Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Importando peça pra MBP - O drama estrelando Receita Federal + UPS


Posts Recomendados

Semanas atrás eu postei uma mensagem neste fórum perguntando à comunidade sobre se alguém conhecia alguma forma de se comprar peças originais para consertar macbook pro, ou mesmo outros produtos da Apple, por conta própria. Um rapaz me contatou dizendo que trabalhava com fornecimento para autorizada Apple, e que se eu quisesse, ele faria a cotação e envio por correios da peça. Óbvio que aceitei visto que estou no Brasil por todo este semestre, e precisava disso rápido. No fim, ele mal respondia minhas mensagens, e quando o fazia era sempre com respostas incompletas, até que sumiu de vez. Achei tudo muito picaretagem e resolvi usar o plano B e comprar de fora e mandar entregar aqui como pretendia originalmente. Se quiser ver o tópico original, clique aqui.

Pois bem, como planejado comprei de fora. A loja trabalhava com UPS, uma empresa de courier famosa e que vcs provavelmente já ouviram falar. E para minha surpresa, no dia seguinte a peça já estava no Brasil, e constantemente eu rastreava seu trajeto pelo site da UPS, visto que eu sabia que uma vez no Brasil, eu teria que ficar atento pra ver quando a entrega seria efetuada. Segundo a UPS, originalmente, era pra ser hoje pela tarde.

Até que vi uma mensagem no rastreamento que dizia que a falta de um número de documento de taxação estava faltando. Na hora pensei: bem, provavelmente precisam de um CPF pois a Receita Federal deve ter parado o pacote. Porém NINGUÉM da UPS até então havia entrado em contato comigo para falar sobre, ou mandadosequer um email avisando que isto poderia acontecer. Eu sabia que algum tipo de taxação poderia existir, mas achei que cobrariam pouco visto que dizem que algo que custa menos de 50 dolares nunca é taxado quando entregue pelos correios. Acontece que quando vc contrata um serviço de courier - seja ele Fedex, UPS, DHL, etc - você não apenas tem que pagar imposto sobre o valor da mercadoria, como também tem que pagar imposto sobre o valor do courier!!! Que país é Brasil?????? Enfim... observando o status no sistema de rastreamento da UPS, resolvi entrar em contato com o SAC da transportadora aqui no Brasil. O atendente, após ouvir meu relato e efetuar rastreio em seu sistema, me disse que ele apenas precisava tomar nota do meu CPF e que no máximo 48 horas alguém entraria em contato comigo. Como eu já havia feito algumas pesquisas antes da ligação, descobri quem em alguns casos precisa-se que um despachante ou agente vá até a RF e interceda no tramite. Ao perguntar para ele sobre essa possibilidade, ele quase riu e fez parecer como se meu caso fosse uma bobagem, e disse que logo estaria com o produto em mãos. Mas quando perguntei sobre possível taxação, ele falou que poderia ser algo em torno de 100%!!!!!!!!!!!!!!!!!! Bem, na ocasião preferi não me prolongar na conversa com ele, afinal ele parecia não saber nada praticamente, apenas de protocolos que provavelmente ele puxa no computador pra dizer aos clientes. Além do mais, se falo bem português, PODE SER não é o mesmo que SERÁ. E discutir com ele sobre algo que segundo ele próprio era apenas um detalhe, me pareceu improdutivo.

Acontece que andei pesquisando em sites como ReclameAqui e outros, e constatei que muitas pessoas que efetuaram compras pela internet e com entrega via UPS, tiveram que pagar impostos por volta de 60% e depois foram cobrados pela UPS uma taxa por este tipo de desembargo junto à RF. Muitos fizeram as contas e disseram que acabaram pagando 110% sobre o valor total de suas transações no exterior. Absurdo pra isso é pouco pois:

- A UPS, como em meu caso, nem mesmo entrou em contato com as pessoas dizendo que precisariam de um número de CPF/CNPJ. Mesmo que foi a UPS nos EUA que recolheu o pacote, esta empresa atua no Brasil a muito tempo para saber o que precisa-se ou não em um caso de envio de mercadoria para o Brasil.

- Nos casos que li no ReclameAqui, como a UPS negociou tudo diretamente com a RF, muitas vezes os destinatários não tiveram nenhuma possibilidade de argumentar com a RF sobre os valores, e muitos nem mesmo conseguiram um atestado/comprovante/documento assinado pela RF que seus produtos importados haviam tido imposto recolhido pelo órgão.

