Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Adalberto Taylor

Membros
  • Total de itens

    2.066
  • Registrou-se em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1

Posts postados por Adalberto Taylor

  1. 57 minutos atrás, jpoliver disse:

    Eu gosto bastante do sublime também, porem como ele não e gratuito (apesar de parecer) e prefiro ficar na legalidade, afinal eu como desenvolvedor não gostaria de ver minhas criações sendo distribuídas gratuitamente sem minha permissão, preferi usar o Atom principalmente pela grande quantidade de extensões e por ser muito ativo em atualizações.

    Quanto ao editor de imagens o Affinity sai mais em conta do que o photoshop se formos comparar valores, porem o photoshop e ainda na minha opinião bem superior e o plano de assinatura da adobe pelo menos da uma amenizada.

    Concordo plenamente com você na questão de manter-se na legalidade. Quando usava o Sublime, trabalhava para uma empresa que tinha algumas licenças, que eu tratei de abraçar uma. Depois que parei de trabalhar pra eles, devolvi a licença e fui pro Atom também, mas ele estava extremamente pesado. Aí veio a Microsoft e lançou o VS Code, que é feito em cima do Atom, e muita coisa que no Atom/Sublime são plugins, no VS Já vem nativas, como por exemplo o Emmet, que eu não vivo sem.

    Realmente, comparando custo o Affinity é muito mais vantagem que o Photoshop. Em recursos eu não posso opinar, pois não trabalho mais com imagens há um bom tempo, geralmente meto um placeholder pra marcar layout e depois os caras colocam as imagens finais.

  2. E o Xcode? Ninguém usa? Não é bom pra C++?
    Quanto ao Brackets, ele é um editor pra front end não? 
    Pra aplicações sei melhor o Visual Studio ou o próprio Xcode
     


    Me recuso a ocupar 9gb de espaço para uma IDE, pra mim só vale se estiver desenvolvendo para iOS.

    Quanto ao Brackets, ele é um editor de textos, portanto permite editar códigos de qualquer linguagem. Se escolhe programar em C/C++ nele, terá de usar um compilador externo. Mas é possível trabalhar com qualquer coisa nele, inclusive já escrevi códigos Java utilizando o Sublime Text, que é bem similar a ele.

    Essa confusão é comum porque em desenvolvimento web não é necessário qualquer compilador, e em Java por exemplo, fica mais fácil usar um Eclipse ou Netbeans por eles já incluirem o compilador necessário.

    Xcode utiliza linguagem Swift para programar. Os aplicativo são apenas compatíveis com a plataforma da Apple, MacOs, WatchOS, tvOS e iOS.
     

    O Xcode, como uma IDE, permite programação em diversas linguagens.

    Na minha opinião para programar em C no Mac nada melhor que o Xcode! Basta criar um novo projeto de aplicação de linha de comando e escolher a linguagem C.


    Quando precisei trabalhar com C, no meu antigo hakcintosh, usei muito o Vim e GCC por linha de comando mesmo. Me senti um programador raíz por um breve período.

    Aliás, Vim ainda é muito usado por devs ao redor do mundo. Pode causar inclusive guerras civis se você falar mal dele em comunidades específicas de devs.


    Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  3. @Jorge Marinho, antes de mais nada, você está dando um passo em direção àqueles que fazem e mais longe daqueles que usam e reclamam. rsrsrs

    Tudo que o @jpoliver mencionou acima está mais do que correto.

    Em resposta a algumas de suas perguntas que, creio eu, não ficaram esclarecidas.

    1. O portugol é uma IDE completa, ele tem opção de compilar e rodar diretamente nele.
    2. O melhor editor de imagem é o Photoshop, existe também o Affinity Photo, que é um excelente concorrente do Photoshop. O problema é que, assim como o Photoshop, ele não é lá muito barato.

    Sobre os editores, o Brackets é excelente, mas salvo engano ele ainda não está em uma "versão final". Já usei muito o Atom, mas deixei de lado por conta do consumo de RAM/bateria, herança do Electron/Chromium. Já usei bastante o Sublime Text, esse eu deixei de lado por me surpreender positivamente com o VS Code, nada contra o Sublime Text.

    Sobre o caminho a seguir. Creio que o mais simples, e geralmente a porta de entrada de muitos devs no mercado, seja o desenvolvimento web. Exige muito pouco em termos de ferramentas e hardware, você vai usar tudo no seu navegador favorito e tudo mais, acho um caminho mais "simples" para iniciantes.

