Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

BetoGaleazzo

Membros
  • Total de itens

    2.044
  • Registrou-se em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    145

BetoGaleazzo ganhou o dia pela última vez em 29 de julho

BetoGaleazzo teve o conteúdo mais curtido!

Informações do Perfil

  • Localização
    Voyager 1
  • Interesses
    Mac & iPhone

Últimos Visitantes

8.458 visualizações

Conquistas de BetoGaleazzo

  1. Se for apagar o app, não esqueça de apagar o cache dele também. 1. Clica no seu papel de parede pra selecionar o Finder. 2. Pressione Command + Shift + G. 3. Digite "~/Library/Caches" sem aspas e dê Return/Enter. 4. Apague qualquer arquivo ou pasta na pasta Caches que faça referência ao app.
  2. Seu Mac não está apenas "reiniciando", essa mensagem que aparece ao ligar novamente é um kernel panic, significa que há algo de errado causando um reinício abrupto da máquina. Pode ser um app? Pode, mas não intencionalmente. Um app pode estar gerando conflito e causando o kernel panic, sim. Não existe até o momento um defeito crônico nos Macs com chip Apple Silicon causando esse sintoma. O que resta é reinstalar o sistema todo. Se não resolver, pode muito bem ser um defeito de hardware, e aí só mesmo a Apple pra resolver caso esteja na garantia. A ferramenta de diagnóstico da Apple geralmente pega esses defeitos, mas não é regra. O que eu faria: - Backup manual dos seus dados mais importantes num HD externo ou nuvem. Dependendo da quantidade de dados é demorado, é trabalhoso, mas no seu caso é necessário pra tentar resolver o problema. Não use qualquer ferramenta de backup automatizado, nem mesmo o próprio Time Machine, pois estas ferramentas podem levar junto do backup um possível arquivo que seja parte do problema. - Apagar o disco completamente e reinstalar o sistema operacional mais recente disponível. - Após a reinstalação do sistema, passe para a máquina apenas o que for indispensável pro seu uso, e o que puder mantenha ainda no local onde fez o backup. Instale apenas programas essenciais em suas versões mais recentes e baixados diretamente do site/repositorio oficial. Não instale nenhum programa crackeado. Se mesmo seguindo estes passos a máquina continuar tendo kernel panic, você terá feito o possível como usuário e essa máquina vai ter que passar pela assistência técnica.
  3. Na minha opinião não vale a pena. SQL não é o problema, mas sim o PowerBI. Se fosse possível instalar o Windows como era feito antes dos Apple Silicon até acho que vale a pena, mas ter que emular, sei lá, pagar o Parallels que não é barato, não poder desfrutar o máximo de desempenho da máquina (ainda mais pra uso profissional)... Além do mais, precisa verificar se o PowerBI funciona na arquitetura ARM... Não sei como a Microsoft está lidando com isso no Windows e aplicações feitas para x86/x64.
  4. Se for um dos dois modelos abaixo, dá pra substituir. Não é um SSD comum de laptop, é específico para esses modelos de MacBook. Mas esteja ciente, e pra que fique registrado pra todos que futuramente venham a ler este tópico: se está bloqueado com iCloud, não há o que fazer sem o e-mail e a senha do iCloud do proprietário ou sem trocar a placa lógica toda por uma sem iCloud.
  5. Eu faço bastante uso do app Lembretes (principalmente usando a Siri) e aqui sincroniza na hora. Inclusive acabei de testar, tanto adicionando/editando a partir do Mac quanto do iPhone, ambos com o app aberto. Há uns tempos atrás eu estava tendo problemas com AirDrop e HandOff entre Mac e iPhone, e pra minha surpresa o que resolveu foi deslogar o iCloud no Mac e logar novamente. Acho que vale a tentativa aí pra você, testar primeiro no Mac, se não resolver, tentar deslogar e relogar no iPhone também.
