Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Ramon

Administradores
  • Total de itens

    7.600
  • Registrou-se em

  • Última visita

Tudo que Ramon postou

  1. Eu uso ambos. MacBook Air para trabalho no consultório e um PC para edição de video. Normal, sou super adaptado em ambos e gosto dos dois sistemas.
  2. Ramon

    Clonagem do sistema

    Time machine não é clonagem. O método de clonagem como é tão popular no mundo Windows pode ser feito diretamente pelo Utilitário de Disco Veja aqui:
  3. Eu uso esse e gosto. A tela tem backlight que me incomoda um pouco, mas pra mim tudo bem
  4. Sinceramente, melhor pegar um notebook novo com Windows do que querer montar um hackintosh com hardware antigo. Pelo menos pegar um processador atual, SSD, RAM de padrão mais recente etc.
  5. Para terem uma ideia quando eu digo que MacBook Air M1 *não* é máquina para edição. Exportei o mesmo projeto em ambos e vejam a diferença de tempo. PC da assinatura: 6m54s MacBook Air Mi da assinatura: 37m02s Não tem nem o que discutir, né. Teve uma pessoa uma vez que colocou o projeto dele no OneDrive para eu baixar e exportar aqui. Ele ficou impressionado com a diferença. Não vai baixar tão cedo. A previsão para alguma melhora seria final de 2022 ou inicio de 2023. Mesmo tendo esse cenário de concorrência, a escassez de chips ainda é um gargalo que atrapalha muito os preços normalizarem
  6. @alex godoy Realmente, não dá pra comparar o M1 com uma RTX. Vou até renderizar meu ultimo projeto em ambos para ter ideia da diferença. Só discordo contigo sobre os Intel. Hoje eu iria em um Ryzen 5 em conjunto com uma B550 para economizar mas investiria em uma placa de video, pelo menos em uma 3060Ti e 16GB RAM. Se for usar After Effects não tem jeito, pelo menos 32GB (eu uso 32GB e ja queroo subir para 64GB). A ideia de usar um Ryzen com B550 é que, por ser socket AM4, da pra fazer upgrade no futuro para um Ryzen 9 e a B550 vai ter aguentar, algo que uma B450 poderia reclamar pela qualidade das fases de alimentação. Essa é a vangem dos Ryzen, não tem a "palhaçada" da intel em mudar de Socket sempre. Mesmo o AM4 ter cheguado quase ao fim do ciclo, acho algo válido pois a ultima geração para AM4 está chegando com cache3D, então ainda da pra ir nela.
  7. Monte Windows! Aqui eu faço isso, tenho um PC para edição onde uso Adobre Premire + Afeter Effects + Photoshop. Uso um conjunto Gigabyte Z390 M Gaming | i9-9900K | 32GB RAM | RTX 3060 Ti | 2TB SSD' | 500GB SSD'' | 256GB SSD''' | 2TB HDD | 1TB HDD - Windows 10 Pro Fazer Hackintosh para isso é fria e falta de conhecimento para quem edita pra valer caso voce use o pacote Adobe pois as placas da nVidia são muito mais otimizadas usando NVENC. Para um Hackintosh teria que usar as placas de video da AMD e poucas são compatíveis com METAL para serem realmente otimizadas no Premiere, e mesmo assim são inferiores que a nVidia, simples assim. Eu mesmo tinha um Hack nesta máquina, mas quando fiz o upgrade para minha nVidia 3060ti fiquei somente no Windows. Se alguem te falar que "o Mac é mais otimizado para ediçã blablabla", pura balela. Vai de Windows e não vai se preocupar com upgrades futuros sem perder compatibilidade e ter que esquentar a cabeça sobre o que terá que alterar no sistema para mante-lo funcionando.
  8. Isso parece ser um problema dos drivers do Mac com o dispositivo. Tenho um Dock da Ugreen qeu funciona perfeitamente do Windows e é um lixo no Mac.
  9. @BetoGaleazzo Imagina. Sobre instalação de diferentes sistemas, a forma como eu fiz aqui acredito que seja possível também. Eu sempre faço por um Pen Drive bootavel pelo método de criação que você mesmo citou. Esse foi o método do que eu realizei na formatação limpa deste meu MacBook Air. Eu sempre apaguei o disco todo, nunca me convenci de apagar apenas uma partição. Isso é algo que eu carrego desde a época do Windows, onde eu limpava todas as partições e excluia tudo. A única coisa que aconteceu foi aquela mensagem que não era possível instalar por falta de validação. Aí ele pede para continuar, se conecta com o servidores da Apple, verifica que o computador é legítimo e permite que você instale sistema, mesmo sendo via pen Drive
  10. Ja testei todas que voce imaginar, e o Paralles é o melhor. É pago mas vale cada centavo, não perca tempo com outro
