Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Compra de Mac para uso profissional agora


Lucas Capanema Andrade

Posts Recomendados

Boa tarde pessoal, vou relatar um pouco do meu uso pessoal e os equipamentos utilizados para ter um feedback de vcs para o que preciso.

Atualmente, possuo um iMac 27 2011  e um macbook pro 15 2015, trabalho hoje principalmente com modelagem no Archicad e renderização gráfica usando o Twinmotion, então preciso de uma máquina realmente potente com chip gráfico dedicado. Esperei bastante pela keynote de hoje com esperança de que teria uma implementação do Apple Silicon no Macbook Pro 16, baseado nos rumores.

Mas para mim o cenário ideal mesmo seria vender meus dois computadores e comprar um iMac 27 top pela tela maior e por acreditar ter um melhor desempenho por não se limitar a questão energética, porém no Brasil tem sido inviável financeiramente em todos os meios que procuro. 

Tenho alguém que vem dos EUA nesse mês ainda, então estava considerando pegar o Macbook Pro 16 versão top com a placa gráfica de 8gb, mas ainda não ficaria muito satisfeito por gostar da tela maior e por acabar tendo que investir a mais em um monitor bacana, e tem também a questão da transição dos processadores que desestimula esse alto investimento (+/- U$3300,00).

Acham que o lançamento de hoje já superaria meus computadores atuais para o tipo de trabalho que preciso? O que recomendariam no meu caso? Esperar é sempre uma opção, mas surgiu essa oportunidade de comprar um com o preço dos EUA por meio de alguém que já está vindo pro Brasil.

Agradeço as opiniões, absss

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

bicho, se a diferença de desempenho que a Apple apresentou na keynote de hoje é real mesmo com o chip M1, acho uma completa loucura comprar um mac intel novo agora. seja ele qual for. espera um pouco e vai logo de M1. até porque os preços não sofreram alterações.

mas isso claro é confiando nos dados que a Apple apresentou hoje. eu não compraria nenhum mac novo agora. esperaria sair a primeira leva desses M1 e ver como é o Feedback dos usuários.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

1 hora atrás, marcosfisica disse:

bicho, se a diferença de desempenho que a Apple apresentou na keynote de hoje é real mesmo com o chip M1, acho uma completa loucura comprar um mac intel novo agora. seja ele qual for. espera um pouco e vai logo de M1. até porque os preços não sofreram alterações.

mas isso claro é confiando nos dados que a Apple apresentou hoje. eu não compraria nenhum mac novo agora. esperaria sair a primeira leva desses M1 e ver como é o Feedback dos usuários.

Então fiquei meio perdido com as comparações, porque apresentaram como um grande avanço realmente, mas ele veio equipando os modelos de entrada ainda, então não sei até que ponto seria viável investir num por agora já.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

a transição vai ser aos poucos. fiquei até surpreso de a Apple ter anunciado 3 modelos de macs com o apple silicon logo de cara. achei que viria só um MacBook Air.

nos próximos dias/semanas começarão a surgir os videos com o pessoal testando esses novos macs. é esperar pra ver e ter uma idéia do desempenho.

eu não investiria em um mac novo intel agora. se eu fosse voce aguentava mais um pouco pra já comprar um mac com o apple silicon. 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

18 horas atrás, Lucas Capanema Andrade disse:

Boa tarde pessoal, vou relatar um pouco do meu uso pessoal e os equipamentos utilizados para ter um feedback de vcs para o que preciso.

Atualmente, possuo um iMac 27 2011  e um macbook pro 15 2015, trabalho hoje principalmente com modelagem no Archicad e renderização gráfica usando o Twinmotion, então preciso de uma máquina realmente potente com chip gráfico dedicado. Esperei bastante pela keynote de hoje com esperança de que teria uma implementação do Apple Silicon no Macbook Pro 16, baseado nos rumores.

