100%

Conclusão: Algumas inconsistências aparecem com as músicas ripadas diretamente do CD e que deveriam ter sido disponibilizadas mas foram carregadas. Entretanto, tirando o tempo de upload o efeito final é o mesmo caso o CD tenha sido ripado pelo iTunes. Se o CD não foi ripado com o iTunes e não foi disponibilizado, o jeito de ter melhor qualidade é ripar o CD com o iTunes e aí carregar as músicas.

A contagem das músicas é incrementada mesmo quando ela é tocada no iPhone (com a opção de iTunes Match ativada). E mesmo depois de apagar e baixar a música de novo a contagem não é perdida.

As listas são sincronizadas com o iCloud: Isto é, aparecem no iPhone e também no meu outro iTunes no Windows do trabalho.

Nenhuma alteração nas informações das música, exceto na marca dÁgua de proprietÁrio das músicas que foram deletadas e transferidas de volta do iCloud.

Quando uma música é apagada e transferida de volta do iCloud ela ganha uma marca de "transferida por" e o nome da conta de quem transferiu a música de volta.

Exemplificando:

Antes de ser deletada do meu iTunes (esta música não foi disponibilizada, isto é, foi carregada porque a Apple não tem ela na loja):

20120205-k5b3dkx54u7f682j44kc1dnif1.jpg

Aí deletei a música, apareceu a nuvenzinha do lado dela, e baixei de volta do iTunes:

20120205-tpg9raj58yuu4iwurdywt36cr.jpg

Agora uma música disponibilizada pela Apple no iTunes Match. Antes de apagar a música do meu iTunes:

20120205-8w9bg5qbksc91d8e6tgwecg3hw.jpg

Depois de apagar a música e trazer ela de volta: (Reparem que tem ainda mais um campo de marca dÁgua com o meu nome!)

20120205-esficyc9phaxemyur1yef6k5d5.jpg

Agora vamos ao iPhone:

É opcional habilitar o iTunes Match também nos dispositivos com iOS. Pode-se carregas as músicas a partir do iTunes normalmente.

Em ajustes -> música tem a opção de habilitar o iTunes Match para o iOS. Se for ativado, não existirá mais sincronismo de músicas via iTunes. Tudo passa a ser feito via iCloud - semelhantemente ao que acontece com o sincronismo de contatos e compromissos.

Uma vez habilitado o iTunes Match então nuvenzinhas aparecem do lado de todas as músicas / artistas / álbuns que não estejam localmente no iPhone, indicando que se der um play, elas serão ouvidas por download. O download é tipo um streaming. A música começa a tocar quase imediatamente, mas quando o download termina o ícone de nuvenzinha some daquela música indicando que ela está localmente no iPhone a partir daquele momento.

20120205-xctdnytx7rspbuk4a1xtjwdae3.preview.jpg

Percebi que ao começar a ouvir uma música, as duas próximas faixas a serem tocadas também começam a ser baixadas para ficarem no iPhone.

20120205-fa8yf4rcga8d3b8xm971n31ef4.preview.jpg20120205-nc2f1eh46j2ujai3bjje5nsef9.preview.jpg

Em ajustes -> loja é possível determinar se o download de músicas pode ocorrer por 3G ou se deve ser feito exclusivamente por Wi-Fi.

Se você tentar ouvir uma música, mas não tiver rede no momento (por exemplo se você proíbe baixar músicas por 3G e não tem Wi-Fi na área) então só dá pra ouvir o que está previamente baixado, isto é, as faixas sem nuvenzinhas. Se ativar uma função como aleatório, ou listas, as música que estão na nuvem são ignoradas e as faixas locais são tocadas.

Ouvi muitas músicas ontem e hoje por 3G da Vivo DF sem problemas. Tirando o delay de alguns segundos ao começar a primeira música da sessão (não há pausa entre as músicas, só antes de começar a primeira), o resto fluiu sem problemas. Curiosamente, com o Wi-Fi do meu trabalho (muito sobrecarregado / ruim e lento) então a primeira música demorou uns 20 segundos para começar, e durante a reprodução as outras paravam no meio provavelmente porque o download estava muito ruim.

É o relatório.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Review muito legal!

Oficina G3 Preciso De Ti >> tem alguma coisa errada ai, não? Preciso de Ti é do Diante do Trono :P

Resgate, Oficina G3, Michael W. Smith, Casting Crowns, Stryper e Narnia :wub:

É mesmo! Erro de digitação... Oficina G3 - O Tempo é que seria correto. Não tem como editar mais, então fica aqui a errata.

