Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

jorge.mbarros

Membros
  • Total de itens

    187
  • Registrou-se em

  • Última visita

Tudo que jorge.mbarros postou

  1. Alan Leitão, Concordo contigo em número e grau sobre o ponto de vista da segurança, realmente fica dica de que os experimentos não devem ser colocados em produção, e para mais ênfase eu faço algumas recomendações: 1- Não use os cartões dos experimentos em outras aplicações, sem antes formata-los nas plataformas respectivas, ou seja, antes de usar em câmeras, mobiles e etc... formate os cartões nesses equipamentos. Nos experimentos citados as partições para boot serão em NFTS ou nas partições do UNIX como roda o MacOS X, totalmente incompatível com os formatos de mobile e câmeras. (no caso de boot via SD) 2- Faças os testes com equipamentos e arquivos que não são vitais ou que estejam em produção, porque até se tirar as conclusões se vale a pena ou não usar isso, nada é garantido! 3- Tente escapar de cartões velhos, "surrados" ou que já deram problemas, isso pode invalidar ou prejudicar as conclusões dos testes. 4- Certifique que seu leitor suporta os padrões de SDXC (mais modernos) com a capacidade alta acima de 128GB, porque se usar cartões grandes não vai funcionar. 5- Evite de usar os cartões "usuais" que você usa em fotografia, isso evita que possa ter um "possível desgaste acelerado" desses cartões, separe os cartões para o experimento e deixe ele exclusivo para usar como "storage". Vale sempre ter bom senso, sabendo que isso é um experimento! Estamos avaliando uma nova maneira de gravar e manusear arquivos, talvez isso seja útil algum dia, ou simplesmente não lhe sirva a nenhum propósito em seu uso... E cada um tem sua experiência e sabe "onde amarra o seu burro", backup e disponibilidade são coisas que requer empenho e planejamento, por isso fique avisado que não há garantias nesses experimentos. Com relação à seu temor e reserva de que isso é algo pouco confiável, eu posso te adiantar que essa ideia de usar cartões formato "SD" em storage ou armazenagem não é nova, e alguns fabricantes de cartões/memórias e flash-drive já possuem uma de linha produtos que incluso são dedicados para a linha de Macbook da Apple. Eu comprei recentemente o Transcend JetDrive Lite 350 de 128GB quando comprei o kit da OWC para fazer a upgrade de SSD no meu MBPR, e posso afirmar que o desempenho do JetDrive é muitíssimo semelhante (pra não dizer igual) aos cartões da PNY. http://www.bhphotovideo.com/c/product/1056659-REG/transcend_ts128gjdl350_128gb_jetdrive_lite_350.html http://www.pny.eu/product/p-24-222-698/StorEDGE-/StorEDGE-Flash-Memory-Expansion-Module-128GB/ A meu ver esses produtos citados acima, apenas são mais caros e possuem um designer (formato bacana, um pouco menor que o padrão SD e que fica totalmente embutido no Macbook porque o leitor da Apple é mais "raso" que o os leitores de câmeras e computadores PC/AT) bonito e charmoso, mas acaba aí as diferenças! Os tempos de escrita e leitura são exatamente iguais os SD´s normais! Nos meus testes se comportaram iguaizinhos! Pode ate parecer estranho mas foi isso que constatei! Então se usar um SD JetDrive Lite 350 em um MBP é recomendado pelo fabricante e alguns fóruns de review de hardware, porque não testar com uns SD´s "comuns" se o padrão/formato é 100% semelhante? Tirando a estética e o preço, e posso afirmar que são a mesma coisa! Então fica agora a dica final: Se em testes com cartões SD de boa procedência com tempos de gravação e leitura de 60mbs/90mbs, a avaliação foi que isso é ruim ou não vale a pena para alguma aplicação! Então nem perca tempo em comprar e testar os JetDrives ou StorEDGE, porque a performance vai ser a mesma coisa! Por outro lado manusear os cartões SD tem se mostrado muito mais prático do que os flash-drives. Agora uma historinha de espiões e hackers!: O pessoal do Wikileaks, há muitos anos atrás, já usavam os "micros-sd" como disco de boot em notebooks e os usavam para transportar documentos entre eles (usando o adaptador de Micro-SD para SD). Durante uma das viagens um dos integrantes, que estava voando pela europa, soube que CIA o estava esperando junto com a Interpol para prender o notebook, dar um flagrante e até prende-lo por posse de documentos sigilosos, ele avisado via SMS ainda dentro do avião, e o cabra "engoliu" o "micro-sd" e no lugar colocou um outro "só pro ladrão levar..." O cabra foi interrogado, a interpol achou uns documentos fajutos que ele tinha deixado para despistar e não foi preso nessa ação! O notebook focou retido e mas ele foi solto, e mais tarde, já em casa, ele "penerou" e recuperou o micro-sd com os docs importantes! Dá pra imaginar que um cartão SD ou micro-sd não é tão frágil né? hehehe... e isso não dá pra fazer igual com um flash-drive ou hd-externo né? hehehe.... Mas é isso! Vamos continuar a testar! Publique aqui suas conclusões. []´
