Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Bruno Régis Duarte

Membros
  • Total de itens

    280
  • Registrou-se em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    7

Tudo que Bruno Régis Duarte postou

  1. Boa noite, pessoal. Adquiri um MacBook Pro M1 recentemente e já de cara havia reparado algo que pensei que fosse da minha cabeça. A Touch Bar do meu Mac é meio opaca, não apresentando tanto brilho quanto eu acho que deveria ter. Em resumo, hoje estive na iPlace e haviam 3 dispositivos iguais o meu em mostruário, e a Touch Bar deles eram muito mais brilhantes do que a minha. Detalhe é que a minha funciona como se o True Tone estivesse ativo na touch bar, muito estranho, um branco meio amarelado, e o cinza de cada "botão" virtual é muito escuro na minha máquina, e nos 3 dispositivos da iPlace era um cinza mais claro e muito mais vivo e brilhante. Não levei na assistência pois só atendem com horário agendado, e não tinham como me encaixar na hora. Também fiz outro teste com a tela, desativando o True Tone da tela do meu Mac e dos Macs em mostruário, todos Pro, com chip M1. Para a minha surpresa, a tela do meu Mac tem um branco mais azulado, enquanto a dos outros Macs apresentavam um branco mais puro e brilhante. Lembro que no iPhone, como a Apple possui algumas fornecedoras de telas e isso acarreta em o processo de desenvolvimento de cada fornecedor ser diferente, algumas telas terão branco mais puro, outras terão um branco mais amarelo, e outras mais azulado. Então sobre a tela, Ok, é muito aceitável e relevante pra mim a diferença. Mas a Touch Bar do meu Mac chega a me parecer feia comparada com a Touch Bar de qualquer Mac que vi até agora. Mas o estranho é que ela funciona super bem, e o brilho é bom, a definição de cores também é BEM legal, só que eu fui comparar com a de outro sem querer, e pronto, parece ter se tornado um problema. Enfim, dadas essas informações, tenho dois questionamentos: - Alguém percebeu que a Touch Bar do Mac não tem uma definição tão legal? Uma forma que dá de comparar é estando numa sala escura, ativar o brilho do teclado no máximo, e comparar o branco das teclas do teclado físico com o branco das letras na touch bar. Nos macs da iPlace, os brancos são IDÊNTICOS! No meu Mac, o branco do teclado físico é vivo, um branco bem puro. Na minha Touch Bar o branco é mais quente, dando uma diferença bem perceptível. O cinza dos botões virtuais da touch bar são bem visíveis e vivos nos Macs da iPlace, e no meu é um cinza bem escuro, quase preto. - Alguém sabe se tem uma forma de aumentar o brilho da touch bar? Ou, se essas configurações de cores e brilho e contraste dela são via software? Porque daí eu esperaria tranquilo uma atualização e faria uma reinstalação limpa do MacOS pra ver se muda algo. Levar na assistência é longe, e eu não posso ficar sem computador. E também imaginei que como conseguimos aumentar rastreamento do mouse, alterar imagem de plano de fundo da tela inicial e essas coisas impossíveis nas configurações do Mac por linha de comando, imagino que a Touch Bar, por se tratar de um display, talvez também possua configurações via linha de comando que podem ser úteis.
  2. Na verdade o preço não abaixa. O que acontece é que com o tempo as lojas vão subindo e descendo o preço, e como dito pelo amigo anteriormente, o que você encontrará são preços já praticados anteriormente em outras promoções que hoje PARECE barato. Geralmente leva em torno de 2-3 meses após o lançamento para vermos essas promoções surgirem, tanto de importadores como nos Marketplaces citados. Com certeza, ao menos aqui em Floripa, como todos os anos após o lançamento, na Black Friday já é possível ver boas promoções e preços mais aceitáveis de importadores. Os marketplaces, com cupons de desconto e benefícios de Cashback também proporcionam uma compra bem interessante. Já no Natal aqui NUNCA vi diferença nenhuma de valores, parece até que aumenta, porque tem alta demanda e sabem que o consumidor vai comprar.
