Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

[Preços] Redação de Carta Aberta à Apple Computer Brasil Ltda.


Posts Recomendados

Eu particularmente me sinto ofendido com essa afirmação tua. Acho que outros que prestarem atenção, se sentirão também. Eu participei do tópico onde a discussão se originou, mas nunca falei que o problema era a ganância da Apple. Tanto que falei que boicote era risível, e disse também várias vezes aqui no fórum - bem antes dessa coisa dos novos preços - que importação no Brasil era uma coisa extremamente desagradável, e que eram tantas amarras e poréns que era uma injustiça sem tamanho. Máquina de fazer dinheiro que não viamos aplicados na infraestrutura do país (como estradas que são péssimas apesar do ICMS). Tanto que fui o primeiro a sugerir uma carta aberta. :) Outros estavam no mesmo barco que eu.

Então vc não pode rotular todo mundo como sendo do mesmo saco. Eu nunca esqueci de dar os devidos créditos para os que se envolveram, e não ligo pra ser creditado em nada... porém me incomoda ser incluso num grupo de pessoas que saíram apontando o dedo e justificando coisas cegamente. Não sou perdulário e muito menos inconsequente pra julgar sem fatos comprovados.

Eu particularmente acho que a carta tem uma introdução ruim. Não cativa o leitor, vai direto ao assunto, falta estrutura... enfim. Longe de mal escrita, obviamente... mas falta um tanto de calor. Falta a paixão que vejo nos usuários. Já tinha dito que precisava de uma intro antes, e uma conclusão que basicamente restabelecesse os pontos primordiais de nossas intenções.

Organizadores: vamos bater o martelo sobre se essa é a alteração final da carta, ou se algo mais técnico será incluso? Pq daí pode-se elaborar uma introdução melhor? Como fica?

Sou adepto de uma carta técnica e com uma introdução, nos moldes que sugeristes.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Gostei da última redação da Carta enviada pela letslucy.

Como sugeriram, uma introdução poderia deixá-la melhor, mas acredito que uma introdução não muito longa para não deixar o texto muito cansativo.

Fiz um breve rascunho (em vermelho) do que poderia ser a introdução, deixando claro que esta pode ser mudada ou mesmo descartada se assim acharem melhor os que estão encarregados de escrevê-la. Espero que sirva pelo menos para uma ideia.

A Apple é conhecida por ter, como consumidores, pessoas que procuram a elegância de um produto somada com a sua eficiência. Não há dúvidas de que a lealdade para com a empresa é uma característica que permanece já por bastante tempo entre estes que vos escreve. Sempre adquirimos os novos lançamentos com a certeza de que este está superando o anterior, algo que não acontece com outra marca. Isso se dá pelo fato de sempre ter havido uma íntima ligação entre os consumidores e a empresa, esta representada até mesmo por seus executivos do mais alto escalão, ou quando em pessoa apresentam as últimas novidades em produtos nos grandes eventos, ou quando se esforçam a manter um canal de comunicação com os fãs da empresa.

Nos últimos lançamentos dos iProdutos, nós, brasileiros e fãs da marca, nos sentimos inteiramente prejudicados pelo tamanho descaso com o mercado nacional. É por conta disso que viemos, através desta, inquirir sobre os preços de produtos Apple no Brasil, com especial atenção dada ao novo iMac.

Os usuários Apple estão extremamente desapontados com a política de preços da companhia no Brasil. Um grupo - representando usuários e admiradores brasileiros da marca coletivamente - uniu-se, representando usuários e admiradores de todo o país, para trazer atenção a esse assunto.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pessoal aí vai mais uma reformulação...

_________________________________________________________________________________________________________

NOVA CARTA - REFORMULADA

Caros Executivos da Apple,

Viemos através desta inquirir sobre os preços de produtos Apple no Brasil, com especial atenção dada ao novo iMac.

Os usuários apple estão extremamente desapontados com a política de preços da companhia no Brasil. Um grupo - representando usuários e admiradores brasileiros da marca coletivamente - uniu-se, representando usuários e admiradores de todo o país, para trazer atenção a esse assunto.

Embora a Apple Store brasileira sempre tenha sido mais cara comparada com outras mundialmente, por conta de impostos e conversões de câmbio, nesse momento percebe-se que essa não é a única razão. E gostaríamos de entender o que acontece com a Apple em relação ao Brasil.