  2. Alan Leitão, O tópico é sobre algo ainda experimental, nem de longe existem garantias para nada, eu não recomendo colocar esses equipamentos em "produção" e muito menos dados sensíveis ou material valioso de trabalho. Para tal é preciso usar equipamentos com tolerância à falhas! Para você talvez um server com "SSD" em Raid5 ou Raid10, servindo de NAS e com software de backup ativo. Mas são soluções de custo alto, totalmente diferente desse tópico que é usar cartões SD como HD ou HD externos. Ou seja, usar algo barato para uma finalidade mas nobre e muito portátil. A meu ver sobre o uso de SD para armazenagem de dados, o risco principal está nas "mídias dos cartões" essas podem ser baixa qualidade ou falsificadas, os leitores de cartão embutidos nos notebooks em geral tem a qualidade assegurada pelo fabricante do notebook. Eu recomendo que, quem puder testar o faça! E tenha um cuidado especial na escolha dos cartões SD (marcas, modelos, tempo de acesso e dos fabricantes), acho que isso será determinante para o sucesso do experimento. Eu fiz um pequeno teste com um "adaptador de SD para SATA2" e fiz um "lab" rodando o WinXP em um notebook antigo "Core2Duo" e funfou razoavelmente bem, não tam rápido quanto um SSD verdadeiro, porém sensivelmente mais rápido que um HD convencional de 5400RPM. Se vocês quiserem eu posto as fotos... []´s Jorge Barros
  3. Amigos, eu tenho comprado meus iPhone´s quando viajo, me recuso a comprar aqui, com os preços praticados aqui, então conforme eu expliquei, eu percebi que a família "S" sempre tem as correções e aprimoramentos da família anterior! Eu não tenho problemas com a "ansiedade" de possuir os lançamentos, mas em possuir algo que valha a pena e que não tenha os defeitos e bugs descobertos depois do lançamento. Eu tenho um perfil mais "cerebral" da coisa, mas sou 1000% fan de tecnologia, e entendo quem gosta dos lançamentos, mas continuo com minha opinião, ainda acredito que a família "S" será melhor que a anterior. O interessante que isso não se aplica (ainda) aos iPad´s e iPod´s....
  4. Prezados!, Eu sou fanzaço em "Media Server" e colecionismo de filmes, séries, e-books e músicas. Eu há uns 10 anos coleciono e organizo minhas músicas, filmes e séries em diversas mídias. Eu tenho algumas centenas de boxes de DVDs e Blu-ray em minha coleção, e há algum tempo, percebi que para ver esses vídeos, eu precisaria de um "leitor de DVD/BD" ligado em uma TV! Isso sempre me aborreceu porque ao ver uma temporada de uma série qualquer, eu tinha que trocar de discos a cada 4 episódios, e os estojos de DVD pra mim são como "saboneteiras" que ocupam um grande espaço físico em minha vida, seja em prateleiras ou em caixas. E um agravante! Em cada TV eu preciso ter um leitor de DVD/BD conectado á essa TV!?!?!? Na minha cozinha eu tenho uma TV "fixada" na parede e não espaço ou local para um DVD-player.... O que fazer????? Eu então mudei para o "Stream"! E desde então, eu estou convertendo o meu acervo de filmes/séries em formato digital (MP4/M4V) para eu poder ver nas AppleTV´s. Isso dá um trabalho razoável, mas eu encaro isso como um passatempo (Hobby) e sem prazo pra terminar. Eu tenho convertido apenas DVD´s (em upscaling para HD) e Blurays para o formato do iTunes. Porém, eu tenho algumas centenas de vídeos muito antigos em formato "DVD-rip" que são muito antigos, e que são pra mim como "mosca-branca" ou seja, filmes muito raros e difíceis de achar, então não vou encontra-los facilmente. E eu quero ve-los na minha "videoteca", mas eles estão em formatos incompatíveis do iTunes e a resolução também é muito baixa, mas preciso encontrar um lugar para eles me minha coleção! Pra isso eu uso o Plex. E para poder ver isso nas ATV´s eu uso o PlexConnect. Eu gostaria de discutir sobre formas e maneiras de como fazer um "Acervo Digital" que sendo baseado no "iTunes" seja acessível a todos "idevices", TVs com AppleTV e dispositivos compatíveis ao protocolo "DAAP" e recursos de "Airplayer". Eu atualmente uso 3x-PC/ATs-intel-i5 - 8Gb de ram- e em média 12 Terabytes de HDs cada (6x HD de 2TB) rodando embaixo do Windows 7, com o iTunes rodando o "compartilhamento familiar". Com isso eu consigo ver todo meu acervo em qualquer TV com ATV em qualquer lugar de minha casa. Eu criei esse tópico para a gente discutir formas e maneiras de como criar, ripar, armazenar, organizar e exibir em casa nas ATV´s e de forma eficiente de um acervo digital. Compartilhar experiências e ideias de como fazer, quais programas usar, e tudo mais relacionado. Esse é um tópico com um perfil "médio-avançado" mas nada impede de iniciantes ingressar no mundo do "faça-você-mesmo"! e somar esforços para aprender uns truques novos! Isso nada tem haver com "Netflix" ou serviços de stream, e sim como ver todo seu acervo do iTunes e do Plex e qualquer lugar de sua casa, usando sua ATV´s, iPhone, iPad, iPod, Mac´s e PCs rodando iTunes & compartilhamento familiar. Eu gostaria de compartilhar minha experiência com o pessoal realmente interessado nesse assunto e com interesses em desenvolver esse tema! Mas todos são bem vindos! Só não vamos nos perder em discussões sobre sobre não sou a favor ou sobre temas sobre copyrights e etc... A princípio pense que tudo aqui é legal! Estaremos ripando nossos DVDs ´& CD´s comprados legalmente! OK? É isso! Vamos por mão na massa! Abraços! Jorge Barros!
