Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Macbook ou Dell?


Deborag

Posts Recomendados

Boa Tarde. Estou com uma dúvida em qual notebook comprar. Um Dell i15 5590 Intel® Core™ i5-10210U.  Placa de vídeo integrada Intel® UHD Graphics com memória gráfica compartilhada. Memória de 8GB, DDR4, 2666MHz). SSD de 256GB PCIe NVMe M.2

Ou um MacBook Air MQD32BZ/A Intel Core i5 8GB 128GB

 

Uso para edições no Photoshop, programação.

Tenho um Dell Inspiron series 14, mas via Wi-Fi ele não reconhece redes Wi-Fi com mais de 120mega

preciso de um que reconheça 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Complicado opinar. Dependendo do que use para programação, convém ficar no Windows, seja por compatibilidade, seja por já estar acostumada.

Minhas únicas birras com o Air são a resolução da tela (mas que o ppi não deve ser muito diferente desde Dell com 15”) e ficar preso aos 128Gb. Mas conseguia rodar Photoshop pra uso básico/intermediário no meu Air sem maiores problemas.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

17 minutos atrás, bleony disse:

Complicado opinar. Dependendo do que use para programação, convém ficar no Windows, seja por compatibilidade, seja por já estar acostumada.

Minhas únicas birras com o Air são a resolução da tela (mas que o ppi não deve ser muito diferente desde Dell com 15”) e ficar preso aos 128Gb. Mas conseguia rodar Photoshop pra uso básico/intermediário no meu Air sem maiores problemas.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

Em questão a rapidez, qual vc recomendaria ? O principal motivo de precisar trocar é a placa de rede, necessito de uma que suporte os 240mega de internet 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em relação à rapidez, no uso geral, creio que vai ficar no mesmo nível. Minha única birra com o Windows é a confiabilidade - problema com drivers e updates principalmente.

Sugiro primeiro de tudo dar uma boa analisada em reviews do Dell pra ver se a placa do WiFi dele é mesmo confiável. Já tive modelos que não eram.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu peguei um MacBook Air 2020, i5, 8gb, 512ssd... o bicho voa. Se eu fosse vc, pegaria um. Melhor ainda se for um M1.
Pelo preço dele, poderia muito bem ter pego um outro equipamento de outra marca, e também com uma configuração muito superior.

Estou muito satisfeito.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu peguei um MacBook Air 2020, i5, 8gb, 512ssd... o bicho voa. Se eu fosse vc, pegaria um. Melhor ainda se for um M1.
Pelo preço dele, poderia muito bem ter pego um outro equipamento de outra marca, e também com uma configuração muito superior.
Estou muito satisfeito.

Mas esses são basicamente o dobro do valor dos modelos que ele está considerando.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Nem um, nem outro. Eu iria de Lenovo Idepad (tipo este, mas dá pra encontrar preço/hardware melhor pesquisando bem), e faria um hackintosh. Na maioria dos Ideapad (dê uma olhada no Olarila) fica perfeito o macOS, com desempenho melhor que nos próprios Macs inclusive, com direito a gestos de trackpad, e todos os serviços da Apple (handoff, airplay, airdrop, appstore etc etc). Tenho colegas de faculdade que usam e fica um monstro. Fora a possibilidade de upgrades...

4 horas atrás, bleony disse:

Dependendo do que use para programação, convém ficar no Windows, seja por compatibilidade

Que tipo de incompatibilidade? Pergunta honesta. Vejo professores, colegas e profissionais da área sempre dando preferência a Linux ou macOS, seja back ou frontend. 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A melhor resposta para este tipo de pergunta infelizmente é sempre "depende".

Em linhas gerais tem algumas coisas que eu não recomendaria, tais como:

1. Hackintosh (instalar o windows no Mac): Se vc precisa de um Mac para fazer deploy de aplicações iOS, MacOS, iPadOS, WatchOS, o Mac sempre vai te atender melhor. Se vc for aquele tipo de pessoa que gosta de perder tempo tentando resolver alguma incompatibilidade sempre que sair uma atualização do MacOS, então pode ser que o Hachintosh te atenda. Eu particularmente não aconselho. 

