Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

[iPhone] Incentivos Fiscais


Posts Recomendados

Mates,

O Governo deve ampliar os incentivos fiscais dados aos computadores e tablets para SmartPhones fabricados no Brasil. Para isso, basta um decreto presidencial, pois não se trata de lei e sim de decreto autônomo, já que a MP foi aprovada.

Agora: isso significa uma queda de preços para is iPhones? Talvez sim, mas depende das regras do decreto do Governo Federal.

O interessante é que a promessa de queda de preços antes do natal: http://m.g1.globo.com/economia/noticia/2012/08/pais-deve-fabricar-smartphone-isento-de-tributo-antes-do-natal-diz-ministro.html

Só o tempo dirá, mas mais um ponto positivo para quem especula por uma queda de preços dos atuais e do Novo iPhone.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 68
  • Criado
  • Última resposta

Top Postadores Neste Tópico

Não me espanta se ficar mais caro do que é hoje...

Macbook Retina é o exemplo maior.

Entendo o exemplo do Retina Display. Mas a oferta e a demanda do iPhone é outra.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Tem que ver é se a Apple vai abaixar ou vai manter o preço. Serve de exemplo a produção de iPhones no Brasil, em que os preços nada mudaram.

Mas agira a situação é outra. Os incentivos vão abranger a todos os SmartPhones nacionais e pode forçar a Apple a pelo menos manter os preços. Os incentivos fiscais são a redução dos PIS e COFINS, que são repassados sempre ao consumidor. Por que a Apple não os repassaria? A chamada Lei do Bem é bastante rígida.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Agora é confirmado: a Presidente Dilma vai sancionar os incentivos fiscais às Empresas que produzem Smartphones. Esses incentivos são diferentes dos tablets e computadores. Vou resumir aqui: deduções de Imposto de Renda e da Contribuição sobre o Lucro Líquido - CSLL de dispêndios efetuados em atividades de P&D; a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados - IPI na compra de máquinas e equipamentos para P&D;redução do Imposto de Renda retido na fonte incidente sobre remessa ao exterior resultantes de contratos de transferência de tecnologia e isenção do Imposto de Renda retido na fonte nas remessas efetuadas para o exterior destinada ao registro e manutenção de marcas, patentes e cultivares.

É interessante ver que isso abrange produtos que também vem do exterior e também serão inclusos os benefícios dos arts. 28 a 30 a da lei 11.196, que trata da inclusão digital. Se a sanção ocorrer ainda essa semana, o Novo iPhone já vai estar abrangido por ela.

Parece mentira não, mas uma esperança dessas não, mas o governo, desde 2010, quer que os produtos de alta tecnologia tenham os preços reduzidos e que seja incentivado a venda, permuta, locação desses bens e seus serviços adjacentes, como os pacotes de voz e dados. Sobre estes casos, não sei como vai ficar, mas desde que foi fixada a instalação da Foxconn em Jundiaí, muito se falava dos Smartphones serem beneficiados pelos processos de Inclusão Digital. Parece que agora a esperança está aumentando!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Gustavo,

acha que os tablets entrarão na dança e poderão ter seus custos diminuídos?

Acho o iPad um grande aliado a inclusão, gostaria muito de preços menores.

Quando a fábrica foi instalada em Jundiaí pensei que a partir da produção já teríamos diminuição no valor.

Não. A redução do preço segue algumas regras. O iPad ainda não está dentro dessas regras, que seriam parte dos componentes nacionais e tudo mais. A própria Presidente disse que a queda seria progressiva e deixou claro que os modelos mais caros, que contêm muitas peças importadas, teriam maiores dificuldades em lograr essa queda, em razão de variação cambial, inexistência de uma fábrica que produza microprocessadores no Brasil. Agora, a Lei do Bem, que já existia, mas vai ter o seu alcance ampliado, pode beneficiar, e muito, a outros produtos. O interesse do governo é começar por uma queda generalizada já, no campo dos Smartphones. Os tablets estão inclusos no art. 28 acho da lei 11.136, e as regras do benefício ficam a cargo do governo federal, por decreto regulamentar.