- 110% sobre qualquer produto, é uma coisa pra fazer qualquer um se sentir mais otário do que nunca.

Enfim, desculpem-me por escrever tanto, mas detalhar o problema é importante para o que pretendo com este tópico. Gostaria de saber se tem alguma pessoa aqui com experiência com este tipo de importação, e/ou Receita Federal, e/ou courier atuando neste tipo de trâmite. Levando-se em consideração todos os fatos, o que posso fazer para não me sentir roubado ou nem me deixar roubarem?

Outra coisa: comprei esta peça pois meu MBP está muito tempo fora da garantia, e eu sei consertar sem precisar levar à uma autorizada e ter outra pessoa consertando meu mac e pagar por este serviço. Você não levaria seu carro a outra oficina se fosse um mecânico! E o fato mais enigmático: Podem mesmo me cobrar imposto numa peça que NÃO É fabricada no Brasil? Eu não poderia entrar numa loja e dizer: oi, vc tem tal parte pra MBP ou genérico? <_<

Se vc passou por experiência semelhante, seria interessante saber como procedeu.

Abraços a todos, e espero que tenham tido mais sorte que eu nesta semana.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 56
  • Criado
  • Última resposta

Top Postadores Neste Tópico

Top Postadores Neste Tópico

Posts Populares

Regra para pagamento de Imposto de produtos importados por pessoas Físicas. O imposto incide sobre o valor do produto + frete, chamado de Valor Aduaneiro. Primeiro é calculado o Imposto de Importaçã

Eu acho que quem precisa cair na real é vc, que aparentemente não sabe fazer interpretação de texto. Eu sempre soube que teria de pagar imposto. Em relação a isso, não havia bronca nenhuma. Porém paga

Sem querer me meter, e já fugindo do tópico, o Burger King é uma empresa, hoje de capital brasileiro e o colega JoeD compra a peça onde ele quiser, da forma como ele quiser e tem o direito, dentro das

O imposto de importação é de 60%.

Só há isenção se o valor for abaixo de US$50,00 E se tanto remetente quanto destinatário forem pessoas físicas.

SALVO ENGANO o imposto só incide sobre o valor da despesa de correio se não estiver discriminado na nota.

No meu caso, comprei umas cases de iPhone da Griffin. O envio foi feito pelo correio normal dos EUA/Brasil. A receita fez o lançamento do valor e eu tive que pagar na agência do correio aqui da minha cidade, para retirar a mercadoria. O produto veio embalado e a nota veio grudada na caixa, do lado de fora, constando separado o valor do produto e o valor do correio. Como não me lembro de valores, não sei dizer se o imposto incidiu sobre as despesas também, mas ACHO que não.

Agora, se a UPS cobra mais alguma taxa, aí eu não sei. Mas o transportador é obrigado a recolher os tributos no seu lugar (e te cobrar depois, claro) antes de te entregar a mercadoria.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

O imposto de importação é de 60%.

Só há isenção se o valor for abaixo de US$50,00 E se tanto remetente quanto destinatário forem pessoas físicas.

SALVO ENGANO o imposto só incide sobre o valor da despesa de correio se não estiver discriminado na nota.

No meu caso, comprei umas cases de iPhone da Griffin. O envio foi feito pelo correio normal dos EUA/Brasil. A receita fez o lançamento do valor e eu tive que pagar na agência do correio aqui da minha cidade, para retirar a mercadoria. O produto veio embalado e a nota veio grudada na caixa, do lado de fora, constando separado o valor do produto e o valor do correio. Como não me lembro de valores, não sei dizer se o imposto incidiu sobre as despesas também, mas ACHO que não.

Agora, se a UPS cobra mais alguma taxa, aí eu não sei. Mas o transportador é obrigado a recolher os tributos no seu lugar (e te cobrar depois, claro) antes de te entregar a mercadoria.

Regra para pagamento de Imposto de produtos importados por pessoas Físicas.

O imposto incide sobre o valor do produto + frete, chamado de Valor Aduaneiro.