2. Comprar Macbook Air para programação e Photoshop: Na minha opinião, este não é o foco do MacBook Air. Não que ele não vá te atender mas vejo ele mais para quem utiliza a máquina como usuário comum, não para produção de software ou imagens, etc. Se o foco é esse eu iria de MacBook Pro.

3. Porque não um MacBook semi-novo? Eu sou desenvolvedor e tenho um MacBook Pro retina mid 2014 e não troco por nada. Motivos: Todas as portas que eu preciso já estão ali built-in sem precisar de hubs, adaptadores, etc; A máquina tem suporte nativo para dualboot com Windows (Bootcamp) o que te traz bastante flexibilidade; Possibilidade de expandir o SSD; Eu mesmo coloquei um de 1 Terabyte no meu da marca OWC; Preço bem convidativo para um Mac sendo seminovo. O meu está com 16gb de RAM, core i7, 1 Tb de SSD, placa de vídeo Intel Iris Pro 1536 MB. Nada mau para um notebook de 2014. Eu utilizo o meu com 3 monitores 4k externos e roda tudo bem rápido, não tenho do que reclamar.

No caso de ficar com medo de comprar algo usado e acabar tendo problemas te indico dois recursos aqui do próprio Mac Magazine:

- Como testar um Mac usado antes de comprá-lo: https://macmagazine.com.br/post/2020/11/27/guia-completo-como-testar-um-mac-usado-antes-de-compra-lo/

- Tópico do fórum sobre o que avaliar ao comprar um Mac usado: https://forum.macmagazine.com.br/topic/159819-macbook-usado-qual-cuidado-tomar-no-momento-da-compra/ 

- Tabela de preços do MacMagazine sobre Macs usados: https://macmagazine.com.br/post/2020/12/05/nossa-tabelona-usados-apple-esta-agora-atualizada/

 

Considerações sobre o Mac com chip M1

Sem dúvida nenhuma é uma baita máquina e tem um grande potencial pela frente conforme vários benchmarks e reviews já mencionaram. Para mim não atenderia ainda porque eu também utilizo dual boot com Windows e o M1 ainda não tem suporte para tal. Terá em breve suporte para o Parallels que roda o Windows de forma virtualizada mas integrada no próprio MacOS (bem bacana por sinal) mas é pago sendo a anuidade um custo considerável que vale a pena para quem realmente precisa e trabalha com isso.

Como os demais colegas mencionaram e eu concordo, é sempre difícil opinar em algo para uso pessoal de outra pessoa mas espero ter mais ajudado do que atrapalhado, rsrsrs.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em 15/12/2020 at 20:55, Deborag disse:

Sim, tenho um a 3 anos, sempre supriu minhas necessidades, só agr q aumentei minha internet estou precisando aprimorar essa parte, por isso a necessidade de trocar 

Rapaz.... tu trabalha com o que, que precisa de um trafego de 240mb? Será que não é coisa da sua cabeça não? 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Só faltou informar algo muito trivial: roteador 5GHz AC, se não tiver um roteador que lhe atenda, não adianta escolher nenhum das máquinas, preste bastante atenção nesse item dos laptops/macs que irá comprar também se o wifi é 802.11AC (que consiga conectar na rede 5GHz) e receber toda a capacidade de sua internet contratada (as vezes o provedor não substitui o modem/roteador e você acaba pagando mais caro por algo e não usufrui de todo o potencial. Aqui tenho 100mb, mas o roteador era 2.4Ghz, então no wifi só chegava 60-70mb, troquei por um 802.11ac e então consegui atingir os 100mbs contratado.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em 15/12/2020 at 18:57, Deborag disse:

Boa Tarde. Estou com uma dúvida em qual notebook comprar. Um Dell i15 5590 Intel® Core™ i5-10210U.  Placa de vídeo integrada Intel® UHD Graphics com memória gráfica compartilhada. Memória de 8GB, DDR4, 2666MHz). SSD de 256GB PCIe NVMe M.2

Ou um MacBook Air MQD32BZ/A Intel Core i5 8GB 128GB

 

Uso para edições no Photoshop, programação.

