Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

LSD

Membros
  • Total de itens

    78
  • Registrou-se em

  • Última visita

Informações do Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • Localização
    São Paulo

Últimos Visitantes

1.317 visualizações

Conquistas de LSD

  1. Outra coisa que vc pode fazer pra guardar informações, é um PDF com senha complicada (mas que vc consiga decorar...). O app do Outlook pode ser configurado pra exigir biometria pra abrir o app. PORÉM, se vc desinstala-lo e reinstalar, ele perde a configuração e pode ser aberto sem biometria (idem pro app do Yahoo Mail). De um modo geral, o que pode ser feito pra minimizar esses problemas: - usar senha no chip (possivelmente e-sim e um chip "vazio" pra fazer o bandido pensar que se trata do chip certo, e vc ganhar tempo pra tentar resolver as coisas; - usar outro número (não o do celular) e um email não logado no telefone como telefone e email do appleID; - aproveitar e não usar email logado em apps como Apple Mail, Gmail e etc. pra coisas sérias (bancos, lojas, etc.); - colocar passcode pra mudar touchID/faceID; - usar tempo de tela; - criar atalho pra fechar apps via timer de 1s em alguma situação específica (p/ex se não estiver no wifi da sua casa). É fácil de desfazer, mas novamente, pode te dar tempo extra pra resolver coisas como bloquear linha e etc.; - não ter apps de bancos no celular que vai pra rua - no máximo, um banco "isca" (pro caso do bandido te apontar uma arma e ficar com vc, ou, vc sofrer sequestro relampago) - não usar o Keychain e no lugar dele usar um gerenciador (1Password, LasPass, Bitwardian, etc). PLUS - buscar fotos que tenham os seus dados - cpf, rg, documentos, endereço - e deleta-las do telefone pra que o bandido não use esses dados pra recuperar acesso às contas, ou mesmo abrir contas no teu nome; - buscar esses mesmos dados em outros apps (Notes, email, etc) e apagar; - apagar fotos de cartões de crédito. - se vc tem cartão na wallet que é de uma conta que não tem app no telefone, isso pode deixar um bandido desconfiado e te dar problemas... PARANÓIA ON - usar um dumbphone/feature phone na rua e carregar junto uma camera digital e um discman. E @Suhobrigado por compartilhar a história e torço para que os bancos te reembolsem. Se vc tiver paciencia e vontade, vc pode procurar o PROCON, além disso, posta a tua história nas redes sociais e pede pra que os teus contatos espalhem a história, pois ela pode viralizar e fazer os bancos agirem. E se vc tiver condições, eu acho pertinente processar os bancos, a Apple e até a operadora de celular (se um advogado que te assessorar achar pertinente). Se mais gente fizer isso, os envolvidos acabarão tomando alguma providência - pois até o momento, estão pouco se fo****do pro sofrimento dos clientes.
  2. Não seria melhor um Samsung Buds Pro?
  3. EU "acho" que elas continuam bloqueadas. Mas na dúvida, eu faria outra coisa pra guardar essas informações sensíveis: Ou eu usaria uma nota protegida do OneNote (que funciona em vários dispositivos com a mesma senha) Ou eu usaria o cofre pessoal do OneDrive (que funciona muuuuuuito bem). Pra abrir, precisa de senha e do autenticador da Microsoft (que vc pode deixar em outro dispositivo).
  4. O erro da compra do Walmart deve ter ocorrido por conta do ip dela ser do Brasil e isso poderia ser resolvido usando uma VPN. Quanto ao Ali, precisa mesmo fazer o esquema do PayPal, e acho que eles explicam isso naquele FAQ deles (ou em alguma postagem por ai).
