Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

danav

Membros
  • Total de itens

    42
  • Registrou-se em

  • Última visita

Tudo que danav postou

  1. Hahaha senti firmeza na preparação! Tb cogitei pegar o 8 plus diante da dificuldade de comprar o X. Mas sei lá, como tenho o 7 plus não fico lá muito empolgado.... Mudanças muito sutis. Se muito, vale só para revender no Brasil e juntar a grana pro X (que custará 6k) Aí sim! Obrigado Heitor! Já me dá uma esperança. Agora é conseguir ser um desses primeiros (1 em 1.000.000 hehehe)
  2. Estou com uma preocupação semelhante. Minha dúvida é saber em quanto tempo que o produto chega (caso não haja a opção de pick up)
  3. Tô com essa dúvida também. Um amigo meu ficará nos EUA até dia 5 e queria aproveitar a oportunidade. Minha maior dúvida é saber se comprando pela pré venda haverá a opção de pick up ou se será pelo correio/direto na loja
  4. Hehe se não tirei minha dúvida pelo menos agora não estou sozinho [emoji16] Mas então, o lance todo é esse. Eu adorava meu air 2011, mas já Tava no sufoco, com seus 4ram e 128ssd. Não queria pegar algo inferior (ou pelo menos não tão bom assim). Dúvida cruel, meu caro. Nesses 5.500 q vc se propõe a pagar, da quase pra pegar um macbook pro. E aí é coisa pra uns 8/10 anos
  5. Então, o M3 que é usado no Macbook 12" é voltado pra baixo consumo (por isso q dispensa as ventoinhas). Abre-se mão de potência em favor da portabilidade. Eu sei que hj ele da conta do recado de boas. Meu receio é daqui uns anos. Um colega q trabalha no ramo disse q o M3 equivale a um i3 com uns 30% a mais de potência. Por isso meu dilema: eu sairia de um air 2011 (i5) pra um macbook atual com um processador inferior!
  6. Então André, eu tb tinha um air 2011. Mas ele vem com core i5, que é bem mais potente que o M3 (equivalente ao i3).
  7. Verdade, André, a mobilidade dele é algo fantástico! Mas minha preocupação é o lance do "future proof". Esse m3 de 2016 vai aguentar o tranco daqui uns 3 anos?
  8. Então danilo, eu pensei nisso. Mas aí sai no mesmo preço do pro com i5
  9. colegas de fórum, Meu macbook air 2011 foi pro além (RIP) e estou na dúvida entre adquirir um macbook 12" 2016 ou um macbook pro 2017 (encontrei bons preços para esses dois no ML. Já entre o macbook 2017 e o pro 2017 a diferença de preço é bem menor). Enfim, a diferença de preço entre eles é de uns 40% e não faço uso de programas mais pesados. A princípio o normal seria optar pelo macbook mesmo. Mas fico com o pé atras pelo processador marromeno do danado (m3). Hoje eu sei que ele dá conta do recado. Mas quero um note pra longo prazo (7/8 anos). Tenho medo do M3 já dar algum trabalho
  10. Muito agradecido, Danilo! Uma pena. O jeito é encarar o 256 mesmo
  11. Caros colegas do fórum, Estou cogitando trocar meu air 2011 128 por um macbook pro 2017 128 gb (sem touch bar) e surgiu a duvida sobre a possibilidade de upgrade da ssd dele. Como a versao de 256 ficou meio salgada pra mim, cogitei pegar o de 128 para posterior incremento. A questai é: é possível fazer esse upgrade ? E quanto ao custo? É proibitivo? Somente a assistência da apple que realiza esse serviço? Gracias
  12. Ola, Mark. Por acaso você tem apple watch 42 series 2?

