Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

[Processadores] Haswell: atraso em relação ao Ivy Bridge


Posts Recomendados

E descontos de até $650 no modelo atual já começaram. Há um modelo com SSD de 512 GB por apenas $1,548.99. Com essa notícia é difícil acreditar que só veremos um novo MacBook retina em outubro, mas talvez seja apenas algo relacionado ao período escolar norte-americano.

Também achei estranho essas notícias, Sigma!

Acredito que a Apple esteja testando o mercado, para encontrar o valor certo para os seus Mac retina! Talvez o modelo de 13" tenha encalhado bastante...

 

Mas também pode ser um bom indicativo de mudança de versão.

São tantos rumores, suposições, dados, etc...  que a gente fica sem saber o que a Apple, de fato, está tramando!

 

 

Falando em mercado, alguém tem dados da Apple Brasil?

Será que vendeu mais de 100 unidades do retina? As vezes fico me questionando se a Apple ganha algum dinheiro no Brasil, com vendas apenas de computador!

Os preços são inimagináveis...

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 109
  • Criado
  • Última resposta

Top Postadores Neste Tópico

Top Postadores Neste Tópico

Posts Populares

Nesse Benchmark fica claro que a intenção da Apple é abrir mão das GPUs dedicadas. Parece que aquele rumor que estávamos falando há meses está realmente tomando forma. Talvez esse seja o ano da transi

Eu estou jogando de boa Crysis 3 em meu iMac 2011 mas claro que não é nas configurações máximas. Eu diria que quem deseja gráficos no ultra precisará de uma VGA dedicada, mas para os que não sejam tão

Sigma, eu penso o seguinte. Se o jogo foi concebido para rodar no talo, então que seja rodado no máximo. O seu exemplo de jogo foi o pior de todos. Crysis 3 atualmente tem o melhor gráfico dentre os j

Só no mercado livre eu vejo a venda de milhares de venda de Macbook Pro Retina.

 

Vou ser mais um dos compradores de lá se minha viagem de janeiro furar...

 

O consumidor brasileiro é um fenômeno. Li mo MM que a expectativa da Apple é um faturamento anual próximo ao hum bilhão de reais (ou dólares, não lembro), apenas com a Retail Store do Rio. Nem todas as Magazines de SP e do RJ faturam isso sozinhas. Ou a Apple está preparando preços mais baixos com a Retail Store ou pretende empurrar guela abaixo os preços que já estão em vigor. Não faz sentido que um estrangeiro compre seu MacBook aqui, estando apenas de passagem, salvo em caso de extrema necessidade. A Apple projeta um faturamento semelhante ao da Loja da 5a Avenida e do Louvre. 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

O consumidor brasileiro é um fenômeno. Li mo MM que a expectativa da Apple é um faturamento anual próximo ao hum bilhão de reais (ou dólares, não lembro), apenas com a Retail Store do Rio. Nem todas as Magazines de SP e do RJ faturam isso sozinhas. Ou a Apple está preparando preços mais baixos com a Retail Store ou pretende empurrar guela abaixo os preços que já estão em vigor. Não faz sentido que um estrangeiro compre seu MacBook aqui, estando apenas de passagem, salvo em caso de extrema necessidade. A Apple projeta um faturamento semelhante ao da Loja da 5a Avenida e do Louvre. 

 

Cara, se a Apple conseguisse vender a preços mais realistas... 

Eu acho que a propria política tributária do brasil impede que a Apple tenha esses números aqui. Fala sério, quem compraria a 12 mil um Mac que pode comprar a 7 mil no mercado paralelo como a galera tem feito!!

Agora em items onde a diferença é pequena, como nos iPhones e iPad, até acredito que vá vender um horror. Mas em termos de Macs... não vai ser "o bixo".

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, se a Apple conseguisse vender a preços mais realistas... 