Que bom que você curte musica cristã também! Ultimamente ando ouvindo só HB mesmo... e já vi que você é fã,

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É mesmo! Erro de digitação... Oficina G3 - O Tempo é que seria correto. Não tem como editar mais, então fica aqui a errata.

Que bom que você curte musica cristã também! Ultimamente ando ouvindo só HB mesmo... e já vi que você é fã,

kkk

HB é ótimo, e o DVD mais ainda, mas dei uma boa enjoada

A maioria que eu ouço é cristã http://goo.gl/W4Yp8 ^_^

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Definitivamente o algoritmo usado para fazer o Match das músicas não leva em consideração as informações de nome da faixa / artista / outras tags.

O serviço iTunes Match não mexe nas tags das suas músicas, então ele não serve para tagear as faixas sozinho.

Fiz o teste: Peguei uma música, chamei de track 1 e deixei todos os campos em branco. Era uma música do Apocalyptica que jamais tinha colocado no iTunes. Obviamente houve o Match, e a música foi reconhecida e disponibilizada. Mas como track 1 com artista e tudo em branco mesmo.

20120207-q471qtqs3dc78gda1peh4ir7yy.jpg

Existem programas que preenchem as informações sozinho, como o Tagscanner e o Tagalicious - o iTunes Match não vai organizar sua biblioteca do iTunes sozinho.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Excelente review Guedes. Estava com algumas dúvidas quanto ao funcionamento do Match e seu review me ajudou a tomar as conclusões que eu queria.

Realmente, esse novo "serviço" tem bastante utilidade, ainda mais que estou na mesma que você. Passei de um iPhone 4 32GB paraum 4S 16GB e senti uma falta absurda dos outros 16GB(ok, 13 e alguma coisa na verdade).

Bacana mesmo!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ultimamente, tenho sentido o problema que já foi reportado por outros usuários, que é o download mais demorado nas músicas carregadas. Nada muito grave, já que o download é razoavelmente rápido, considerando o nível do 3G brasileiro. Porém, é notável a diferença ao baixar canções disponibilizadas e carregadas.

Tirando isso, tudo fluindo às mil maravilhas por aqui.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Hoje comprei um CD em uma loja aqui da cidade, ripei ele com iTunes. Já tinha procurado o disco na loja da Apple e não aparece por lá. É o álbum "Restituição" do Ministério Apascentar de Nova Iguaçu. E não é que para minha surpresa rolou Match e o disco aparece como disponibilizado!!!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Sou evangélico, e todas as minhas músicas são gospel.

Você me recomenda utilizar o iTunes Match na conta americana ou migrar minha conta para a brasileira e ai sim assinar?

Valeu.

Recomendo criar uma conta brasileira e usar esta conta para o iTunes Match. Deixa a conta americana quietinha como está. E passar a usar a conta nacional o tempo todo no iTunes.

A questão do Match independe da nacionalidade da conta, percebi que álbuns que não estão para venda na conta brasileira, mas vendem na conta america, tem a música disponibilizada mesmo com a conta brasileira.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Blz, só me restou uma dúvida.

Minha biblioteca tá uma baderna geral. Se eu assinar o iTunes Match vai ajudar ou atrapalhar? Melhor eu organizar ela antes ou não?

O iTunes Match não ajuda EM NADA a organizar a biblioteca. Melhor seguir a dica: http://br-mac.org/2011/11/como-organizar-as-musicas-no-itunes-na-pratica/
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 3 semanas depois...

Guedes,

Li 50 vezes o seu tópico, mas para variar fiquei com dúvidas que discriminarei em topicos?

1. "Obs. Toda vez que eu tentei baixar um disco disponibilizado mas que não tinha para venda na loja recebi uma mensagem de que não foi possível encontrar a capa do Álbum" -> Como assim? Pode ocorrer a disponibilização sem constar na loja da Apple?

2. Um dos motivos que me cadastrei no ITUNES MATCH (IM) foi a falta de capacidade do IPHONE. Então após eu ter feito todos os procedimento e ter habilitado o IM do IPHONE, me veio um aviso que a bilbioteca iria ser substituida pela a do IM. Otimo. Feito isso eu apaguei manualmente todas as minhas musicas fisicas (que estavam em pastas) dentro do IPHONE atraves do ITUNES , mas quando eu conecto meu IPHONE no ITUNES e vejo a capacidade dele, eu vejo que ainda tem muito espaço em "azul" referente a cor de musicas. Como pode se eu as apaguei fisicamente? Porém quando eu clico na aba "musicas" de dentro do meu IPHONE, ainda aparecem as musicas. A pergunta é: essas músicas são as físicas que eu achei que tivesse apagado ou já são as do IM. Não entendi o meu IPHONE ainda conter uma barra em azul.