A Fábrica em Jundiaí é uma das exigências. Para que o produto seja beneficiado, ele tem de ser de Indústria Brasileira. Agora, os outros passos eram 25% dos componentes nacionais (o que em se tratando de iPad é impossível, por ora). Mas é esperar a sanção da Presidente e ver no que vai dar. O que é quase sedimentado: os Smartphones vão sofrer queda de preço. Isso vai atingir ao Novo iPhone, não posso afirmar, mas pelo que li nos sites e da própria Medida Provisória, sim, toda a linha de iPhones será beneficiada com esses incentivos fiscais, que incluem IPI reduzido, imposto de renda para as empresas, mas para ter esses benefícios, uma das principais regras é o repasse dos benefícios ficais aos consumidores.

Abraços!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Duvido muito que a Apple vai baixar o preço do novo iPhone por causa desse novo programa do governo. Ela pode baixar o preço dos iphones antigos devido ao lançamento de uma nova geração, mas em virtude de incentivos fiscais não. Essa não é a política da Apple.

Basta vermos o exemplo do novo iPad fabricado no Brasil com as benesses tributárias. Não baixou um centavo sequer.

Infelizmente, a Apple quer seus aparelhos em poucas mãos.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Duvido muito que a Apple vai baixar o preço do novo iPhone por causa desse novo programa do governo. Ela pode baixar o preço dos iphones antigos devido ao lançamento de uma nova geração, mas em virtude de incentivos fiscais não. Essa não é a política da Apple.

Basta vermos o exemplo do novo iPad fabricado no Brasil com as benesses tributárias. Não baixou um centavo sequer.

Infelizmente, a Apple quer seus aparelhos em poucas mãos.

A questão do iPad 2 é diferente. O mercado não tão acirrado como dos Smartphones e a Apple não reduziu os preços pois a produção de iPads ainda não preenche as regras da lei da informática. A idéia é ter Smartphones (todos eles) a preços acessíveis. Isso não muda em nada o lucro da Apple, muda apenas o produto pago pelo consumidor nas prateleiras. É de total interesse lucrar no Brasil, apesar das ressalvas de gestão já mencionadas no fórum, mas pensem em quanto a Apple vai perder de clientes que nunca tiveram um produto da marca ao comparar o preço de um Samsung Galaxy SIII com um Novo iPhone, se os preços de fato caírem.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Mas agira a situação é outra. Os incentivos vão abranger a todos os SmartPhones nacionais e pode forçar a Apple a pelo menos manter os preços. Os incentivos fiscais são a redução dos PIS e COFINS, que são repassados sempre ao consumidor. Por que a Apple não os repassaria? A chamada Lei do Bem é bastante rígida.

Não sabia, sou totalmente leigo nessa parte burocrática e acabei dando minha opinião sem ler a reportagem. Pensei que seria algo como o incentivo anterior, como comentei.

Bom, se for desse jeito vai ser ótimo, parece que finalmente teremos iPhones - e celulares em geral - a preços mais baixos e acessíveis!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não sabia, sou totalmente leigo nessa parte burocrática e acabei dando minha opinião sem ler a reportagem. Pensei que seria algo como o incentivo anterior, como comentei.

Bom, se for desse jeito vai ser ótimo, parece que finalmente teremos iPhones - e celulares em geral - a preços mais baixos e acessíveis!

Que nada, tua opinião foi baseada em fatos e em como a Apple age, na grande maioria das vezes. Mas no ramo da telefonia, a Apple entrou depois das demais e isso pesa. O SIII vai cair de preço e o mercado tá cada vez mais acirrado.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Basta vermos o exemplo do novo iPad fabricado no Brasil com as benesses tributárias. Não baixou um centavo sequer.