  6. Infelizmente não tem como selecionar o audio output quando conectado a um HDMI ou DisplayPort. Acho que a única forma seria conectar um fone ou speaker bluetooth, tem que testar, mas selecionar o próprio falante do iPad, não. Fazendo um parêntese aqui, esse tipo de coisa me intriga e me irrita, porque é claramente uma necessidade, é solicitado pelos usuários, não é difícil resolver, não existe empecilho técnico, basta a marca implementar, e não o fazem. Ontem chegou minha TV nova, uma Samsung da linha QLED, e a televisão é ótima, porém eu não consigo usar o teclado do iOS pra digitar na televisão (através do app Smart Things), o app só tem um teclado numérico que faz exatamente o que eu quero, mas só numérico 🤡
  7. Chega sim, isopropanol 99,8% Perfeito pra limpeza de eletrônicos, digo, placas e componentes, porque pra limpeza externa eu acho que nada é tão eficaz quanto água, até porque tem algumas sujeiras que não se dissolve no álcool, e com água saem rapidinho. A questão de usar água é que precisa ter o triplo de cuidado e bom senso.
  8. O comportamento é como se a tecla Shift estivesse pressionada todo o tempo... Letras maiúsculas, símbolos... Difícil dizer com poucas informações e sem o aparelho em mãos, mas se for pra chutar, eu chutaria um defeito no teclado mesmo. O jeito mais "simples" de testar essa possibilidade seria abrir o aparelho, desconectar o teclado da placa e testar o Mac com um teclado USB.
  9. Não se deixem levar pela mensagem genérica (e dramática) de "critical software update is required". Acho que a palavra "crítica" é mais no sentido de urgência/necessidade do que importância. Aparentemente eles usam essa mensagem pra diversas ocasiões, até mesmo um simples update de firmware da touchbar. Nesse seu caso pode ser apenas relacionado ao perfil da empresa, que deve ser removido, verificado, sei lá.
  10. A questão não é zerar. As informações do iCloud não ficam armazenadas no disco de armazenamento junto com os arquivos do usuário e sistema operacional. Mesmo apagando o disco, na hora de ativar o macOS vai pedir usuário e senha da conta do iCloud do dono.
  11. De 2016 em diante os Macs possuem bloqueio de ativação pelo iCloud e de 2018 pra frente é pior ainda por causa do chip T2 Security. Sem a comprovação de compra, não há o que fazer.
  12. É uma "imagem" do iOS. Você pode baixar em ipsw.me para a versão do iOS e o modelo correspondente do iPhone. Coloca o iPhone em modo de recuperação plugado ao Mac, e no iTunes/Finder irá aparecer um botão de restaurar. Pra restaurar o iPhone usando um arquivo IPSW você clica nesse botão restaurar enquanto segura a tecla Option do teclado e o iTunes/Finder irá abrir uma janela pra você selecionar o arquivo IPSW. Lembrando que esse método quando é usado pra instalar a versão mais recente do iOS é teoricamente a mesma coisa que pedir pro iTunes/Finder "Restaurar e Atualizar", a única diferença é que o iTunes/Finder não irá baixar arquivos pra máquina que depois não serão excluídos, e as vezes baixar o IPSW por conta própria é um pouco mais rápido que pelo próprio iTunes/Finder. Como o @LeBaldi disse, o iTunes/Finder verifica se a versão ainda está assinada pela Apple, então não dá pra fazer downgrade pra versões antigas. Quando sai uma atualização geralmente a versão anterior ainda fica assinada por uns dias caso dê zica na versão nova e você queira voltar rs.
  13. Na minha opinião não vale a pena. São modelos conhecidamente problemáticos. Problema no flex do display como você bem citou, problema no teclado borboleta, problemas na touchbar, problemas de thermal throttling/temperatura, fora o fato de que os Macs com chip Intel estão desvalorizando rapidamente por estarem saindo de linha e devido ao sucesso dos Apple Silicon. Se for pra trocar por outro Mac, hoje, acho que o melhor caminho é fazer um esforço financeiro a mais e partir pra um Mac com chip Apple.
×
×
  • Criar Novo...