  5. Ano passado eu comprei um iPad na Bestbuy com o cartão da Nomad, fiz o mesmo esquema do billing address de Houston... e deu tudo certo (comprei e pedi pra entregar na casa de um amigo). Inclusive comprei o Apple Care junto. TALVEZ a Bestbuy tenha mudado a política deles... Em todo caso, no passado eu já tinha usado esse mesmo esquema deles (billing addres do Texas) porém com cartão internacional brasileiro, e sempre deu certo. Agora vendo o seu relato temo que eles tenham mudado as coisas, lamentavelmente. Com isso, acaba sobrando pra gente apenas a Amazon.com, a B&H, Adorama e talvez a Newegg.
  6. Não faço ideia... mas acho que não existe. Nas páginas antereiores o pessoal deu dicas de como "atrapalhar" o bandido com um esquema de pedir senha pra algumas coisas em um prazo curto de tempo, inclusive seria legal o autor fazer tipo um guia pra galera poder deixar fixo, ajudaria muita gente...
  7. Teoricamente sim, se a pessoa colocar uma senha diferente da senha do aparelho. Mas isso funciona num caso de assalto - o bandido te assalta e pede a senha de bloqueio do aparelho, daí teoricamente, ele desbloqueia o aparelho e vc sai fora com vida... blz, deu certo, perdeu o telefone, mas não perdeu tudo. AGORA, no caso de um sequestro relâmpago, com tempo e pressão psicológica (arma na cabeça e/ou outros tipos de ameaça), talvez o bandido encontre a pasta segura (ou já pode perguntar direto dela), e mesmo que dentro dessa pasta não haja app de banco, ele pode seguir te ameaçando pra obter dinheiro de outra forma (vc revelar que tem conta em banco X ou Y, ou pedir dinheiro pra parentes/amigos). Não acho que bandidinho teria pena da gente, mas enfim...
  8. Conseguir trocar o rosto do faceID sem ter que digitar senha, recuperação da appleID por número de telefone, não pedir senha pra desligar, entre algumas outras (que na verdade são a ausência de ferramentas/soluções de concorrentes), são falhas de segurança sim. Só não foram (aparentemente) exploradas por alguns criminosos. Mas é evidente que, para o usuário de 2021, é necessário ficar mais atento e mudar alguns hábitos. Um aprendizado a mais, mudança de comportamento, que infelizmente não é todo mundo que vai se adaptar. Isso claro, até inventarem um próximo golpe. Acho importante para nós, usuários, deixarmos de lado qualquer ilusão de que o iPhone é "seguro". O que existe é um conjunto de medidas que o usuário pode tomar pra tentar se ferrar menos.
  9. Olha galera, aqui fala como aconteceu o golpe esses dias no vereador aqui em SP. Os caras entraram na conta o Itau do cara, e depois transferiram grana pro Original e depois mais 5 bancos... E o iPhone dele tava desbloqueado. E u achei que o Itau não enviava SMS pra recuperar senha... banco picareta igual a tantos outros por aí... Num caso desses, tanto faz se era iPhone ou Android, fica o alerta pra todos nós...
  10. No iPhone dá pra colocar um passcode alfanumérico, só não sei se todo mundo sabe e usa... eu quando tinha, só usava senha numérica simplona de 4 digitos Outra coisa legal do android é um negócio chamado "fixar aplicativo", p/ex vc tá dirigindo e usando Waze e vem o meliante e rouba teu telefone... ele não consegue sair da tela do waze sem digitar senha. Demorou pra Apple colocar isso no iPhone...
  11. No telefone que eu uso (é um S20+), ele por padrão não deixa desligar o telefone sem colocar senha. Ele tem uma coisa legal que é uma pasta segura: ela só é acessível via impressão digital ou senha alfanumérica, e dentro dela vc pode colocar arquivos ou apps (app do banco, email, fotos, etc). Daí mesmo que o bandido roube o telefone desbloqueado, ele só terá acesso ao que estiver fora dessa pasta. Se o bandido tentar mudar as impressões digitais do aparelho, ele precisa digitar senha pra acessar o menu das digitais (no iPhone que tinha touchID era assim né?). Então