Primeiramente, esclarecendo o que já sabemos em relação ao país e os produtos da maçã.

Conhecemos nosso sistema tributário e entendemos que há diferentes taxas pesadas aplicadas aos produtos quando esses chegam em território nacional.

Sendo as mais relevantes delas:

1 - O imposto sobre produtos industrializados (IPI), que em 2012 é de 15%

2 - O imposto de importação, que em 2012 é de 60%

3 - O imposto sobre mercadorias e serviço interestadual, que em 2012 chega a 18%

Em nossos esforços para compreender melhor como os preços dos iProducts - especialmente o novo iMac - aumentaram tanto no país, fizemos diversas simulações básicas, uma das quais utilizaremos aqui para ilustrar nossa preocupação.

Se somarmos esses percentuais ao preço original do iMac na Apple Store Americana, resultaria em surpreendentes 2.820,38 dólares. (Em contrapartida, acreditamos que o preço do iMac em que incorrem os impostos não é o preço de varejo da Apple Store Americana, e sim um preço de atacado, significativamente mais baixo que o utilizado para essa simulação de cálculo.)

Adicionalmente, devemos considerar a taxa de câmbio, cuja variacão em novembro, foi de aproximadamente 1US$ : 1.95 R$. Isso subiria o preço do iMac para aproximadamente 5.500,00 R$. O que torna o iMac brasileiro o mais caro do mundo.

Isso, nós pudemos perceber, por conta do sistema tributário brasileiro e variações cambiais desfavoráveis.

O que nos leva ao que não conseguimos compreender sobre o preço da Apple Store Brasil.

Verificamos que, mesmo após todas essas somas, o valor é cerca de 500,00 R$ (256,41 dólares) a menos do que o preço de 6.199,00 R$ (3.178,97 dólares) cobrado pela Apple Store Brasil. (E como pudemos aproximar, o valor de aumento que não é pertinente a terceiras partes é ainda maior por conta do preço real de importação do produto, ao qual não temos acesso).

Isso gerou em nós, consumidores brasileiros uma séria preocupação. Porque a mensagem que isso nos passa é o descaso que a Apple tem com o mercado brasileiro. Mostra que o apreço e lealdade dos brasileiros pela marca e seus produtos está sendo desvalorizado e ignorado.

Os produtos apple aqui já são os mais caros do mundo por conta de políticas econômicas do governo, e nunca culpamos a Apple por isso. Mas agora, tendo que pagar esse valor adicional, nossa crença na valorização dos clientes pela Apple foi comprometida seriamente. E pudemos demonstar que esse valor não diz respeito somente a taxas, variações cambiais e outros fatores fora do controle da empresa.

Gostaríamos de uma explicação sobre esse aumento de preço ainda mais alto do que o ocasionado por custos dos trâmites de importação.

Outro ponto relevante que notamos em outras Apple Stores no mundo, é que o valor pertinente aos impostos embutidos no produto são sempre discriminados em baixo do valor total. E isso é algo que não ocorre aqui.

Gostaríamos de questionar os executivos de porquê essa prática não foi adotada em nossa Apple Store, já que sanaria muitas das dúvidas iniciais pertinentes à diferença de preços em outros países e aqui.

Considerando isso, gostaríamos e pedir e sugerir que essa prática seja adotada aqui também, o mais rápido possível.

Por fim, o estabelecemos esse contato com a Apple na esperança de que nossa situação seja examinada atenta e efetivamente. De forma que possamos receber um feedback, para compreendermos qual é, de fato, a explicação para os preços inflacionados dos novos produtos Apple que enfrentamos atualmente.

Saudações,

Consumidores Apple Brasileiros

_______________________________________________________________________________________________________

NOVA CARTA ESCRITA EM INGLES

Dear Apple Executives,

We hereby come to inquire regarding apple products prices in Brazil, with specific attention being given to the new iMac.

We, apple users are extremely disappointed with Apple's price policy in Brazil. As a group - representing all brazilian apple users and admirers - we united to bring attention to this issue.

Although the Brazilian Apple Store prices were always higher than other ones worldwide, due to taxes and currency differential, at this point, we are inclined to believe that there's more to it. And we would like to understand what is happening with Apple regarding Brazil.

