Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

ade_neto

Membros
  • Total de itens

    40
  • Registrou-se em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1

Tudo que ade_neto postou

  1. Olá, pessoal! Estou rodando o iOS 15.0.2 em um iPhone 12 Pro Max e percebi hoje um consumo exagerado na bateria. Fui pesquisar nas configurações e descobri que o Google Maps consumiu 25% da bateria em 24 horas com "Localização, atividade em segundo plano". Ocorre que eu havia permitido a localização em segundo plano com o app apenas quando ele estivesse em atividade e eu havia usado o Google Maps há uns dois ou três dias atrás. Achei isso bem estranho. Já aconteceu com algum de vocês? Obrigado!
  2. Eu também fiquei com essa mesma dúvida entre o 12 Pro e o 12 Pro Max e acabei optando pelo Pro Max, apesar de também acha-lo bem grande, mas eu tive a oportunidade de acompanhar o uso no dia a dia dos dois modelos e com isso eu pude saber de antemão os pontos fortes e fracos de cada um antes de me decidir. O 12 Pro é bem tentador, mas o que me fez optar pelo 12 Max foram dois pontos apenas: 1) Bateria com uma duração (pelo menos) 25% maior, o que significa, no meu uso, em chegar em casa a noite com uma reserva nunca inferior a 30-40% de bateria, já no 12 Pro eu percebi que para conseguir ter uma margem de segurança semelhante eu teria que recorrer a um carregador no escritório, algo totalmente desnecessário no Max, mas apenas lembrando que uma simples carga de 15 a 20 minutos já poderia me dar essa folga com o 12 Pro, ou seja, algo até fácil de ser contornado; 2) Tela bem mais generosa, principalmente na largura, algo que para o meu uso é fundamental, já que eu leio muitos documentos em PDF na tela do celular e no 12 Pro eu tinha que ficar virando a tela de lado para ter uma leitura mais confortável dos documentos e no Max eu consigo ler com a tela em pé mesmo. Pode parecer um detalhe bobo, mas para mim isso foi fundamental. Os pontos negativos são mesmo o tamanho e o peso, mas hoje eu já me acostumei.
  3. Ainda não tive problemas com o meu. Espero que continue assim rs
  4. Boa pergunta, nunca tinha notado isso
  5. Eu acho que escolher iPhone ou Android depende da necessidade do usuário. Hoje o usuário será feliz com ambos. Se formos levar em consideração apenas o status, certamente que a maçãzinha ainda faz mais sucesso. Eu gosto dos dois sistemas e vejo vantagens e desvantagens nos dois, tanto que desde que a Samsung lançou o Galaxy S7 eu sempre tenho mantido ao mesmo tempo um de cada marca. Tenho um iPhone 7 com meu número particular e um Galaxy Note 9 com o meu número de trabalho. Eu gosto do iPhone principalmente pela integração com o iPad com o MacBook, e também pela grana que já investi em aplicativos da App Store rs, principalmente com os apps para pedalar e corrida, e também gosto para os aplicativos dos bancos, porque todo mundo diz que a Apple é mais segura, mas acho que conseguiria migrar para o Android sem maiores problemas caso não tivesse escolha. O que não gosto do iPhone é basicamente o preço que a Apple cobra aqui no Brasil que multiplica o valor nos EUA por 12, que é salgado demais se compararmos com aparelhos do mesmo nível do lado do Android. O que eu gosto no Android é a flexibilidade que ele me proporciona, principalmente no trabalho e o preço bem mais camarada. Estou programando para trocar o meu 7 pelo 11 em novembro ou dezembro quando os preços cairem com a chegada do 13 e também porque comprei um para a minha esposa e achei que está bem bacana, principalmente processador e câmera que melhoraram muito em relação ao 7, mas não vou abrir mão do meu Note para trabalhar. Mas se colocassem uma arma na minha cabeça e dissessem que eu teria que escolher apenas um sistema, entre o iPhone 7 e o Note 9, eu ficaria com o Note 9 e, entre o iPhone 11 (pelo que pude testar) e o Note 9, eu também ficaria com o Note 9. Claro, isso colocando na balança o custo/benefício e as minhas necessidades de uso no trabalho que sempre serão mais importantes do que o uso meramente recreativo do aparelho.
  6. O meu não tem botão azul, a cor é cinza e ele aciona o Mission Control. Mas acende uma luzinha azul na parte de cima quando o mouse está procurando o Mac.
  7. Eu não sei quanto tempo dura, mas não consigo me lembrar se alguma vez eu já tive que trocar a pilha desde que comprei, então eu acho que realmente ela dura realmente uma eternidade rs. Realmente, eu acho que essa pilha já veio com ele, ou seja, eu nunca troquei a pilha e já tenho esse mouse a praticamente um ano.
