Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Eduardo Marques

Administradores
  • Total de itens

    389
  • Registrou-se em

  • Última visita

3 Seguidores

Sobre Eduardo Marques

  • Data de Nascimento 27-04-1983

Métodos de Contato

Informações do Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • Localização
    Rio de Janeiro

Últimos Visitantes

5.757 visualizações

Conquistas de Eduardo Marques

  1. Fala, pessoal. Tudo bem? Estou vendendo uma Base Station Pro que não funciona direito com o iPhone 13 por conta dos ímãs: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-2661280876-base-station-pro-base-carregadora-sem-fio-da-nomad-_JM Segue a descrição e outras informações importantes: A Base Station Pro, com a tecnologia Froepower, permite uma experiência de carregamento verdadeiramente sem preocupação com a posição do aparelho. Uma matriz de 18 bobinas permite recarregar simultaneamente até 3 dispositivos em qualquer lugar da base. Com seu design moderno, superfície de couro acolchoada e perfil fino, a Base Station Pro é construída para aprimorar qualquer espaço de trabalho, casa ou escritório. Carregamento sem fio de superfície completo Cobre até 3 dispositivos de uma só vez Design de 18 bobinas ultrafino Velocidade de carregamento de até 7,5W Alimentado por um carregador de 30W USB-C PD Atualização de firmware Freepower Atualmente, o software é compatível com: iPhone 8 ao 11 AirPods Pro e AirPods com caixa de carregamento sem fio Dispositivos do Google: telefones Pixel 4 e Pixel 3 Samsung Galaxy S6, S7, S8, S9, S10 e S20 Samsung Note 10, 20 Samsung Galaxy Buds e Buds Live Tablet Nexus 7 Amazon Fire Tablet 7 Sob condições ideais, a maioria dos dispositivos suportados deve cobrar de 0 a 100% em 4-5 horas. A família do iPhone 13 não é compatível! Compatibilidade limitada com: iPhone 12 mini: cerca de 8 horas para recarregar iPhone 12: cerca de 8,5 horas para recarregar iPhone 12 Pro: cerca de 8,5 horas para recarregar iPhone 12: Pro Max: cerca de 9,5 horas para recarregar Os ímãs da família do iPhone 12 também reduzem a eficiência do carregamento, resultando em tempos de carregamento mais lentos. Todos os dispositivos entram em um modo de carregamento mais lento quando o nível da bateria excede 80% devido a limitações de química da bateria, o que é especialmente pronunciado na Base Station Pro.
  2. Você usou um exemplo de uma promoção quase relâmpago da Amazon, que saiu do ar poucos minutos depois — nós não controlamos isso. Todas as promoções divulgadas pelo MM Ofertas são verificadas por, no mínimo, duas pessoas antes de ir ao ar. Mas promoções acabam, infelizmente.
  3. Esse aviso não está aparecendo aí para vocês? https://d.pr/i/AEKPnr Se sim, fiquem tranquilos. A compra está registrada, a loja tem que honrar. A não ser que ela admita que se tratava de um erro (o preço) e cancele os pedidos. Mas não me parece ser o caso.
  4. Pode demorar mesmo, cara. Ainda mais sendo Black Friday. Estamos falando de uma das lojas mais famosas da internet, eles vão honrar. Fique tranquilo. Aproveitando, movi o tópico para um local mais adequado.
  5. Movemos o tópico de lugar para fazer mais sentido na organização do MM Fórum. 😉
  6. Fui eu quem escreveu o post do fim do monopólio do Windows mas, pelo visto, você não interpretou o texto da forma correta. Por favor, leia de novo: "Foi-se o tempo em que o Windows reinava entre os sistemas operacionais. Sim, ele continua firme e forte no mundo desktop — ainda que as vendas tenham despencado depois do lançamento do primeiro iPad —, mas a verdade é que a era “pós-PC” já está aí e ninguém pode negar. Os gráficos abaixo comprovam isso e mostram que a briga agora está mais acirrada do que nunca!" Eu *afirmo* que o Windows continua firme e forte, dominando o mundo desktop — embora as vendas de PCs tenham caído bastante de uns tempos para cá. O problema, e que você não entendeu, é que o Windows não "concorre" mais apenas com o OS X (desktop) e sim com outras plataformas (smartphones