Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Danilo Kosinski

Membros
  • Total de itens

    581
  • Registrou-se em

  • Dias Ganhos

    6

Tudo que Danilo Kosinski postou

  1. Vai depender do servidor que você estiver conectado, e do tipo de criptografia que estiver usando (isso para os serviços que permitem você escolher).
  2. Hoje em dia o grande uso são em viagens, pois em determinados países alguns endereços web são bloqueados, ao usar um serviço de VPN você atribui outro IP á sua conexão, e consegue acessar os sites mesmo com o bloqueio de localidade. Outra vantagem são em compras web, pois alguns sites tem preços específicos dependendo da sua localização geográfica. Pode ser usado também para se proteger em redes públicas. Muita gente hoje em dia, com os escândalos de roubo de dados, acham que o VPN serve para manter seu anonimato na rede, o que não é verdade, é mais como um facilitador e uma proteção para suas informações. Portanto, não confie em qualquer serviço de VPN, não coloque suas informações em risco.
  3. Trial por ser dias, depois tem que pagar. É pouco, mas tem que pagar. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk Pro
  4. Ansioso para a solução dele. [emoji22] Enviado do meu iPhone usando Tapatalk Pro
  5. Esqueceu a senha mestre, não há modo de recuperar. E se não foi alterada a configuração de não pedir senha depois de reiniciar, também não tem jeito...
  6. Muitos apps pagos de VPN não são confiáveis, quem dirá grátis. Não confiaria todos meu tráfego web á um serviço duvidoso. Utilizo o Express VPN, pago, porém um dos melhores que já usei, possui criptografia AES-256 e servidor em mais de uma centena de países.
  7. Abra o arquivo "iTunes Music Library.xml" no editor de texto (faça uma cópia dele por segurança), e procure pela seguinte linha de código no arquivo (esse código vai se repetir para todos os arquivos de música): <key>Location</key><string>file:///"endereço de onde estão as músicas" Verifique se o nome da unidade que está no código é mesmo do HD externo, ou se por ventura não foi renomeado ou algo assim.
  8. já havia encontrado esse app anteriormente, mas complicado confiar no código quando não é nem um desenvolvedor identificado.
  9. Aqui o transmission abre todos os "magnetic links" de torrents aberto pelo safari... Tente resetar o launch service com algum aplicativo como Onyx ou Cleanmymac...
  10. No meu macbook 2012 eu tinha o mesmo problema, agora com um 2017 não percebi mais essas travadas. Aparentemente o Bluetooth dos macs mais antigos não é tão bom quanto queríamos...
  11. Esses arquivos que por padrão são ocultos no mac guardam informações e atributos dos arquivos, e como em outros sistemas que não são baseados em unix, eles acabam aparecendo por serem "incompatíveis" com o SO. Para remover eles faça o seguinte (no mac): Abra uma janela do Terminal e vá até o seu pendrive e/ou HD-Externo, digitando cd /Volumes/ e aperte a tecla TAB (se precisar, mais de uma vez). Serão listados os volumes presentes no momento. Escolha o volume do seu HD-Externo e/ou Pendrive. Aperte ENTER. Digite find . -name ‘._*’ -exec rm -v {} \; e aperte ENTER. O sistema buscará no seu dispositivo portátil os arquivos iniciados em ._, e os apagará. Você terá que fazer isso sempre que copiar novos arquivos para seu Pen drive.
  12. Que ele roda eu não tenho dúvida, até recentemente tinha um macbook 2011, era mais rápido que muito pc por aí... Talvez se você baixar o pacote de drivers do bootcamp para windows 7 e tentar instalar, quem sabe funcione. Esse é o link do suporte dizendo que não funciona: https://support.apple.com/pt-br/HT204990
  13. O windows 10 teóricamente só é compatível via bootcamp em macs de 2012 ou mais novos, então isso pode estar causando alguma incompatibilidade ou falta de algum driver.