First of all, lets clarify of what we are already aware of regarding Brazil and Apple products:

Since we know our tax system, we understand there are different and heavy taxes that are applied to Apple products once they arrive in Brazil Customs.

Some of them include, but are not limited to

1- the Industrialized Product Fee (IPI), which is 15%, in 2012

2- the Imported Merchandise Fee, which is 60%, in 2012

3- and the Interstate Merchandise and Service Fee (ICMS) which varies up to 18%

In our efforts to grasp a better understanding of how the iProducts prices - specially the new iMac - increased so much, we did several basic simulations of taxes and fees applied by the government. One of them we are using for our argument sake.

If we sum the above mentioned sample taxes to the original iMac american price (1,299.00 dollars) it would result at astonishing 2,820.38 dollars. (Although, we believe the iMac price in which the taxes apply is not actually the Apple Store sale price, but a business price, that is significantly lower than the one we used for this calculation purposes.)

Additionally, we must consider the latest business currency rate, at this point, of approximately 1 US$ : 1.95 R$ (as of this week, the US dollar was rated at 1.95)

All this would turn iMac's price at roughly 5,500.00 R$.

Which makes the brazilian iMac value the highest on the world. Which we understand it's due to brazilian tax system and currency variation.

Now, lets move onto what we can't fathom about Apple prices in our local ground.

Even after adding all those numbers, that would still be 500.00 R$ (or 256.41 US$) less than the current 6,199.00 R$ (or 3178.97 US$) charged at Apple Store Brazil. (When, actually, we were able to establish that this overpricing gap is higher than the ones estimated here due to the real iMac importation price, which we have no access to.)

And this is a serious concern for us Brazilian Apple Users, for it shows how disregarding Apple is acting towards the brazilian market. This shows our appreciation and loyalty to the brand and its products are being taken for granted.

Brazilians already have the world's most expensive iProducts because of the government, and we never held that against the company. But now, having to pay this unexplainable increase severely damaged our belief in Apple's care for their customers. And we can see, that it is not only related to our government fees.

Also, as we were able to verify on other Apple Stores around the world, the amount of taxes embedded into a product is always discriminated below the final price. And this is something that doesn't happen at Apple Store Brasil.

We would like to question the executives why it isn't already a standard procedure here as it is in other stores.

Since it could clarify part of the high prices brazilian users have to face.

That said, we would like to ask and suggest this practice to be adopted at Brazilian Apple Store as soon as possible.

Finally, we reach out to Apple executives, hoping you can assess attentively and effectively our situation and give us some feedback, so we can achieve a better understanding of what is the real picture the brazilian apple users are facing with the introduction of new Apple Products with inflated prices.

Best Regards,

Apple Brazilian Customers.

__________________________________________________________________________________________________________

Leiam e me digam o que acham. ;D

Perfeita a carta, clara e objetiva; sem "puxação de saco".

Editado por rquenio
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pessoal, quanto ao momento de enviar a carta, eu sugeri anteriormente segurarmos ela até o lançamento nacional do iPhone 5.

Por que?

Se aguardarmos até lá (o que pode ocorrer a qualquer momento), poderemos incluir o preço dele se for praticado mais um abuso pela Apple. Imaginem, se seguirmos a atual política de preços, teremos um iPhone 5 de 16GB a uns R$ 3.000,00! Com isso o questionamento estará ainda mais robusto (linha Mac e iPhone).

EDIT: Além disso, a atenção da mídia estará voltada para Apple e eis que chegamos e divulgamos a carta aos meios de comunicação.

Editado por E-merson
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Serio que ainda estao nessa de sensibilizar a midia americana em meio a crise, eleicoes e desastres na cidade mais importante dos EUA? Serio que voces querem parar o The new york times (ou qualquer outro), sensibilizando-os a trocar a manchete por "Indios do sudeste brasileiro querem pagar menos por produtos Apple" ?

Quantos ja aderiram em 1 semana, 40? Quantos usuarios apple existem no brasil, 500 mil, 1 milhao?

Olha se eu fosse voces gastaria esse tempo com outras coisas mais produtivas, acho que nem mesmo o Meia Hora do IG nao esta nem ai para o que meia duzia acha dos precos. Mas boa sorte, quem sou eu pra impedir?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Como faço para mandar os meus dados para constar na carta???
Já tenho aqui 41 assinaturas.