3. Como eu sei as musicas que foram carregadas das disponibilizadas? Vc consegue ver a distinção?

4. Como faço agora para mandar um cd comprado para o IM? Eu compro o cd normalmente e incorporo na minha biblioteca física do ITUNES e depois atualizo na aba LOJA - > ATUALIZAR IM. É assim? Ou já vai para a nuvem automático.

Att,

Eduardo.

Agradeço desde já pela avalanche de perguntas.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Opa!

Excelente review, Guedes!!

Finalmente entendi esse iTunes Match!

Obrigado.

Esse não foi um dos meus produtos favoritos da Apple. Essa questão de precisar de conexão para ouvir as músicas não me agradou muito, principalmente no iPhone. Prefiro abarrotar o HD com meus arquivos, hehe.

Grande abraço!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe do debate

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, entre agora para postar com ela.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.




  • Conteúdo Similar

    • Por ericlb
      Boa noite, pessoal!
      Segue descrição mais detalhada do aparelho:
      • Modelo: iPhone 11 Pro
      • Armazenamento: 64GB
      • Cor: Midnight Green (verde meia-noite)
      • Origem: Brasil (modelo Anatel comprado no Ponto Frio com NF em meu nome e carregador padrão brasileiro)
      • Data de ativação: 01/05/2020 (menos de um ano e meio de uso)
      • Garantia: Venceu em 30/04/2021, mas nunca precisou ser acionada.
      • Saúde da bateria: 83%
      • Motivo da venda: Consegui uma promoção interessante no 12 Pro e optei por fazer o upgrade.
      • Acessórios: O iPhone acompanha todos os acessórios originais (fone de ouvido + carregador USB-C de 20W + cabo USB-C para lightning) + capa de brinde.
      • Estado de conservação: Ótimo. Só não digo perfeito pois possui aqueles leves riscos na tela ocasionados pelos bolsos das calças e pela falta de película protetora, mas nada que seja visível durante o uso... apenas contra a luz (e com muito esforço, rsrs) é possível observar – sou perfeccionista e reparo nesse mínimos detalhes, então gosto de mencionar para que o comprador esteja ciente também.
      FOTOS: https://drive.google.com/drive/folders/1QQfP9CESpv3ZzTG2Wp3tJwXCejaV_ms2?usp=sharing
      Tenho diversas referências aqui no fórum como comprador e vendedor. A quem interessar, me avise que passo.
      A respeito do preço, vi uma média de R$4.000,00 a R$4.500,00 dependendo do estado do aparelho, então pensei em pedir no meio dessa faixa, em torno de R$4.300,00, mas posso negociar.
      Sou do Rio de Janeiro e dou preferência para o negócio presencial, mas posso fazer via MercadoLivre para segurança de ambas as partes caso o interessado seja de outro estado.
      Grande abraço a todos e bons negócios!
    • Por Erwin Kopp Xavier
      Vendo iPhone X de 64gb, sem muitos detalhes.
      Acompanha caixa e carregador, saúde da bateria 85%.
      Detalhes apenas nas laterais, como pode ser visto nas fotos.
      Valor: R$ 2.200,00 via PIX ou Mercado Livre.
       
      Fotos: https://photos.app.goo.gl/XLWwp7Xw64RTPdvz7
    • Por Rodrigo S. Dias
      Vendo iPhone 11 128gb roxo, com 4 capas (1 neutra e 3 femininas), carregador e cabo, bateria em 80%. Sempre usado com capa e película. 
      Valor: R$3.600,00





    • Por raffa_iphones
      Olha que interessante como o design vem evoluindo, onde a imagem vem sendo cada vez mais importante.

    • Por Gironelsoniano
      Recentemente como queria muito migrar do Android para o iOS, consegui um rolo pra trocar meu Motorola num iPhone 6S, pois é o modelo mais acessível que ainda tem atualizações de segurança e de sistema da Apple.
       
      O rapaz me passou todas as informações que pedi pelo Whatsapp.
       
      Segundo ele o iPhone era de sua esposa, ele já pegou o aparelho de segunda mão do primo.
       