Primeiro é calculado o Imposto de Importação, 60%. A seguir, com o imposto de importação já embutido no preço, é calculado o ICMS, que varia de acordo com Estado de destino, aqui no RS é 18% e SP é 17%, os demais não sei. Depois é emitida a NTS (Nota de Tributação Simplificada). O produto é tributado com base no dólar comercial do dia útil anterior, valendo essa regra para Sábados, Domingos e Feriados Nacionais. Se a tributação foi feita após as 18:00, usa-se o dólar comercial do dia. A DHL adianta a cobrança do imposto e 30 dias depois envia um boleto de reembolso. A Fedex cobra o reembolso na hora da entrega, assim como os correios. Junto da nota fiscal, deve vir acompanhada uma Guia DARF, constando o nome do comprador (no caso do destinatário final), constando o pagamento do imposto, de forma correta. Qualquer reclamação, tem que ser feita diretamente com a UPS, mas nada te impede de contestar o valor do tributo pago junto à Receita Federal.

Qualquer outra dúvida, aqui estamos!

Abraços!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

É isso mesmo que o Jaccottet disse, de fato, incide sobre o valor do transporte também.

Informações aqui: http://www.receita.fazenda.gov.br/aduana/rts.htm

Só não tenho certeza quanto ao ICMS. No meu caso, não me foi pedido o pagamento. Talvez dependa do estado ou do valor da mercadoria.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não aconteceu nada de errado, o procedimento é esse mesmo. O imposto é cobrado sobre o total do invoice, e se ele tem o frete incluído, ele entra também. Se o invoice não incluir o frete, ele não é cobrado. O objetivo é desembaraço rápido, e se não fosse assim a Receita tinha que pegar o invoice e somar cada item, isso sujeito a erros e argumentações. Assim, o fiscal apenas olha o valor total e gera o boleto do imposto. É cobrado tbém ICMS de 18% em cima do valor do invoice. O courier obviamente vai cobrar a despesa do desembaraço alfandegário, paga antecipadamente e cobra do destinatário todo esse montante.

Isso está nos sites de todos os couriers, sendo o custo de ter algo por importação simplificada, segurança absoluta e rapidez.

Você não foi roubado, as leis a respeito são cruéis, mas aí já é outra história... Eu só uso courier qdo preciso de algo importante que precisa chegar perfeito em curtíssimo tempo, e pago o dobro do preço mesmo. O resto arrisco no Correio normal: só tem o imposto sobre o invoice, e às vezes nem é cobrado...

Boa sorte

Editado por efilho
Link para o post
Compartilhar em outros sites

É isso mesmo que o Jaccottet disse, de fato, incide sobre o valor do transporte também.

Informações aqui: http://www.receita.fazenda.gov.br/aduana/rts.htm

Só não tenho certeza quanto ao ICMS. No meu caso, não me foi pedido o pagamento. Talvez dependa do estado ou do valor da mercadoria.

O ICMS vem embutido no Valor Aduaneiro + Imposto de Importação, o que é inconstitucional. É o famoso pagamento de um imposto sobre outro imposto, por isso o ICMS não veio discriminado. Acontece sempre, isso é o que podemos chamar de roubo, golpe, vergonha. O valor do imposto é alto, mas pagar imposto sobre outro imposto, nossa, isso é o cúmulo de um país que quer ser uma potência global, é tirar dos nossos bolsos o que não devemos.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não aconteceu nada de errado, o procedimento é esse mesmo. O imposto é cobrado sobre o total do invoice, e se ele tem o frete incluído, ele entra também. Se o invoice não incluir o frete, ele não é cobrado. O objetivo é desembaraço rápido, e se não fosse assim a Receita tinha que pegar o invoice e somar cada item, isso sujeito a erros e argumentações. Assim, o fiscal apenas olha o valor total e gera o boleto do imposto. É cobrado tbém ICMS de 18% em cima do valor do invoice. O courier obviamente vai cobrar a despesa do desembaraço alfandegário, paga antecipadamente e cobra do destinatário todo esse montante.

Isso está nos sites de todos os couriers, sendo o custo de ter algo por importação simplificada, segurança absoluta e rapidez.

Você não foi roubado, as leis a respeito são cruéis, mas aí já é outra história... Eu só uso courier qdo preciso de algo importante que precisa chegar perfeito em curtíssimo tempo, e pago o dobro do preço mesmo. O resto arrisco no Correio normal: só tem o imposto sobre o invoice, e às vezes nem é cobrado...