Eu acho que a propria política tributária do brasil impede que a Apple tenha esses números aqui. Fala sério, quem compraria a 12 mil um Mac que pode comprar a 7 mil no mercado paralelo como a galera tem feito!!

Agora em items onde a diferença é pequena, como nos iPhones e iPad, até acredito que vá vender um horror. Mas em termos de Macs... não vai ser "o bixo".

 

Sem dúvidas. A diferença de um iPhone, com o dólar paralelo, está inferior a R$500,00. Algo que antes era de quase R$1.000,00 ou mais. No caso dos iPads o mesmo. Já nos MACs concordo piamente contigo.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Descobri uma coisa interessante, de verdade. É possível conectar uma placa de vídeo no MacBooks pela porta thunderbolt. Ok, não é uma solução nada portátil, mas se as pessoas conseguiram fazer isso, caseiramente, não há nada que impeça a Apple de lançar os MacBooks sem uma placa dedicada visando a duração de bateria, e, depois, você poderia ampliar a performace com um Dock que teria uma placa de vídeo dedicada de PCs.

Aqui segue o link do rapaz que fez isso:

http://forum.techinferno.com/diy-e-gpu-projects/2728-13-retina-mbp-win7-th05-gtx570-internal-lcd.html

É sensacional!!!! Aparentemente, não é uma solução nada estética, mas se a Apple fizer isso, sem dúvidas, ela fará com um design atrativo, e explicando as vantagens de se ter thunderbolt.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Descobri uma coisa interessante, de verdade. É possível conectar uma placa de vídeo no MacBooks pela porta thunderbolt. Ok, não é uma solução nada portátil, mas se as pessoas conseguiram fazer isso, caseiramente, não há nada que impeça a Apple de lançar os MacBooks sem uma placa dedicada visando a duração de bateria, e, depois, você poderia ampliar a performace com um Dock que teria uma placa de vídeo dedicada de PCs.

Aqui segue o link do rapaz que fez isso:

http://forum.techinferno.com/diy-e-gpu-projects/2728-13-retina-mbp-win7-th05-gtx570-internal-lcd.html

É sensacional!!!! Aparentemente, não é uma solução nada estética, mas se a Apple fizer isso, sem dúvidas, ela fará com um design atrativo, e explicando as vantagens de se ter thunderbolt.

 

Muito já se tentou fazer uma GPU externa no mercado. Tinha um modelo da ASUS que eu olhava literalmente todos os dias pra ver se tinha lançado pra comprar... O tempo passou e ninguém se aventurou a manufaturar pra vender.

 

Eu reconheço que em nenhum momento as placas PCMCIA de outrora tinham banda equiparável ao que o thunderbolt oferece... tornando possivelmente esse xunxo ai numa coisa viável. Mas se tem uma coisa que aprendi aguardando e chutando sobre lançamentos da Apple é que ela simplesmente não produz itens dessa natureza.

 

Se esse produto chegar a ver a luz do dia, com certeza será uma fabricação de terceiros e não da Apple. 

Quem sabe a ASUS se anima a reimaginar o produto.

Editado por Gustavo Wentz Biasuz
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Descobri uma coisa interessante, de verdade. É possível conectar uma placa de vídeo no MacBooks pela porta thunderbolt. Ok, não é uma solução nada portátil, mas se as pessoas conseguiram fazer isso, caseiramente, não há nada que impeça a Apple de lançar os MacBooks sem uma placa dedicada visando a duração de bateria, e, depois, você poderia ampliar a performace com um Dock que teria uma placa de vídeo dedicada de PCs.

Aqui segue o link do rapaz que fez isso:

http://forum.techinferno.com/diy-e-gpu-projects/2728-13-retina-mbp-win7-th05-gtx570-internal-lcd.html

É sensacional!!!! Aparentemente, não é uma solução nada estética, mas se a Apple fizer isso, sem dúvidas, ela fará com um design atrativo, e explicando as vantagens de se ter thunderbolt.