  5. Eu fiz essa upgrade com a OWC, comprei o kit na B&H, o preço F.O.B. em NY fica em torno de U$380, eu consegui comprar pelo correio quando viajei pra San Diego. http://www.bhphotovideo.com/c/product/967920-REG/owc_other_world_computing_owcssdap12k480_480gb_aura_pro_6g_envoy.html Já instalei e tá tudo funfando redondinho, eu fiz um tópico semelhante a esse: http://macmagazine.com.br/forum/index.php?/topic/124722-upgrade-ssd-macbook-pro-retina-256gb-15-mid-2012-1st-version/ Acho que comprar daqui do Brasil ficará muito mais caro, o ideal é arranjar alguém de lá que compre pra você e te envie isso via correio (como pessoa física) assim você escapa do imposto exorbitante que a aduana vai cobrar...
  6. Eu estou com uma cisma em comprar os modelos de lançamento da Apple. Eu comprei o MBPR quando lançou e alguns problemas de retenção de tela e duração de bateria foi corrigido em modelos posteriores. As diferenças de processador e qualidade dos iPhones dos modelos "S" são muito melhores que os primeiros lançados! Nas mudanças updates do IOS os modelos de lançamento são mais fáceis de perderem recursos e aprimoramentos do IOS! Então porque comprar os modelos de lançamento de uma nova família? Eu agora vou esperar os modelos "S" Comprei semana passada meu iPhone5s para substituir o meu 4s, e agora vou esperar lançar o 6s para substituir esse 5s. Isso é minha opinião! Mas pode ser que a maçã mude sua forma de atualizar seus gadgets, mas por enquanto serei paciente... []´
  7. A receita dá isenção a equipamentos eletrônicos comprados no exterior para uso pessoal, isso inclui smartphones, notebooks, câmeras e etc, mas apenas 1 item de cada. A dica é tirar isso das caixas e trazer no bolso, fica menos evidente. Leia isso: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2012/06/vai-trazer-eletronico-do-exterior-fuja-das-pegadinhas-na-alfandega.html Viaje sem nenhum smartphone! Mas leve um "chip nano" (ou mais de um) com uma operadora daqui ativada! Pra que ele fique com cara de já ser usado (não sei se vão reconhecer o novo modelo tão rápido...mas tenta!) E vai parecer que você comprou aqui! Importante!!!! No dia da compra, (você vai trazer os modelos desbloqueados né?) abra na loja todos eles! e peça pro vendedor ativar todos eles para você poder instalar programas e testa-los! (os gênios fazem isso pra você) Senão se você for pego na chegada ele vai dar a tela de ser "novo, zero-bala" e sem ter sido ativado!!!! OK? Outra coisa muito importante de quem vem de Miami é o seguinte! - Miami é muito visado por muambeiros e famílias que compram muito acima da cota! O vôo vem lotado de gente com uma porrada de malas cheio de muamba.... Pra se separar dessa gente, leve apenas uma mala (tamanho normal) uma mochila para colocar esses iPhones e coisas de valor, (nunca coloque coisas de valor na mala que vai ser embarcada na bagagem! o risco de voce ser roubado é altíssimo) na chegada aqui no Brasil, entre no Duty-Free e compre sua cota de 500 ôbamas que tem direito! Fique pelo menos uns 15 á 20 no freeshop, que é o tempo dos muambeiros passar e dá tempo de chegar outros voos vindo de outras cidades menos visada. Passar na alfandega com uma mala sem comprar na no freeshop é visado como alguém que está trazendo contrabando ou escondendo algo! Use uma roupa mais séria/sóbria que não te caracterize ser um turista muambeiro... E sim um passageiro viajando a negócios... Pra mim sempre funcionou! Boa sorte!