Vocês podem enviar os dados para essa planilha https://docs.google.com/a/jaccottet.adv.br/spreadsheet/ccc?key=0AgiGNizlYkKCdEx2R0UydXo4LVYtNWc0LWpZVGF2eUE&pli=1#gid=0

Ou então diretamente a mim, por DM.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Serio que ainda estao nessa de sensibilizar a midia americana em meio a crise, eleicoes e desastres na cidade mais importante dos EUA? Serio que voces querem parar o The new york times (ou qualquer outro), sensibilizando-os a trocar a manchete por "Indios do sudeste brasileiro querem pagar menos por produtos Apple" ?

Quantos ja aderiram em 1 semana, 40? Quantos usuarios apple existem no brasil, 500 mil, 1 milhao?

Olha se eu fosse voces gastaria esse tempo com outras coisas mais produtivas, acho que nem mesmo o Meia Hora do IG nao esta nem ai para o que meia duzia acha dos precos. Mas boa sorte, quem sou eu pra impedir?

Obrigado pela sua colaboração! Saiba que ela é muito apreciada.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Serio que ainda estao nessa de sensibilizar a midia americana em meio a crise, eleicoes e desastres na cidade mais importante dos EUA? Serio que voces querem parar o The new york times (ou qualquer outro), sensibilizando-os a trocar a manchete por "Indios do sudeste brasileiro querem pagar menos por produtos Apple" ?

Quantos ja aderiram em 1 semana, 40? Quantos usuarios apple existem no brasil, 500 mil, 1 milhao?

Olha se eu fosse voces gastaria esse tempo com outras coisas mais produtivas, acho que nem mesmo o Meia Hora do IG nao esta nem ai para o que meia duzia acha dos precos. Mas boa sorte, quem sou eu pra impedir?

Se nu eh pra ajudar, não precisa nem entrar nesse tópico do forum...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Serio que ainda estao nessa de sensibilizar a midia americana em meio a crise, eleicoes e desastres na cidade mais importante dos EUA? Serio que voces querem parar o The new york times (ou qualquer outro), sensibilizando-os a trocar a manchete por "Indios do sudeste brasileiro querem pagar menos por produtos Apple" ?

Quantos ja aderiram em 1 semana, 40? Quantos usuarios apple existem no brasil, 500 mil, 1 milhao?

Olha se eu fosse voces gastaria esse tempo com outras coisas mais produtivas, acho que nem mesmo o Meia Hora do IG nao esta nem ai para o que meia duzia acha dos precos. Mas boa sorte, quem sou eu pra impedir?

Acredito que toda iniciativa é válida. Este é um primeiro passo. Se não fizermos nada continuaremos a ser um país "emergente" e "colonizado". Somos um país com potencial inigualável, mas nos falta a atitude da população do primeiro mundo que não aceita tudo que é imposto. Não importa se é sobre computadores, carros, imóveis... a questão é que uma mobilização está se formando e isso é bacana. Espero que apoie a mesma também! :)

Editado por fmaricato
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Oi, bom dia a todos!

O momento então é o de divulgar nas redes sociais e colher mais assinaturas. Antes disso, porém, eu acredito que seja necessário "fecharmos" a carta. Tentei contato com alguns blogs, como o blogdoiphone.com, e o responsável replicou afirmando que "não tem sentido pedir o CPF das pessoas sem mostrar a carta" (sic).

Pessoal, quanto ao momento de enviar a carta, eu sugeri anteriormente segurarmos ela até o lançamento nacional do iPhone 5.

Por que?

Se aguardarmos até lá (o que pode ocorrer a qualquer momento), poderemos incluir o preço dele se for praticado mais um abuso pela Apple. Imaginem, se seguirmos a atual política de preços, teremos um iPhone 5 de 16GB a uns R$ 3.000,00! Com isso o questionamento estará ainda mais robusto (linha Mac e iPhone).

EDIT: Além disso, a atenção da mídia estará voltada para Apple e eis que chegamos e divulgamos a carta aos meios de comunicação.