Boa sorte

Exato, mas roubo, usando no sentido coloquial, é cobrança do ICMS sobre o valor do produto já com o preço integrado pelo Imposto de Importação. Os correios privados apenas seguem a lei, que infelizmente gera absurdos. O ICMS e o Imposto de Importação deveriam ser calculados, individualmente sobre o valor aduaneiro e depois somados, mas não, calcula-se primeiro o Imposto de Importação e depois o ICMS. Olha, sempre que tenho que pagar uma NTS fico revoltado e o pior é que fico inerte. Na próxima NTS vou pagar e entrar com um pedido de ação declamatória de bitributação.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Credo... como fica esta conta então?

60% de X = valor aduaneiro

+

18% de valor aduaneiro

+

desembaraço provido por courier

____________________________________

PREÇO FINAL?

Vão me cobrar o que mais? Armazenamento? O ar que estou respirando enquanto espero esta palhaçada?

Alguém sabe algo se procede aquela história de que em alguns casos cobram 100%???

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pela conta acima, com o ICMS incidindo sobre tudo, já fica em 88%. É plausível que com o desembaraço aumente mais sim.

É mais ou menos assim. Agora, tem que ver essa fatura que é cobrada pelo Courier.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Credo... como fica esta conta então?

60% de X = valor aduaneiro

+

18% de valor aduaneiro

+

desembaraço provido por courier

____________________________________

PREÇO FINAL?

Vão me cobrar o que mais? Armazenamento? O ar que estou respirando enquanto espero esta palhaçada?

Alguém sabe algo se procede aquela história de que em alguns casos cobram 100%???

Uma pergunta: o desembaraço aduaneiro consta como parte do preço do transporte, porque os couriers costumam enviar produtos cujos vendedores escolhem a modalidade CIF (Custo, seguro e frete) e dentro do preço do frete está os honorários de desembaraço aduaneiro. Tens que ver isso certinho, porque o imposto é esse mesmo, essa é a forma de importação e se o produto é superior a 500.00USD, não há emissão de Nota de Tributação Simplificada e há necessidade de passar por um despachante para que seja feito o desembaraço aduaneiro. Esse preço é tabelado por lei, não sei onde podes encontrar, mas a Receita Federal deve saber te informar.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi pessoal, valeu por estarem participando da minha Festa Online da Desgraça. Gostaria de convida-los para participar, na semana que vem, da festa SOMOS TODOS PALHAÇOS. Nariz de palhaço nas cores verde e amarelo serão distribuídos livres de impostos. Por que já chega tudo o que eu vou pagar!

Não percam! Conto com a presença de vocês!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não estou nessa sua festa, companheiro: essas regras são manjadíssimas. Por que acha que todos preferem os Correios????? Courier vai rastrear seu pacote a cada passo, passar por inspeção, pagar suas taxas, entregar na sua porta, tudo isso sem cobrar nada???? Produtos vão trafegar pelo estado sem pagar ICMS? Importação simplificada sem pagar imposto?

Caia na real, amigão...

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não estou nessa sua festa, companheiro: essas regras são manjadíssimas. Por que acha que todos preferem os Correios????? Courier vai rastrear seu pacote a cada passo, passar por inspeção, pagar suas taxas, entregar na sua porta, tudo isso sem cobrar nada???? Produtos vão trafegar pelo estado sem pagar ICMS? Importação simplificada sem pagar imposto?

Caia na real, amigão...

Eu acho que quem precisa cair na real é vc, que aparentemente não sabe fazer interpretação de texto. Eu sempre soube que teria de pagar imposto. Em relação a isso, não havia bronca nenhuma. Porém pagar taxa para a UPS, mais inúmeras tributações extras, me soa um tanto abusivo. A minha reclamação foi em relação ao fato da empresa não me contatar anteriormente, e ao fato que segundo informações tomadas, eles poderiam me cobrar 110% do valor da mercadoria, quando a regra é 60%.

Eu não posso aguardar a boa vontade dos correios, muito menos aceitar que uma vez que a compra chegue na receita, eu tenha que aceitar que eles podem levar até 90 dias para analisar e decidir sobre os tributos de minha aquisição. Não estou comprando um calendário para 2013! Estou comprando uma peça que precisa ser substituída com urgência, para que eu possa prosseguir trabalhando e vivendo.