Mas para mim o cenário ideal mesmo seria vender meus dois computadores e comprar um iMac 27 top pela tela maior e por acreditar ter um melhor desempenho por não se limitar a questão energética, porém no Brasil tem sido inviável financeiramente em todos os meios que procuro. 

Tenho alguém que vem dos EUA nesse mês ainda, então estava considerando pegar o Macbook Pro 16 versão top com a placa gráfica de 8gb, mas ainda não ficaria muito satisfeito por gostar da tela maior e por acabar tendo que investir a mais em um monitor bacana, e tem também a questão da transição dos processadores que desestimula esse alto investimento (+/- U$3300,00).

Acham que o lançamento de hoje já superaria meus computadores atuais para o tipo de trabalho que preciso? O que recomendariam no meu caso? Esperar é sempre uma opção, mas surgiu essa oportunidade de comprar um com o preço dos EUA por meio de alguém que já está vindo pro Brasil.

Agradeço as opiniões, absss

Precisa ser Mac? Vendendo o iMac você já está com meio caminho andado pra um desktop MUITO parrudo com Windows. 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Cara, eu gostei muito do que vi ontem... eu esperaria. Sei que a tentação é grande em aproveitar a viagem dessa pessoa mas, ter um hardware com os novos chips é garantia de “future proof“.

Já vou começar a juntar a grana para migrar no início de 2022.


Sent from my iPhone using Tapatalk

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

19 minutos atrás, Sonolento disse:

Precisa ser Mac? Vendendo o iMac você já está com meio caminho andado pra um desktop MUITO parrudo com Windows. 

Então cara, eu até cogitei usar Windows, tanto que Mac não é bem visto para a área de arquitetura/engenharia, mas só de pensar no que vou abrir mão de sistema operacional já desisto. 
 

4 minutos atrás, theygoran disse:


Você não acha que, se fosse só pelo hardware, todo mundo compraria Windows, justamente por ser mais barato?


Sent from my iPhone using Tapatalk

Cara, eu gostei muito do que vi ontem... eu esperaria. Sei que a tentação é grande em aproveitar a viagem dessa pessoa mas, ter um hardware com os novos chips é garantia de “future proof“.

Já vou começar a juntar a grana para migrar no início de 2022.


Sent from my iPhone using Tapatalk

Acho que vou continuar aguardando, mas hoje já encontro limitações com as máquinas que tenho, principalmente quanto a renderização. Na verdade sempre consigo chegar ao resultado final esperado, mas o processo tem mais dor de cabeça e acaba levando mais tempo.

Meu objetivo mesmo seria um iMac renovado com Apple silicon e gráfico top, mas teria que ser importado, o que já dificulta pelo tamanho.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu já acho o inverso, a depender do que você usa, essa migração pro M1 ainda vai demandar um tempo. Acho justamente que essa é a hora de pegar um Mac com chip Intel, desde que seja dos mais avançados, justamente por serem os mais maduros da linha.

Se quiser/puder aguardar a transição, espere pelo menos uns 2 anos, até porque as comparações que a Apple fez ontem foi com os MacBooks de entrada, o que claramente não é o caso do que você busca.

Tanto é assim que os MacBook Pro que ela anunciou foi somente nos modelos de entrada, com apenas 2 portas Thunderbolt, os mais avançados ela continua utilizando os chips da Intel e colocando até 32gb de ram.

Mas é aquilo, early adopter tem sempre suas vantagens e desvantagens, vai depender do uso de cada um.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

8 minutos atrás, Lucas Capanema Andrade disse:
31 minutos atrás, Sonolento disse:

 

Então cara, eu até cogitei usar Windows, tanto que Mac não é bem visto para a área de arquitetura/engenharia, mas só de pensar no que vou abrir mão de sistema operacional já desisto. 