  3. Concordo e reafirmo cada palavra! Bom quando o cara sabe escrever claro e simples! Grande abraço!
  4. Discordo de você em boa parte. Sou um grande fã da Apple, Samsung e também da Toyota, visto que, além da confiabilidade, é certamente a marca que oferece modelos de automóveis que mais me agradam. Se você for pesquisar no próprio site da Toyota, é uma das marcas que MAIS possui recall em aberto. Ou seja, embora você compre um veículo 100% (vou colocar dessa forma), nem tudo é perfeito, como já é esperado. Assim como o teclado borboleta da Apple foi uma porcaria, as bombas de combustível da Toyota costumam ser uma porcaria, assim como o CVT tem lá seus problemas e precisa de recall, especialmente no Corolla. Mas, a marca resolve os problemas pra você nas concessionárias durante uma revisão e você nem percebe. Enfim, não sou um Fã Boy maníaco da Apple. E se formos levar tudo a 8 ou 80, a discussão é bem longa, mas, afinal é pra isso o fórum, não é? Hehehe. Acho que a confiabilidade vem muito do produto que se oferece. Eu por exemplo, acho muito mais fácil que uma empresa ofereça um carro de boa qualidade do que um Smartphone. Até porque o uso do Smartphone é muito mais frequente do que do carro, e, além do carro oferecer materiais de maior robustez (e aí também entra o preço, que, assim como os produtos da Apple são um verdadeiro absurdo, um Toyota também é um verdadeiro absurdo - os novos), você vai conseguir ter certos cuidados com o carro que não se tem com um iPhone. Até uma pergunta meio besta, mas, pra mim faz um pouco de sentido. Quantas vezes você leva um carro para a revisão, e quantas vezes seu smartphone vai pra "revisão"? Além de a resposta ser óbvia, são nichos diferentes, produtos diferentes, mas o que pega é o modelo de negócio, que é praticamente igual.
  5. Acredito que os novos produtos virão num sistema semelhante aos Macs Pro. Eles vem numa caixa bem robusta, mas o lacre é apenas uma etiqueta adesiva, como qualquer outra marca nos envia um produto "lacrado". Mas que isso me gera muito receio, ah sim, gera. Não passa a mesma credibilidade que sempre passou.
  6. Boa tarde, O que realmente me chamou atenção do 12 pro 13 (modelos PRO) foi a diferença no foco das câmeras. No restante, acho que não sentirá de fato diferença. Pegaria o 12 por um valor inferior e ano que vem você já pega o 13 num valor bom. Abraço!
  7. Eu comprei o XR há exatamente duas semanas. Notei desde o início que durante o carregamento, ou, durante uso com fone de ouvido (utilizando adaptador original Apple Lightning-P2 o aparelho esquenta demais na parte inferior esquadra onde tem o microfone. Não notei nenhuma mancha e torço pra não ter nenhum tipo de problema, mas, que esquenta MUITO, sim, esquenta. Acontecia também no meu iPhone 6, porém, nunca tive qualquer tipo de problema, fosse estético ou hardware.
  8. Entendi, @jailsonrs. Pra um usuário neurótico faz sentido mesmo, hehe. Concordo com ciclo da bateria ser bobagem, mas, de fato, faz diferença na revenda. Abraço!
  9. Fala pessoal, Como eu sempre costumo fazer quando adquiro um novo produto, gosto de postar minhas primeiras impressões aqui no Fórum, pois entendo que pode ser útil pra alguém. Pois hoje chegou meu novo MacBook Pro M1 8GB 256GB. Peguei num preço muito bom LACRADO depois de vender meu MacBook Air 2020 i3 pessoal. De primeira já posso adiantar que não dá pra comparar um com outro, visto que um é Air e outro é Pro. Minha primeira impressão é que o aparelho "engordou" bastante. Se comparado com o Air, visto que eu estava acostumado por ser tão fininho, no Pro eu realmente senti muita diferença. O aparelho é extremamente ágil, e hoje iniciarei os testes para ver o quão melhor ele me atende no dia-a-dia. Dentre algumas outras postagens que farei nos próximos dias estarão as seguintes: - Mac conectado em Monitor 4K através de Dongle HDMI e também cabo DisplayPort-USB-C; - Comportamento e desempenho com aplicações como IntelliJ, Affinity Design e uso comum para navegação Web; - Comportamento em altas temperaturas, trabalhando ao ar-livre no sol; - Edição de vídeos em 4K; - Duração de bateria detalhando quanto gastei de tempo em cada aplicação; Enfim, postarei impressões de uso de um usuário comum que também trabalha com algumas aplicações de uso mais profissional, tanto para desenvolvimento quanto edição. Também estou aberto a ideias do que testar pra tirar o máximo de aproveitamento do produto, afinal, o i3 já me atendia muito bem, então não sei se no meu uso vou conseguir ver tanta diferença assim, exceto que até o momento notei apenas que a bateria dura MUITO mais e os aplicativos abrem muito mais rápido. Mas isso eu já esperava. Abraço!