e tablets), outros sistemas operacionais (iOS, Android, etc.). Levando em conta esse cenário, o monopólio do Windows acabou. Olhe o gráfico novamente (especialmente o segundo): em 2009, 70% de dispositivos conectados à internet eram Windows (monopólio); hoje esse número caiu para cerca de 25% (fim do monopólio). Desculpe dizer isso, mas o problema é que alguns leitores já vão ler um post com sete pedras na mão, interpretando apenas o título, sem ler e absorver o texto. Sobre não comentar problemas da Apple… sinceramente, você não pode reclamar/nos acusar disso. Basta fazer uma busca no site para ver que nós falamos de tudo, coisas boas e ruins. Falamos tanto dos recordes das ações da Apple como de suas quedas. Falamos tantos dos esforços para melhorar as condições de trabalho na China quanto dos deslizes. Parabenizamos quando ela lança um produto ótimo, assim como quando o contrário acontece. Quer exemplos? http://macmagazine.com.br/2013/06/11/halex-bodejando-ive-a-vista/ http://macmagazine.com.br/2012/06/15/opiniao-por-que-o-macbook-pro-com-tela-retina-e-uma-otima-maquina-mas-peca-pelo-nome/ http://macmagazine.com.br/2013/01/29/por-que-a-apple-tambem-errou-lancando-o-ipad-de-quarta-geracao-com-128gb/ http://macmagazine.com.br/2013/04/17/acoes-da-apple-despecam-nesta-quarta-feira-e-retornam-ao-patamar-do-final-de-2011/ O MacMagazine sempre foi — e sempre será — um canal de fãs da Apple e não é para ser diferente. O dia que deixar de ser o site simplesmente perde o sentido. É aquilo que o Rafael falou: que vocês verão muito mais críticas a Apple de quem não gosta da empresa e de quem não vive nesse mundo diariamente, eu não tenho dúvidas. Mas falar que nós simplesmente ficamos quieto quando algo de errado/ruim acontece, é uma calúnia. Sobre os comentários, já explicamos algumas vezes. Estava humanamente impossível conciliar a moderação do IntenseDebate com o resto de nossas tarefas no dia-a-dia. Com o Facebook, os trolls se foram. Sim, tem muita besteira — assim como na época do IntenseDebate. Como já falamos, a interação que temos com leitores aqui pelo Fórum, por email e, principalmente, pelas redes sociais é, na maioria das vezes, muito mais valiosa. Dezenas de sites estão acabando com o espaço de comentários e esse movimento não é à toa. Abraços.
  7. Eu já passei por isso, mas não lembro como corrigi o problema. Bem, tente apagar as preferências do widget do tempo na pasta ~/Library/Preferences. O nome do arquivo deve ser algo parecido com isso: widget-com.apple.widget.weather.plist. Depois de apagar, reinicie o computador e veja se o problema foi resolvido.
  8. Eu sugiro esperar mais um pouco, até a liberação do OS X 10.7.3. Apesar do Lion ainda não rodar 100% aqui, acho que falta pouco para isso acontecer — por isso a ideia de esperar a próxima atualização, que deve sair logo logo.
  9. Não existe conta @icloud.com, todos os emails criados no iCloud são @me.com. O @mac.com existia na época do .Mac, serviço anterior ao MobileMe. Com a transição, as contas @mac.com deixaram de existir, e hoje somente as pessoas que se inscreveram no serviço (naquela época) possuem o email em questão.
  10. Desculpe pela ignorância, mas poderia explicar como eu faço isso detalhadamente usando um Time Capsule como roteador? Não estou conseguindo de jeito nenhum. Existe um IP no Time Capsule diferente do IP mostrado na Network (System Preferences). O problema já começa aí. Bem, se você — ou outra pessoa — puder ajudar, agradeço. Abraços.
  11. O negócio é realmente complicado. Vou tentar fazer mais tarde, mas vamos as minhas dúvidas: É possível fazer isso sem usar o DynDNS? Eu tenho um Time Capsule. Alguém sabe como realizar a configuração nele? Abraços.
  12. Grava sim, basta você exportar o arquivo no formato desejado. Veja mais informações no site do produto.
  13. Eu já me cadastrei em todas as news (nacionais e internacionais) da Apple e não recebo nada. Alguém sabe onde eu tenho que me cadastrar para receber esses emails?
×
×
  • Criar Novo...