E-merson, eu concordo com o ponto dos holofotes da mídia e ampliação dos questionamentos para os outros produtos, porém nós temos já exemplos suficientes para demonstrar a exorbitância dos preços da Apple, você não acha? Além do mais, no meio desta escuridão dá pra visualizar um feixe de luz indicando uma sensibilidade da empresa de que esta carta pode influenciar os preços do iPhone 5 aqui quando for lançado.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

contato com alguns blogs, como o blogdoiphone.com, e o responsável replicou afirmando que "não tem sentido pedir o CPF das pessoas sem mostrar a carta" (sic).

nao tem a necessidade do cpf naum... somente apple id, cidade e nome completo... e a carta está disponivel aki... todos tem acesso a ela...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pessoal, quanto ao momento de enviar a carta, eu sugeri anteriormente segurarmos ela até o lançamento nacional do iPhone 5.

Por que?

Se aguardarmos até lá (o que pode ocorrer a qualquer momento), poderemos incluir o preço dele se for praticado mais um abuso pela Apple. Imaginem, se seguirmos a atual política de preços, teremos um iPhone 5 de 16GB a uns R$ 3.000,00! Com isso o questionamento estará ainda mais robusto (linha Mac e iPhone).

EDIT: Além disso, a atenção da mídia estará voltada para Apple e eis que chegamos e divulgamos a carta aos meios de comunicação.

Eu também tinha em mente essa data, mas depois da pressa de alguns colegas, pensei melhor e vi que se mandarmos antes, podemos retomar o projeto Veja depois do lançamento do iPhone 5.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

(...)

JoeD só agora vi seu post... quando já tinha re-postado a carta.

Hmm.. me ajuda a pensar em alguma coisa pra melhorar essa intro?

Obrigada ;)

Querida letslucy (que trabalhou firmemente nestes últimos dias nessa carta ;),

Ajudo sim... no entanto estou tão ocupado cumprindo agenda nestes últimos dias que está difícil limpar a mente para me dedicar a este projeto com uma perspectiva descansada.

Vamos lá: acho que a intro tem que ser breve? Sim... mas acho que ela deve chamar a atenção deles mostrando que:

- sabemos da história da companhia no Brasil

- o quando admiramos e quanto é importante pros brasileiros conseguirem participar desse grupo de consumo da Apple

- quem são os que escrevem e o que querem

Não precisa ser algo pomposo e muito menos florido. Você que gosta de pesquisar, se tiver tempo, será que vc conseguiria alguns dados de quando a empresa começou a vender no Brasil? Se a princípio foi diretamente ou por intermediários? Eu moro fora do Brasil e lembro pouco dos anos 90. Lembro que na época o site já mostrava preços para os produtos, mas para comprar tinha que ligar num telefone ou procurar uma das lojas listadas no site... demorou pra ter venda direto via site. As lojas que vendiam eram poucas também. Nunca que se encontrava Apple no Carrefour por exemplo...

Pq desses dados: pq a gente pode falar com mais certeza de que sabemos de como praticaram vendas e que, se no início foi caro, passaram a vender posteriormente de uma forma mais eficiente e acessível... então por que iriam agora dificultar. Óbvio que isto não precisa estar tudo na introdução, mas no decorrer do desenvolvimento do pensamento na carta.

Veja este post aqui do macflii:

Gostei da última redação da Carta enviada pela letslucy.

Como sugeriram, uma introdução poderia deixá-la melhor, mas acredito que uma introdução não muito longa para não deixar o texto muito cansativo.

Fiz um breve rascunho (em vermelho) do que poderia ser a introdução, deixando claro que esta pode ser mudada ou mesmo descartada se assim acharem melhor os que estão encarregados de escrevê-la. Espero que sirva pelo menos para uma ideia.

A Apple é conhecida por ter, como consumidores, pessoas que procuram a elegância de um produto somada com a sua eficiência. Não há dúvidas de que a lealdade para com a empresa é uma característica que permanece já por bastante tempo entre estes que vos escreve. Sempre adquirimos os novos lançamentos com a certeza de que este está superando o anterior, algo que não acontece com outra marca. Isso se dá pelo fato de sempre ter havido uma íntima ligação entre os consumidores e a empresa, esta representada até mesmo por seus executivos do mais alto escalão, ou quando em pessoa apresentam as últimas novidades em produtos nos grandes eventos, ou quando se esforçam a manter um canal de comunicação com os fãs da empresa.

Nos últimos lançamentos dos iProdutos, nós, brasileiros e fãs da marca, nos sentimos inteiramente prejudicados pelo tamanho descaso com o mercado nacional.