Eu trabalho com análise de dados e sempre usei mac, desde os macbooks de plástico branco. Recentemente comprei um desktop com Windows e continuei com o meu MacBook Pro. Achei que não fosse aguentar uma semana no Windows. Engano meu. Pensando apenas no SO, o Windows tem sido mais estável que meu MacBook. Programas de terceiros são normalmente bem piores no Windows, mas eu uso só navegador e RStudio. Para tudo que eu usava no Mac eu achei uma solução nativa pra Windows, as vezes até melhor. Se pifar uma peça eu vou na loja, compro e troco. No Macs, pra fazer um upgrade de 8gb de ram pra 16gb no momento da compra são mais de 2000 reais. Resolvi parar de investir em um ecossistema que invariavelmente vai ficar muito caro pro meu bolso. É apenas questão de tempo.

E não, não acho que todo mundo compraria Windows se fosse só pelo hardware. Eu mesmo não comprava por uma percepção errada que eu tinha.

Editado por Sonolento
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

1 minuto atrás, Sonolento disse:

Eu trabalho com análise de dados e sempre usei mac, desde os macbooks de plástico branco. Recentemente comprei um desktop com Windows e continuei com o meu MacBook Pro. Achei que não fosse aguentar uma semana no Windows. Engano meu. Pensando apenas no SO, o Windows tem sido mais estável que meu MacBook. Programas de terceiros são normalmente bem piores no Windows, mas eu uso só navegador e RStudio. Para tudo que eu usava no Mac eu achei uma solução nativa pra Windows, as vezes até melhor. Se pifar uma peça eu vou na loja, compro e troco. 

E não, não acho que todo mundo compraria Windows se fosse só pelo hardware. Eu mesmo não comprava por uma percepção errada que eu tinha.

Legal seu relato. Trabalho com TI e sempre usei Windows, sempre usando as melhores marcas e sempre fiz meus upgrades de hardware, já que tenho conhecimento pra isso, realmente algo muito bom que o Mac não te dá (mas, não sinto falta). A 4 anos migrei pro Mac, continuo trabalhando com desenvolvimento. Nesses 4 anos nunca precisei fazer coisas que me eram rotineiras e que tomavam meu tempo no Windows como formatar de 6 em 6 meses, fora a preocupação com questões de virus e tal (no Mac também tem, eu sei).

Veja, pro meu uso, o Mac que tenho de 2012 com 16GB RAM + 512 SSD consegue ser mais estável do que meu Windows da época, que rodava em uma máquina Avell com 32GB RAM + 2TB SSD + Placa Gráfica equivalente a uma 1070 de hoje.

A pergunta que fiz a você foi justamente porque você falou que com a venda do iMac ele conseguiria comprar uma máquina Windows MUITO mais parruda, como se o SO, o ecossistema e a experiência de uso (fora os Apps comprados na plataforma da maça) não importasse, entende? 

No final, o que importa é que você consiga trabalhar melhor a plataforma que você escolher. Se está feliz no Windows, excelente. De igual forma com o macOS, Linux etc... só não podemos, na minha visão, achar que uma mudança de plataforma é simples como comprar um hardware e botar o Windows nele. A ideia não foi desmerecer o Windows ou o seu comentário.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

32 minutos atrás, theygoran disse:

Legal seu relato. Trabalho com TI e sempre usei Windows, sempre usando as melhores marcas e sempre fiz meus upgrades de hardware, já que tenho conhecimento pra isso, realmente algo muito bom que o Mac não te dá (mas, não sinto falta). A 4 anos migrei pro Mac, continuo trabalhando com desenvolvimento. Nesses 4 anos nunca precisei fazer coisas que me eram rotineiras e que tomavam meu tempo no Windows como formatar de 6 em 6 meses, fora a preocupação com questões de virus e tal (no Mac também tem, eu sei).

Veja, pro meu uso, o Mac que tenho de 2012 com 16GB RAM + 512 SSD consegue ser mais estável do que meu Windows da época, que rodava em uma máquina Avell com 32GB RAM + 2TB SSD + Placa Gráfica equivalente a uma 1070 de hoje.