  8. Salve Carlos_Gabriel O álcool isopropílico, também chamado como "isopropanol" , na Xerox é conhecido como "Removedor de película" é usado para limpeza pesada em aplicações diversas. Na Xerox ele é usado em copiadoras para limpar os vidros e espelhos manchados com "toner" e ajuda também a limpar residuos de toner no fusor das copiadoras. (existe um produto específico para remover toner do fusor, a base de solvente de petróleo, na falta dele o isopropanol ajuda a limpar) Esse causo que você contou funciona sim porque as placas são protegidas com "verniz" e a água não remove isso e se for bem seca depois da limpeza não vai oxidar partes metálicas. Tal como você bem explicou, isso foi uma decisão extrema e a vida útil desse equipamento seria abreviada se não fosse feita essa limpeza extrema! O isopropanol, Etanol ou Metanol remove verniz de placas eletrônicas! (álcoois Isopropílico, Etílico e Metílico respectivamente, sendo esse último extremamente venenoso) Lavar placas com agua em "bacias" com ultrassom é algo que acontece na indústria, em geral se usa água+detergentes especiais, o ultrassom vibra junto com a água e solta os sólidos e resíduos da placa. Depois é secar com ventilação ou lâmpadas de secagem. É isso! Vale a experiência e o bom senso!
  9. iphoner, "ostentation rs" longe disso! Apenas compartilhando experiências! Espero ter compartilhado boas ideias! Testa aí e compartilhe as suas com a gente! []´
  10. off-topic! Semana passada eu estive de férias nos EUA, meu destino era San Diego mas por força de conexão eu passei uma noite em Miami, e lá comprei um chip da T-Mobile para o meu iPhone4s, e esse 4s, eu comprei em Boston em 2012, na hora de ativar o chip o "4G" apareceu e a internet rodou melhor que meu speedy aqui em SP! Eu fiquei muito feliz, mas isso é uma realidade ainda distante em nosso país, e com os custos ainda para milionários, isso porque o plano que comprei, era de um chip "pré-pago" válido por 3 meses, com chamadas para fixo ilimitado para qualquer lugar do globo, e ilimitado para celular apenas dentro dos EUA, e internet também ilimitado em 4G ou 3G (dependendo do local se teria ou não suporte nos EUA) ficou tudo por U$80, feito em 15 min, bastou apenas mostrar meu RG do Brasil, e eu já estava surfando na boa.... Ao voltar coloquei meu chip da Claro e voltei a minha realidade de "vaca de presépio" snif..... []´
  11. Semana passada estive numa loja da Apple em San Diego e comprei o iPad Air de 128Gb, sendo eu proprietário de um iPad3 de 64Gb, fiquei literalmente maravilhado com o dobro de espaço! Ele é muito mais leve que o iPad3, e vai caber quase toda minha coleção de Gibis no iBooks. Ok, mas olhando para o futuro, eu imagino que esse modelo (que já foi chamado de iPad-Pro) é mesmo para o nicho de mercado corporativo! Ninguém lembrou que (acho que mês passado) a Apple fez uma parceria de negócios com a IBM!!!!! Eu imagino que isso vai trazer um grande avanço para a área profissional com recursos e facilidades para uso "profissional", tal como foi citado na área de engenharia e arquitetura, prevejo lançamentos de APPs para engenheiros e developers em dias futuros. Eu sou um "Trekker" e adoro SC-FI e ficções científicas, em particular na séries de "Jornada nas Estrelas" desde os anos 60, o tablet é algo onipresente nas visões do futuro, não dá pra comparar um tablet com os recursos de um notebook ainda! Mas eu ainda espero que surja um tablet, em que eu consiga rodar uma "máquina virtual" e simular um pc nele, ou interagir de forma produtiva com ele em um ERP. Vejo aí o espaço para surgir mais APPs da Autodesk, Adobe, IBM, SAP e soluções mais "pro" que as que temos hoje como da Filemaker, algo como emuladores de linguagens como o Python e outras úteis para as empresas. Talvez a Apple inicie um processo de negócios para clientes corporativos vislumbrando a mesma qualidade e segurança que ela sempre deu á seus clientes atuais. []´
  12. iPhoner, God bless you! Eu comprei o porta-cartão SD porque eu gosto de fotografia, e quando viajo colocarei nele meus cartões-de-memórias para minhas câmeras. Eu atuo com infra e segurança de redes na empresa em que trabalho, então eu sempre preciso vislumbrar com o crescimento da empresa e vulnerabilidades atuais, algo como o programa "TrendMicro 2020", daí a necessidade de simular topologias e sistemas em rede. Eu trabalho em um firma de engenharia de automação, e temos sistemas muito heterogêneos, então preciso sempre antecipar as necessidades do engenheiros de projetos. Eu uso soluções da Vmware, pra mim são as mais madura e ecléticas que já testei, mas existem outras opções semelhantes. Eu postei os links dos cartões e outras traquitanas que comprei esse mês nesse tópico: Upgrade SSD MacBook Pro Retina 256gb 15" mid-2012 (1st version) Abraços, Vida Longa e Próspera! Jorge Barros
