Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

iLife 08 e Aperture versus pastas


Wysiwyg

Posts Recomendados

Sou usuário do Aperture, e mantenho todas minhas imagens dentro dele. Porém, preciso do iPhoto para algumas coisas como a Web Gallery e para alguns programas que não conseguem puxar as fotos diretamente do Aperture. Assim, configurei o iPhoto para não copiar as imagens para sua própria biblioteca e puxei as imagens do Aperture para ele. O problema é que as imagens que adiciono no Aperture não aparecem no iPhoto automaticamente. Além disso, qualquer imagem precisa passar pelo demorado carregamento do Aperture...

Então pensei no seguinte: exportar todos meus projetos para o Finder mantendo a classificação por pastas, apagar as bibliotecas dos dois programas e reimportar de volta usando a opção de apenas referenciar as imagens, sem copiá-las. Assim teria bibliotecas mais leves, além de acesso mais rápido e garantido para os programas.

O problema é: como fazer tanto o Aperture quanto o iPhoto enxergarem fotos novas colocadas na pasta? Se eu adicionar diretamente uma imagem no Aperture, por exemplo dentro do projeto X, o arquivo será redirecionado para a pasta X do Finder automaticamente? Ou ele será referenciado de onde estiver?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 9
  • Criado
  • Última resposta

Top Postadores Neste Tópico

Boa pergunta, cara. Só acho que não basta os arquivos estarem na pasta, o programa não se baseia por elas, senão ele teria que reescaneá-las toda vez que fosse aberto. Cada um — tal como o iTunes — tem um arquivo de biblioteca com informações de onde estão os arquivos, saca? Então não adianta adicionar em um pra aparecer no outro, já que a informação da existência da foto não está na biblioteca do outro, entende?

Seria uma boa sugestão pra Apple.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Certo... Bom, arranjei um tempinho para experimentar com a library do Aperture para desvendar a primeira parte do problema. Exportei alguns projetos como pastas e movi a library para outra pasta. O Aperture criou então um projeto em branco, e importei as pastas anteriores como arquivos referenciados.

Ainda comigo? Bom, o interessante vem agora. Peguei uma imagem qualquer, arrastei para um projeto e confirmei minha suspeita: fazendo desse modo o Aperture assume que você quer copiar o arquivo para sua própria library! Ou seja, acabei com um projeto só de arquivos referenciados e uma única imagem enfiada nas entranhas da biblioteca do Aperture. Imagine a zona que seria depois de um tempo...

Tentei arrastar segurando o option e o command, e nada deu resultado. O único jeito que encontrei até agora é usar command+i para importar a imagem e aí sim dizer que você quer que a imagem seja apenas referenciada. Mas será que existe alguma combinação ao configuração que permita arrastar o arquivo e eles serem sempre referenciados de onde estiverem?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 mês depois...

Aproveitando o gancho, ainda não entendi como o Aperture trabalha com pastas importadas (import folder as project).

1) Alguém sabe como o Aperture gerencia o sincronismo entre a pasta (física) e seu projeto? É engraçado, edito as fotos no Aperture, coisas do tipo rotate, bem básicas, mas ele não reflete estas alterações no arquivo original do disco, e só no que eu importei no projeto. É como se ele tivesse criado uma cópia. Antes que me perguntem, eu segui os tutoriais do site da Apple de como importar pastas como projetos.

2) Outra coisa que eu estranhei é o seguinte: a minha pasta Pictures tem 4gb de imagens. Quando importei tudo no Aperture ele criou um arquivo Aperture Library no mesmo local, com o tamanho de 3gb! É como se ele tivesse copiado as fotos lá dentro. É isto mesmo? Entendi errado o conceito?

Pelo que eu entendi, o import folder as project deveria criar um link das fotos dentro do Aperture, e não criar cópias. Ou estou enganado?

Agradeço ajuda.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O Aperture faz edição não-destrutiva na imagem, a original não é alterada. Tudo o que você faz nele é dinâmico, são dados, informações, as imagens são geradas na hora, exceto previews, claro, estes sim ele sempre está gerando baseado no que você faz nas imagens para facilitar a agilizar a navegação. Ele só cria outro master (original) da foto mesmo quando você manda editar num Photoshop da vida e depois volta pro Aperture.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Só um update sobre o problema: resolvi fazendo uma mudança completa.