Ué, eu paguei 1.560 no meu novo iPad com modelo 3G, isso com menos de um mês de seu lançamento aqui, se eu comprasse o iPad 2 no ano passado na mesma época, ele seria 1.600 no modelo apenas Wifi... Teve uma queda de preço, mano.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ué, eu paguei 1.560 no meu novo iPad com modelo 3G, isso com menos de um mês de seu lançamento aqui, se eu comprasse o iPad 2 no ano passado na mesma época, ele seria 1.600 no modelo apenas Wifi... Teve uma queda de preço, mano.

Teve uma queda de preços, mas não na forma dos incentivos fiscais prometidos pelo governo. Basta pegar as notas e ver os impostos recolhidos, além das taxas e contribuições sociais.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Teve uma queda de preços, mas não na forma dos incentivos fiscais prometidos pelo governo. Basta pegar as notas e ver os impostos recolhidos, além das taxas e contribuições sociais.

Então isso quer dizer que as lojas podem fazer um preço melhor que o atual para os iPhones, certo?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Nobres colegas do fórum, li a matéria e quero acreditar nisso, mas vindo destes políticos eu particularmente tenho minhas duvidas, mas QUEIRA DEUS que isso aconteça e assim como vocês torço pra isso virá realidade, pois o povo brasileiro está cançado de ser extorquido com tantos impostos.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Então isso quer dizer que as lojas podem fazer um preço melhor que o atual para os iPhones, certo?

Sim, o varejo pode reduzir os preços. Quero dizer, também, que se a Presidente sancionar as emendas à Lei do Bem, ampliando a inclusão digital aos Smartphones, os preços devem cair para todos os Smartphones e se a sanção sair nesta ou na próxima semana, já poderemos ter novos iPhones e desde já os que estão no mercado, a preços mais baixos.

Editado por Gustavo Jaccottet
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Só para constar, com o corte na SELIC, de 8% para 7,5% ao ano, o Dólar deve dar uma leve oscilada, ficar em 2.06 BRL, mas nada que possa influir num aumento absurdo de iGadgets e MACs. Hoje o mercado reagiu mal, mas com os incentivos ficais eu aposto numa queda de preços do Novo iPhone com relação ao preço das operadoras em 2011 quando o iPhone 4S chegou ao mercado em 16 de Dezembro de 2011. Os preços iam de R$1.899,00 (TIM) a R$2.199,00 (Oi e Claro). Na Apple Store o preço, cheio, do iPhone 4S é de R$1.999,00, creio que este deva ser o preço de lançamento da versão de entrada, pois ano passado foi a primeira vez que a Apple Store passou a vender iPhones, a contragosto das operadoras, tudo em função do começo da produção nacional, o iPhone 4 de 8GB foi o primeiro a sair com a frase: "Indústria Brasileira". O seu preço era salgado, R$1.799,00, tanto que o iPhone 4S foi lançado na Apple Store ao preço de R$2.599,00, na versão de entrada.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não acho que o gov deveria dar incentivos a smartphones.

Explico: O gov. só dá incentivos a áreas que não contribuem para a evolução da indústria nacional. Fabricantes de smartphones brasileros não fabricam nd, apenas montam com peças importadas.

No início do século XX, NY tinha mais de um milhão e meio de empregados em indústria pesada, notadamente portoriquenhos que iam trabalhar em siderurgia etc. Hoje não tem nem 50 mil pessoas em áreas afins. A industria pesada deixou de ser para estes paises a industria final para ser básica, apesar de ainda manterem grandes industrias estratégicas, os lugares mais modernos passaram para a terceira etapa de produção, que é a pesquisa e o projeto, softwares, serviços etc.

A gente ainda está na indústria primária, extrativista, mas nd impede que a gente dê um salto e pule diretamente para o mesmo nível em que se encontram os paises de primeiro mundo. Para isso o governo precisa incentivar boas universidades, talvez criar um prêmio para boas escolas particulares, precisa dar incentivos pesados para pesquisa, e, mais, incentivar as pesquisas de qualidade a sair do papel.

Já vi bons projetos de fogões movidos a energia solar, filtros de água com sementes da caatinga, casas construídas com restos de banana. Pesquisa está ai, mas não existe incentivo para o inventor produzir seu invento.