  13. Prezados, Eu tenho uma pequena experiência com solventes orgânicos (álcools e derivados de petróleo) na industria, então eu recomendo para qualquer limpeza em qualquer notebook de qualquer marca o seguinte: - Esponja macia ou um tecido macio 100% algodão + água destilada (água filtrada também é boa) e sabão neutro. A maioria dos fabricantes recomendam algo semelhante, isso porque em geral as sujeiras que se acumulam são: poeira, gordura ou sebo humano (contato dos dedos, de onde grudam mucosas ou gordura/sebo do oleosidade normal) ou sujeira de origem também orgânica como bebidas que caem de forma acidental. 99% das manchas em um notebook não vai resistir a simples água+sabão-neutro! E usando apenas isso, você evita os riscos de marcar, remover pintura ou dissolver partes plásticas com marcações personalizadas pelo fabricante. Os solventes orgânicos, em geral removem tudo incluso pinturas ou camadas proteções feitas pelos fabricantes. Mas vale a experiência de cada um, a minha é essa! Eu já literalmente "kaguei & sentei" em alguns equipamentos eletrônicos tentando limpa-los, e alguns solventes orgânicos literalmente "dissolve" alguns tipos de partes plásticas usadas em controles remotos, teclados e gabinetes de notebook. A água+sabão NÃO dissolve matéria plástica! Mas dissolve fácil qualquer gordura ou óleos que você possa encontrar no dia-a-dia.... Abraços.
  14. Salve Anderson Siqueira, TiãoGavião, Infelizmente não comprei nada aqui, por dois motivos, os custos é o primeiro, e o segundo é o problema de falsificação de produtos! Eu viajei para San Diego em férias, e aproveitei para comprar isso. Minha esposa tem parentes que vivem em San Diego e pedi para eles comprarem pra mim. A B&H fica em NY, lá eu sei que não se vende nada falsificado então pedi pra comprar de lá, mas o parente é cliente "Prime" da Amazon e conseguiu frete grátis para a Califórnia, então comprei da Amazon. Comprei lá também um kit de ferramentas da OWC, semelhante ao do site "IFixit" para abrir notebooks com chaves "pentalobe" e "Torx". Os preços como sempre os do mundo real, preços que pessoas comum podem comprar... diferente dos daqui! Os links estão abaixo: Amazon: Ruggard Memory Card Case for Up to 8 SD Cards - U$20 PNY 256GB Elite Performance SDXC 90MB/s Flash Card (P-SDX256U1H-GE) - U$110 Belkin Anti-Static Wrist Band with Adjustable Grounding - U$5 NewerTech 14-Piece Portable Toolkit - U$17 Samsung Electronics 840 EVO-Series 250GB - U$119 Samsung Electronics 840 EVO-Series 120GB - U$85 Samsung Electronics 840 EVO-Series 1TB - U$440 B&H: OWC / Other World Computing 480GB Aura Pro 6G Solid State Drive - U$380 Transcend 128GB JetDrive Lite 350 Flash Expansion Card - U$80 Crucial (for Dell Latitude) 16GB (2 x 8GB) 204-pin SODIMM, DDR3 PC3-12800 Memory Module B&H Kit - U$159 Bestbuy: 2.5" 12.7mm Universal SATA TO SATA 2ND Hard Drive Module Caddy UltraBay For Dell E5400 E5500 - U$18 Eu comprei também os HDs SSD´s da Samsung para dar uma renovada no meu Dell Latitude e5520, coloquei 2 SSD´s de 1TB no "batuta" (usando um caddy-bay removendo o driver DVDR) eu uso ele no trabalho e assim vou conseguir rodar virtualização com mais conforto. Comprei também uns SSD´s para dar um último fôlego no meu "netbook" LG-X140 e um velho Dell Latitude D530 que usarei pra rodar programas velhos. Para mim valeu a pena cada "cent" gasto! Agora tenho meus notebooks muito próximos do meu ideal. Boas compras amigos, desejo a vocês que decidam o melhor e façam uma excelente "upgrade"! Abraços. PS* - Eu fiz um comentário sobre meus testes com os cartões SDXC nesse tópico: Posso usar um SDXC como um HD? Jorge Barros
  15. TiãoGavião, Cheguei de viagem na quarta-passada 27/08, consegui também comprar os SSDs da Samsung EVO 840, e os cartôes SDXC da PNY com 256gb de capacidade. Em meus testes eu concluo que os cartões SDXC, são mais rápidos que um flash-drive USB2 e em alguns casos mais rápidos que um HD externo SATA2/USB2. Eu descreveria dessa forma: A- Vantagens: 1- Tamanho pequeno fácil de guardar em estojos, por no bolso é muito mais discreto e prático do que um flash-drive. 2- Não ocupa uma porta USB, nem fica pendurado atrapalhando a movimentação do notebook. 3- Tempo de leitura alto muito melhor do que HD externo, testei "Máquinas virtuais" e rodaram muito bem, mais rápido que em HDs Externos ou flash-drives. 4- Segurança de dados, os cartões SD tem trava para escrita que evita de gravar ou alterar os dados, coisa que os flash-drivers atuais e HD-externos não tem!, isso evita de pegar vírus ou apagar arquivos acidentalmente. B- Desvantagens: 1- Em copias de grandes massas de dados é tão demorado quando um flash-drive ou HD externo. 2- Nem de longe pode servir para substituir um drive SSD.... 3- Fácil de perder para que não é cuidadoso. 4- Custo ainda alto e capacidade em geral limitada ate 256Gb. Os cartões "compact-flash" já tem fácil capacidade de 512Gb. 5- Marcas mais tradicionais tem alto risco de falsificação e em geral não trabalham com capacidades acima de 128Gb. Por fim! Eu recomendo que quem possa compre e teste! Eu estou gostando e comprei junto um estojo na Amazon, se alguém se interessar eu passo os links. Abaixo alguma fotos dos meu brinquedinhos. Abraços.