Tenho um Dell Inspiron series 14, mas via Wi-Fi ele não reconhece redes Wi-Fi com mais de 120mega

preciso de um que reconheça 

Boa tarde,

Indico o MacBook. Trabalho com Affinity Designer e ferramentas de programação para Back e Front-End. Modelo Air2020( i3, 8GB RAM) dá conta do recado sossegado. Caso não esteja dentro do orçamento, eu olharia primeiro modelos usados de Mac, ou, até mesmo modelos 2017, como esse MQD32BZ/A que você citou, pois se saem muito bem na sua área de atuação (e está no seu orçamento). O Mac, mesmo com um hardware inferior, se comparado aos modelos Windows do mercado, é mais estável e o sistema roda tão liso que compensa o valor. Sem falar da bateria durar perto das 10 horas e a durabilidade passar dos 7 anos de uso, coisa que, dificilmente você encontra num Windows/outras marcas.

Caso não esteja convencida de pagar mais caro num hardware "inferior", por assim dizer, indico a linha ThinkPad da Lenovo. São notebooks mais parrudos e dão conta do recado. Infelizmente a linha inspiron da Dell não é mais como os modelos antigos. Pela minha experiência, é um "barato" que tem saído caro, pela durabilidade e pelos engasgos por conta da qualidade dos componentes.

Se comprar um Mac e vier a ter problemas de compatibilidade, o que, eu acho realmente impossível, basta utilizar uma máquina virtual, pois roda liso.

No mais, se não quiser gastar, verifique o seu roteador se não seria interessante atualizá-lo para um modelo que trabalha nas faixas 2.4 e 5GHz. Também podes ver a possibilidade de atualizar a placa de rede do seu notebook (esses modelos inspiron geralmente aceitam mais de um modelo de placa wireless) e fazer um upgrade de RAM.

Att,

Editado por Bruno Régis Duarte
Erros de ortografia.
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em 16/12/2020 at 00:01, BetoGaleazzo disse:

Nem um, nem outro. Eu iria de Lenovo Idepad (tipo este, mas dá pra encontrar preço/hardware melhor pesquisando bem), e faria um hackintosh. Na maioria dos Ideapad (dê uma olhada no Olarila) fica perfeito o macOS, com desempenho melhor que nos próprios Macs inclusive, com direito a gestos de trackpad, e todos os serviços da Apple (handoff, airplay, airdrop, appstore etc etc). Tenho colegas de faculdade que usam e fica um monstro. Fora a possibilidade de upgrades...

Que tipo de incompatibilidade? Pergunta honesta. Vejo professores, colegas e profissionais da área sempre dando preferência a Linux ou macOS, seja back ou frontend. 

Um outro ponto importante:

O Mac possui uma construção bem acabada e a qualidade da tela superior (mesmo nos modelos sem retina), telas ideais para trabalhar com programação e edição de fotos, pois não incomoda a vista e o sistema é bem renderizado, as cores são fiéis e não mudam conforme você muda o ângulo da tela. Modelos como Lenovo e Dell apresentam uma construção mais fajuta, e realmente deixam a desejar na qualidade da tela (ao menos nos modelos que conheço até 6mil). Neste momento eu estou escrevendo de um Lenovo idêntico ao citado pelo amigo BetoGaleazzo, e nem se compara com o Mac Air2020 i3 em matéria de processamento e velocidade. Sem falar que você não vai querer utilizar essa tela por mais de 2 horas, cansa demais a vista, as cores mudam demais se você olhar de qualquer ângulo, não tem um ponto específico pras cores ficarem boas. Notebook com tela IPS e 4k deve sair bem mais caro...

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

58 minutos atrás, Bruno Régis Duarte disse:

e nem se compara com o Mac Air2020 i3 em matéria de processamento e velocidade

Realmente não dá pra comparar um i3 dual-core de 4mb de cache e clock baixo com um i7 quad-core com o dobro de memória cache. Isso se o i3 conseguir trabalhar com o intel boost no talo e constante (e não vai), porque se tem uma coisa que os Macs atuais não tem é eficiência na dissipação térmica, basta ver a enxurrada de críticas relacionadas a thermal throttling. Pode ser o sistema que for, vai tomar pau em qualquer benchmarking e task. A tela é superior sim, mas por 6k a mais: não vale. Com 10k dá pra comprar um baita laptop PC com processador quad-core, 16GB RAM e GPU, ou um laptop com GPU e um monitor monstro (e ainda sobra dinheiro).