A pergunta que fiz a você foi justamente porque você falou que com a venda do iMac ele conseguiria comprar uma máquina Windows MUITO mais parruda, como se o SO, o ecossistema e a experiência de uso (fora os Apps comprados na plataforma da maça) não importasse, entende? 

No final, o que importa é que você consiga trabalhar melhor a plataforma que você escolher. Se está feliz no Windows, excelente. De igual forma com o macOS, Linux etc... só não podemos, na minha visão, achar que uma mudança de plataforma é simples como comprar um hardware e botar o Windows nele. A ideia não foi desmerecer o Windows ou o seu comentário.

Até porque em quesito hardware os macs sempre foram menos potentes que os pcs, e isso inclusive era um dos motivos de serem tão famosos, entregavam performances melhores com hardware teoricamente piores.

Claro que existem máquinas e máquinas, mas como você disse, a escolha de um computador PESSOAL depende de muita coisa além do tamanho da memória ram ou do ssd...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

2 minutos atrás, Daniel Fernandes disse:

Até porque em quesito hardware os macs sempre foram menos potentes que os pcs, e isso inclusive era um dos motivos de serem tão famosos, entregavam performances melhores com hardware teoricamente piores.

Claro que existem máquinas e máquinas, mas como você disse, a escolha de um computador PESSOAL depende de muita coisa além do tamanho da memória ram ou do ssd...

Resumiu o muito bem o que eu quiz dizer... obrigado.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Vou quotar a parte do OP que me fez sugerir um Desktop Windows:

20 horas atrás, Lucas Capanema Andrade disse:

então preciso de uma máquina realmente potente com chip gráfico dedicado.

Só isso. Meu relato foi só pra indicar que na mesma situação, o que deu certo pra mim foi comprar um Desktop com Windows. Eu entendo que tem Mac pra cada perfil. Se eu não fizesse análise de dados continuaria feliz com meu MacBook Pro, tranquilo. Só que aqui no Brasil, o perfil que precisa de "máquina realmente potente" custa uma fortuna.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

olha o M1 num MacBook Air  batendo no MacBook Pro top de linha:

https://www.macrumors.com/2020/11/11/m1-macbook-air-first-benchmark/

E aí? Vale comprar um mac intel agora, top de linha, sabendo que daqui a 6 meses/1 ano (quem sabe até menos tempo), voce terá os macs com chip M1 custando o mesmo e com melhor performance que os intel?

E é apenas o M1, o chip de entrada que tá no MacBook Air. Sabe-se lá o que a Apple tem na manga pros iMac e Mac Pro! 

Editado por marcosfisica
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

20 minutos atrás, marcosfisica disse:

olha o M1 num MacBook Air  batendo no MacBook Pro top de linha:

https://www.macrumors.com/2020/11/11/m1-macbook-air-first-benchmark/

E aí? Vale comprar um mac intel agora, top de linha, sabendo que daqui a 6 meses/1 ano (quem sabe até menos tempo), voce terá os macs com chip M1 custando o mesmo e com melhor performance que os intel?

E é apenas o M1, o chip de entrada que tá no MacBook Air. Sabe-se lá o que a Apple tem na manga pros iMac e Mac Pro! 

Então cara, tinha visto esse benchmark antes do lançamento também, mas quanto a GPU ninguém sabe e é o que mais me interessa. Mas fiquei tentado a pegar esses novos justamente pelo preço: U$899 num MacBook Air desse nível!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

7 minutos atrás, Lucas Capanema Andrade disse:

Então cara, tinha visto esse benchmark antes do lançamento também, mas quanto a GPU ninguém sabe e é o que mais me interessa. Mas fiquei tentado a pegar esses novos justamente pelo preço: U$899 num MacBook Air desse nível!