  16. Prezados, Eu também estou testando cartões SDXC como armazenamento secundário/auxiliar para os meus notebooks, tanto o MBPR quanto os outros rodando windows. A primeira conclusão que eu tirei é que isso deve ser encarado e qualificado como um armazenamento secundário que está fora do barramento do disco-rígido e vai ter as mesmas limitações que equipamentos semelhantes tem, tais como Flash-drivers e Hds externos. Tirando soluções com USB3 e Thunderbold (nenhuma ainda testei) que são reconhecidas como muito mais rápidas que o USB2, os meus testes preliminares me pareceram aceitáveis. Notei alguns itens relevantes que devemos considerar: 1- A copia de uma "massa de dados" muito alta, muitos arquivos com tamanhos grandes, maiores de 500mb em geral são demorados e lentos mesmo entre HDs no mesmo barramento, eu hoje copiei 500Gb de filmes e músicas de um HD SATA2 para outro, (alguns milhares de arquivos) dentro do meu PC-desktop e o tempo estimado é de mais 4 horas. (HD SATA2, 7200rpm / intel i5 / 8gb ram embaixo do WIndows 7) Então o tempo de escrita está limitado ao barramento do disco, no caso do cartão SDXC, ao barramento do leitor de cartão. 2- O tempo usado para gravar foi proporcional a massa de dados no cartão, e ficou muito próximo de um HD externo USB2/SATA2. A leitura é quase sempre o dobro da velocidade, e no caso de abrir documentos (office) fotos ou músicas, o tempo de acesso é excelente. Vídeos já demora um pouco mais. 3- A vantagem de se usar um cartão SD, que não ocupe uma "porta USB" ou fique exposto/pendurado no notebook é uma coisa muito prática e mais segura do que ter um flash-drive espetado no notebook que facilmente pode se perder ou ser esquecido. 4- Um conjunto de cartões SD, são muito mais leves e pequenos, fácil de armazenar e manusear do que um conjunto de Flash-drivers e Hds externos. 5- A maior capacidade que tive acesso foi o SDXC da PNY de 256Gb, classe 10, 90mb/s de leitura e 60mb/s para escrita. Eu formatei com exFAT e ficou legível em meus notebooks e netbooks. Não achei ainda um programa de medição (benchmark) para avaliar os tempos de escrita e leitura dos cartões, mas posso afirmar que isso vai variar com a marca do leitor de cartão SD, os notebooks modernos são 100% compatíveis com o formato SDXC, porém eu percebi, que uma das minhas câmeras da Nikon, não conseguiu gravar no formato SDXC, apenas no formato SDHC. Então penso que a diferença entre os leitores vai ser determinante. Uma última questão é de onde comprar os cartões de capacidade SDXC, eu tenho uma experiência desagradável de ter comprado aqui no Brasil, muita falsificação! As marcas mais tradicionais são as mais falsificadas, e as marcas mais tradicionais também são muito caras mesmo lá fora. Então optei por testar uma marca que não conhecia e que estava com o preço ótimo e na internet encontrei alguns fóruns que haviam testado e afirmaram uma boa reputação da marca. Estive em San Diego semana passada, e pedi para um parente que mora lá, comprar para mim, na B&H os cartões da PNY, mas ele achou os mesmos cartões na Amazon, com um desconto perto de 3% á 5% no valor final por causa do frete (a B&H é de New York, e a Amazon dá "frete-grátis" pra ele que é cliente "Prime") então comprei da Amazon. Veio tudo bem embalado e 100% original. A minha dica é que sempre compre de fornecedores confiáveis e mais tradicionais, do que o Ebay ou Mercado-Livre. (quem assim puder fazer...) PNY 256GB Elite Performance SDXC 90MB/s Flash Card (P-SDX256U1H-GE ) U$109,99 O meu objetivo com o uso de cartões SDXC, é fazer "labs" com virtualização (Vmware) eu uso muito isso em meu trabalho, e em meus testes rodou como um sonho! Muito mais rápido do que roda em um HD externo ou flash-drive. Abaixo deixo algumas fotos dos cartões que comprei. Por enquanto é isso! Se alguém tiver algum programa de "benchmark" para cartão SD que rode em Windows ou MacOSX me passe a dica valeu? Abraços e boas compras! Jorge Barros