Este ano, o IBGE confirmou que uns 80% dos empregados no Br vem de empresas com até 4 funcionários, estas empresas não tem incentivo nenhum, pior, são perseguidas como cães raivosos pelo governo que parece querer exterminá-las.

Enquanto isso, o governo incentiva o endividamento da população, com mais carroças nas ruas superlotadas, celulares de mais de 1.500 reais. Num pais com a renda percapita de 1.1000 dols, temos mais de um celular por cabeça, um país pobre, que come angú e arrota caviar!

Editado por uk lima
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe do debate

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, entre agora para postar com ela.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.




  • Conteúdo Similar

    • Por raffa_iphones
      Olha que interessante como o design vem evoluindo, onde a imagem vem sendo cada vez mais importante.

    • Por Gironelsoniano
      Recentemente como queria muito migrar do Android para o iOS, consegui um rolo pra trocar meu Motorola num iPhone 6S, pois é o modelo mais acessível que ainda tem atualizações de segurança e de sistema da Apple.
       
      O rapaz me passou todas as informações que pedi pelo Whatsapp.
       
      Segundo ele o iPhone era de sua esposa, ele já pegou o aparelho de segunda mão do primo.
       
      Pedi a ele o IMEI, também o número de série, e verifiquei os dois, tudo nos conformes.. nada errado.
      Ele disse que não tem a nota fiscal e não dá pra tirar uma segunda via.
      Seguindo a recomendação de um vídeo do YouTube, vou fazer a restauração de fábrica do aparelho na hora da entrega, pois assim poderei verificar se não existe bloqueio no iCloud. (O famoso golpe do bypass)...
      - Não vou entregar meu Android pra ele até fazer o teste da formatação e também se ele vai fazer e receber ligação...
       
      Estou sendo paranóico ou minha preocupação é válida? Lembro que vai ser meu primeiro iPhone e não quero ter problemas. Pois não posso ficar sem celular.
    • Por Fernando Braz
      Fala galera, to passando meu iPhone 11 PRO em perfeito estado, sem detalhes pois sempre foi utilizado com película e capinha.
      Acompanha aparelho, cabo e carregador original, caixa e a capinha original também.
      Quero R$5.500 e o pagamento será na hora via pix, estou em SP.

    • Por Ian
      Fala pessoal! 
      Tive que trazer um tópico aqui que vi e particularmente achei absurdo de sinistro. Infelizmente hoje em dia na rede nós escutamos tudo quanto é tipo de coisa... Eu geralmente quando tenho algo a esclarecer que considero relevante, busco entrar em contato direto com o fabricante e esclarecer alguma duvida ou solicitar alguma instrução que nao esteja clara no site deles.
      Pois bem, acabei de ver alguns videos de uma galera dizendo sobre os malefícios do carregamento de iPhone dos 80 aos 100%, achei bizarro. E olha que to falando de uma galera pesada ein? Influencers mesmo... e geral nos comentários apoiando e de acordo com o conteúdo. 
      Eu tenho um aparelho que me rende o dia inteiro de carga tranquilo, já existe uma função de carregamento otimizado, por qual razão eu iria me privar de ter uma bateria 100% a ter 20% a menos? Em prol do que? Nao é possível que os engenheiros do fabricante projetaram algo que dure X horas e o melhor uso desse equipamento é utilizando apenas Y horas.
      Does it make sense?
      Dei uma pesquisada com uma galera técnica aqui da Europa que são expert na maça, e única coisa que escuto é, apenas faça um uso racional do seu aparelho. Caso voce tenha uma rotina de carrega-lo todos os dias a noite toda e utiliza-lo o dia inteiro, assim o faça. A constância ajuda na vida util. Caso consiga manter por um ano essa rotina de 1 carregamento norturno para 1 uso diurno sem queda, significa que após 1 ano voce estará com a bateria pouquíssimo degradada. 
      Mas e ai, qual é dessa galera que diz que se deve carregar a bagaça apenas ate os 80% ?
       