    Já fiz coisas em C#, C++, Java, Python, Ruby e tal, mas iniciar com HTML/CSS/JavaScript é muito mais simples. Um bom backend em PHP, NodeJS e afins também é uma boa opção.

    Desenvolvimento web hoje em dia é coisa de outro mundo, existe todo tipo de aplicação rodando na web, basta dar uma olhada em Google Drive, Gmail, Facebook, e afins para se ter uma base do que pode ser feito. Existem também MUITOS jogos excelentes em interfaces web, um clássico é o Cut the Rope, que inicialmente era desenvolvido em HTML/JS. Hoje em dia, praticamente tudo pode ser feito em web. Facebook e Instagram desenvolvem seus apps em React Native, um framework web. Para mais exemplos de aplicações web extremamente ricas em recursos veja esse site, https://pwa.rocks/, funciona melhor em Android já que a Apple é extremamente lenta em implementar recursos modernos no Safari.

    Ps; você se confundiu ao dizer que tinha um Macbook Pro 2011, que permite o upgrade de memórias, ao contrário do Air.

    @Marlon Fuhlendorf, e também vale para o @Jorge Marinho, além dos cursos mencionados acima, se tiverem facilidade com Inglês, e também interesse por desenvolvimento web, super recomendo os cursos do Wes Bos. O cara tem uma didática excelente, além da sua habilidade com tecnologias web. Claro que um conhecimento básico de lógica de programação sempre vai bem. Ele tem alguns cursos gratuitos e outros pagos, mas ele oferece descontos para alunos do Brasil, isso minimiza um pouco o efeito cambial.

    Se tiver uma inclinação para cursos técnicos ou superiores, recomendo a Quaddro. Senac e Fatec também oferecem cursos na área em determinadas unidades. O Instituto Federal também oferece um curso de Analise e Desenvolvimento em boa parte dos seus campus, sou suspeito a falar desse curso pois foi o que eu fiz, mas é muito bom e tem a vantagem de ser gratuito.

    É isso, escrevi muito mais do que eu pretendia. Se tiverem mais alguma dúvida, estamos aí.

  4. 31 minutos atrás, Henrique Façanha disse:

    Tambem aconteceu comigo. Estava usando ios11 public beta e resolvi reverter para o ios 10.3.2 e nao consegui de jeito nenhum. Só da certo voltar para o ios 10.3.3 public beta. Acabei ficando com 10.3.3 mesmo, já que está bem mais estavel do que ios11.

    Abraços.

    Do 10.3.3 era possível voltar para o 10.3.2, mas agora já lançaram a versão final do 10.3.3.

  5. 1 minuto atrás, brunoavs disse:

    Estava me referindo ao arquivo do Beta do iOS 10.3.3. Para voltar para o 10.3.2 eu preciso fazer o downgrade pro beta primeiro, certo? Por isso a dúvida quando aos arquivos que tem no link que você passou.

    Sim, o segundo download é do 10.3.3... Alias, testei os downloads do iPhone 7, que creio que seja o seu, e também vieram na casa dos 2.4gb...

    Você fez o unenroll do seu device?

  6. 7 minutos atrás, brunoavs disse:

    Teria como me passar os links por favor? Se quiser enviar por e-mail, o meu é [email protected]

    Estou com o mesmo problema. Depois de restaurar o iPhone ele fica preso na tela de recuperação. Estava com o iOS 11 beta publico 2 instalado.

    O problema é que agora nem tenho o acesso a nada do aparelho porque sempre fica nesse modo.

    Nesse post acima tem os links...

     

     

  7. 2 horas atrás, danilopnh disse:

    Se não me engano, o OS X 10.5.8 não tem a Mac App Store, somente a partir do 10.6.6

    Exatamente! Se o seu Mac veio, originalmente, com o OS X em versão inferior à 10.6.6, não tem App Store mesmo.

    Nesse caso você precisa atualizar para o Snow Leopard, e só depois conseguirá acessar a App Store e atualizar para a versão mais recente suportada pelo seu Mac.

    https://support.apple.com/pt-br/snowleopard

    Essa diferença que você, analogamente, mencionou se deve ao fato de que o Mac devia estar com uma versão mais recente e você o restaurou para a versão original...

  8. E Brasilzão...

    Os caras simplesmente ignoram dados técnicos e condenam uma empresa como se ela fizesse de propósito.