Na realidade, estou pouco me lixando quanto vão me cobrar. Eu posso pagar no fim das contas. Não estou reclamando por mimo e nem por capricho. No entanto eu poderia pois, como vivo nos Estados Unidos, tanto faz pra mim o que acontece no Brasil. Mas como também sou cidadão desta nação, me dói - sem querer ser demagogo - ver essas palhaçadas acontecendo por aqui. A questão não é o dinheiro. A minha indignação é em relação à essa taxação altíssima em um país ainda em desenvolvimento. Acho um impropério que pessoas brasileiras honestas, que trabalham e pagam impostos durante a maior parte do ano fiscal, parecem nunca ter o direito de gastar o dinheiro como bem querem, visto que, se precisarem importar alguma coisa por não encontrarem em sua terra, vão ter que gastar o dobro (ou mais) de sua compra. Fora os juros escondidos em produtos adquiridos por aqui mesmo. E ninguém cria um sistema justo... e poucos reclamam. E assim, aos trancos e barrancos, a vida aqui para todos segue.

Portanto, quem deveria cair na real é você. Você que está aí, querendo dar uma que está sentado sobre a montanha do conhecimento... achando que você sabe mais que todos, "os observando de cima", se achando mais experto porque pode usar os correios. Como se os correios fossem o serviço mais eficiente e respeitável que existisse no planeta. Me poupe, senhor! Como dito, eu também poderia ter usado os correios... mas além de não poder esperar, eu não vou ficar à mercê da boa vontade dos funcionários da RF, e dar chance pra que possíveis mal manuseio e armazenamento inadequado de minha compra, além de demora na entrega, me tire a chance de prosseguir no ritmo normal com meu trabalho. Se você quer mesmo agir inteligentemente, mude de atitude e comece a agir, conscientizando seus amigos e sua comunidade sobre a necessidade de contatar seus representantes políticos sobre a necessidade de mudar esse esquema torpe de importação para pessoa física. Essa sua empáfia em responder com desdém a um participante do fórum que você nem conhece, e que não está acostumado com esse tipo de coisa, não vai te levar a lugar algum. E repito: não vim aqui fazer birra pra platéia. Vim consultar uma rede de contatos que provavelmente se identifica com meu problema, e que pode me oferecer orientação e camaradagem. Ninguém é obrigado a ler e participar. Faz quem quer. Porém aprecio quem faz com educação. Mas sinta-se à vontade para agir como quiser, pois você vive numa democracia (aparentemente). Só que comigo, e com muitas outras pessoas, a sua condescendência não vai colar. Boa sorte pra vc!

Abraço pra quem estiver vindo pra festa! Falou gente!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estranho alguém que "vive" nos EUA querer comprar ventoinha de Mac velho aqui no Brasil... Ainda mais quando coloca a localização "NY-SP" para se destacar na multidão tupiniquim, para não falar no "eu posso pagar", mais uma vez querendo se destacar sinalizando alto poder aquisitivo. Alto poder aquisitivo comprando ventoinha para Mac velho?

Ora, companheiro, junte mais um dinheirinho lavando pratos no BurgerKing da 5th e compre um Mac refurbished na Apple Store mais próxima, na próxima vez que for lá para "viver".

Get a life, man, vc quer é papo...

Boa viagem de volta para sua "America the Beautiful", if so...

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estranho alguém que "vive" nos EUA querer comprar ventoinha de Mac velho aqui no Brasil... Ainda mais quando coloca a localização "NY-SP" para se destacar na multidão tupiniquim, para não falar no "eu posso pagar", mais uma vez querendo se destacar sinalizando alto poder aquisitivo. Alto poder aquisitivo comprando ventoinha para Mac velho?

Ora, companheiro, junte mais um dinheirinho lavando pratos no BurgerKing da 5th e compre um Mac refurbished na Apple Store mais próxima, na próxima vez que for lá para "viver".

Get a life, man, vc quer é papo...

Boa viagem de volta para sua "America the Beautiful", if so...