  10. Algo que o colega citou acima sobre essa "neura" é um verdadeiro problema. Pra mim esses 6% que você perdeu não dizem nada, pois, você mesmo pode nem ter perdido. A Apple diz que essa estimativa é literalmente uma estimativa, e não a realidade propriamente dita. É o software te dando uma previsão de quando vai precisar trocar de bateria, nada mais. O único problema é que mesmo que o aparelho esteja intacto e bateria nova, se estiver marcando menos de 100%, perde valor de revenda. Eu só achei um pouco exagerado o comentário do @jailsonrs sobre trocar a bateria do aparelho a cada dois anos. Eu, particularmente, como técnico e como usuário acho uma estimativa exagerada, visto que em tantos anos nunca peguei um aparelho que a bateria tenha perdido capacidade de carga ou que isso tenha incomodado o usuário ao menos em 3 anos. Os meus iPhones, tanto pessoal quanto de testes costumam durar 3 anos, 3,5 anos até eu sentir que a bateria já não aguenta como antes, e leva 4 anos cravados até morrer de vez na minha mão. E eu só carrego e uso normalmente, sem me preocupar com ciclos ou qualquer coisa do tipo. A dica é simples, faz como o colega disse e segue o fluxo, não se preocupa com ciclos e coisas do tipo. Por experiência acredito sim que sua experiência pode te proporcionar uns poucos meses de vida a mais pra sua bateria, mas, não mais que isso. Eu acho um teste válido, e algo legal de se postar na internet. Mas faz por gosto, porque os benefícios serão bem pequenos se comparados aos cálculos, controle e qualquer trabalho que você tenha no dia a dia pra manter o seu iPhone no powerbank.
  11. Não sou um gênio mas acredito que faz sentido sim. Em vez de consumir um ciclo em um dia, com a PowerBank você preserva esse ciclo por aproximadamente 4 dias, mantendo o aparelho longe da tomada. Até onde sei, as baterias perdem capacidade de carga por 2 motivos: 1 - Desgaste do tempo; 2 - Bateria parada. Os ciclos existem justamente pra contar uma carga e descarga da bateria e manter ela em funcionamento constante. Porque se você usar o aparelho sempre na tomada, a bateria fica "parada", por assim dizer, e você vai matando ela por não utilizá-la. Mas no seu caso, deixar o aparelho numa Powerbank por 2 ou 3 dias até o aparelho consumir de fato a bateria do iPhone não é tempo suficiente pra matar uma bateria. Acho um experimento válido, e pelo pouco conhecimento que tenho e tudo o que já li, é uma forma sim de preservar a vida útil da sua bateria por mais tempo. A Apple diz que suas baterias vão durar X ciclos. Mas é importante compreender que não é só o número de ciclos que conta. É como você pegar um carro 0 com garantia de 3 anos e passar o primeiro dia com o farol ligado no estacionamento enquanto foi trabalhar. Sua bateria novinha vai descarregar. Depende muito do cuidado do usuário também, e no seu caso, me parece que tornaria a sua bateria mais duradoura sim. Mas, ela vai morrendo aos poucos, inevitavelmente, e mesmo com todo esse procedimento, por prolongar demais os ciclos da bateria, pode ser que um dia quando a sua bateria morrer pelos fatores de desgaste do tempo, você nem tenha completado os ciclos previstos pela Apple. Assim como um cara que usa muito o iPhone pode ultrapassar tranquilo a conta dos ciclos e ainda ter uma bateria Ok. Porque além do ciclo, tem o tempo previsto de vida útil e a reação química que vai fazendo a bateria perder capacidade de carga. Mas... num experimento como esse, por mais que tenhamos marcas muito boas por aí, eu só usaria original Apple. Como a case que carrega. Sou meio bitolado quanto a carregadores. Abraço!
  12. Bom dia, Amigo. É normal. A Apple fez isso pra que quando você estiver digitando rápido e esbarrar na Caps Lock por engano ele não seja ativado e você perca o fio da miada. A tecla precisa ser pressionada com mais força e devagar pra ser ativada. É o Costumer Success da Apple. Abraço!