  17. Feita a upgrade do HD do Macbook, com o kit "OWC - 480GB Aura Pro", foi realmente "sussa" tal como disseram o Adalberto Taylor e o iDesign, Já instalei o "Maverick Zerado" e vou colocar o Bootcamp, mas não agora, eu estou viajando de férias amanhã e só vou poder voltar mexer com isso no final do mês. E quando voltar eu já terei o SSD da Samsung para fazer a upgrade no meu Latitude e5520 também. Salve TiãoGavião! As análises de performance dos cartôes SDXC também só posso avaliar quando voltar, porque eu vou comprar isso nesta viagem. []´
  18. Prezados, Comprei o kit da "OWC - 480GB Aura Pro" e cartão de memória Transcend 128GB JetDrive Lite 350. No final desse mês em publico os resultados. http://www.bhphotovideo.com/c/product/967920-REG/owc_other_world_computing_owcssdap12k480_480gb_aura_pro_6g_envoy.html http://www.bhphotovideo.com/c/product/1056659-REG/transcend_ts128gjdl350_128gb_jetdrive_lite_350.html Comprei também os SSD da Samsung EVO 840 para dar um "gás" no meu Latitude e5520 e testar o Hackintosh... http://www.bestbuy.com/site/samsung-840-evo-1tb-internal-serial-ata-iii-solid-state-drive-for-laptops/2007533.p?id=1219068245342&skuId=2007533&st=ssd%20samsung%20evo&cp=1&lp=5 Eu também vou experimentar esses cartôes de memória SD de 256gb para ser uma alternativa aos HDs externos tal como a Transcend está fazendo! É preciso certificar que o computador tenha suporte aos formatos "SDXC" (leitor de SD com capacidade superior a 32gbs) Algo que supostamente já seja comum, mas é bom verificar porque os leitores de "SDHC" lê apenas até 32gb. PNY Technologies 256GB Elite Performance SDXC Class 10 UHS-1 Memory Card (class 10 e leitura e escrita de 90mbs/60mbs) bem semelhante aos cartões da Transcend http://www.bhphotovideo.com/c/product/1016078-REG/pny_technologies_p_sdx256u1h_ge_256gb_elite_sdxc_uhs_1_card.html Espero que isso me dê uma sobrevida aos meus brinquedos rsrsrsrs Obrigado aos valiosos conselhos e dicas! []´
  19. Nossa! Me interessa sim! Não sabia disso! E dá pra fazer algo semelhante como um "bootcamp"? Ou seja ter os dois sistemas como no MBPR? Ele tem uma GMA da intel, então não fica muito bom pra aplicações gráficas, porém no meu trabalho eu preciso de placa 3D. Dá pra me passar uns links para eu checar sobre o Hackintosh dos notes da Dell? Valeu pela dica!
  20. Amigos. eu estou desanimando! Eu dei uma sapeada na net e tem pouca opção para fazer essa upgrade e em geral não passa dos 500Gb e também com um custo alto. Eu percebi que esses SSD´s usados pela Apple para os MBPR são realmente fora de padrão do que o mercado está usando. Até o artigo sobre a upgrade feita pela Transcend (publicado aqui na MacMagazine) não contempla o meu modelo. Apenas o MPPR de 13". http://www.transcend-info.com/apple/jetdrive/ http://www.bhphotovideo.com/c/search?Ntt=jetdrive&N=0&InitialSearch=yes&sts=ma&Top+Nav-Search Eu acho que vou esperar mais um pouco pra fazer esse upgrade no meu MBPR. Eu tenho um Dell Latitude e5520, e uso no meu trabalho, eu acho que vou fazer uma upgrade nele que fica mais em conta, a Bestbuy está vendendo um SSD da família 840 EVO com 1 terabyte por U$ 450!!! Samsung - 840 EVO 1TB Internal Serial ATA III Solid State Drive for Laptops Eu não sou fan de HDs da Samsung, porém essa família "840 EVO" está com ótimos reviews e com preços convidativos, eu vou arriscar com isso até que mais fabricantes tradicionais entre na concorrência de SSD´s para MBPR e as ofertas de discos com maior capacidade e melhores preços surjam no horizonte. []´
  21. Adalberto Taylor, Eu sou da "velha guarda" e "nOOb" no meu tempo era "newbee" ([email protected]@ção) rsrsrsrs. Você tem algum link de sugestão onde achar esses SSD´s? Porque eu imagino que seja mesmo "diferente" dos oferecidos na Bestbuy.... E mais uma questão que eu havia esquecido de mencionar: - O SSD original dá pra aproveitar em alguma coisa? (MBPR-256Gb-8-Ram) - Existe algum adaptador desse modelo de SSD para usar como SATA? (dái eu coloco ele no meu netbook!) iDesign, Fora a chave "Pentalobe" que eu ainda não tenho, a troca é bem simples sim, a observção de desligar a bateria foi a grande dica do vídeo "OWC" Tnks!