Pra começar, eu estou no Brasil a trabalho até dezembro. Se vc soubesse ler, e interpretar texto como eu já disse, vc já teria entendido isto e não estaria escrevendo bobagens. E segundo que na minha casa eu tenho um desktop que comprei em 2010, e tenho também um MBA que estou usando agora pra responder a outra mensagem tua de desdém. Não te devo explicações nenhuma, mas a razão de ter um mac "velho", como vc porcamente pontuou, deve -se a dois fatos: Primeiro - não preciso de constante upgrade e para o que este mac "velho" desempenha, está mais que o suficiente. Junto com o Air, eu tenho praticamente uma mini estação de trabahlo em qualquer quarto de hotel que me hospedo. Segundo - e a mais importante das razões - ao contrário de você, eu acredito na preservação do ecossistema, e uso todos os meus artigos até o ciclo de vida útil não permitir, ou quando a tecnologia já não serve mais. Faz bem ser um bom cidadão, vc deveria aprender. Poluir menos é um respeito para com o mundo e com a sociedade. Noções de cidadania (e etiqueta também tenho que adicionar) te faria bem.

Explicar conceitos onde não se prevalece um ponto de vista egocêntrico e individualista parece ser difícil para alguém com seu alcance intelectual. Portanto pode escrever quantos mais absurdos você quiser. Não adianta você querer inverter a situação, querendo fazer parecer que eu sou o pedante desta história. Pra vc eu sou um estranho... vc não me conhece... vc realmente acha que vc tem alguma moral pra sair por aí dizeapontando o dedo na cara das pessoas? Se liga...

E mesmo que meu trabalho fosse lavar pratos em NYC (que vc nem deve conhecer aliás, pois pra isso teria que vivenciar e não passar uns dias de turista lá), vc acha mesmo que vc tem o direito de desdenhar? Coitado de vc. É a única coisa que posso dizer.

Boa sorte... siga sendo exatamente como você é... depois não reclame dos resultados.

Cada uma que aparece, viu... o duro é a mesclagem de expressões de inglês no texto. Rs. Quando a falta de noção impera... é a frase do dia!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estranho alguém que "vive" nos EUA querer comprar ventoinha de Mac velho aqui no Brasil... Ainda mais quando coloca a localização "NY-SP" para se destacar na multidão tupiniquim, para não falar no "eu posso pagar", mais uma vez querendo se destacar sinalizando alto poder aquisitivo. Alto poder aquisitivo comprando ventoinha para Mac velho?

Ora, companheiro, junte mais um dinheirinho lavando pratos no BurgerKing da 5th e compre um Mac refurbished na Apple Store mais próxima, na próxima vez que for lá para "viver".

Get a life, man, vc quer é papo...

Boa viagem de volta para sua "America the Beautiful", if so...

Sem querer me meter, e já fugindo do tópico, o Burger King é uma empresa, hoje de capital brasileiro e o colega JoeD compra a peça onde ele quiser, da forma como ele quiser e tem o direito, dentro das regras da lei, de reclamar sobre o que ele quiser dentro do espaço adequado do fórum. efilho, na seu próximo post, antes de escrever, e antes de pensar, leia as regras do Fórum e assim contribua, não discuta sobre o sexo dos anjos ou qual a cor do cavalo branco de Napoleão.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe do debate

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, entre agora para postar com ela.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.




  • Conteúdo Similar

    • Por rafarangel
      MacBook Pró praticamente novo!
      - Bateria com apenas 31 ciclos.
      - MacBook Pro (13-inch, 2017, Two Thunderbolt 3 ports)
      - Processador: 2,3 GHz Intel Core i5 Dual-Core
      - Memória: 8 GB 2133 MHz LPDDR3
      - Gráficos: Intel Iris Plus Graphics 640 1536 MB Acompanha caixa, carregador Tudo 100%.
      * Tem um pequeno amassado na tampa parte superior, não interfere em absolutamente NADA a usabilidade, somente uma pequena marca na tampa (parte inferior). Estou trocando por outro modelo maior
      Valor = R$ 7.800,00
      Se quiser + fotos pode me adicionar no WhatsApp (47) 9 9997-1882 



    • Por matheussneves
      Macbook no Rio de Janeiro, mto bem conservado, já atualizado pro macOS big sur. 512gb de armazenamento, processador intel i5. Tela retina sem nenhum detalhe e pouquissimas marcas de uso.
      R$6.500,00
      para mais infos e fotos, (21) 98185-0654