  14. O High Sierra está com um enorme problema de bugs com esse lance de capas, seja para vídeos, será para músicas... aguardando correção em alguma atualização futura...
  15. Porque meus arquivos de música não mostram as respectivas capas no Finder ao invés do ícone genérico do mp3? Porque no iTunes todas elas estão com capas, e esse problema apareceu no High Sierra, e nem com uma instalação limpa resolveu.
  16. Pode usar isso como uma solução temporária: https://bekirserifoglu.wordpress.com/2017/10/01/solutionworkaround-for-mac-os-high-sierra-unified-media-buttons-playpause-next-and-previous-track-problem/
  17. Isso não é o problema, é um mudança no gerenciamento de mídia. Os botões de mídia sempre vão dar preferência á última janela que estava reproduzindo mídia. A única solução é voltar a ativar manualmente a janela do iTunes para que os botões voltem a funcionar com ele, ou vice-versa.
  18. Vou baixar a licença trial dos dois e fazer um teste... Mas realmente 50 USD por ano é de pensar...
  19. Olá meus amigos! Estou com uma necessidade de utilização do windows de forma frequente no meu dia a dia (fora o macOs que é imprescindível já que trabalho com edição de áudio). Estou em dúvida de qual das alternativas possíveis usar (bootcamp ou máquina virtual). Apenas para entenderem até onde vai a necessidade, construo aplicações em Visual Basic, e também muitas planilhas com macros no Excel, e como sabemos, apesar da versão recente do office ser compatível, ela ainda é muito limitada. Os pontos chaves pra decidir qual das alternativas usar, são: - Performance, em qual das duas obtenho um resultado satisfatório, levando em conta que a utilização do windows não é extrema; - Uso de espaço em disco, quantos espaço preciso para um bootcamp, e quanto espaço preciso para uma máquina virtual, ou se os dois são similares; - O uso do Parallels me deixou bastante curioso, vide a facilidade de não precisar reiniciar a máquina, a facilidade de poder deixar meus arquivos armazenados dentro do macOS, mas a performance me preocupa. - A minha maquina é um macbook 12' 2017, Core i5, 8GB ram, 512GB armazenamento. - A questão de custo nem levo em conta, já que vou ter que adquirir uma licença de windows de qualquer forma, e o Parallels não é assim tão caro. Aguardo a ajuda de vocês!
  20. Aparentemente consegui resolver o problema da biblioteca corrompida sem "perder" nenhuma informação. Primeiro fiz um backup do arquivo iTunesLibrary.xml da pasta do iTunes, que é onde ficam salvas as informações das playlists, as tags das músicas e afins. Apaguei o arquivo iTunesLibrary.itl e o iTunesLibrary.xml. Abri o iTunes, e como de se esperar ele estava vazio. No menu "Arquivo" mandei importar uma playlist e procurei o arquivo iTunesLibrary.xml que havia feito o backup, e pronto, o iTunes importou todas as playlists e músicas da mesma forma que antes, e criou um novo arquivo .itl, o qual já não está corrompido. O único problema, é que as músicas perdem as "datas de adições" originais, mas ele acaba importando dessa ordem e mesmo trazendo a data de hoje como adição, ele classifica corretamente nas playlists. Pelo menos não tenho que esperar meu iTunes sincronizar duas mil músicas toda vez que conecto o iPhone, sem contar que se eu finalizasse o iTunes, ele não achava mais as músicas adicionado antes da última reinicialização do app... Se alguém tiver um problema parecido, está aí a solução.
  21. Vai de '12 2017, tem processador core i5...
  22. Leva ele em qualquer revenda da Apple, lá eles te ajudam a testar com outro carregador. Pelo menos você já tira a dúvida se é o carregador ou não.
  23. Eu fiz o upgrade no meu macbook 2012. Coloquei mais 8GB de ram, e um SSD... a máquina voava, rodava mais rápido que muito mac de entrada hoje. Se não tivesse morrido afogada, estaria com ela ainda.
×
×
  • Criar Novo...