  13. Entendi o posicionamento. Talvez um iPhone de 5 anos atrás não rode perfeitamente como um aparelho novo o sistema mais atual. Mas uma coisa é fato, GERALMENTE, e apenas GERALMENTE, um iPhone de 5 anos atrás roda tão bem o sistema novo quanto aparelhos novos de outras marcas rodam o Android atual também. Ao menos essa é minha percepção. A minha ideia não é vender o iPhone, embora eu seja um fã dos produtos da marca sim. O que eu gostaria mesmo é de repassar a experiência de um usuários mais simples, e, de longa data de ambos as marcas e que sempre deu preferência pra Android, como boa parte dos amigos aqui. Mas infelizmente experiência só vivendo, e cada um vai acabar decidindo se o valor realmente foi bem pago. O que eu defendo mesmo é o seguinte, se o cara quer um aparelho PRO mais barato, vá de Android sem erro. Se o cara quer uma experiência realmente diferente e legal, vai de Apple. Se o cara quer apenas fazer ligação, procura um Nokia no ML que mesmo de 20 anos atrás a bateria deve durar melhor que os aparelhos de hoje, porque a Nokia realmente acertou em produtos longa data mais do que Apple kkk. Enfim, gosto de levar em conta as necessidades do usuário, orçamento, e realidade que cada um vive. Abraço!
  14. É exatamente isso, o Mac reconhece o monitor como uma TV. Já segui diversos procedimentos da Internet, inclusive, funcionaram no Macbook 2015. Mas 2016 pra cima eu testei em alguns e não funciona. Quando plugado em HDMI, mesmo o Dongle original da Apple ou o mais top da Satechi ocorrem o problema. Reclamei muito pra Apple, exigindo a correção do Bug, porque se fosse o monitor, tudo bem, mas acontecer com todos os monitores que testamos (cerca de 7) e em todos eles ocorrer o problema quando em HDMI? E outra, o usuário não deveria se preocupar em corrigir o problema manualmente como foi no caso do MacBook Pro 2015. Anos se passaram e a mesma novela continua. E eu, como usuário e técnico de suporte, reuni diversas evidências pra eles que há um problema de software, eles mesmo admitiram, e nada até hoje. Quem admitiu foi o suporte avançado, que recebeu por e-mail uma resposta da engenharia de produto de cupertino (isso nas palavras deles) informando que em alguma atualização futura haveria correção. Mas acredito que por poucos usuários como eu terem torrado a paciência da Apple, eles nem devem dar atenção. De qualquer forma sou grato pelo dongle que me enviaram ter corrigido o problema. Hoje também não uso mais monitores FHD, apenas 4k, e estes geralmente dispõem de DP e USB-C, então, não tem sido mais problema.
  15. Sim, amigo. Aqui o VGA resolveu 100% do meu problema. Faz um teste aí, é bem provável que vai ficar bom também. O VGA pega FHD até 60hz sim.
  16. Eu sou o tipo de usuário que utiliza os Apps de fábrica do iOS e alguns outros como mídias sociais, banco, e alguns apps de edição de imagem e vídeo mais simples. Eu nunca tive problemas de compatibilidade, utilizo os mesmos apps no meu iPhone XR e num 5s que tem aqui em casa pra testes. Porém, é fato que as versões do App são diferentes. O que acontece depois que o aparelho para de receber atualização é que você não consegue mais baixar aplicativos da App Store. Na verdade você consegue, mas só aqueles que você já baixou na sua conta em algum momento passado. Porque fica na seção "compras" da sua Apple ID, e quando você baixa num aparelho mais antigo que não recebe mais atualização, a Apple disponibiliza aquele app pra você na última versão que seu aparelho suporta. E sinceramente, estamos falando de pelo menos 5 anos até você ter qualquer "problema" desse gênero. Fora isso, nunca vi qualquer tipo de problema. O 5s aqui de casa ainda roda liso como qualquer aparelho novo, sem a última atualização do iOS claro. Porque pra ele não tem. A não ser que o amigo use apps bem específicos que com o tempo gere problemas. Por exemplo, se o App em questão não é suportado mais no 5s e você depende do App pro seu trabalho, ou, das funções que a última versão do App disponibiliza e seu aparelho não roda essa última versão, aí sim, é um problemão. Ao menos é o que eu entendi.