Está bom como primeiro rascunho... excelente aliás. Mas sugiro o seguinte: ao invés de falar de forma genérica - afinal isso que o macflii descreveu se aplica (acredito eu) a todos os consumidores do mundo - vamos esculpir este paragráfo e deixa-lo o máximo possível sobre o que acontece no Brasil?

Que vc acha, letslucy?

Pessoal, quanto ao momento de enviar a carta, eu sugeri anteriormente segurarmos ela até o lançamento nacional do iPhone 5.

Por que?

Se aguardarmos até lá (o que pode ocorrer a qualquer momento), poderemos incluir o preço dele se for praticado mais um abuso pela Apple. Imaginem, se seguirmos a atual política de preços, teremos um iPhone 5 de 16GB a uns R$ 3.000,00! Com isso o questionamento estará ainda mais robusto (linha Mac e iPhone).

EDIT: Além disso, a atenção da mídia estará voltada para Apple e eis que chegamos e divulgamos a carta aos meios de comunicação.

Faz sentido...

Serio que ainda estao nessa de sensibilizar a midia americana em meio a crise, eleicoes e desastres na cidade mais importante dos EUA? Serio que voces querem parar o The new york times (ou qualquer outro), sensibilizando-os a trocar a manchete por "Indios do sudeste brasileiro querem pagar menos por produtos Apple" ?

Quantos ja aderiram em 1 semana, 40? Quantos usuarios apple existem no brasil, 500 mil, 1 milhao?

Olha se eu fosse voces gastaria esse tempo com outras coisas mais produtivas, acho que nem mesmo o Meia Hora do IG nao esta nem ai para o que meia duzia acha dos precos. Mas boa sorte, quem sou eu pra impedir?

Obrigado pela sua colaboração! Saiba que ela é muito apreciada.

Se nu eh pra ajudar, não precisa nem entrar nesse tópico do forum...

Acredito que toda iniciativa é válida. Este é um primeiro passo. Se não fizermos nada continuaremos a ser um país "emergente" e "colonizado". Somos um país com potencial inigualável, mas nos falta a atitude da população do primeiro mundo que não aceita tudo que é imposto. Não importa se é sobre computadores, carros, imóveis... a questão é que uma mobilização está se formando e isso é bacana. Espero que apoie a mesma também! :)

puding,

Faço minhas as palavras de E-merson, rquenio e fmaricato. E aproveito para adicionar:

Acho que em geral - em outros tópicos - que você fala coisas proveitosas. No entanto seria mais interessante que, se vc quiser participar deste tópico, que o lesse e acompanhasse, assim falaria coisas mais proveitosas ao invés de pitacos desdenhosos. Se o lesse com mais atenção, o entenderia melhor e poderia sim falar coisas que são mais próximas com o que realmente estamos fazendo. Veja só: até agora você não entendeu que o projeto não se trata de escrever para a mídia americana, e sim escrever uma carta aberta para a Apple. Mandar emails para o resto da mídia - tanto no Brasil quanto EUA - é uma iniciativa mais colateral e comandada pelos usuários que querem fazer isso do que um objetivo prático da manifestação. Você pode opiniar o quanto quiser, mas não vai gerar nenhuma simpatia nos que ativamente se envolveram com o projeto - seja quem apenas assinou, ou quem está diariamente o criando, ou desenvolvendo a carta. Você também tem todo o direito de achar isso tudo uma patacoada, porém você não precisa ficar apontando o dedo e rindo como se todos estivessem em um picadeiro. As pessoas vão começar a achar que o sem noção é você.

Editado por JoeD
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Apenas a título de informação, vejam as notícias publicadas pelo MacMagazine na época em que a Apple divulgava os valores referentes a tributos pagos na linha de iPods.

Analisando os preços/tributos dos iPods touch da época:

  • 8G: 749,00 --> tributos: 236,00 ou 31,50%
  • 32GB: 999,00 --> tributos: 310,00 ou 31,03%
  • 64GB: 1.299,00 --> tributos: 403,00 ou 31,02%

http://macmagazine.c...pple-no-brasil/

http://macmagazine.c...trega-imediata/

26-ipodtouch.png

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu mandei um email diretamente para [email protected] . Não sei se ele irá responder, porém tentei. Acho que todos devem fazer o mesmo.

"
Hey Mr. Schiller,

Congrats on new Apple products!

Why your price policy in Brazil is so expensive? We've seen unexpected changes on new iMacs (+55%)!