    Dizer que a capacidade de armazenamento não é a capacidade real que o usuário realmente pode usar é ignorar que o sistema operacional, que o usuário usa, é fundamental para o funcionamento do dispositivo. Isso acontece em qualquer dispositivo, um computador com 1tb de armazenamento, tem pelo menos 20gb consumidos pelo sistema operacional. E aí, quer usar 100% dos seus 1tb? Formata o HDD, deixa sem SO e ele vai ficar com 1tb disponível, usa assim...

  9. Cara, pensa numa coisa, você já comparou o HW do iPhone 7 com o do S8? As especificações do S8 são bem superiores, octa-core x quad-core, 4gb de ram x 2gb de ram. O baile que o iPhone dá em termos de desempenho não se dá ao HW mas sim ao sistema operacional, a otimização do iOS permite essa diferença tão grande.

    Faria mais sentido, e nesse caso eu realmente gostaria de ver, se alguém quisesse botar o iOS num S8 ou 1+ da vida. Esses caras sim tem um HW foderoso.

    No mais, tu merece um ban lindo. Não por querer fazer algo totalmente ilógico, mas sim pela sua ignorância e falta de educação.

  10. 1 hora atrás, hupert disse:

    Todo caso, se é um cabo 4K, provavelmente deve ser a última versão, o que vocês acham? Devo arriscar?

    Tecnicamente precisaria ser DP 1.2 e HDMI 2.0 pra atender à descrição que diz que é 4k. Como está no site da própria Apple, não acredito que vão dar uma mancada dessas, mas...

    Acho que pode arriscar sim, se não funcionar, use o benefício dos 7 dias para devolver ou trocar.

  11. 39 minutos atrás, hupert disse:

    Olá pessoal,

    Preciso ligar uma TV UHD no iMac 5K Late 2015.

    Existe um adaptador Belkins mas é Mini DisplayPort para HDMI 4K.

    Sei que Mini DisplayPort entra no Thunderbolt 2, mas minha dúvida é se limitaria o envio do sinal na fonte, já que este adaptador que encontrei diz "ampliar" o sinal para 4K.

    Alguém sabe de uma solução Thunderbolt-HDMI que não altere a saída original do sinal? Existe isso ou o Mini DisplayPort é suficiente?

    Obrigado!!!

    Se o adaptador for mini DisplayPort 1.2 x HDMI 2.0, deve funcionar sem maiores problemas.

    A DisplayPort 1.2 dá conta do 4K 60hz, já o HDMI precisa ser 2.0 pra dar conta do 4K 60hz.

  12. 3 horas atrás, Lukas.Podolsky disse:

    Eu uso o teclado da apple com pilha duracell, de um tempo pra cá eu quis medir o quanto dura a bateria, uso todos os dias o teclado e passo horas jogando na steam.

    obs: eu uso até a pilha estar com 2% aproximadamente. Porque quando chega esse nível, eu pressiono para a letra ficar com acento, e quando seleciono ele aparece duas vezes, a letra sem acento e com acento.

    Coloquei dia 28/04/2016

    1. Troca 18/11/16

    2. Troca 29/06/17

     

    Tem teclado semi-novo no mercado livre por 150. (C/ Pilha)
    Quando for comprar, leva o iPhone e testa todos os botões.

    Vale a pena o investimento.

    Seu teclado tem uma autonomia excelente! Quando eu tinha o teclado de primeira geração não durava tudo isso não. Apesar de que eu nunca usei pilhas alcalinas, somente recarregáveis que, geralmente, têm autonomia menor mesmo.

    Sobre o preço do teclado, acho que ele já tem o teclado de primeira geração...

  13. 3 horas atrás, Luis Akinaga disse:

    Eu uso o roteador da própria provedora de internet (fibra) e uso tudo sem fio e o lag não é problema quando ninguém está usando mais nada na rede (ex: filme em HD), mesmo o sendo o PS4 original usando rede 2.4ghz.
    Cabear todas as pontas pode resolver o problema de lag, não? Sei que depende da infra da casa, mas enfim, é uma possibilidade.
     

    Então, o problema é justamente a carga da rede. Se você tem uma rede que não é muito populada, tranquilo, mas se tiver mais gente em casa, com seus smartphones, tablets, laptops e afins, a carga tende a atrapalhar bem o resultado.