O modelo de Air 2017 que a Debora citou então, sem comentários. Pleno 2021 comprar uma máquina com intel da 5. geração, dual core e clock baixo, 128GB de SSD e uma tela que é A MESMA do MacBook Air 2012, e por 6 mil reais ou mais.

Gosto da marca. Sou fã, usuário, e ainda dependo dela pra viver, mas é IMPOSSÍVEL recomendar um laptop atual deles pelos preços que são cobrados. Reparo, uso e testo essas máquinas todo santo dia, desde o MacBook White lá de 2007 até o Mac que custa um HB20 novo, e afirmo com propriedade: não vale. 

É pra uso profissional? Tem que ser Mac? 15 mil pra começar a brincar.

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Um mês atrás eu comprei um Avell A60 com i7, 32Gb, tela com 144Hz, gtx 1660ti, wifi 6, thunderbolt 3 e tal por 7 mil. A Avell dá umas mancadas na linha de montagem, mas o suporte é bom. Não sei o preço dele hoje.

Entre um MacBook e qualquer outro computador equivalente, por até uns 2500 reais a mais eu escolheria o macbook. Ele mantém o preço mais pra frente e pra mim a tela retina faz uma diferença muito brutal pra programar. Notebook mais barato costuma ter problema de uniformidade, brilho baixo, backlight bleeding e tudo mais.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

8 minutos atrás, Sonolento disse:

eu comprei um Avell A60 com i7, 32Gb, tela com 144Hz, gtx 1660ti, wifi 6, thunderbolt 3 e tal por 7 mil

Enquanto isso o MacBook Pro de 16" com 16GB RAM e uma Radeon Pro 5300 custa 30 mil reais.

Deve ser por causa da TouchBar 🤣

https://gpu.userbenchmark.com/Compare/Nvidia-GTX-1660-Ti-vs-AMD-Radeon-Pro-5300M/4037vsm965657

 

Editado por BetoGaleazzo
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

39 minutos atrás, BetoGaleazzo disse:

Realmente não dá pra comparar um i3 dual-core de 4mb de cache e clock baixo com um i7 quad-core com o dobro de memória cache. Isso se o i3 conseguir trabalhar com o intel boost no talo e constante (e não vai), porque se tem uma coisa que os Macs atuais não tem é eficiência na dissipação térmica, basta ver a enxurrada de críticas relacionadas a thermal throttling. Pode ser o sistema que for, vai tomar pau em qualquer benchmarking e task. A tela é superior sim, mas por 6k a mais: não vale. Com 10k dá pra comprar um baita laptop PC com processador quad-core, 16GB RAM e GPU, ou um laptop com GPU e um monitor monstro (e ainda sobra dinheiro).

O modelo de Air 2017 que a Debora citou então, sem comentários. Pleno 2021 comprar uma máquina com intel da 5. geração, dual core e clock baixo, 128GB de SSD e uma tela que é A MESMA do MacBook Air 2012, e por 6 mil reais ou mais.

Gosto da marca. Sou fã, usuário, e ainda dependo dela pra viver, mas é IMPOSSÍVEL recomendar um laptop atual deles pelos preços que são cobrados. Reparo, uso e testo essas máquinas todo santo dia, desde o MacBook White lá de 2007 até o Mac que custa um HB20 novo, e afirmo com propriedade: não vale. 

É pra uso profissional? Tem que ser Mac? 15 mil pra começar a brincar.

 

Concordo com cada palavra, Beto. Entendo seu posicionamento, e em alguns cenários vejo da mesma forma. Com 10k você compra A Máquina! Mas com 5.5k, não consegue reunir todos os benefícios que se precisa em uma máquina tão próximo como um Mac consegue, independente de o valor ser alto.

No caso exposto aqui, vejo que o Mac se torna um custo benefício pela revenda no futuro, e pelo desempenho que você vai usufruir até a revenda. Há desvantagens, um hardware desatualizado, especificações e tudo o mais como colocasse. Mas não muda o fato de que uma máquina de 2017, 2015, 2012 deixa pra trás muita máquina nova e cara, especialmente se procura qualidade e processamento pra algo específico, e que, com a revenda, o investimento se torna muito baixo. No fim, esses 5.5k vão se tornar 2.5k, no máximo.

