Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

NEOLIGHT

Membros
  • Total de itens

    104
  • Registrou-se em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    3

Tudo que NEOLIGHT postou

  1. Embora tenha lido bastante nestes últimos anos este fórum, pra mim essas "cagadas" que você comenta me parecem distantes porque eu estive com um mbp late-2013 que eu reputo como excelente - nunca me deixou na mão... e depois pulei direto pro m1, sem ver nem experimentar o que veio neste meio tempo. Obrigado pelos comentários!
  2. Você acredita que o M1 veio melhor porque fizeram algum tipo de reprojeto dentro da carcaça para resolver as pendências que levavam às falhas ou acredita que nada ou pouco foi mudado e confiou-se tudo na questão do chipe menos quente? Fazendo uma analogia: não mandaram fazer um novo terno no alfaiate sob medida: o cliente é que emagreceu e aí sem mexer no terno ele passou a caber certinho.
  3. Eu não posso afiançar o quão boa é a especializada, mas o pessoal tem recomendado a FixTech, que fica no Méier ou na Barra - à sua escolha.
  4. A performance está boa, mas existe um asterisco caso você seja usuário avançado de Microsoft Excel: o PowerQuery não foi migrado pra M1, de sorte que se você precisa dele, deve forçar o uso do Office via emulação do Rosetta2 para que funcione tudo. Não sei informar acerca do Microsoft Teams. Salvo isso, não fiquei sabendo de nenhum outro pormenor.
  5. Eu tive uma excelente experiência de tratamento e de serviço numa autorizada que há embaixo da Universidade Cândido Mendes, no centro do Rio de Janeiro - eu acho que é a tal CentralPoint.
  6. Rafael, o que seriam estas boas práticas? Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  7. No site https://bundlehunt.com está havendo uma promoção de um bundle de apps para macintosh. No caso, existe ali o BuhoCleaner, que sai a poucos dólares (US$ 5,50) se comprado sozinho. Não faz tuuuudo que o CleanMyMac faz, mas quase tudo. E a interface é muito muito parecida. Quando mudei pro MBP M1, a minha licença antiga do CleanMyMac não serviu mais... 😞
  8. Então, acabei de comprar um M1. O processo do rosetta2 parece que funciona direito, então consigo rodar os códigos nele. O balanço geral é de que eu gostei da compra.
  9. Também notei isso, acredito que seja pela potência do chipe e também porque o Excel está rodando em processo apple ao inves de Intel. Li que se for necessário usar o PowerQuery, tem que forçar entrar no excel com processo intel.
  10. Achei esquisito pra laptops... Transferir calor pra baterias à princípio não me parece saudável: tudo que remete a bateria em mal funcionamento pode resultar em problemas sinistros!!
  11. Estava vendo este vídeo https://www.ithinkdiff.com/30-thermal-mod-m1-macbook-air-fast-macbook-pro/ Segundo o autor, basta um mod no chip dentro do macbook air e... voilà: performance de macbook pro. Faz sentido para vocês? Isso me fez lembrar das épocas longínquas do Athlon XP Thoroughbred.
  12. Permita-me também sugerir uma solução da Baseus que eu comprei e chegou antes do meu novo MBP... ficou muito show e funciona muito bem: https://pt.aliexpress.com/item/1005001617132981.html?spm=a2g0s.9042311.0.0.2742b90aG8ISv9
  13. Você diz tipo aquelas proteções de compra do Visa Infinite, que dá extensão da garantia pelo mesmo tempo que o fabricante? Se é isso, eu entendo que dar-te-ão cobertura caso você guarde a nota fiscal, tenha comprado integralmente com o cartão de crédito, tenha emitido o bilhete de seguro antes da compra e... se o defeito não tenha sido decorrente do uso normal esperado. No caso dos airpods, provavelmente a cobertura não vai servir para baterias... porque se espera que num período X o produto se esvaia pelo uso normal. Mas tentar não custa!
  14. Eu acho que eu assisti exatamente ao mesmo vídeo antes de me decidir finalmente por jogar a toalha de uma escolha de pagar mais por um 16GB. Na época intel, eu estava convencido que devia pegar um 16GB no próximo mbp (percebia isso ao rodar meu late-2013 de 8GB numa virtualização windows com o parallels... ficava pesado!). Depois deste vídeo, aliás que eu achei bem honesto e bem feito, fiquei tranquilo em continuar com um 8GB - parece que tem que estressar bastante a máquina para isto ser um fator de desempate. Como a virtualização com um windows (da forma que conhecemos até então, sem ser versão ARM) foi pro ralo com o M1, acho que não deverei me arrepender.
  15. Sim, está funcionando. Ontem mesmo inaugurei o meu M1 e atualizei já o Big Sur. Já rodei programas com o Rosetta2.
  16. Fiz esta semana o upgrade de um MBP13 late-2013 pra um M1 e, embora não tendo ainda feito os testes, já deu para perceber que a compra foi muito boa, muito responsivo aos comandos e, além de tudo, não tinha noção espacial de quão mais fininho que ficou. Só não gostei de touchbar - acho que eu preferiria que houvesse botões físicos ali. Agora estou fazendo o backup do MBP antigo para então repassar ao novo.