    • Por Ian
      Fala pessoal! Espero que consigam me ajudar nessa. 😃
      Vamos lá! 
      Partindo do ponto de princípio que nossos aparelhos funcionam com bateria íons e tenham uma vida por ciclos, e haja um limite de vida útil de bateria, pensei em tentar preserva-lo usando ele com 100% de carga no PowerBank (tipo o que acontece com o uso do smartcase apple). Tenho um PowerBank da GorilaShield nano, a bateria é autêntica, nada “vagabundo”ou pirata, bastante confortável e comecei hoje a por em prática essa ideia. Já adianto que meu aparelho não esquenta, meu uso também não é tão intenso relacionado a jogos e vídeos, sou bastante sensato, e, caso esquente irei parar imediatamente de usá-lo enquanto conectado na bateria. Mas a ideia é seguindo a seguinte teoria: se meu aparelho está 100% carregado e passa o dia no PowerBank, logo ele estará consumindo a bateria do PowerBank e não do aparelho, preservando assim a quantidade de ciclos. Seria mais ou menos como funciona o smartcase da própria Apple. Tenho um iPhone XS, garantia até fevereiro 2022, hoje com 204 ciclos de bateria. Minha bateria dura o dia inteiro mas estou disposto a começar essa experiência com o PowerBank.
      Isso faz sentido pra vocês? Tem lógica?
      Alguém sabe me dar uma informação precisa sobre isso? 
    • Por Poblan
      Gostaria de saber se existe alguma automação para que o iPhone pare de carregar quando a bateria atingi 80%?

    • Por Jeferson Pessanha
      Olá amigos!
      Recentemente descobri uma falha bizarra no iPhone 12 Pro Max, ele simplesmente trava ao se tentar editar uma foto, vários usuários estão reportando o mesmo problema, porém nada muda...
      Alguns usuários dizem que foi após a última atualização do iOS
      Com quem reclamar?
      Google ou Apple?

    • Por joaomendez
      Olá.
       
      Estou vendendo dois iPhones XR (128 e 256 GB), e um 6S Plus (128 GB), todos na cor Space Gray, com o iOS 14 instalado. 
      Tenho as caixas, com todos os acessórios (EarPods, carregadores 20W e cabos USB), películas e capas.  Estão conservados e pouquíssimos sinais de uso. 
       
      - iPhone XR (128 GB) R$ 3.099,00
      - iPhone XR (256 GB) R$ 3.199,00
      - iPhone 6S Plus (128 GB) R$ 849,00

      Posso oferecer o parcelamento sem juros pelo Mercado Livre, com pequeno acréscimo, ou à vista, por transferência bancária (TED ou PIX), com 5% de desconto e retirar em mãos comigo em São Paulo/ SP.
      Fotos e mais informações, pode chamar!
      (11) 97301-1331 (WhatsApp ou iMessage).
    • Por Leonardo Goulart Ambrosio
      Pessoal, estou extremamente desapontado com a qualidade dos AirPods 2. Com um ano e meio de uso, o lado esquerdo do nada parou de funcionar, só consigo ouvir um som muito baixo. Ao levar na Apple Store do Village Mall, o assistente do Genius Bar me disse que isso acontece mesmo, e não há o que fazer por estar fora da garantia. É isso mesmo??? Um fone de mais de 1.000 reais possui prazo de validade de um ano e meio e após isso, jogo fora??? Como assim?? A Apple sequer oferece um reparo viável para ele. Cada lado do fone custa 600 reais!! Sempre fui muito bem atendido em outras situações com meu MacBook Pro e iPhone, mas a assistência com o AirPods foi péssima, beira a insanidade pagar 600 reais num lado de um fone que logo logo dará problema novamente. 
    • Por Julio Cesar Kolm
      olá, alguém sabe como configurar no atalhos uma automação para quando conectar o bluetooth ao um dispositivo (até aqui td certo), o iPhone ligar o acesso pessoal?  
      obs.: Pesquisei bastante e não achei 
  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      52,8k
    • Total de Posts
      442,8k
×
×
  • Criar Novo...