Please, take Brazil as a priority country to your strategies!"

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Apenas a título de informação, vejam as notícias publicadas pelo MacMagazine na época em que a Apple divulgava os valores referentes a tributos pagos na linha de iPods.

Analisando os preços/tributos dos iPods touch da época:

  • 8G: 749,00 --> tributos: 236,00 ou 31,50%
  • 32GB: 999,00 --> tributos: 310,00 ou 31,03%
  • 64GB: 1.299,00 --> tributos: 403,00 ou 31,02%

http://macmagazine.c...pple-no-brasil/

http://macmagazine.c...trega-imediata/

26-ipodtouch.png

Verdade. Isso foi até o começo desse ano, não?

Hoje olhei o selo do meu Magic Mouse, comprado no final de 2011. Diz que ele é importado pela CISA... e Distribuído no Brasil por: Apple Computer Brasil Ltda.. No meu MBA diz Importado e Distribuído por Apple Computer Brasil Ltda.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe do debate

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, entre agora para postar com ela.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.




  • Conteúdo Similar

    • Por Patchlord
      Meu iMac passou desta para melhor, então estou vendendo as partes.
      Frete por conta do comprador, mas pode haver retirada em mãos pra quem mora no Rio de Janeiro.
      Vidro frontal: R$ 550,00 Display (1920x1080): R$ 1.200,00 Gabinete (só a carcaça): R$ 150,00 Tenho as outras peças e placas também, se houver interesse.





    • Por mrcush
      ** Apenas venda. 
      Extremamente conservado. Sem riscos, detalhes ou qualquer tipo de avaria. Monitor sem dead pixels ou manchas.
      Modelo 2017, comprado em 2018
      Processador Intel Core i7 4.2GHz
      Memória 24 GB
      Placa de Vídeo Radeon Pro 575 4 GB
      Monitor 5k de 27 polegadas
      SSD 250 GB
      Magic Keyboard (Original - recarregável)
      Magic Trackpad (Original - recarregável)
      Sem caixa.
      14,900
    • Por Del Rei
      Estou com problemas. Meu iMac passou a desligar do nada, desde terça passada.  
      Minha primeira suspeita foi o nobreak indo pro saco. Mas coloquei o computador direto na tomada e continuou desligando. 
      Ele dura cerca de 5min no máximo, e desliga, como se tivesse removido da tomada. O tempo que ele dura ligado é meio aleatório. Tem vezes que consigo usar por 5min, mas tem vezes que ele desliga antes mesmo da inicialização completar. E agora a maior parte das vezes ele só inicia o boot se eu retirar o cabo de força, esperar uns segundos e recolocar.
      Rodei o diagnóstico (iniciando com o R pressionado) mas o resultado foi "Nenhum problema encontrado". Menos mal.
      Alguns colegas aqui sabem, eu rodo o SO através de um SSD externo (já que o Fusion drive interno é um lixão). Estou usando o Big Sur. Mas como tenho um outro SSD antigo aqui com o Mojave instalado, resolvi testar pra ver se o Mojave funcionava. Desligou da mesma forma. Então já descartei a possibilidade do problema ser no SO ou no SSD ou na case externa.
      Fiz aquele esquema de reiniciar o tal SMC, mas também não resolveu (como eu esperava). 
      Descobri na internet  uma coisa interessante -  "Previous shutdown case". É um comando que você digita no Terminal e ele te informa a causa das reinicializações recentes da máquina. Todos  os resultados foram referentes à falta de energia. É como se realmente tirasse o cabo da tomada.
      Entrei em contato com o suporte da Apple, que me orientou a atualizar o SO (eu estava na 11.4) para a versão 11.5.1 - E obviamente não resolveu, como eu esperava. 
      Por fim, agendei um reparo na assistência, que vou levar amanhã e vou atualizando aqui as informações pra quem estiver interessado. Meu medo é chegar na hora e funcionar normal, ou demorar pra reiniciar... E a Apple dizer que não detectou nenhum problema, como já li alguns disso.
      Ainda bem que paguei o Apple Care, senão teria que resolver esse problema por conta própria...
    • Por Fernando Braz
      Praticamente nova, configuração de ponta pra rodar tudo, perfeita para edição e criação de conteúdo. Resolução 4k que dispensa comentários.
      NÃO ACOMPANHA TECLADO E MOUSE.
      iMac (Retina 4K, 21.5-inch, 2017)
      Processador: 3 GHz Intel Core i5 Quad-Core
      Memória: 16 GB 2400 MHz DDR4
      SSD 480GB Kingston
      GPU Radeon Pro 555 2 GB
      R$8.900
      Somente retirada em mãos e pagamento via pix.
      Não aceito trocas nem propostas absurdas.