      Pedi a ele o IMEI, também o número de série, e verifiquei os dois, tudo nos conformes.. nada errado.
      Ele disse que não tem a nota fiscal e não dá pra tirar uma segunda via.
      Seguindo a recomendação de um vídeo do YouTube, vou fazer a restauração de fábrica do aparelho na hora da entrega, pois assim poderei verificar se não existe bloqueio no iCloud. (O famoso golpe do bypass)...
      - Não vou entregar meu Android pra ele até fazer o teste da formatação e também se ele vai fazer e receber ligação...
       
      Estou sendo paranóico ou minha preocupação é válida? Lembro que vai ser meu primeiro iPhone e não quero ter problemas. Pois não posso ficar sem celular.
    • Por Fernando Braz
      Fala galera, to passando meu iPhone 11 PRO em perfeito estado, sem detalhes pois sempre foi utilizado com película e capinha.
      Acompanha aparelho, cabo e carregador original, caixa e a capinha original também.
      Quero R$5.500 e o pagamento será na hora via pix, estou em SP.

    • Por Ian
      Fala pessoal! 
      Tive que trazer um tópico aqui que vi e particularmente achei absurdo de sinistro. Infelizmente hoje em dia na rede nós escutamos tudo quanto é tipo de coisa... Eu geralmente quando tenho algo a esclarecer que considero relevante, busco entrar em contato direto com o fabricante e esclarecer alguma duvida ou solicitar alguma instrução que nao esteja clara no site deles.
      Pois bem, acabei de ver alguns videos de uma galera dizendo sobre os malefícios do carregamento de iPhone dos 80 aos 100%, achei bizarro. E olha que to falando de uma galera pesada ein? Influencers mesmo... e geral nos comentários apoiando e de acordo com o conteúdo. 
      Eu tenho um aparelho que me rende o dia inteiro de carga tranquilo, já existe uma função de carregamento otimizado, por qual razão eu iria me privar de ter uma bateria 100% a ter 20% a menos? Em prol do que? Nao é possível que os engenheiros do fabricante projetaram algo que dure X horas e o melhor uso desse equipamento é utilizando apenas Y horas.
      Does it make sense?
      Dei uma pesquisada com uma galera técnica aqui da Europa que são expert na maça, e única coisa que escuto é, apenas faça um uso racional do seu aparelho. Caso voce tenha uma rotina de carrega-lo todos os dias a noite toda e utiliza-lo o dia inteiro, assim o faça. A constância ajuda na vida util. Caso consiga manter por um ano essa rotina de 1 carregamento norturno para 1 uso diurno sem queda, significa que após 1 ano voce estará com a bateria pouquíssimo degradada. 
      Mas e ai, qual é dessa galera que diz que se deve carregar a bagaça apenas ate os 80% ?
       
    • Por Ian
      Fala pessoal! Espero que consigam me ajudar nessa. 😃
      Vamos lá! 
      Partindo do ponto de princípio que nossos aparelhos funcionam com bateria íons e tenham uma vida por ciclos, e haja um limite de vida útil de bateria, pensei em tentar preserva-lo usando ele com 100% de carga no PowerBank (tipo o que acontece com o uso do smartcase apple). Tenho um PowerBank da GorilaShield nano, a bateria é autêntica, nada “vagabundo”ou pirata, bastante confortável e comecei hoje a por em prática essa ideia. Já adianto que meu aparelho não esquenta, meu uso também não é tão intenso relacionado a jogos e vídeos, sou bastante sensato, e, caso esquente irei parar imediatamente de usá-lo enquanto conectado na bateria. Mas a ideia é seguindo a seguinte teoria: se meu aparelho está 100% carregado e passa o dia no PowerBank, logo ele estará consumindo a bateria do PowerBank e não do aparelho, preservando assim a quantidade de ciclos. Seria mais ou menos como funciona o smartcase da própria Apple. Tenho um iPhone XS, garantia até fevereiro 2022, hoje com 204 ciclos de bateria. Minha bateria dura o dia inteiro mas estou disposto a começar essa experiência com o PowerBank.
      Isso faz sentido pra vocês? Tem lógica?
      Alguém sabe me dar uma informação precisa sobre isso? 
    • Por Poblan
      Gostaria de saber se existe alguma automação para que o iPhone pare de carregar quando a bateria atingi 80%?

    • Por Jeferson Pessanha
      Olá amigos!
      Recentemente descobri uma falha bizarra no iPhone 12 Pro Max, ele simplesmente trava ao se tentar editar uma foto, vários usuários estão reportando o mesmo problema, porém nada muda...
      Alguns usuários dizem que foi após a última atualização do iOS
      Com quem reclamar?
      Google ou Apple?

  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      53k
    • Total de Posts
      442,3k
×
×
  • Criar Novo...