Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Pedro Passamani

Membros
  • Total de itens

    36
  • Registrou-se em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    4

Pedro Passamani ganhou o dia pela última vez em 16 de outubro 2023

Pedro Passamani teve o conteúdo mais curtido!

Informações do Perfil

  • Sexo
    Masculino

Últimos Visitantes

1796 visualizações

Conquistas de Pedro Passamani

  1. Correção, não existem Pros de 15" de 2020 com CPUs Intel. Somente os de 13" foram atualizados naquele ano pouco antes da migração para AS.
  2. É um unibody de 13" ou de 15", ou um Retina? Minha opinião é de que Macs Intel só valem a pena em três casos: 1- Se estiverem muito baratos, mas muito mesmo (faixa de R$ 3000 no máximo, e isso se for um modelo de 2019 ou 2020); 2- Você precisa rodar Windows ou Linux nativamente, e não vê problema em migrar para uma dessas plataformas no futuro quando a Apple parar de lançar novas versões do macOS compatíveis com Intel; 3- Para usar como um computador secundário, para rodar programas antigos ou para coleção. Agora, pensando em opções de upgrade, vejo apenas três: 1- MacBooks Pro Retina até 2015 (design lançado originalmente em 2012; aceitam upgrade de SSD); 2- MacBooks Pro de 16" (2019) e os de 13" e de 15" de 2020 (não usam teclado butterfly); 3- MacBooks Air até 2017 (design originalmente lançado em 2010; aceitam upgrade de SSD e possuem bateria removível); 4- MacBooks Air de 2020 (não usam teclado butterfly). É isso. É minha opinião, mas considerando só a GPU não acho ser uma boa opção. Essas Radeon na verdade dão mais problema que as GeForce citadas. É um defeito crônico, sem solução (fazer reballing ou trocar o chip não adianta), onde o único contorno é desabilitar totalmente a Radeon (preferencialmente via hardware; existe até um kit para isso) e forçar o uso da Intel HD 3000. Além disso, tanto a Radeon quanto a HD 3000 não suportam Metal, o que vai piorar a experiência de uso (interface mais lenta e bugada, perda de compatibilidade com programas que requerem Metal, como Maps, iMovie e a suíte iWork, por exemplo) frente ao modelo atual do OP. O ganho de performance na CPU seria sim muito interessante, se o 2012 do OP for um unibody de 13", mas fora isso, o 2011 é pior em tudo.
  3. A mais popular hoje é o Jamf: https://www.jamf.com/ Não cheguei a usar ainda (não temos Macs ou dispositivos iOS na empresa), mas é a plataforma que mais vejo ser recomendada e discutida atualmente.
  4. Exatamente, rs. Tenho muitos outros brinquedos que não estão na foto. Aproveitanto, esqueci de listar o Mac mini Server 2009, que aparece na primeira imagem. Está rodando Mac OS X Server 10.6.
  5. A pintura da parede não está muito bonita, mas é o que tenho... De dois em dois meses mudo os Macs clássicos, mas o setup básico é esse. Em setembro/2023: PC Windows Mac mini 2012 i5 com macOS Monterey via OCLP Monitor Philips 221EL (na ativa desde 2011) Teclado e mouse Logitech Câmera Logitech 720p Apple Cinema Display 22" ADC Power Mac G4 Sawtooth 450 MHz Power Mac G4 MDD 1.25 GHz Apple Pro Keyboard Apple Pro Mouse (não aparece nas fotos) AirPort Extreme 6ª Geração Tenho uma iSight também, mas como não costumo a usar muito, deixo guardada.
  6. O erro ao abrir a versão da App Store ocorre pois ela requer uma GPU compatível com Metal, que os modelos de 2011 não possuem. A alternativa é usar uma versão antiga, sem esse requisito. Encontrei uma página no Internet Archive com as últimas versões dos "iApps" que não requerem Metal: https://archive.org/details/apple-apps-for-non-metal-macs A compatibilidade de versões antigas com sistemas mais novos pode não ser 100%, e não sei se foi dessa página que você baixou, mas vale o teste.
  7. Senhores, depois de muito tempo, estou de volta. Durante os últimos meses quase não mexi nos Macs que tenho aqui, mas isso mudou e agora finalmente retomei o projeto. No último sábado abri o LC e comecei o procedimento. Esse é o carinha: Tampa removida: Processador 68030 com o espaço para FPU, ainda vazio, ao seu lado. Destaque também para o chip AMD (controlador SCSI): FPU 68882: FPU instalada: Sistema e especificações: Speedometer mostrando que a FPU foi detectada: Por hoje é só. Vou deixar os becnhmarks para o próximo capítulo (dessa vez não vai demorar, rs).
  8. Boa Noite! voce enviaria para campinas sp?sedex