  8. Eu uso o Logitech M535 na maior parte de tempo no meu M1 Air sem qualquer problema. Só que ele é um modelo bem mais simples que o MX Master 3.
  9. Eu também uso um igual a esse (bluetooth) em casa, e uso o Magic Mouse 1 no escritório, já que eu só levo o MacBook Air em um case que só cabe ele dentro. No escritório eu uso também o Magic Keyboard (tudo no bluetooth) e em casa eu tenho um teclado mecânico conectado a um Hub Baseus. Por enquanto está tudo funcionando perfeitamente, sem lag, sem desconectar. Mas eu também não gosto do Magic Mouse, só que eu fico muito pouco tempo no escritório e ele combina com o Magic Keyboard rs
  10. Edimar, eu não sou técnico, mas sou curioso e fiz uns testes aqui para poder te dar uma referência bem meia boca rs, mas quem sabe pode te ajudar. Eu instalei o Fortnite no meu M1 Air já faz um tempo, mas só para testar mesmo. Hoje joguei por cerca de uma hora hoje, sem o ar condicionado ligado, sendo que a temperatura depois do almoço arranhou os 35 graus aqui em Maringá. Sofri mais que o note, mas tudo pela curiosidade kkkkk. A temperatura média do processador oscilou entre os 78º até os 98º, mas a carcaça do note só ficou morna e apenas na região acima do teclado, mas nada que me incomodasse, ou causasse maior preocupação. Gostaria de ter aquelas pistolas laser que medem a temperatura para poder fazer uma medição melhor, mas infelizmente eu não tenho.
  11. Faço o mesmo aqui no meu setup. O Hub esquenta um pouco, mas nada exagerado. Poderia ligar a energia no Hub para sobrar mais uma porta USB, mas como o Hub vem com várias portas, prefiro deixar uma das portas exclusivamente para o carregamento, só por precaução. Uso essa da Baseus desde que comprei o meu M1 e essa base feita em impressora 3D. Por enquanto não tenho nada do que reclamar do conjunto.
  12. Ele disse que comprou o Pro.
  13. O seu MacBook tem Nota Fiscal? Eu fui na iPlace e me disseram que se eu tivesse problemas com o meu Mac, mesmo apresentando o Apple Care brasileiro, ou o Apple Care+, ainda assim teria que também apresentar a Nota Fiscal. Agora fiquei preocupado, porque estava planejando comprar o Apple Care nacional mesmo, mas como meu Mac veio do Paraguai e sem NF, bateu a preocupação de gastar dinheiro à toa na garantia da Apple.
  14. Vou fazer um teste aqui no escritório agora a tarde para tirar a prova do gasto de energia com o hub da Baseus (esse da foto). Como dá para ver na imagem, estou com o MacBook Air conectado no hub e deste em um Monitor Samsung 27 polegadas, uma interface de audio e um teclado mecânico. Se eu sentir algum gasto anormal eu volto aqui e te aviso. Se aqui também ficar nessa sua média de 12% por hora pode ser que esse hub Baseus seja o problema mesmo.
  15. Amigo, eu não sou técnico ou especialista para poder te ajudar com maior propriedade, mas sou usuário de Mac desde os anos 90 e já tive várias máquinas, sendo que já estou no meu terceiro Macbook comprado novo e todos eles vieram sem ciclos completos de bateria. Não sei se é o seu caso, mas a Apple vende nos USA aparelhos recondicionamos, mas sempre me disseram que os recondicionamos, apesar de já terem sido utilizados, são iguais ou até melhores que os novos, porque passam por testes exaustivos feitos pela própria Apple antes de revendê-los, só estou conjecturando, mas só consigo pensar nisso para explicar os ciclos de bateria que já vieram no seu MacBook. Há cerca de um mês comprei um M1 Air de um importador que o trouxe lacrado do Paraguai e este também estava com a bateria zerada e depois de vários testes de durabilidade da bateria eu cheguei a 7 ciclos apenas, ou seja, muito menos ciclos que o seu quando saiu da caixa. Quanto a durabilidade da carga, também usando um Hub da Baseus Superlative Multifunctional HUB , ligado a uma interface de audio Scarlett 18i8, um teclado mecânico com fio, mouse sem fio e monitor externo, não notei nenhuma queda mais acentuada na carga da bateria a ponto de me chamar a atenção. Estou usando o meu M1 essencialmente no trabalho de escritório, e em casa uso para o meu hobby na música. Normalmente com o Mac ligado na fonte, mas excepcionalmente neste mês, só por curiosidade mesmo, eu tentei utilizar a maior parte do tempo apenas na bateria só para saber até onde a carga chegava. E