Todas as minhas imagens estão agora na pasta Pictures, organizadas por pastas (os antigos "Projects" do Aperture), classificadas por cor via labels e comentadas pelo Spotlight via TagBot. Fotos são importadas pelo Image Capture do OS X, e meus desenhos escaneados e salvos diretamente nas pastas. O iPhoto está quase vazio, só contém agora imagens referenciadas que uso para a galeria web. O melhor é que o combo Finder+TagBot+Spotlight tem cuidado muito bem de 98% das minhas necessidades de gerenciamento de imagens. O melhor de tudo é o tempo zero que o sistema leva para guardar qualquer imagem, já que não preciso mais abrir um programa para isso.

E esses 2%? São a Web Gallery, dependente do iPhoto, e a adição de tags IPTC que tenho feito pelo Lightroom - mas só até descobrir um script ou workflow do automator que resolva esse problema.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 3 semanas depois...
O Aperture faz edição não-destrutiva na imagem, a original não é alterada.

Isto o Picasa também faz e é por isso que eu o uso! O iPhoto deveria ser assim. Mas além de não ser, ele ainda faz várias cópias das imagens se for necessário. No caso do Aperture, se você tem mil versões de uma mesma foto (por exemplo: em sépia, em preto e branco, recortada em quadrado, com zoom, com o brilho alterado, com o brilho e zoom, etc.) estas versões não são salvas fisicamente. Ele apenas grava as informações das alterações. Na hora de exibir na tela ele aplica, em tempo de execução. O arquivo físico só é criado quando você exporta e tal.

O iPhoto é bem prático para a maioria dos usuários. Porém acho que ele poderia economizar em espaço.

Tem um comando, de qual me esqueci, mas acho que é alt + command quando se abre o programa, que ele até "reorganiza". De uma certa forma acaba compactando, limpando muita lixeira. Mas enquanto isso não é feito a Library só aumenta. Nunca diminui.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 mês depois...

Daí galera,

bom tenho uma dúvida sobre importação de imagens...

Apesar de ter o Aperture 2 instalado, utilizo o iphoto para baixar as fotos da câmera Canon (por ser mais básico e rápido no carregamento...)

Quando conecto a câmera, aparece aquele menu de importação, e vc pode escrever 2 coisas: NOME DA PASTA e logo abaixo DESCRIÇÃO.

Após importar as fotos, não consigo visualizar a descrição determinada, e além disso as fotos ficam como IMAGEM 001, IMAGEM 002, etc.

Gostaria de deixar TODAS as fotos importadas com o mesmo NOME DA PASTA, assim como fazia facinho no windows... acho que ficam melhor organizadas...

Ainda em tempo, no FINDER, quando seleciono a pasta IMAGENS, existe apenas o link para o iphoto library... como visualizar os arquivos importados, pasta por pasta, diretamente no finder ???

E as outras dúvidas acima, como proceder ?

Fico no aguardo,

obrigado.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 mês depois...

Pessoal,

Estou tentando organizar minhas imagens e ainda estou tentando encontrar a melhor relação custo/benefício. Ainda não testei o trial do Aperture 2, tenho receio quando dizem que ele é mais pesado que o iPhoto e se minhas imagens, que estão no iPhoto já o deixam meio lerdo, imagino então como ficaria em um programa mais pesado.

Achei bem interessante a solução do amigo @Wysiwyg, utilizando diretamente somente uma organização de pastas, finder e Tagbot, que por sinal, baixei e estou achando bastante interessante esse pequeno aplicativo. Ficou-me uma dúvida @Wysiwyg, para que exatamente você faz tag IPTC...

Um recurso que achava muito interessante em um programa da Adobe para PC era a forma de apresentação e organização automática das imagens em uma linha temporal, me permitindo ver as fotos diretamente em um todo, na linha temporal (minha preferida) e na forma de calendário, arquivando as fotos por data e hora.

O fato do iPhoto inchar seu library é algo bem desagradável e por realizar as alterações diretamente no seu arquivo, dentro da library. Tudo bem, posso carregar a foto novamente (todas minhas imagens estão em backup em DVD's), mas é meio trabalho duplo.

Alguém conhece algum outro programa no OS X que faça essa organização temporal?

Abraços.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe do debate

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, entre agora para postar com ela.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    • Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      54,1k
    • Total de Posts
      447,5k
×
×
  • Criar Novo...