    cep 13091-905 

  9. Esse é um PowerBook meio sucata que peguei recentemente. Foi na OLX, R$ 100, não testado. Funciona perfeitamente, só a tela que tem essas listras. Tenho outros dois de 12", então esse acabou ficando para testes em geral mesmo. Não ligo muito para o estado visual dele.
  10. Pessoal, bom dia. Novas atualizações! A FPU de 40 MHz chegou e está pronta para ser instalada. Passei o dia de ontem baixando e copiando para um disquete os programas que irei utilizar, como o Speedometer. Para isso, tive que montar um setup bem interessante: O objetivo era usar o G3 e seu drive de disquete para copiar os programas. Como os Wallstreet não tem USB (e o módulo de CD-ROM estava guardado), tive que fazer uma cópia via rede. Para isso, utilizei um PowerBook G4 12" como Mac intermediário. Copiei os arquivos para o G4 (originalmente fiz o download em meu Mac mais novo, um Mac mini 2012 rodando macOS Monterey) usando um pendrive e o conectei à minha rede Wi-Fi. Feito isso, habilitei o compartilhamento de arquivos AFP para que o G3 (rodando Mac OS 9) pudesse fazer a cópia. Como não tinha um cabo de rede longo o suficiente para conectar o G3 ao meu roteador, utilizei um outro dispositivo Apple para fazer a conexão. Reativei meu velho AirPort Express e o coloquei em modo ponte (conectado ao roteador principal via Wi-Fi), ligando o G3 via cabo na porta de rede do Express. Com os dois PowerBooks na rede e AFP ativado em ambos, foi só conectar o G3 ao G4 usando o Chooser no Mac OS 9 e copiar os arquivos. Tudo funcionou perfeitamente e de primeira. Depois disso foi só inserir o disquete, formatar e realizar a cópia dos programas. No próximo final de semana vou copiar tudo para o LC III, rodar os benchmarks de antes da instalação da FPU e finalmente realizar o tão esperado upgrade. Fiquem ligados, pois em breve voltarei com mais informações! Só para referência, os dispositivos/computadores utilizados no processo foram estes: Mac mini 2012 (2.5 GHz Intel Core i5, 12 GB RAM, macOS Monterey) PowerBook G4 12" (1.33 GHz PowerPC G4, 512 MB RAM, Mac OS X Tiger) PowerBook G3 Wallstreet 13.3" (250 MHz PowerPC G3, 256 MB RAM, Mac OS 9) AirPort Extreme 6ª Geração AirPort Express 2ª Geração (802.11n)
  11. Pessoal, boa tarde! Alguns updates: Não encontrei a FPU de 25 MHz, então negociei com o vendedor do modelo de 40 MHz para tentar baixar o preço. Consegui um valor melhor e fiz a compra. O chip deve chegar até sábado; Os disquetes chegaram e estão prontos para uso. Utilizei um PowerBook G3 Wallstreet (13.3", 250 MHz, Mac OS 9.2.2) com seu módulo de floppy (nada como as capacidades de expansão de um PowerBook G3...) para os preparar; Adicionalmente, encontrei um CD-ROM externo SCSI que pode ser útil, visto que o LC não possui CD-ROM interno. Veio sem a fonte, mas ele aceita pilhas. Estou fazendo alguns testes, mas não encontrei muita coisa sobre esse drive na internet. Se alguém encontrar o manual, me avise! É isso. Em breve iniciarei o projeto e voltarei com novidades!
  12. Fala, pessoal! Muito obrigado pelas informações! Passei a semana dando uma pesquisada, especialmente no 68kMLA e Reddit, e consegui pegar algumas informações. Não encontrei muitos exemplos com o LC III, mas vi bastante gente fazendo esse upgrade nos Color Classic. Alguns conseguiram usar FPUs com clock maior do que o do processador, enquanto outros não. Me parece que tem muito a ver com a origem da FPU em si. Os que tiveram problemas estavam usando FPUs recentes (2019) marcadas com a logo da Motorola, enquanto os que tiveram sucesso usaram FPUs da época ou então as mais recentes porém marcadas como Freescale. Estou tentando achar um modelo de 25 MHz, para combinar com o clock do processador. Em paralelo estou conversando com o vendedor do modelo de 40 MHz (marcada como Freescale) para tentar baixar o preço. Dependendo do que conseguir, comprarei nem que seja para fazer um teste rápido. Também comprei alguns disquetes para transferir os programas de benchmark, como o Speedometer e MacBench, e para criar as mídias de instalação de versões mais novas do System 7/Mac OS (atualmente o Mac está com o sistema original, System 7.1). Essa semana terei novidades e voltarei aqui para atualizar vocês do progresso!
  13. Fala, pessoal! Algum entusiasta de Macs clássicos na área? Esses dias de carnaval estou aproveitando para dar uma revisada no meu LC III, e pensei em colocar a FPU 68882 nele. Dei uma olhada no Mercado Livre e encontrei algumas opções: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1926169770-co-processador-motorola-fpu-68882-40mhz-plcc-amiga-macintosh-_JM https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1885220811-mc68882-plcc-_JM Vocês já fizeram esse procedimento? Será que essas FPUs são confiáveis? Já vi alguns casos de CPUs e FPUs falsificadas (tipo os 68040 que na verdade são 68LC040) e fiquei na dúvida. Adicionalmente, sabem se o clock da FPU precisa acompanhar o da CPU? Meu LC III é o modelo de 25 MHz, mas será que se eu colocar uma 68882 de 40 MHz vai funcionar? Imaginon que ela vai reduzir o clock automaticamente, como acontece com a RAM. Valeu!
×
×
  • Criar Novo...