       
    • Por Eduardo Marques
      Fala, pessoal! Estou vendendo meu carregador Apple MagSafe 2 de 85W para MacBook Pro de 15” com tela Retina.
      O produto funciona também com MacBooks Air e Pro de 13” com entrada MagSafe 2 — ter 85W não é um problema. 🙃
      https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1721701335-carregador-apple-magsafe-2-de-85w-para-macbook-pro-de-15-_JM
    • Por Raul Duelis
      Fala galera! Blz?
      Pessoal, tenho um MacBook Pro 13 retina do final de 2012 que comprei de um amigo meu. Recentemente, descobri que o notebook está com uma senha de firmware, o que me impede de fazer qualquer atualização no notebook, seja de hardware ou de software. Duas coisas que eu gostaria de fazer nesse Mac, é instalar um SSD de 512Gb e instalar o MacOS Big Sur de forma não oficial, já que este modelo de Mac já não o suporta de maneira oficial. Meu amigo não se recorda da senha e me passou uma série de possíveis combinações (que tenho medo de ficar tentando e gerar um bloqueio, pois já fiz umas 5 tentativas) e já não possui mais a nota fiscal e, sem ela, acredito ser quase impossível que eu consiga que a Apple realize o desbloqueio para mim, mesmo que o Mac esteja funcionando normalmente e o iCloud dele em meu nome, certo?
      Alguém tem alguma ideia do que eu possa fazer para remover ou recuperar a senha? Ou sabe de alguma assistência na região de Campinas capaz de fazer isso?
      Agradeço já a qualquer ajuda.
      Abraços!
    • Por Thiago Cavalcanti
      Estou tendo problemas para conectar meus AirPods Pro no meu iPhone 11 Pro. Ele até conecta, mas não direciona o áudio para os fones automaticamente. Tenho que ir até os ajustes e mandar fazer um teste das pontas para que o áudio seja direcionado para os fones. Também não consigo alternar a conexão entre o iPhone e o iPad. Alguém que já tenha tido esse problema pode me ajudar?
      PS.: Percebi que se o Apple Watch (uso um série 3) não estiver pareado o problema não acontece.
    • Por rafael.rosa
      MacBook Pro A1398, funcionando perfeitamente, nunca foi reparado nada, bateria com 1216 ciclos (precisa trocar, como uso sempre ligado no carregador não troquei), carregador novo comprado na iplace a uns 3 meses e acompanha suporte para o carregador fusereel side winder.

      Mando sem os adesivos da tampa, nenhum vai deixar marca e não tem arranhão por baixo dos adesivos. 

      500gb ssd
      16gb ram
      2 placas de vídeo
       
      Valor R$ 6.500,00
       
      https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1681572671-macbook-pro-2013-retina-a1398-late-2013-i7-154-500ssd-_JM
    • Por Nmiguelv
      Retina display
      Processor Quad Core Intel Core I7 2.3ghz
      Memory 16gb of 1600 MHz DDR3L
      Storage 512gb Apple Ssd
      Graphic Nvidia Gforce 750M with 2gb of GDDR5
      R$ 4500,00



    • Por Guilherme Dadda Echevengua
      Já fiz os resets mas não mudou nada, alguém com esse mesmo problema ou já teve esse mesmo problema e sabe como resolver?

      Obrigado pessoal! 
    • Por Herb
      Oi pessoal,
      Estou querendo vender meu MacBook Pro 13" 2018 com a seguinte configuração:
      - Touch Bar;
      - Space Gray;
      - 16Gb Memória RAM;
      - 256Gb SSD;
      - Processador Intel i7 Quad-Core 2,7Ghz;
      - 110 Ciclos de bateria;
      - Tomada e cabo carregador originais, não possuo mais a caixa.
      Nunca pensei em ter que vendê-lo (apesar de usar pouco) mas fui afetado profissionalmente pela pandemia e to precisando de grana. Gostaria de contar com a ajuda de vocês e pedir opiniões sobre um valor justo, tanto pra mim quanto para o possível comprador.
      Obrigado!





       
       
      Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
       
    • Por Felipe Portela Pires
      Boa noite pessoal,
      Possuo um Macbook Pro 13 2019, modelo com apenas 2 USB-C.
      Utilizo um adaptador da dodocool (marca que uso a bastante tempo e sempre foi muito duradoura)
      A dúvida é a segunda, estou pensando em pegar um monitor QHD da Dell, só que meu adaptador só tem saida HDMI.
      Será que eu consigo passar QHD tranquilo para o monitor pelo hdmi?
      A ideia é pegar esse monitor > Monitor 27" Dell S2721DS 
      O que acham?
      Obrigado!
  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      51.192
    • Total de Posts
      429.999
×
×
  • Criar Novo...