    Eu tentei conectar meu Mac por cabo de rede mas o resultado foi praticamente o mesmo. Não sei se tem a ver com o fato de eu usar adaptador Thunderbolt pra rede cabeada, ou se a rede 5.8ghz já é suficiente para o "cliente" e acaba não apresentando melhora.

  14. Em 08/07/2017 at 14:37, Luis Akinaga disse:

    Caco, se o video game for um PS4, você habilita o uso remoto e joga no iMac. Eu jogo PS4 tanto no iMac quanto no MacBook quando a TV está ocupada. Setup completamente sem fio apesar da Sony recomendar deixar o PS4 no cabo para usar este recurso.

    É uma boa opção, mas tem a questão da latência, que varia de rede para rede... Aqui mesmo, quando testei isso, não consegui ter um bom desempenho, mesmo usando o PS4 por cabo e o Macbook em uma rede 5.8ghz AC e tudo mais.

  15. 19 horas atrás, Leandro X Joselaine disse:

    preciso de ajuda, estou com o mesmo problema. Onde baixo as versões dos iOS???

    Nessa página da Apple você encontra o download do iOS 10.3.3, depois você pode baixar o 10.3.2 pelo próprio iTunes, ou pegar o link disponível no post abaixo do Mac Magazine. De posse dos arquivos, basta usar a opção restaurar do iTunes segurando a tecla option/alt.
    https://beta.apple.com/sp/betaprogram/iosimagerestore
    https://macmagazine.com.br/2017/05/15/apos-algumas-versoes-beta-apple-libera-ios-10-3-2-para-todos-os-usuarios/

  16. Em 07/07/2017 at 18:41, marcelpsaraiva disse:

    Então cara, eu cheguei a olhar o Magic Keyboard, mas me assustei com o preço. R$400 reais em um teclado não é brincadeira rsrs

    Vou seguir a ideia do gufao, comprar pilhas recarregáveis. Qual marca voce recomenda?

    Cheguei a pensar a mesma coisa quanto ao valor. Mas se parar para pensar, esse teclado da Logitech não está nada barato também, e não será, nem de longe, comparável ao Magi Keyboard. Experiência própria.

    Claro que o investimento mais viável são as pilhas recarregáveis. Mas se parar para pensar, com o dinheiro do Logitech e a possível venda do seu teclado atual, já dá pra chegar no valor do Magic Keyboard... Foi a conta que fiz pra comprar o meu...

  17. Cara, eu não investiria nesse teclado aí não. Tive um K480, o delay dele era absurdo, às vezes chegava a pressionar a tecla novamente achando que não tinha funcionado. As pilhas dele, realmente, duram muito bem, mas não acho que valha o investimento.

    Se está com problemas de autonomia, faça como o @gufao sugeriu, invista em pilhas recarregáveis. Recomendo que compre pilhas de 1600mah ou 1900mah, por alguma razão as pilhas de 2500mah acabam muito rápido com esses acessórios da Apple.

    Se estiver disposto a investir em um novo acessório, dê uma pesquisada no Magic Keyboard, comprei um semi novo em março e até hoje não precisei recarregar. Além de ter a vantagem de poder ser usado enquanto carrega. Procurando bem você encontra à partir de R$400,00 no ML...

  18. 24 minutos atrás, JvDaP disse:

    É verdade.....não tinha parado pra pensar nisso....o workaround que cheguei a ver custa bem caro e nem vale a pena....que seria o The Avermedia Extremecap u3, pelo valor disso tu compra O monitor pra jogar.

    Isso seria uma "solução". Geralmente esse tipo de placa é bastante usado por streamers e a galera que curte fazer os gameplays da vida.

    Pra não falar que essa Avermedia é USB3.0, creio que o ideal pra ter uma experiência boa seria uma interface Thunderbolt, que seria MUITO mais cara.

    Com uma placa Thunderbolt seria possível, inclusive, usar a tela do Macbook pra jogar um PS4 da vida.

    Acho que seria uma solução, até certo ponto, interessante para que tem pouco espaço e não quer ter que acomodar mais um display além do iMac de 27", que já é grande bagaray.

  19. Cara, salvo engano o target display só funciona entre Macs.

    Não creio que o iMac tenha um recurso de "monitor", também não creio que as DisplayPort funcionem como uma entrada. Mesmo o target display, salvo engano, exige o uso da conexão ThunderBolt.

    Apenas para fins informativos, a ThunderBolt (1 e 2) compartilha o conector da DisplayPort, mas funciona de forma totalmente diferente da DisplayPort.

×
×
  • Criar Novo...