Li que a MSI e Silverstone estão trabalhando em soluções desse tipo. A solução da Silverstone é um torre que ao menos para mim pareceu bem desagradável em termos de design. Já a solução da MSI parece mais agradável aos meus olhos.

DSC_0046_575px.JPG

Pois é, estava tão feliz com meu iMac com tudo acoplado e parece que terei que voltar a usar torres, no que diz respeito a jogos. Snif  :(

Link para o post
Compartilhar em outros sites

É difícil imaginar a Apple abandonando já os novos fãs que conquistaram no mercado de gamers em um espaço de tempo tão curto.

 

Já não pensaram que todos esses rumores podem significar que a Apple está praticamente a um passo de incorporar o seu próprio chip processador gráfico como o A6 (presente no iPhone) nos Macs? Por isso a Apple reduziria aos poucos a sua dependência com a AMD e NVIDIA, e fazendo com que a Intel chegue cada vez mais perto do chip que eles querem para finalmente poderem fazer cada vez mais fino, leve e rápido. Mas também acredito que seja difícil que a Apple abandone a Intel em curto prazo para colocar em prática este plano, digamos em 2014, 2015, porque será uma façanha inédita conseguir isso e ainda superar a Intel, AMD e NVIDIA. 

Editado por Gabriel Hoffmann
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Li que a MSI e Silverstone estão trabalhando em soluções desse tipo. A solução da Silverstone é um torre que ao menos para mim pareceu bem desagradável em termos de design. Já a solução da MSI parece mais agradável aos meus olhos.

DSC_0046_575px.JPG

Pois é, estava tão feliz com meu iMac com tudo acoplado e parece que terei que voltar a usar torres, no que diz respeito a jogos. Snif  :(

O.O caranba, pqp, eu preciso disso, quando que deve lancar isso meu Deus, *---------*, isso é incrivel, 10000000000 vezes melhor levar isso na mochina do que aqueles notebooks gamer de 5 cm de espesurra com 17, 15 polegadas, adeus jogos no low, e.e

Link para o post
Compartilhar em outros sites

É difícil imaginar a Apple abandonando já os novos fãs que conquistaram no mercado de gamers em um espaço de tempo tão curto.

 

Já não pensaram que todos esses rumores podem significar que a Apple está praticamente a um passo de incorporar o seu próprio chip processador gráfico como o A6 (presente no iPhone) nos Macs? Por isso a Apple reduziria aos poucos a sua dependência com a AMD e NVIDIA, e fazendo com que a Intel chegue cada vez mais perto do chip que eles querem para finalmente poderem fazer cada vez mais fino, leve e rápido. Mas também acredito que seja difícil que a Apple abandone a Intel em curto prazo para colocar em prática este plano, digamos em 2014, 2015, porque será uma façanha inédita conseguir isso e ainda superar a Intel, AMD e NVIDIA. 

 

E esse é justamente o plano da Intel, não ser mais dependente da AMD e da Nvidia. Lembro do Call do CEO da Intel revelando que as duas principais parceiras da Intel nesse quesito eram a Apple e a Sony, já que há um desejo em computadores mais leves, potentes e, acima de tudo, eficientes, sem a necessidade de componentes fabricados por terceiros. 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

É mais opinião e desabafo:

Cada vez mais fica forte os rumores sobre a Apple abandonar de vez os chips gráficos dedicados no rMBP 15. Sinceramente, vai ser difícil me convencer de comprar os retinas desse jeito. No de 13" temos processadores dual core, o que é inaceitável para a época que nos encontramos, gente, nós pagamos mais de 5000 reais em uma maquina dual core é complicado; do outro lado temos uma máquina que custa 8000-9000 reais sem placa de vídeo dedicada, o problema não seria esse, se o desempenho fosse igual ou superior aos MacBooks da geração passada.