  17. Caramba! Foi bom ver isso de verdade. Entretanto, pelo que eu entendi, a princípio no Brasil não recebemos este tipo de leiaute no laptop. Agora num OFF TOPIC, estranho que a Apple tenha se dado ao trabalho de produzir um leiaute específico para Português porém pensando apenas em Portugal - um mercado diminuto sem contar o Brasil junto... E como este tópico rendeu... eu achava que seria algo simplório, acabou puxando um novelo de lã.
  18. Sinistro este teclado, se ele fosse 100% ABNT2 eu não reclamaria... mas ter um terceiro tipo de teclado é dose! Desta vez eu tou pensando em comprar o MBP aqui no Brasil, até por conta de não poder fisicamente me deslocar para o exterior. Então, acho que desta vez não haverá o problema de, no unboxing, descobrir que o laptop veio com leiaute de teclado português de Portugal. Mais uma vez, obrigado pelo empenho em me ajudar na questão - deu pra ver que você gastou um tempinho em pesquisa 🙂
  19. Muito obrigado por responder e sanar as minhas dúvidas, primeiramente. As dúvidas surgiram quando eu fui simular preços com configurações diferentes no site da apple store americana: lá, aparentemente, se pode escolher o leiaute do teclado. Uma das opções é português. Embora não esteja claro lá o que leiaute português queira dizer especialmente, o que me me deu a entender disso foi o teclado com cedilha. Mas se você viu na iPlace que sempre os MacBooks vindos da Apple Brasil eram em padrão internacional... ótimo!
  20. Prezados, por gentileza gostaria de uma ajuda, talvez duas: hoje eu tenho um MBP late2013 que eu estou pensando em trocar por um MBP 13 M1 2020. Tenho também hoje o Magic keyboard que, embora tenha sido comprado aqui no Brasil, é de padrão internacional (sem cedilha). O laptop atual também tem o teclado internacional - foi comprado nos EUA em 2013. Daí as duas dúvidas da minha ignorância: 1) O MBP M1 vendido aqui no Brasil está vindo com teclado internacional (sem cedilha) ou ABNT (com cedilha)? 2) No caso dele vir com cedilha, padrão ABNT, traria problema (no sentido de dor de cabeça, ter de ficar configurando toda hora) para o uso do Magic keyboard internacional? Muito obrigado a todos!
  21. Obrigado pela resposta! Sobre suas perguntas... Não uso VPN, em lugar nenhum. Também não... Eu também acesso pelo desktop. Pelo menos no BB a lista de cartões virtuais não é acessível pelo desktop, nem pra leitura nem para criação de um novo... Essa parte só pode ser feita no app BB ou app Ourocard. O cartão virtual do Itaú não teria sofrido esse problema porque ele só serve para um uso apenas e tem expiração em 48 horas. Porém, para eventos ou compras recorrentes, a solução do Itaú é muito inconveniente, por isso o BB sobressai nisso: o cartão virtual é estável pelo tempo que você definir, bloqueável e desbloqueável a qualquer tempo: mas eu não contava em estourarem a listagem de cartões que eu criasse. Ou leram-na no app do celular... ou no sistema do BB. 😠
  22. Pra quem é cliente do Banco do Brasil deve conhecer o app Ourocard. Esse app serve pra gestão das compras, faturas e para geração de cartões virtuais. Eu tinha uns 10 cartões virtuais gerados, nomeados pela empresa ao qual eu usava nos serviços recorrentes (ex:. MercadoPago, Uber, 99, PayPal, minha faculdade, o AliExpress, o Picpay, o RecargaPay), de modo a identificar que empresa daria zebra caso houvesse uma clonagem. Ocorreu algo bem esquisito antes de ontem: várias compras foram feitas à minha revelia em um mesmo estabelecimento ("Transvalidadoraps"), com um detalhe muito preocupante: cada compra foi feita usando um cartão virtual DIFERENTE. Isso então me seguiu uma grande preocupação, considerando: que cada cartão virtual é centralizado no app do BB; que eu usava cada cartão virtual em uma empresa fixa, justamente pra saber que empresa teria problema; que a fraude usou quase toda a lista de números de cartões virtuais, transversalmente; que não fui eu a ceder os números dos cartões a quem quer que seja; que uso um iphone 8 atualizado no último iOS e app BB disponíveis, sem nenhum tipo de jailbreak; COMO o fraudador conseguiu descobrir os números?! Quem vazou os dados? O Banco do Brasil... ou dona Apple tem culpa no cartório? O Banco abriu processo interno pra ressarcir os gastos, mas não sei se ele me dará uma resposta sobre o quê que ocorreu. Alguma sugestão, ideia, sinal de fumaça de alguém pra me dar uma luz sobre o caso?
  23. Agradeço a resposta!! Irei procurar o com porta VGA. Não dá pra querer ter tudo... :-)
  24. Pedindo licença pra invadir o tópico, seria pedir demais um dongle desses com uma saída VGA além da HDMI? E com porta Thunderbolt 2? No meu trabalho ainda existem umas infraestruturas de informática bem antigas - como datashow VGA. Já tou pensando ano que vem em trocar meu macbook pro...
×
×
  • Criar Novo...