Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

andrebonaparte

Membros
  • Total de itens

    21
  • Registrou-se em

  • Última visita

Tudo que andrebonaparte postou

  1. A equipe do dev-team anunciou que o yellowsn0w ainda não está disponível, porém revelou uma notícia nova e interessante, principalmente para que já havia atualizado os seus iPhones para o FW 2.2 (ou como no meu caso, que comprou já com esse FW). Na nota, a equipe anunciou que somente poderá ser utilizado o desbloqueio quem estiver utilizando essa firmware: "The unlock application (that we are about to release) works exclusively with baseband 02.28. This baseband update is provided by the latest firmware update (2.2) from Apple, you’ll need to upgrade to this release using iTunes and then use QuickPwn to activate etc, there are plenty of tutorials about this." Em tradução livre: "O aplicativo de destravamento (que será lançado) funcionará exclusivamente baseado no baseband (Firmware do modem) 02.28. Essa atualização de baseband é a última oferecida pela Apple através do firmware 2.2 e será necessária a atualização para utilizando o iTunes, depois aplicando o QuickPwn para ativar etc, existe vários tutoriais sobre como fazer isso". O texto explicativo ainda prossegue dizendo que essa mudaça (com relação ao baseband) aconteceu nos últimos dias e, pelo que entendi, ainda não há data prevista para o lançamento, porém está próximo. abs André Bonaparte fonte: DEV-TEAM BLOG (http://blog.iphone-dev.org/ dia 01/01/2009, às 10h31- horário local Maceió/AL)
  2. Caro Rodrigo, será que você não teria um convite para mim para o site indicado para os filmes em HD (HD-Bits.ro)? Também tenho um Mini sendo utilizado como HTPC e funciona muito bem. abs André Bonaparte
  3. Rapaz, pode comprar sem medo o MacMini. Tenho um e sempre funcionou muito bem. Aliás, eu vi os testes do Mactracker que me deixaram com uma bela pulga atrás da orelha. Ainda hoje muitas empresas utilizam-se dos PowerMacs G5, e ainda dizem que é uma máquina que é muito boa e rápida. Fora aqueles que ainda utilizam os PM G4, utilizando-se dos mesmos dizeres. Analisando rapidamente os benchmarks encontrados pelo pessoal do Mactracker fiquei surpreso! Um simples MacMini hoje, dá couro em praticamente todos os PM G5 que foram lançados e ainda hoje utilizados pelas empresas e quando vendidos ainda custam uma fortuna! (Se formos analisar que essas máquinas tem pelo menos 2 anos e meio) Ou seja, enfia mais 2GB de Ram nele e ele fica uma beleza! abs
  4. Olha só, já tentou entrar em modo single-user? Quando ouvir o chimes do mac, aperta command + S e espera entrar no modo texto. Digite: fsck -fy Se após o as mensagens aparecer no final "file system was modified" digite novamente o comando acima, até que não apareça mais essa mensagem. Depois é s'digitar roboot na linha de comando e ver se funcionou. Comigo deu certo no meu Macmini e não precisei reinstalar o sistema novamente. Espero ter contribuído. abs
  5. Comecei há algum tempo com isso e já nem me lembro qual era o SO. O ano era 1986 e eu ganhei de um tio um Commodore 64 que vinha com uma fita K7 para rodar os programas, e era ligado diretamente na TV de 12"! Demorava uns 15 minutos para carregar um simples joguinho (rsrsrs). Passei para um MSX 1.0, depois para o 1.1 e finalmente o 2.0, que funciona muito bem até hoje com o MSX DOS. Quando passei para os PC's foram todos os primórdios do DOS e dos Windows (desde o 2.0 - BIZARRO). Já em 1995, tive o meu primeiro contato com a Apple através desse mesmo tio, que tinha uma máquina marronzinha que eu não me lembro nem qual era e foi amor a primeira vista. No entanto, como a grana era curta tive que me contentar com o os PC's (x86, 286, 386, 486, Pentium MMX, Pentium 3, P4) até conseguir o meu primeiro iMac G3 Blue em 2003, que utilizei com o Jaguar, Panther e Tiger em 2005/2006. Foi ai que começaram a circular as versões não oficiais do Tiger para PC. Hoje utilizo o Leopard em todas as minhas máquinas, oficiais e não oficiais sem saudade do velho Windows. Aliás, nunca utilizei o Vista, acho que não estou perdendo nada! Abs André Bonaparte
  6. Olha só, Não acredito que isso venha a acontecer por todos os motivos que os amigos do fórum já elencaram, porém, se fosse possível usar o OSX de forma nativa/ oficial em PC's, acho que seria bom. Digo isso porque utilizo o OSX em PC's desde o Tiger 10.4.1, e fiz todas as atualizações que tiveram até a chegada do Leopard. Já utilizei o OSX em máquinas Intel e AMD, seja notebook ou desktop e posso dizer uma coisa: funciona muito bem mesmo! Tenho duas máquinas oficiais Apple e uma não-oficial e não tenho de que reclamar, até porque os pouco problemas que eu tenho eu recorro ao fórum para solucionar. Nunca utilizei e espero não utilizar o SAC da Apple, pois o que se sabe é que é tão ruim quanto qualquer outro serviço de atendimento ao consumidor. Resumindo, gostaria de ver o OSX rodando em tudo o que fosse possível, até porque considero que é realmente o melhor sistema operacional que temos na atualidade, porém pela logísitica Apple, dificilmente veremos isso acontecer. abs André Bonaparte
  7. andrebonaparte