Estamos em uma época de transição, por mais que seja chato ficar naquela ladainha de "espere para comprar uma versão melhor", mas só vejo melhora com os skylake, porque seriam uma arquitetura nova, o que daria para ter esperanças em quad core nos modelos de 13", iGPUs com gráficos que possam ser de fato usados nos retinas MacBooks.

Eu li relatos que isso seria uma estratégia de marketing para forçar com que os profissionais comprassem o novo MacPro, entretanto se essa for a estratégia da Apple, sem dúvidas seria uma burrice sem tamanho. Simplesmente, matariam o rMBP15", porque com baixo desempenho gráfico os games abandonariam facilmente, ainda mais com a razer fazendo uma campanha cada vez melhor com o razer blade (não é uma alternativa para profissionais, mas para os gamers é uma grande opção), e os profissionais não gastariam o preço de um rMBP 15 se o desempenho não fosse satisfatório pelo preço, o que não será se usarem o processador mais o iGPU do benchmark que vazou. Eu espero que a Apple ou coloque uma versão overclocked da 750m ou faça que nem a Razer fez (colocar uma 765m).

Link para o post
Compartilhar em outros sites

É mais opinião e desabafo:

Cada vez mais fica forte os rumores sobre a Apple abandonar de vez os chips gráficos dedicados no rMBP 15. Sinceramente, vai ser difícil me convencer de comprar os retinas desse jeito. No de 13" temos processadores dual core, o que é inaceitável para a época que nos encontramos, gente, nós pagamos mais de 5000 reais em uma maquina dual core é complicado; do outro lado temos uma máquina que custa 8000-9000 reais sem placa de vídeo dedicada, o problema não seria esse, se o desempenho fosse igual ou superior aos MacBooks da geração passada.

Estamos em uma época de transição, por mais que seja chato ficar naquela ladainha de "espere para comprar uma versão melhor", mas só vejo melhora com os skylake, porque seriam uma arquitetura nova, o que daria para ter esperanças em quad core nos modelos de 13", iGPUs com gráficos que possam ser de fato usados nos retinas MacBooks.

Eu li relatos que isso seria uma estratégia de marketing para forçar com que os profissionais comprassem o novo MacPro, entretanto se essa for a estratégia da Apple, sem dúvidas seria uma burrice sem tamanho. Simplesmente, matariam o rMBP15", porque com baixo desempenho gráfico os games abandonariam facilmente, ainda mais com a razer fazendo uma campanha cada vez melhor com o razer blade (não é uma alternativa para profissionais, mas para os gamers é uma grande opção), e os profissionais não gastariam o preço de um rMBP 15 se o desempenho não fosse satisfatório pelo preço, o que não será se usarem o processador mais o iGPU do benchmark que vazou. Eu espero que a Apple ou coloque uma versão overclocked da 750m ou faça que nem a Razer fez (colocar uma 765m).

 

Pois então, aí que eu me pergunto: os rMBP são de uso Profissional, ou não? Teu argumento faz todo o sentido. Abs.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já não pensaram que todos esses rumores podem significar que a Apple está praticamente a um passo de incorporar o seu próprio chip processador gráfico como o A6 (presente no iPhone) nos Macs? Por isso a Apple reduziria aos poucos a sua dependência com a AMD e NVIDIA, e fazendo com que a Intel chegue cada vez mais perto do chip que eles querem para finalmente poderem fazer cada vez mais fino, leve e rápido. Mas também acredito que seja difícil que a Apple abandone a Intel em curto prazo para colocar em prática este plano, digamos em 2014, 2015, porque será uma façanha inédita conseguir isso e ainda superar a Intel, AMD e NVIDIA. 

 

Certamente a Apple utilizará em breve seus próprios chips no Mac OS no momento em que conseguir integrá-lo ao iOS. Digamos que no passado ela migrou para a Intel devido os softwares compatíveis e agora são os seus próprios softwares do iOS que rodarão melhor em Chips A"x". A suíte iWork roda bem tanto no Mac quanto iOS, então qual seria o problema de adotar seus chips de iGadgets em Macs? Na minha opinião nenhum problema e o mesmo vale para seus demais softwares.