O jeito é comprar na gringa pra fazer jus ao dinheiro que gastamos. Não concordo com o valor cobrado, mas, no meu caso serviu como uma luva. É receitinha de bolo: programação, edição de fotos e produtividade: Macbook. É um dinheiro que se paga. E dependendo de outra incomodação que você poderia comprar por aí no mercado, é muita noite que você dorme tranquilo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

2 horas atrás, Bruno Régis Duarte disse:

Concordo com cada palavra, Beto. Entendo seu posicionamento, e em alguns cenários vejo da mesma forma. Com 10k você compra A Máquina! Mas com 5.5k, não consegue reunir todos os benefícios que se precisa em uma máquina tão próximo como um Mac consegue, independente de o valor ser alto.

No caso exposto aqui, vejo que o Mac se torna um custo benefício pela revenda no futuro, e pelo desempenho que você vai usufruir até a revenda. Há desvantagens, um hardware desatualizado, especificações e tudo o mais como colocasse. Mas não muda o fato de que uma máquina de 2017, 2015, 2012 deixa pra trás muita máquina nova e cara, especialmente se procura qualidade e processamento pra algo específico, e que, com a revenda, o investimento se torna muito baixo. No fim, esses 5.5k vão se tornar 2.5k, no máximo.

O jeito é comprar na gringa pra fazer jus ao dinheiro que gastamos. Não concordo com o valor cobrado, mas, no meu caso serviu como uma luva. É receitinha de bolo: programação, edição de fotos e produtividade: Macbook. É um dinheiro que se paga. E dependendo de outra incomodação que você poderia comprar por aí no mercado, é muita noite que você dorme tranquilo.

Mas se é uma máquina para trabalho, eu não posso recomendar um modelo pra alguém colocando a baixa desvalorização como um dos fatores mais decisivos. É sim um fator importante, mas não pode pesar muito na decisão de compra porque as pessoas acabam abrindo mão vantagens que talvez um PC do mesmo valor pudesse entregar.

Pagar 10k numa máquina pra edição de vídeo e programação com processador dual core feito pra uso doméstico e vídeo integrado não é uma boa indicação. São 10 salários mínimos, sendo que em outros países uma empregada doméstica ilegal compra a mesma máquina com 2 semanas de trabalho. Quem comprou o MacBook 12" se lascou. A máquina é horrível e já saiu de linha. De 2015 pra cá temos visto bizarrice atrás de bizarrice, como problemas de teclado, superaquecimento, problemas na tela, problemas na TouchBar etc etc, e a Apple até agora não convenceu de que acertou a mão de novo. Até mesmo os novos M1 ainda vão ter que provar a que vieram.

Pensa... Entre 10k num MBA 2020 com essa configuração super simples, e 7k num laptop como esse que o @Sonolento pegou, não precisa nem ser a mesma marca, mas já indica que bem pesquisado dá pra pegar um monstro e ainda sobrar dinheiro. Pode rodar o Windows virtualizado dentro do Windows que não vai dar pé para o Mac. Eu uso aqui Windows e macOS no meu hackintosh, Windows somente para jogo, o macOS rodando super liso. Então posso dizer que eu sei a diferença que dá entre Windows e Mac no mesmo hardware: com certeza prefiro o macOS, mas o Windows não está deixando a desejar em desempenho. A Microsoft acertou a mão até no Edge.

Enfim, respeito sua opinião, mas não vejo como comprar esses modelos de Mac pode ser um bom negócio. Nem mesmo fora acho que tá compensando com o dólar do jeito que tá, e a Apple precisa definitivamente tomar um susto no Brasil, pra parar de entregar essas máquinas medíocres a esse preço absurdo. Dê uma olhada nas configurações dos MBP 16" e nos preços... É revoltante.

Vida longa ao Hackintosh, rs ❤️ O sistema é bom, já o hardware é só perfumaria.

Abrs!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe do debate

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, entre agora para postar com ela.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×
×
  • Criar Novo...