  17. Eu fui um dos que apanhou MUITO com isso, porque eu fiz questão de importunar a Apple por dias. Cheguei no suporte avançado deles, e, lá dentro da Apple não sei como foi o processo, mas fui muito bem atendido e "resolveram" meu problema em 2 semanas. O que acontece é que se você usar HDMI, dependendo do monitor (e eu tive a mesma sorte que você) porque o problema é crônico com HDMI e o rapaz da Apple me admitiu isso, o seu Mac pode enviar um sinal YPBPR ao invés do RGB que o monitor está esperando. Dessa forma, mesmo você estando com a resolução configurada em 1920x1080 você vai ver letras borradas, Wallpapers sem definição, como se estivesse na resolução errada. O meu é um Air 2020, usando Dongle com HDMI. E definitivamente, no Windows e no Linux não ocorre esse problema. O monitor é Full HD, mas a resolução fica perfeita e não vejo pixels. Ponto. Mesmo com PPI baixo, a definição pra mim ficou boa em outros sistemas. Depois de INFERNIZAR a Apple por 2 semanas, eles me mandaram um Dongle original deles, só que adivinhem: Ele é VGA, e não HDMI. POR SORTE o problema ocorria nos meus dois monitores, e um deles tem VGA, e resolveu o problema. Ficou nítido no monitor usando Mac igual fica no Windows e Linux. Boa, aí fiquei usando VGA mesmo nesse monitor 25 Wide. Então para resolver o problema no UltraWide 29 polegadas eu usei um cabo DisplayPort x USB-C. Sem o que reclamar. Ficou perfeito. E o Mac enviou o sinal RGB corretamente. Resumindo, HDMI é uma verdadeira sarna no Mac, e eu mesmo não compro mais monitor com HDMI, a não ser que esse monitor tenha USB-C ou Display Port também, que é o caso do meu novo 4K. Acreditem, até num 4K o HDMI apresenta o mesmo problema (utilizando cabos de 100, 300 reais... não comprei nada fajuto tentando economizar). Resolução 4K certinho, mas, fontes serrilhadas e imagem sem definição como se estivesse em 720p. Foi só plugar no DisplayPort e pronto. Ficou perfeito, parece uma tela de iMac. Testei no meu Mac, nos Macs da iPlace, em assistências do centro da cidade, nos Macs das assistências, carregando meu Mac e os monitores de lá pra cá, e testando nos próprios monitores e TVs das assistências. Até na iPlace aqui de Floripa tem uma TV de 80 polegadas 4k e aconteceu o mesmo problema em HDMI. Utilizando diversos cabos, do mais simples ao mais caro e de grandes marcas. Só resolve se não usar HDMI. Até no Dongle mais fuleiro funcionou perfeito, usando VGA e DP.
  18. Já vendeu? Tem anúncio no ML? Funciona biometria e tudo certinho?
  19. Boa tarde, Amigo. Não sei se já encontrou uma solução, mas são várias as possibilidades. - Se você testou no Mac e no Windows e em ambos ocorre o problema, então não é problema do sistema operacional, senão aconteceria em um e em outro não; - Como você trocou o cabo de rede e em teoria o novo deve estar funcionando perfeitamente, poderia ser um problema de Hardware do próprio iMac. Porém, como o problema ocorre a cada 2 minutos tanto utilizando cabo como wi-fi, dificilmente vai ser hardware também. Pois cabo é uma coisa, wi-fi é outra, e, em termos técnicos, é bem difícil dar problema nos dois ao mesmo tempo. - O problema pode ser o seu roteador, que quando já tem um certo tempo de vida, começa a apresentar esse comportamento, especialmente se for tp-link ou d-link; - Caso seu roteador esteja legal, pode haver algum problema no conector entre a fibra-ótica que vem da operadora e o seu roteador, se for fibra; - Se for cabo coaxial, o problema pode ser o conector com o cobre oxidado. O sintoma é exatamente o que você relatou, ou, nem funciona mais; Se tudo estiver ok, é quase certo que o problema é com a sua operadora. Pois fibra ótica ou funciona ou não funciona. Você só vai ter "mal contato"no conector. O cabo em si vai estar bom ou vai estar quebrado, e no caso de estar quebrado não funcionaria nem por 1 segundo. Aí eu sugiro entrar em contato com a operadora. Abraço!
  20. Boa tarde, Amigo. Até onde sei os iPads Pro estão na casa dos 7,5k. Por esse preço (e um pouco menos) você encontra facilmente um MacBook Air 2020 M1 Lacrado (é o preço que os importadores praticam aqui em Floripa). Eu não trocaria o Mac por um iPad. Já iria direto num Macbook mais novo com M1, porque mesmo o iPad Pro sendo uma tetéia, não substitui um Laptop e não há previsão para que TODOS os apps do Macbook rodem no iPad Pro. Acredito até que isso nem possa acontecer, por conta de cada produto ter uma finalidade específica. A não ser que você tenha real certeza de NÃO PRECISAR MAIS de um notebook, aí vai no iPad sem medo. Mas o MacBook Air além de leve, é melhor, na minha opinião. Mas daí é baseado em experiência de usuário, sem levar em consideração de fato a finalidade e termos técnicos.