    • Por Fernando Braz
      Vendendo meu iPad Air pois não me adaptei, ainda na garantia até ano que vem.
      Acompanha Pencil de segunda geração, película já aplicada e case smart folio.
      R$5.990 completo.
      Sempre utilizado com capa e película, equipamento impecável.
      Aceito troca com macbook M1.

      Retirada em mãos por SP e pagamento na hora via PIX.

    • Por jonascandal
      Boa galera, blz?
      Então, eu sou produtor musical e áudiovisual e estou começando a desenvolver projetos que requerem configurações boas, atualmente tenho um Win i3 6gb 500gb porém o mesmo já está sofrendo muito para rodar meus projetos.
      Estou pesquisando trocar de computador, porém os preços dos Apple ainda estão bem altos, ainda mais na atual situação,
      Minha dúvida é o seguinte, pesquisando iMacs usados, em torno de 5k, acha alguns i5 com 8gb ou mais até, porém fica aquela dúvida, será se um iMac de 2011 ou anterior vai "aguentar" os processos pesados e programas de música / vídeo ? 
      Com o mesmo valor investido, consigo pegar um Win com config melhor, as vezes até zero, porém vejo muita gente dizendo que os Macs tem uma vantagem enorme para trabalho em relação aos Win.
      Compensa um iMac usado mesmo com configs "antigas"? 
      Pensei na possibilidade de um iMac pela facilidade do "tudo-em-um", já que os Macbooks mesmo usados ainda passam o limite, e os MacMini precisam de todos os "periféricos" conectados.
      Queria saber opiniões, Macbook? iMac? MacMini? Lembrando que até um 5k seria o ideal, já que a musica ainda não paga 100% minhas contas kk mas a ideia é um Comp que aguente mais uns anos até conseguir investir em um melhor.
      ps: estava pesquisando e boa parte vem com placa de vídeo "fraca", as vezes bate aquela vontade jogar, seria interessante um que rodasse mesmo no min uns joguinhos kk
       
      Valeeeeu!!
    • Por sa_mantovani
      Olá
      Meu iMac2010 está com problema na placa de vídeo e precisa de reparo. Gostaria de vende-lo, porem, nao consigo se quer formata-lo para vender à um novo dono.
      É arriscado publicar em sites como olx, no qual a pessoa pode reparar e depois captar meus dados? alguem já passou por este problema? reparar a placa de video é bastante caro, para eu arrumar e depois encontrar um comprador.
       
      obrigada
    • Por WesleyID
      Pretendo programar para ios utilizando um aparelho de 2008/2010 seja ele mac mini, imac, macbook não tenho preferencias,
      gostaria de saber dos Dev's de plantão o que acham da ideia de upgrade de hardwares antigos apple para rodar Os recentes tal como catalina na utilização de desenvolvimento Ios/Mac OS
      é uma boa ideia ???????
    • Por marchelr
      Boa tarde a todos!
      Desde que saiu o iOS 14.2 o download via iTunes está extremamente lento: às vezes chega a 15 horas! Isto não é problema com minha conexão de internet. O que pode ser e como corrigir?
      macOS: 10.13.6
      iTunes: 12.8.2.3
    • Por danp
      Tudo bem galera? 

      fui formatar o meu iMac (2010) e apaguei o hd dele quando reiniciei segurando cmnd + R, em seguida escolhi a opção de instalar o HighSierra mas apareceu uma mensagem que não era possível conectar (algo assim) e entao eu reiniciei ele novamente e agora fica aparecendo uma pasta com uma “?” e não acontece mais nada. Tentei reiniciar com Cmnd + Option + R mas ele fica um planeta terra rodando e não acontece nada. 
       
      Alguem sabe como resolver? Uso ele pra trabalhar já procurei algumas soluções no google mas não achei nada. 
       
      obrigado!! 
  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      52,9k
    • Total de Posts
      441,8k
×
×
  • Criar Novo...