O segundo benefício será na espessura. Imagine um iPad de 21" e 27" acoplado em um dock? Esse seria o futuro iMac, mas talvez sem tela sensível. Seria uma solução super-fina e uma grande evolução se comparado ao atual iMac. Considerando que o iMac não precisa de bateria e grande parte do corpo do iPad é composto por ela, é possível imaginar algo bem fino ou a utilização do espaço vazio para novos componentes.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Certamente a Apple utilizará em breve seus próprios chips no Mac OS no momento em que conseguir integrá-lo ao iOS. Digamos que no passado ela migrou para a Intel devido os softwares compatíveis e agora são os seus próprios softwares do iOS que rodarão melhor em Chips A"x". A suíte iWork roda bem tanto no Mac quanto iOS, então qual seria o problema de adotar seus chips de iGadgets em Macs? Na minha opinião nenhum problema e o mesmo vale para seus demais softwares.

O segundo benefício será na espessura. Imagine um iPad de 21" e 27" acoplado em um dock? Esse seria o futuro iMac, mas talvez sem tela sensível. Seria uma solução super-fina e uma grande evolução se comparado ao atual iMac. Considerando que o iMac não precisa de bateria e grande parte do corpo do iPad é composto por ela, é possível imaginar algo bem fino ou a utilização do espaço vazio para novos componentes.

 

Olha sigma7, 

 

Acho que ainda é muito cedo para "conversão" de arquitetura. A arquitetura ARM, como um todo, está muito longe da performance de um CPU x86 da intel. E, posso estar errado, mas acho muito mais provável que as iterações sucessivas em redução de consumo da intel serão mais vantajosas do que o aumento sucessivo de performance com as arquiteturas ARM futuras.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olha sigma7, 

 

Acho que ainda é muito cedo para "conversão" de arquitetura. A arquitetura ARM, como um todo, está muito longe da performance de um CPU x86 da intel. E, posso estar errado, mas acho muito mais provável que as iterações sucessivas em redução de consumo da intel serão mais vantajosas do que o aumento sucessivo de performance com as arquiteturas ARM futuras.

 

Penso que já que o iOS pertence a família Mac OS/Unix, suponho que ele pode rodar aplicativos pesados do Mac bastando utilizar um futuro chip mais poderoso dessa arquitetura ARM. Não acho que a Apple se preocupará em oferecer suporte a essa arquitetura x86 se ela própria pode oferecer uma gama de aplicativos próprios e incentivar via Mac/iOS App Store a disponibilização de conhecidos e indispensável aplicativos para profissionais das mais diferentes áreas. E aqueles softwares que estiverem indisponíveis poderiam ser rodados no Windows viabilizado pelo Bootcamp ou virtualização, isso é claro se a Microsoft liberar. Pelo o que andei lendo eu particularmente concluo que o futuro pertencerá ao ARM, talvez não totalmente mas majoritariamente sim. No entanto a Apple poderia continuar oferecendo algum modelo de MacBook e Mac Pro com chip Intel e adotar os chips ARM nos modelos de entrada.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os recentes rumores é que os novos rMBP receberão versões de alto desempenho dos processadores da família Haswell. Versões estas diferentes dos novos AIRs.


Segundo a Intel, nenhum outro fabricante receberá esses processadores de alto desempenho!


 


Sabe o que me veio na cabeça?


Em Junho/Julho de 2014 a Apple lançará uma nova versão do OS X (sucessor do Maverick), que será compatível somente com processadores Haswell, ou seja, totalmente incompatível com os atuais processadores Ivy Bridge.


 


Moral da História? Os consumidores que comprarem (adquirirem) um rMBP com processadores Ivy Bridge vão se fod#@!