    BlueRay no Mac??

    Já existe drive blue-ray que funciona com o OSX e o Toast na versão mais nova, tem a função de queimar essa nova mídia. abs André Bonaparte
  8. Olha só, eu tenho um iBook G4 800 (que em tese não rodaria o Leopard) com 1,25 Gb de RAM e não tenho do que reclamar. Uso ele tranquilamente sem medo de ser feliz. Só desabilitei o spaces (que eu não uso nem no macintel). O resto está tudo habilitado e funcionando perfeitamente bem. Abs André Bonaparte Maceió/AL
  9. Olha só, até onde eu sei, os DVDs de instalação so OSX do macbook não funcionam nos iMacs e vice-versa. A Apple sempre fez isso. Além do mais isso é, certamente, pirataria. Abraços. André Bonaparte Maceió/AL
  10. Eu utilizo o menu meters (gratuito) para observar a velocidade de conexão, entre outras coisas. Há também o iStats (acho que é esse o nome, também gratuito) que também pode ser útil. Vai no macupdate que tem eles. abs André Bonaparte Maceió/AL
  11. Olhá só, se o HD estiver formatado com o sistema NTFS, vc não pode apagar nem adicionar nada nele, somente copiar. Mas tem um programa da paragon (paragon ntfs for mac) que funciona muito bem. Basta instalar ele para testar (trial de 30 dias) se der certo a experiência compra, afinal não é nem tão caro. abs André
  12. Eu estava enfrentando o mesmo problema com o Leopard no meu iBook, mas eu tinha feito um upgrade do Tiger. Resolvi então fazer um bacape dos meus arquivos e fazer uma instalação lisa e esse problema desapareceu. abs André Bonaparte Maceió/AL
  13. Instalação MAC OSX 10.5 (Leopard) em iBook G4 800Mhz Antes de mais nada, isso não é pirataria, portanto, não é ilegal. Estou levando em consideração que o usuário tenha uma máquina Apple com processador não suportado oficialmente, ou seja máquinas com processador abaixo de um G4 867Mhz. Vale dizer que esse não é o único processo para que seja possível a instalação do Mac OSX 10.5 - Leopard, porém foi o que funcionou perfeitamente no meu caso. Utilizei o método da substituição do pacote OSInstall.mpkg, como já dito acima, outro métodos foram tentados mas não surtiram o efeito desejado. A única parte questionável desse método é onde conseguir o arquivo para fazer a substituição. Esse arquivo, eu encontrei em uma simples procura no google, procure algo como "G4> 500Mhz". Quem tiver interesse, basta procurar que certamente vai encontrar*. * O arquivo tem menos de 1MB. Vamos deixar de conversa e começar o processo propriamente dito. A parte mais trabalhosa é a forma como queimar o DVD, depois disso fica simples. Eis o método: 1 - Tenha em mãos uma cópia original do Mac OSX 10.5. Com ela, será necessário fazer uma imagem da mesma. Tenha em seu HD pelo menos 15Gb livres. 2 - Para esse método, deve-se ter um Mac com uma versão do OSX instalado. No meu caso eu tenho um Mac mini com o OSX 10.5.2 instalado, mas pode ser qualquer OSX, a partir do 10.2, porém pode ter alguns passos que não sejam exatamente o mesmo nome. 3 - Vamos aos passos: a) Monte a imagem que você fez do Mac OSX 10.5 (Leopard); Abra o utilitário de disco (disk utility) em aplicativos/utilitários; c) Clique em nova imagem (new image) d) Em salvar como, coloque o nome que quiser (ex.: Leopard), em nome de volume (volume name) coloque Leopard; e) Em tamanho de volume (volume size), escolha 8.0 GB (DVD+R DL) - no sistema anterior ao 10.5, esse nome pode ser diferente, escolha sempre o DVD/DL. f) Em formato de imagem (image format), coloque sparse disk image. Após isso, clique em criar imagem; g) Após esses passos, monte a imagem criada, ou seja, Leopard.sparse; h) Em utilitário de disco (disk utility), selecione a imagem criada com o nome Leopard e clique na aba restaurar; i) Arraste a imagem criada a partir da cópia original do Mac OSX para a primeira linha (restaurar de ou em inglês source); j) Arraste a imagem criada (que