GPU sem chance ser do mesmo nível do de 16'', hehehe. Esse MacBook Air com 16Gb deve ser muito massa. Talvez ainda não sirva pra processamentos mais longos por não ter cooler, mas pra outros usos ele deve voar. Aqui no Brasil à vista com desconto educacional custa 10.5k. Adicionando mais 8gb por uns 2.5k (!!!), vai pra 13 mil. Mais AppleCare+ pra não ficar na mão depois de 1 ano, 14.5k à vista. Credo. Se a portabilidade não for um fator importante eu iria no MacMini com 16Gb por 9.5k. Com o AppleCare+, que é bem mais barato, iria pra 10k. Mais um monitor 4k e periféricos, 12.5k.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

13 minutos atrás, Lucas Capanema Andrade disse:

Então cara, tinha visto esse benchmark antes do lançamento também, mas quanto a GPU ninguém sabe e é o que mais me interessa. Mas fiquei tentado a pegar esses novos justamente pelo preço: U$899 num MacBook Air desse nível!

é, tem que ver como se sai a parte gráfica. mas cara, calma, calma, segura! rssrsrrs

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

8 minutos atrás, Sonolento disse:

GPU sem chance

não sei se dá pra afirmar isso assim com tanta certeza. porque o desempenho gráfico desse chip não pode surpreender? 

8 minutos atrás, Sonolento disse:

Talvez ainda não sirva pra processamentos mais longos por não ter cooler,

de novo, não sei. não esqueça que a principal característica desse chip é a eficiência energética. o TDP desse chip é 15W! É um valor excelente. A taxa de performance/Watt é absurda! Então talvez com a refrigeração adequada o desempenho desse chip pode ser muito maior do que esse que ele tem no MacBook Air sem refrigeração ativa.

Esse chip é extremamente promissor. tem tudo pra ser um fenômeno em toda a linha de macs.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

23 minutos atrás, marcosfisica disse:

não sei se dá pra afirmar isso assim com tanta certeza. porque o desempenho gráfico desse chip não pode surpreender? 

de novo, não sei. não esqueça que a principal característica desse chip é a eficiência energética. o TDP desse chip é 15W! É um valor excelente. A taxa de performance/Watt é absurda! Então talvez com a refrigeração adequada o desempenho desse chip pode ser muito maior do que esse que ele tem no MacBook Air sem refrigeração ativa.

Esse chip é extremamente promissor. tem tudo pra ser um fenômeno em toda a linha de macs.

Sobre a GPU, eu chutei meio que por cima considerando o Air que ele mencionou, que vem com o M1 com 7 núcleos. Lá embaixo eles comparam com um i7 com iris plus e disseram que a versão do M1 que usaram na comparação é a de 8 núcleos. Segundo a propaganda, o M1 é 5x mais rápido que a iris plus. No 3dMark, 5x uma iris plus dá mais ou menos metade do score de uma radeon pro 5600m.

Sobre a CPU, também não sei. Por isso disse talvez hehehe. Esperemos.

Editado por Sonolento
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu ACHO que se o seu Mac está realmente abrindo o bico, vale a pena sim investir nos últimos Intel. 
Tem toda a questão da compatibilidade com aplicativos já consolidados e que não terão que ser reconpilados / otimizados para o M1.  Além de poder fazer upgrades, coisa que dificilmente a Apple vai permitir. 
A Apple vai oferecer updates de sistema por no mínimo 5 anos para máquinas atuais, então até 2025 você estará rodando uma versão suportada do macOS. Fora que a Apple não pode esquecer o monte de Macs Intel existentes e principalmente o Mac Pro, caríssimo que tem pouco tempo de vida. 
Mas não deixa de ser surpreendente os benchmarks que vimos. Mas será interessante para ver como se saem na prática, colocando para renderizar um projeto gigante no Final Cut ou Premiere, para ver como ele se sai. 
 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe do debate

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, entre agora para postar com ela.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.

×
×
  • Criar Novo...