 


Espero que isso não passe de uma fantasia minha!


 


Abraços.


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Penso que já que o iOS pertence a família Mac OS/Unix, suponho que ele pode rodar aplicativos pesados do Mac bastando utilizar um futuro chip mais poderoso dessa arquitetura ARM. Não acho que a Apple se preocupará em oferecer suporte a essa arquitetura x86 se ela própria pode oferecer uma gama de aplicativos próprios e incentivar via Mac/iOS App Store a disponibilização de conhecidos e indispensável aplicativos para profissionais das mais diferentes áreas. E aqueles softwares que estiverem indisponíveis poderiam ser rodados no Windows viabilizado pelo Bootcamp ou virtualização, isso é claro se a Microsoft liberar. Pelo o que andei lendo eu particularmente concluo que o futuro pertencerá ao ARM, talvez não totalmente mas majoritariamente sim. No entanto a Apple poderia continuar oferecendo algum modelo de MacBook e Mac Pro com chip Intel e adotar os chips ARM nos modelos de entrada.

 

Você está partindo de uma premissa errada. Só porque o OS X e o iOS são fundamentados em UNIX, isso não quer dizer que existe compatibilidade dos softwares entre as plataformas. Não tem como fugir desse detalhe, o mundo usa x86 pra tudo. 

 

Da forma como você se explanou, parece deixar claro que para resolver o problema de carência imediata de software durante a migração bastaria rodar um bootcamp c/ windows e estaria resolvido. O que não se deu conta é que na verdade não seria mais possivel essa solução pois com o ARM o Mac se tornaria, de imediato, incompatível com todos os softwares já compilados até hoje! tanto pra Mac quanto pra Windows.

 

Uma possivel solução é que até seria possível introduzir uma camada de emulação x86 para rodar os softwares, assim como a Apple fez antes com o uso do Rosetta... mas elas são bastante ineficientes e já partimos da realidade que o x86 hoje é mais rápido que o ARM. Imagina lidar com um ARM mais lento que roda aplicativos x86 em camada de emulação!!! Seria a super velocidade tartaruga!

 

Lembre que quando a Apple migrou da arquitetura PowerPC para x86, ela o fez para uma arquitetura que estava evoluindo muito mais rápido, graças ao Conroe. A situação hoje ARM vs x86 não é nem um pouco parecida... ARM realmente é mais custo efetivo, mas também é bem mais devagar que qualquer core 2 duo.

 

Não digo que não é possível, mas é algo que nos proximos 5 anos não parece ser nem um pouco viável.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

Os recentes rumores é que os novos rMBP receberão versões de alto desempenho dos processadores da família Haswell. Versões estas diferentes dos novos AIRs.

Segundo a Intel, nenhum outro fabricante receberá esses processadores de alto desempenho!

 

Sabe o que me veio na cabeça?

Em Junho/Julho de 2014 a Apple lançará uma nova versão do OS X (sucessor do Maverick), que será compatível somente com processadores Haswell, ou seja, totalmente incompatível com os atuais processadores Ivy Bridge.

 

Moral da História? Os consumidores que comprarem (adquirirem) um rMBP com processadores Ivy Bridge vão se fod#@!

 

Espero que isso não passe de uma fantasia minha!

 

Abraços.

 

 

Estou editando o post porque li de forma completamente equivocada o que escreveu anteriormente e me manifestarei logo abaixo.

Editado por Gustavo Wentz Biasuz
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe do debate

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, entre agora para postar com ela.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.