demos o nome de Leopard) para a segunda linha (destino ou em inglês destination); l) Clique em restaurar (restore) e aguarde. Essa ação demorou aproximadamente 6 minutos. m) Quando tiver acabado a ação anterior, abra a imagem montada (Leopard); n) Use o finder para ir até a pasta /Volumes/Leopard/System (para chegar lá clique em shit+cmd+G e inclua o caminho acima); o) Vá até Installation e em seguida Packages; p) Apague o arquivo OSInstall.mpkg. No lugar dele, renomeie aquele arquivo que encontramos no google que está como NewOSInstall.mpkg para OSInstall.mpkg e arraste-o para a pasta /Volumes/Leopard/System da imagem do Leopard. q) Após isso, a imagem está pronta para ser queimada pelo utilitário de disco. Vale salientar que eu tentei queimar através do Toast e não deu certo. A cópia pelo disk utility demora um pouco mais do que se utilizasse o Toast, mas assim, para mim, funcionou sem problema. 4) Após queimar o DVD, está quase tudo pronto para a instalação. Porém, lembre-se que os requisitos mínimos para a instalação do Leopard são um Mac com processador de 867 Mhz + 512 MB Ram. Para tanto, precisamos "enganar" o Mac. Para isso reinicie o seu Mac e pressione simultaneamente cmd+option+O+F até aparecer um ambiente de texto que é chamado de OpenFirmware. 5) Digite então as seguintes linhas (vale dizer que tem que ser obedecido todos os espaços e letras maiúsculas e minúsculas): ? nvedit dev /cpus/PowerPC,[email protected] (tem um espaço depois da palavra dev) d# 867000000 encode-int " clock-frequency" property (observe os espaços - são seis números 0) (pressione) Ctrl +C (para fechao o nvedit) salve o script criado digitando: nvstore habilite a NVRAMRC (digitando) setenv use-nvramrc? true (observe os espaços) insira o DVD criado e reinicie o sistema digitando: reset-all 6) Após isso o sistema será reiniciado e para que ele seja inicializado pelo DVD criado, pressione a tecla C antes de aparecer a tela cinza com a maça. 7) A inicialização no meu caso demorou muuuuito, aproximadamente 8 minutos e a instalação demorou pouco mais de uma hora. O resultado valeu a pena. O Leopard ficou muito rápido e com tudo funcionando. Até o DVD player funciona bem. O Frontrow funciona que é uma maravilha (pena que meu iBook não tenha controle remoto). Resumo da ópera: Parece que é muito trabalhoso, mas não é não. Tem muitos passos mas é relativamente simples de se fazer. Requer um pouco de tempo, mas se tem vontade de instalar o OSX 10.5 no seu Mac um pouco mais antigo vale a pena, desde que se tenha mais de 512MB de Ram. Recomendo pelo menos 1GB, apesar de no meu iBook com 640MB de Ram está funcionando muito bem. Depois posto fotos! Máquina utilizada para queimar o DVD: Mac Mini 1.83 HD 80GB + Storage 1 Tb 2GB RAM Máquina utilizada para instalar o Leopard: iBook G4 800 Mhz HD 60Gb 640 MB RAM Como drive Espero que ajude a quem está com dificuldades. Esse método foi utilizado em outras máquinas antigas, seja com um ou dois processadores. Para quem tem máquinas com dois processadores, as linhas a serem digitadas são outras. Se precisarem, mandem mensagem no próprio fórum que eu coloco. André Bonaparte Maceió/AL
  14. Olha só, Sou advogado e adoraria ter uma máquina dessas em meu escritório! Certamente seria muito mais útil do que o PC que tenho que utilizar para fazer as minhas peças. Não é uma ONG, mas seria muito útil e muito bem cuidado, posso garantir isso. abs André Bonaparte Maceió/AL