  22. Eu andei lendo sobre upgrade do SSD no MacBook Pro Retina - Mid 2012, eu tenho essa primeira versão, comprei 20 dias depois do lançamento em Boston, acho ele incrível, porém o espaço de SSD de 256gb pra mim é muito pouco. Eu estou muito interessado em fazer uma upgrade de SSD para uma capacidade acima de 500gb. Em agosto eu tenho umas férias agendada em San Diego-CA, e estou querendo comprar na Fry´s ou na BestBuy um novo SSD para dar um "alívio" no meu MBPR. Eu gostaria de receber comentários específicos de quem já fez essa upgrade ou tem conhecimentos do necessário para executa-la. (Kits conhecidos, onde achar esses kits+ferramentas, marcas de bons fabricantes de SSD que sejam compatíveis com o MBPR) que possa me ajudar a decidir qual melhor opção seguir. Eu não quero discutir os prós e contras de fazer essa upgrade e sim como fazer, e o que é necessário para executar isso! Eu tenho uma "boa janela de experiência com hardware" e trabalho com T.I. há mais 25 anos, então possa afirmar que não sou um principiante (newbee) em hardware ou computadores. Então não quero me distrair com opiniões ou achismos de quem é reticente ou contra fazer um upgrade! Agradeço desde já que respeitem isso e não comentem "opiniões sobre eu não faria isso, ou eu não sou favorável" valeu? Eu preciso da ajuda dos "universitários" que gostam de por a mão-na-massa e fazer mesmo! Vida Longa e Próspera!
  23. Talvez a qualidade do seus cabos não seja das melhores (recomendo CAT5e ou CAT6) ou talvez em seu switch tenha alguma placa de rede com defeito (chamamos de placa-tagarela) que tem o mac-address igual a outra e fica propagando em broadcast todos os tráfegos.... De qualquer forma nunca uma rede cablada pode ser inferior á rede sem fio.... Se descobrir esse mistério conta pra gente!
  24. Thiago, Você já tentou "emparelhar" esse controle com a AppleTV? Uma vez tive um problema semelhante e era que ela perdeu o emparelhamento com o controle, isso porque a gente usa o controle das tv junto e as vezes dá esse "tilt" na ATV e ela pensa que o controle da TV é o dela.... ...Você também pode pressionar o botões Próximo/Avançar e Menu no Apple Remote branco, ou segurar os botões direito e Menu no Apple Remote em alumínio por seis segundos para fazer a sincronização.... Leia esse boletim: http://support.apple.com/kb/HT1555?viewlocale=pt_BR Boa sorte! Jorge Barros
  25. Cê está com toda razão! Pelo o que eu entedi, você uma LP (linha-privada) "fibrada" é um cabo físico né? Esses serviços de video em stream (youtube e etc..) são otimizados pra 1/4 dessa banda. Você precisa medir portas de UDP, por exemplo medir/testar o VOIP está passando normal com o vídeo (skype). O protocolo do VOIP é o "SIP" ele usa o UDP (O UDP é parte do protocolo TCP/IP que não tem check de CRC no datagrama como o protocolo TCP, tipo, se o conteúdo corrompeu ele re-envia outra vez, no UDP, isso acontece corrompeu continua, por esse motivo ele é usado amplamente em comunicações, porque se não ficou claro a vaoz, repete, e isso não atraso é bem rápido) Voce pode ter em algum lugar onde a sua internet é roteada algum filtro ou bloqueio de UDP, atualmente os access-point vem com um "firewall-rustico" interno, veja se tem como liberar portas e protocolo nas configurações dele. O meu ver bem "raw" seria plugar a ATV direto sem "nós" na entrada de seu link de LP, e ver se funfa, caso sim, o pau está daí pra frente .... Se um video de youtube está ocupando toda a banda de 2mb, é porque ele está tentando roda-lo em TCP... (aí fica enorme o pacote) Eu em seu lugar pediria ajuda a seu provedor de banda-larga, porque LPs são caras, e em alguns casos as empresas colocam bloqueios pra evitar de que você (cliente) hosteie um site ou serviços nesse link... Boa sorte! [],
×
×
  • Criar Novo...