  • Conteúdo Similar

    • Por filipesntoss
      Olá, queria saber se é possivel instalar alguma versão do mac os com essas specs:
      Pentium(R) Dual-Core CPU  T4200 2.00GHz
      3.00 GB Ram
      160GB HD
       
      Qual OS me indicariam? Agradeço.
    • Por nandase
      Boa noite,
      Então, minha história é o seguinte: Minha mãe declaradamente utilizou do seu poder matriarcal e tomou posse do meu MBP 15” Retina para o Home Office dela. A vossa senhoria adorou uma tela maior do que a do iPhone 11, agora quem tem que agendar um horário para usar o notebook sou eu. Meu semestre da faculdade (Faço Medicina, então não é lá um uso muito pesado de programa, embora uma vez ou outra eu mexa em algum programa do Adobe para fazer fírulas no trabalho) está chegando. Por ser universitária, posso utilizar do desconto da Apple Educacional (+- R$1.000,00) e, dessa maneira, penso em adquirir uma nova máquina.
      Qual é a minha situação de gadgets? Uso o sistema Mac OS X desde 2010 e possuo Apple TV, Watch, iPhone e iPad Pro. Por isso, por mais que muitas máquinas parrudas Windows sejam mais baratas que os MacBooks, é importante para mim a sicronicidade do sistema. 
      Está vindo a geração com ARM e, possivelmente, ainda este ano. Eu não vou trabalhar com programas pesados, acho que o mais recorrente seria meu The Sims 4. Tive o MBP 2010 e, atualmente, o MBP 2014.Tenho excelentes experiências com ambos, em especial o último que está comigo há 6 anos, fez e faz muita miséria ainda, não tenho o que reclamar. Diante disso, fica minha pergunta:

      Compensa esperar por uma nova geração? 
    • Por Bronet
      Olá, estou querendo comprar um MacBook, mas o processador dele é Intel core 2 duo. Compensa comprar e trocar o processador por um melhor (na verdade não sei se tem como fazer isso)? 
      Outra dúvida: placa de vídeo Intel HD graphics 3000 288MB ou 356MB serve para jogar jogos como Alien Isolation e the sims 4?
      Como dá pra ver, não entendo nada do assunto, sejam pacientes ksksks.
    • Por Leonardo Correia
      Pessoal, bom dia.. Estou precisando de comprar uma maquina nova urgente, pois uso um MacBook Pro Mid 2009 e estou muito defasado, não está dando mais para trabalhar no photoshop, Ilustrator. Estou querendo comprar um iMac 2019 com a 9ª geração da Intel - R$ 19.000,00 pelo importador sendo que custa R$ 24.000,00 no site da Apple.
      Com essa transição de processadores da Intel para o Silicon Apple, acha que vale comprar essa máquina? sabendo que daqui 3 anos não terá mais atualização de softwares para Macs Intel.
      O que me dizem?
    • Por Coxinha
      Estou querendo montar um Hackinstosh com um processador da Intel da 10ª Geração (i5,ou i7), gostaria de saber se é compatível com sistema Catalina, obrigado! @JvDaP me ajuda pls ❤️
    • Por Jukka Verissimo
      tenho uma hackintosh mojave 10.14.6
      e não consigo resolver o seguinte problema, a imagem fica travando (sem aceleração de graficos) 
      e o VRAM total n sai de 4 mb... 
      ja tentei varias alternativas na internet mas até agora nada...
      aqui esta minha config.plist
      config.plist
    • Por Alan Leitão
      Decidi abrir esse tópico para compartilhar uma sequencia de testes que realizei hoje em casa. Tenho pesquisado muito sobre os problemas de aquecimento dos Macbooks Pro porque estou para trocar de máquina e isso impacta diretamente na performance / durabilidade do sistema. Atualmente eu tenho um Macbook Pro 15" 2015 Dual Graphics e essa máquina é avaliada como uma das piores do ponto de vista de dissipação de calor, muitos culpam a GPU AMD dessa máquina como o motivo disso e no resultado dos meus testes eu concordo com essa afirmação.
      Usei durante muito tempo essa máquina com um pack de modificações que eliminaram o Thermal Throttling, a saber:
      1- Troca da pasta térmica original pela Gelid CG Extreme.
      2- Furos na tampa inferior do sistema na direção dos ventiladores (foi feito em uma tampa comprada no Mercado Livre, preservando a original).
      3- Instalação de thermal pads no heatsink para transmitir o calor dele para a tampa, de forma a facilitar a transmissão do calor interno para o exterior.
      4- Modificação do fluxo de ar para forçar a entrada de ar pelos furos feitos na tampa.
      Mas, como está chegando a hora de vender essa máquina, voltei a máquina para o estado original, apenas mantendo a pasta térmica, por motivos óbvios.
      Nesse estado normalizado, decidi conduzir uma bateria de testes para criar um roteiro que vou usar para testar as minhas máquinas no futuro, em busca daquela que sofra o mínimo com Thermal Throttling, podendo inclusive avaliar a possibilidade de ter uma máquina com CPU forte (que dê conta de editar em [email protected] em trânsito, mesmo que com performance mais baixa, usando proxy files) e sem GPU dedicada, usando uma externa quando for trabalhar pesado, possibilidade essa que me pareceu muito plausível após os meus testes de hoje. Atualmente minha máquina dá boa conta de editar em [email protected], mas 4K nela não é uma experiência agradável.
      Sem mais delongas, segue abaixo o meu relatório de testes. Por favor, leiam, critiquem (construtivamente) e apoiem com sugestões para que o processo seja aprimorado. Qualquer contribuição lógica e aplicável domesticamente será bem-vinda!