  15. Olha só Roberta, Se vc ainda estiver pensando em comprar um Mac usado acredito que valha a pena. Vamos ao meu caso. Eu tb estava querendo mudar de plataforma, pois sempre fui usuário Windows desde o finado Windows 3.0/ DOS 5.0. Mas por vários motivos, achei que estava na hora de mudar radicalmente. Como todo mundo sabe, os Macs sempre foram mais caros que os PC's, mas no final do ano passado, início deste ano, a política de preços ficou um pouco menos proibitiva, desta forma, comprei meu Macmini por 1599,00 na Americanas (podia dividir em até 12x sem juros). Porém eu continuava com meu notebook com Windows e é ai que entra o Mac usado. Gostaria de ter comprado um Macbook, mas como o dinheiro andava meio escasso, decidi pesquisar sobre os notebooks com processadores PowerPC. Sei que eles sairam de linha há algum tempo, mas ainda são máquinas interessantes. Procurei e acabei encontrando um iBook G4 800Mhz, com 640 Mhz de RAM, com HD de 60Gb, combo, monitor de 12". Paguei nele R$ 1.200,00, e quero dizer da minha satisfação em usá-lo diariamente em meu escritório. E mais, ele veio com o Tiger, porém atualizei o sistema para o 10.5 Leopard e não me arrependi. O sistema novo, apesar de consumir um pouco mais de memória é relativamente leve e funciona muito bem, mesmo com o G4 800Mhz. Feita a transição completa, dificilmente volta-se para o mundo PC/ Windows, e eu me adaptei muito bem à plataforma OSX. Vale a pena pesquisar o que vc faz. Não acho que seja muito interessante comprar um Mac com processador G3 (pode ser utilizado, em sua maioria, até o Mac OSX 10.4 - Tiger)/ G4 com menos de 800Mhz, pois fica mais difícil conseguir uma atualização. Mas repito, depende muito para o que vc vai utilizar, pois se for simplesmente para edições simples de imagem, internet, queimar CD's/ DVD's, os G3 funcionam muito bem, pelo menos é o que os usuários que os tem dizem. Vou colocar um tutorial explicado de como instalar o Leopard em máquinas oficialmente não suportadas em breve aqui no fórum. Espero ter ajudado. abs André Bonaparte Maceió/AL
  16. Cara, funciona que é uma beleza! Valeu pela dica. abs André Maceió/AL
  17. Olha só, procura um programa chamado Mactracker. Nele há todos os produtos feitos pela Apple até hj. Com ele vc pode saber os upgrades oficiais. De qualquer forma, procura em fóruns especializados pois algumas vezes a Apple "oficializa" uma coisa mas na prática é outra, p. ex: o meu iBook G4 800, pela Apple o máximo de memória seria 640MB, mas está funcionando aqui com 1.2Gb de RAM tranquilo. Fuçando pelos fóruns vc descobre muitas coisas e aqui é um excelente lugar para isso. abs André Bonaparte Maceió/AL
  18. Eu uso o Candybar para trocar os ícones do OSX. É um shareware que custa menos de U$ 20,00, e para quem gosta de ficar modificando os ícones, inclusive do sistema, é interessante (http://www.panic.com/candybar). Mas, onde foi que vc achou esse ícone da raposa abraçando a apple? Já procurei usando a dica que vc passou e não achei. Tem como colocar o link direto?? abs André. EDIT: por um acaso o ícon é esse? Algém conhece outro ícone nesse estilo??
  19. Rapaz, eu acho que vc precisa de um programinha chamado Quay (http://www.brockerhoff.net/quay/). Vi esse programa aqui mesmo no Macmagazine e ele é feito por um brasileiro se não me engano. Com ele, vc pode usar os ícones do dock para serem "baús" de programas. Veja as fotos: O único senão do programa é que ele não é free. Mas tb não é caro, custa 7 euros. Espero ter ajudado. abs André
  20. Rapaz, eu também estou interessado em saber sobre essa empresa! De preferência quem já teve alguma experiência em comprar com ela. Se o pessoal que faz o blog pudesse dar alguma explicação sobre a confiabilidade dessa empresa já contaria ponto positivo! abs André Bonaparte Maceió/AL
  21. Olá a todos. Acompanho o fórum há algum tempo (apesar de só me cadastrar poucos dias atrás). Gostaria que os amigos que tem mais experiência em macs antigos nessa questão. Ganhei um iBook G3 800mhz de uma amiga que está chegando do Canadá daqui a duas semanas. A máquina era dela e não tem airport. A pergunta é? Só serve o airport da Apple ou um outro dispositivo wi-fi, via usb, também serviria? Aguardo ajuda. abs André
×
×
  • Criar Novo...