    1. Mark-SP

      Mark-SP

      ó series 1 amigão, já é o novo, com novo processador e bateria

  13. Cara, peguei o plus jet Black com o pé atrás mas não me arrependi. Estou usando a capa original da Apple e foi sucesso. Vai sem medo
  14. Tb estou me remoendo de tanta dúvida. Acabei comprando o jet black pq era o único que tinha na vivo (ainda não chegou pra mim), mas to com um puta cagaço de ter um iPhone zerado e com arranhões. Sobre as capas, parece que não impedem as micro abrasoes. Minha curiosidade fica por conta da capa de silicone/couro oficial da apple. Queria muito saber se aquele feltro interno protege melhor...
  15. Pois é, vou tentar essa alternativa. O problema é que onde moro não tem apple store :/ Tens toda razão fabrício. No desespero acabei cogitando essa idéia, mas hoje me convenci de que não vale a pena. Meu plano agora é enviar meu aparelho para algum amigo em SP, e num segundo momento entrar na Justiça mesmo. Na autorizada da apple aqui em Brasília me falaram que talvez ocorresse um programa de troca mais pra frente, mas sinceramente isso não me satisfez. Por via das dúvidas, encomendei uma capa mais rígida (a otterbox symmetry) só pra não ter mais perrengue. Eu tentei por tel
  16. Não sei se dá pra ver pelas fotos. Na última usei uma régua pra mostrar a diferença no nível.
  17. Muito obrigado, Lyncon. Hoje inclusive fui em mais uma assistência técnica e me confirmaram que não há chance da garantia resolver o problema. Me disseram apenas que mais pra frente pode haver algum recall pra resolver o problema. E vc tem razao: não seria muito prudente mexer na carcaça. Por isso acho que por enquanto vou trocar a capa do aparelho (vou usar uma rígida ao invés da semi rígida) e vou também tentar a idéia sugerida pelo colega acima. E mais pra frente vou acionar o Judiciário, cobrando não apenas o conserto mas também danos morais por todo esse perrengue. E também vou acionar o
  18. IPad, eu não coloquei o iPhone no bolso traseiro. Sempre o coloco no bolso lateral.
  19. Boa dica. Não moro em SP mas vou ver se alguém faz isso pra mim. A questão é saber se vão aceitar trocar
  20. Meu pior pesadelo (ok, segundo pior, o pior mesmo é quebrar a tela) aconteceu: meu 6 plus entortou, justamente abaixo do botão de volume. Não foi nada gigantesco mas também não foi imperceptível. Só percebi quando tirei o celular do case e fiquei desesperado. Desconfio que possa ter acontecido quando usava uma calça social, mais justa, e sentei no carro. Mas não sei ao certo qual foi a causa. O que mais me preocupa é que as informações fornecidas pelo suporte técnico e por duas assistências técnicas não foram muito animadoras. Ao que parece (não foram muito claros comigo) em boa p
  21. Caracas, deu tudo isso?! Esse é meu medo... O imposto aumentar tanto o preço final que deixe o Apple watch menos distante. Eu mesmo to de olho no pebble Steel, que tá por US$ 250 dólares. Mas com o dólar turismo custando 3 reais, complica. Estimo que deve ficar em torno de uns R$ 1.100 ao todo.
  22. Pois é, também não consigo ficar sem meu pebble... depois q a gente se acostuma, não tem mais volta. A merda toda é q no caso do pebble, não tem como fugir da taxação, já que obrigatoriamente, ele é entregue pelos correios (ou seja, 50% de imposto garantido). Já o apple watch, tem a possibilidade de alguém trazer dos eua (até pq um relógio por pessoa não é taxado). E nisso os preços acabam se aproximando. Um exemplo: o pebble time hj custa 179 dólares, e o apple watch mais barato 349. Com o imposto apenas sobre o pebble, a comparação ficaria em 268 x 349.
  23. Pra embaralhar ainda mais a disputa, lançaram o Pebble time Steel... Detalhes: vem todos os recursos do Pebble Time normal, mais uma bateria ainda maior (10 dias ao invés de 7), e um sistema de update de hardware por meio da pulseira (pra nfc, monitor cardíaco, mais bateria, etc)
  24. Algumas coisas que gostei pacas do apple watch: tela retina, vidro de safira (na versão intermediaria), pulseiras bacanas e o próprio sistema, que me parece o mais fluido dentre todos os de smartwatch. O foda é, como vc bem disse, pagar 349 dólares por isso (na verdade, ainda mais, já q aqui o preço é alto e a única alternativa são intermediários). Gostei do pebble time pq me parece aquele carro popular, bacana e barato. Não tem o nível premium de um apple watfch, mas dá conta do recado por menos da metade do preço.
×
×
  • Criar Novo...