  21. Voltando pra profetizar pra vocês que os iPhones virão no sistema NullBox. Receberemos apenas o aparelho envolto em plástico bolha.
  22. Simetria. Todas as teclas de letras e FNs são maiúsculas. Todas as teclas de suporte são minúsculas. É uma das matérias de UX. Por mais que o usuário não perceba no dia-a-dia, gera contraste, conforto e facilidade durante o uso, dando a sensação ao usuário de estar usando um teclado único.
  23. Eu me sinto tentado a migrar para o S21 também, e já foram várias as vezes que isso passou pela minha cabeça. Aqui em Floripa tem uma iPlace no shopping e exatamente ao lado uma Samsung Store. Algo que me faz ter o pé atrás com Samsung são as inúmeras experiências ruins que já tive com eles em diversas situações, desde a parte da compra até a parte do suporte. Alguns pontos que me mantém na Apple: - Seja na iPlace ou Apple Store, todos os produtos (do mais simples ao mais top) tem destaque. Não há banners, cartazes ou qualquer tipo de discrepância social (por assim dizer) entre nenhum dos produtos. Você tem a sensação de que pegar um SE ou um 12 Pro Max, ambos serão uma ótima escolha, independente do que difere cada um. Você sabe que independente do aparelho que escolher, vai ter atualização e suporte para ambos, e não será menosprezado pelo preço que pagou no aparelho. Já na Samsung Store você tem os aparelhos de entrada e médios mais de canto, e se dá atenção e destaque somente nos topos de linha, gerando inferioridade e imagem de descuido com os demais aparelhos que não são topo. Não estou generalizando, falei da Samsung ao lado da iPlace mas estou levando em consideração as 5 Samsung Stores que conheci em cidades diferentes. - Atendimento da Apple tanto na hora da compra quanto no pós-venda é muito bom. Há sempre um ou outro que não quer trabalhar. Mas no geral é muito bom, você é acolhido. O sistema e o produto não são perfeitos, tanto que você precisa de suporte para resolver o problema, mas, você se sente acolhido. Já na Samsung, mesmo nos aparelhos topos de linha que tive, boa sorte! Vai precisar. - A Samsung oferece aquelas telas, câmeras e tudo do mais cobiçado em suas propagandas e stands. Mas é um aparelho que depois de 3 ou 4 anos começa a travar e é tão fútil o que se oferece (na minha opinião) que depois de 1 ano o seu S21 já é um aparelho ultrapassado, e perde valor, e você precisa trocar pelo S22 ou ficar com ele até travar e você perder a paciência. Na Apple, teu SE 1 geração ainda recebe atualização, e não fosse a tela pequena (porque em termos de qualidade, definição e brilho é uma boa tela), em grande parte ainda é MUITO útil e competente. Enfim, como eu sempre digo, você paga mais pela experiência do que pelo aparelho. Eu NÃO odeio Samsung, sendo que SEMPRE dei preferência em comprar aparelhos da Samsung antes de pegar qualquer um da Apple, e só peguei tops de linha. São aparelhos incríveis, mas a experiência é insustentável. Desde 2019 não cogitei mais a possibilidade de ter um Samsung, embora admiro o que os aparelhos oferecem, e, sinceramente, por mais perfeito que o aparelho seja, prezo por ser um usuário feliz e bem assistido. Mesmo um iPhone não tendo o hardware de um S21, consegue ser tão competente quanto, provando que com menos, se faz o mesmo ou até mais que um Samsung. Eis o desabafo e realidade de um pobre usuário! Hehehe. Apenas minha opinião. Abraço!
  24. Bom dia, Amigo. M1 tá muito legal. Pensei que haveriam muitos bugs e lá pelo M3 ou M4 estaria legal. Uma coisa te digo, se sair um M2, vai vir melhor que o M1 que já é top. Mas acho Difícil ter como se arrepender de um M1, porque o valor tá baixo, e quando sair o M2 vai sair mais caro, ainda que seja melhor. Você vai comprar o M1 e não vai perder na revenda, só vai ter que ter paciência de vender. Eu esperaria o mês acabar, se não tiver novidade, compra o M1. Se tiver, avalia a questão financeira e real necessidade. Abraço!
×
×
  • Criar Novo...