até agora estou muito impressionado, principalmente se comparada com o meu MacBook anterior com processador Intel. Apenas para ilustrar a duração da bateria, sem qualquer pretensão de ser um estudo científico, no último final de semana eu usei o notebook fora do carregador da sexta-feira até o domingo, assistindo muitas horas de vídeos do Youtube (meu vício), navegando 100% no Safari (nada de Chrome pra mim), respondendo e-mails pelo Spark por cerca de meia-hora, assistindo dois capítulos da série Mare of Eastown na HBO, fazendo algumas gravações de guitarra no Logic Pro X (aproximadamente por duas horas), apenas no domingo a noite é que precisei colocar o note de volta no carregador sendo que ele ainda tinha cerca de 15% de bateria restante. Nesse período, usei o Hub para responder os e-mails e enquanto gravava as guitarras. Meu relato, repito, não tem nada de científico, mas mostra que, pelo menos nos casos acima, a bateria conseguiu durar ao menos uns dois dias. Ouvi dizer que quem trabalha com edições de video não conseguiram passas das 4 horas e meia, então também depende do que você estiver usando. Se eu estivesse em seu lugar, tentaria testar melhor o Hub, talvez usando ele em outro notebook para comparar se este também perde a carga mais rápido, porque vai que ele veio com algum problema mesmo. Se não funcionar, talvez seja melhor levar para alguma autorizada da Apple para que eles possam analisar melhor seu caso. De qualquer maneira, espero ter sido de alguma ajuda o meu relato acima e, por favor, vá nos posicionando sobre o seu problema. Boa sorte!
  16. Valeu, Jonas! Vou tentar novamente seguindo suas dicas. Abs! Enviado de meu SM-N9600 usando o Tapatalk
  17. Senti a tampa do meu mais firme por cerca de uma semana a partir da compra mas depois ficou normal. Enviado de meu SM-N9600 usando o Tapatalk
  18. Eu já declarei na aduana da ponte, mas me deu o maior trabalho e fiquei um tempão para terminar todo o processo e no final me deram um documento que achei muito genérico que nem constava o número de série do equipamento. Mas eu pedi para um amigo verificar o preço do MacBook Air M1 básico no início do mês de junho (em loja de confiança) e estava US$1,100.00 e não 900.00 como vc falou. Só se abaixou o preço em dólar de lá pra cá. Fiz os cálculos e decidi comprar aqui mesmo. Enviado de meu SM-N9600 usando o Tapatalk
  19. Eu vou tentar novamente, talvez eles tenham feito alguma atualização nesse meio tempo. Valeu! Enviado de meu SM-N9600 usando o Tapatalk
  20. Olá, pessoal! Eu comprei um Macbook Air no Paraguai, será que consigo fazer o Apple Care normal aqui no Brasil? Valeu! Enviado de meu SM-N9600 usando o Tapatalk
  21. Alguém conseguiu resolver o problema do BB sem ter que usar o suporte do banco? Vi no Reclame Aqui que estão conseguindo fazer funcionar, mas o Suporte pede acesso remoto do computador e não gosto muito disso.
  22. Eu tenho um MBP i5 2012 que eu fiz um upgrade para SSD Samsung EVO 860 e 16GB de RAM. Posso dizer sem medo de errar que é um baita notebook. Rodo Logic Pro X lotado de plugins sem engasgos. Edito videos no iMovie com absoluta tranquilidade. E ele é um tanque de guerra que nunca me deixou na mão. Já tive vários notebooks Windows nesse período e todos me deixaram na mão. Ultimamente, ele fica mais em casa porque eu comprei um MacBook Air M1 que é bem mais fácil de transportar, mas ainda é um notebook pau pra toda obra.
  23. Eu tenho um MBP 2012 tela normal não retina, e a única peça que tive que trocar, fora os upgrades que eu fiz na RAM e HD, foi a bateria que depois de quase 10 anos de muito uso, acabei tendo de trocar. Apesar de ser um i5, ele roda o Catalina e todos os meus programas com muita tranquilidade, principalmente depois que eu coloquei um SSD, algo que recomendo muito. A única coisa que pode me fazer trocar meu 2012 no momento é a curioside em relação aos novos M1s, mas vou pensar muito a respeito, porque necessidade mesmo eu não tenho. Enviado de meu SM-N9600 usando o Tapatalk
  24. Eu deveria ter lido este post antes de fazer o upgrade para o Catalina. Comigo aconteceu exatamente a mesma coisa. O Finder do Time Machine até mostra que existem backups mais antigos, mas eu não consigo "enxergar" os arquivos para fazer a restauração. Isso já havia acontecido comigo há uns 10 anos atrás quando fiz um upgrade do MacOS e agora aconteceu novamente. Muito frustrante!
×
×
  • Criar Novo...