dificulta pra mudar as digitais gravadas... E, não sei se é coisa de todos os Samsung, mas o meu nunca deixou gravar uma senha numérica de 4 algarismos, como no meu ex-iPhone... desde o 1o dia eu tive que usar senha alfanumérica... Pra gerenciar as minhas senhas eu uso o Bitwarden. Outra coisa: depois que eu fui vítima do sim swap, eu saí caçando tudo que eu tinha de conta com número de telefone e tirei o meu número (Gmail, Yahoo, Mercado Livre, Facebook, etc). Passei a usar um app que gera tokens (podem testar o Authy, tem também o Microsoft Authenticator), e ainda instalei o gerador de tokens num iPad. Assim, caso eu (ou um meliante) queira recuperar o acesso às contas (ou mesmo registrar/abrir site novo), precisa de um código gerado por esses autenticadores. Bem, entendo que isso vai funcionar por um tempo (até os criminosos lerem isso e "darem o passo adiante"), mas espero que enquanto isso não acontece, que seja de ajuda para quem ler isso!
  12. A XP é terrível. Menos mal que o criminoso consegue sacar dinheiro, mas enviando o dinheiro pra uma conta do mesmo CPF. Mas até aí, se o cara envia pra uma conta que ele já teve acesso, lascou. Uma coisa que eu já pensei em fazer no meu telefone (quando eu tinha iPhone) era deixar uma conta de mail para os bancos que não estivesse registrada num app (Mail, Gmail, etc), que só fosse acessível via webmail. E no caso, a senha disso não ficaria no keychain (aliás senha nenhuma - se o bandido pegar o teu iPhone, o keychain tá lá aberto com tudo disponível).
  13. Eu acho que é necessário tentar descobrir o que os bandidos estão fazendo (se usam algum dispositivo ou software pra hackear o telefone). Hoje p/ex saiu uma notícia de um vereador que teve o iPhone roubado e os bandidos pegaram grana por um app de banco: https://br.noticias.yahoo.com/vereador-tem-celular-furtado-em-162900017.html Ou seja, mais uma vez, mais um iPhone... Será a mesma quadrilha? Enfim, sobre o faceID para login no app do banco - eu não usaria, pelo menos por enquanto. Aliás pra app nenhum. Deixa tudo pra abrir com senha, de preferência alfanumérica. Outra coisa - abandonar o keychain, e no lugar dele, usar um gerenciador de senhas. Falta ainda a Apple implementar um recurso presente em alguns modelos de android - pedir senha pra desligar o aparelho.
  14. Eu posso falar pelo que eu uso, um S20+. Só consegui colocar uma senha alfanumérica pra bloqueá-lo. Não tem essas coisas como 4 numeros... Mesmo cadastrando digital (e de novo, pra ver as digitais ou alterar, precisa entrar uma senha alfanumérica), de tempos em tempos (ao longo do dia) ele te exige uma senha alfanumérica pra desbloquear o aparelho. Outra coisa: tem uma pasta segura, que de novo, só é acessada via senha alfanumérica. Se vc colocar o app do banco dentro dessa pasta, o bandido só consegue abrir o app digitando a senha (ou usando a digital). Mesmos apps de banco que ficam fora da pasta segura, precisam de senha pra abrir ou digital. A maioria deles não aceita o reconhecimento facil da Samsung (com razão, pois é uma piada). Ai a pessoa fala, tá bom, o cara pega e reseta o telefone. Tudo bem, mas aí, precisa da senha do Google, e eu nem sei a minha. Precisa de outro dispositivo pra liberar, no meu caso. Não é igual a appleID que vc recupera a conta com número de telefone. No entanto, entendo que deve haver um software que desbloqueia tudo isso, a exemplo do que acontece com o bypass do iCloud. Nesse caso, ai o que conta é o usuário tomar medidas pra diminuir o seu risco de sofrer golpes, seja com iPhone ou Android. Tem coisas que a Samsung fez (modo SOS, pasta segura) que faz tempo que a Apple já devia ter implementado.
×
×
  • Criar Novo...