    • Por Lorenzo Librelon
      Boa noite, to com urgencia.
      Eu tinha que formatar meu computador e decidi usar o hackintosh nele.
      Minhas configurações são as seguintes:
      i5 3330 
      GTX 770 Zotac
      Placa mãe ASUS P8h-61
      SSD 120GB Kingston
      HD 500 GB Seagate
      8GB Ram DDR3
       
      O problema surge quando minha placa mãe deu problema no ano passado, e eu andei o computador pra consertar, ja que eu não tinha e ainda não tenho dinheiro pra comprar oura placa mãe. O problema era justamente na internet, a placa de rede da placa mãe parecia ter queimado. 
      Visto o probema, o tecnico me vendeu uma placa de rede, a qual é ligada no pci express, logo abaixo da placa de video, ela NÃO É WIFI! 
      E venho usando ela desde então.
      Nunca tive problemas com ela, e ja formatei meu computador com Windows diversas vezes desde então.
      Ma agora que tentei fazer o hackintosh, todos os drivers estão funcionando e ainda não tenho internet. To usando meu notebook lento pra buscar ajuda. Ja tentei instalar de varios jeitos, ja tentei usa o MultiBeast, enfim, nada adiantou.
      O modelo da placade rede que eu uso é "ivo 94v-0"
      Por favor, eu preciso fazer um trabalho, mas não consigo baixar meu editor de vídeo, justamente por não ter internet. Eu preciso de ajuda urgente!!
    • Por jvznl
      Olá familia,
      Tenho em casa um PC com as seguintes configurações:
      - Processador: Intel i5-9400F
      - Placa de vídeo: amd RX580 8GB
      - Memória RAM: crucial ballistix 16gb ddr4 2666mhz
      - Placa-Mãe Gigabyte H310M S2P 2.0
      Gostaria de saber se consigo fazer um hackintosh com essas configurações, qual sistema operacional escolher e como fazer.
      Por favor, me ajudem!
    • Por CAJP22
      Visão geral:
      MacBook Pro 13 - 2011
      Intel Core i7 - 8 GB de RAM
      Olá pessoal!
      Ontem a noite eu baixei uma atualização de rotina e quando reiniciei o Mac começou a apresentar falhas no vídeo e a VRAM foi para 3 mb.
      Tentei de tudo e não consegui solucionar o problema.
      Por favor pessoal, me ajudem!
       

  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      51.144
    • Total de Posts
      430.109
×
×
  • Criar Novo...