  11. Eu já apaguei o meu MacBook Air M1 logo que recebi. A única coisa é que logo após apagar tudo, ele da uma mensagem que deve verificar a instalação. Para isso ele se conecta com o servidores da Apple ou algo assim (precisa de internet) e só depois permite a instalação. Na hora tambem assustei, ficou meio confuso. Mas ja fiz 2x e foi exatamente assim.
  12. To de olho aqui faz tempo, mas por hora, tudo normal
  13. Desencana disso e aproveita. To com Air M1 aqui e fica direto na tomada, o carregamento otimizado faz isso por mim.
  14. Apaguei para não ficar poluindo, mas todos foram alertados individualmente. Deixo o aleta aqui para, caso alguém tenha pego a discussão, tambem fique ciente para finalizar.
  15. Sim eu li e leio tudo, sempre. Mas talvez você não tenha visto a discussão indevida que ocorreu e já foi apagada, que foi o motivo do meu alerta
  16. Acho que a discussão ja foi resolvida. Peço que o foco seja apenas o assunto principal do tópico, sem mais discussões para que este não seja fechado. Att
  17. Então, mas não se trata de interpretação, é a Lei! Eu já implementei softwares em micro e pequenas empresas, configurei inumeras máquinas e já pude presenciar uma fiscalização onde a empresa possuir PCs sem winndows ativado e tambem aqueles ativados com "chaves digitais" compradas por aí. Resumindo, foram multadas em 200% referente ao valor da licença (original). Neste caso, o "ponto de vista" da empresa não serviu de nada, pois o que vale no final é a lei! Infelizmente no Brasil pirataria não é levada a sério. Eu estou no mundo do Windows onde isso é MUITO comum e tratado de forma vergonhosa. Recomendo assistir esse vídeo do Baboo, um certificado MVP da Microsoft. Sem dúvida, a pessoa que mais entende de Windows no Brasil. Não precisa, é só ler os termos de contrato
  18. Não é o meu ponto de vista, é o da MS. Se eles não usam o método de Trial, não quer dizer nada. De acordo com a politica e termos de uso do Windows, usar sem ativar é pirataria. Em resumo: pirataria é o uso ilegal de um programa de acordo com os termos de uso e licenciamento desse programa.
  19. A opção sem serial existe para ser ativado depois ou caso a máquina ja tivesse o windows instalado de forma legal no pasado, ele será automaticamente ativado. Usar sem ativar continua sendo pirataria.
  20. Errado! "Você estará autorizado a usar esse software somente se estiver corretamente licenciado e o software tiver sido ativado adequadamente com uma chave do produto (Product Key) original ou por outro método autorizado." Senso assim, além de ser considerado pirataria utilizar Windows sem ativar, também é pirataria utilizar qualquer meio para ativar o Windows que não seja o modo legal
  21. 1- Windows não otimiza tão bem a bateria quanto o mac OS. Até porque o sistema não tem acesso a BIOS/UEFI para controle extra de energia 2- mais consumo = mais ciclos = menor saúde. No entento, não se prenda a esses números pois variam demais. O meu MBP tem 6 mesees e está com saúde de 86%, normal. Depois volta pra 90% e assim vai, rsrs.
  22. @Alan Leitão Acho que descobri uma forma de fazer o boot do Windows reconhecer o SSD do Mac que tenha do chip T2. 1- baixar os drivers pelo Boot Camp. Dentro da pasta WindowsSupport criada, vai ter as pastas $WinPEDriver$ e BootCamp com os drivers. 2- colocar essas 2 pastas dentro na raíz do pendrive boot do Windows 10. Pronto, a instalação do Windows reconhece normalmente o SSD do Mac Parece que a injeção dos drives não é direto no arquivo .WIM, até porque a maioria dos arquivos do windows são .ESD que são mais limitados em edição. Ao que parece, o próprio BootCampo cria a partição temporária com os arquivos do Windows + WindowsSupport ($WinPEDriver$ e BootCamp), com a diferença que tambem tem o arquivo AutoUnattend.xml que já direciona a instalação. Eu tambem testei tambem com esse arquivo AutoUnattend.xml presente na raiz do pendrive, e ele já pula para a instalação direto sem deixar escolher o disco. Creio que ele já reconheça a partição com nome BOOTCAMP e instale diretamente lá, assim como acontece quando usamos o assitente BootCamp, ou seja, automatizado. Eu interrompi com receio de cagar na minha partição do macOS, rsrs. Fica a dica!
×
×
  • Criar Novo...