Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Denunciar

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    • Nenhum usuário registrado visualizando esta página.


  • Conteúdo Similar

    • Por Matheus Maia Palhano
      Ola, eu recentemente comprei um iMac m1 de 256gb. Porém preciso de mais espaço, estou em busca de um ssd externo mas achei apenas poucos modelos com preços absurdos. Alguém tem alguma sugestão para ter mais espaço no Mac com bom custo beneficio? 
       
    • Por Arthur Scudeiro
      Boa noite!
      Fui ativar o recurso de desbloquear o meu Mac (iMac 21,5/Monterrey) com o Apple Watch e esse erro apareceu na tela:

      Porém: Estou com o relógio no pulso, desbloqueado e com o iPhone (11) também desbloqueado.
      Tentei o procedimento no meu MacBook (Air com M1) e ocorreu o mesmo erro.
    • Por BetoGaleazzo
      Calma! Antes de me crucificar pelo "relativamente simples", deixa eu explicar 😅
      Este tópico trata de uma curiosidade técnica e também de uma esperança para um futuro não distante, rs.
      Há alguns anos atrás se alguém dissesse que era possível aumentar a memória de armazenamento dos iPhones, iPads e iPods, seria instantaneamente taxado de mentiroso, porém com o avanço dos reparos a nível microeletrônico, isso se tornou possível. Não só aumentar o armazenamento, mas também reparar devices com defeitos de memória antes tratados como insolucionáveis (famosos erros 9, 4013 e 4014  do iTunes). O conhecimento começou a se disseminar, ferramentas novas foram sendo desenvolvidas e hoje é comum encontrar esse tipo de serviço em assistências especializadas em reparo de placa lógica.  Eu mesmo que nem me considero um gigante do microscópio, tampouco tenho um laboratório super fancy, faço com certa frequência esse tipo de upgrade e reparo.
      O vídeo abaixo mostra o procedimento de upgrade de armazenamento num MacBook Air 2020 M1. Irei explicar o que ele fez e dizer o porquê de ser mais fácil do que nos dispositivos mobile.
       
      Agora vamos lá. Provavelmente você pensou durante todo o vídeo que esse procedimento não é simples "nem aqui, nem na China" (ba dum tss), mas a real é que é simples, apesar de não poder ser feito pelo próprio usuário como nos Macs antigos. Explico: nos iPhones, iPads e iPods, a placa lógica é bem menor, logo a concentração de componentes é bem maior, o que torna o manuseio da estação de solda a ar mais complexo e arriscado. A chance de espalhar ar quente em componentes que não podem sofrer muito calor é grande, demanda muita prática e técnica. Você pode ver como é feito o procedimento em iPhones neste vídeo. A placa do Mac é bem ampla e os chips de memória estão consideravelmente separados dos demais. Outro ponto é que foi "basicamente" tirar dois chips, colocar dois chips e fazer a restauração. Já nos dispositivos mobile o chip NAND é vinculado a outros componentes da placa, até mesmo ao chip responsável pelo WiFi e Bluetooth, e quando é necessário efetuar o reparo ou fazer o upgrade do armazenamento nesses dispositivos, temos que remover também o chip de WiFi/BT (que também tem seus riscos por ficar próximo a diversos componentes importante) e usar um equipamento nada barato pra copiar dados da memória antiga pra nova (número de série do aparelho e outras informações). Então nesse ponto além de mais complexo quanto a remover os componentes sem danificar outros, também existem mais etapas e mais equipamentos necessários. Eu também não vi no vídeo outras complicações possíveis, causadas pelo chip T2 Security ou algo do tipo. -- Lembrando que este procedimento de troca dos chips de memória NÃO remove iCloud e nem senha de firmware/EFI.
      Já há um bom tempo é comum encontrar no AliExpress os chips de memória NAND dos iPhones em todas as capacidades possíveis, novos ou retirados de outro aparelho que não pôde ser reparado. Antigamente só mesmo removendo de outras placas lógicas que não tiveram reparo. Ainda não existem esses chips do Mac para comprar, e obviamente não deve ter muita placa lógica de M1 "morta" por aí pra remover componentes já que o modelo é relativamente novo, porém existe a possibilidade de que esses chips dos Macs venham a ser vendidos no varejo também. Caso aconteça, estamos falando da possibilidade de fazer upgrade de memória de armazenamento, ou reparar Macs que tenham tido problemas nesses componentes, causados por desgaste, por exemplo. Outro indicativo de que pode começar a rolar em breve, é que já existe stencil de reballing para M1 à venda na China, o que significa que por lá já estão fazendo esses procedimentos com mais frequência, inclusive com memória RAM.
      Nos novos Macs com processadores M1 Pro e M1 Max aparentemente o procedimento é o mesmo. Os chips já estão mais concentrados na placa (como você pode ver aqui aos 3m32s), o que vai demandar maior perícia, mas mesmo assim continua mais simples que nos dispositivos mobile.
      É gambiarra? Não! Se feito por um bom técnico que efetivamente sabe o que está fazendo e tem a perícia necessária, é um serviço indetectável. Há até como reaplicar resina após o reparo pra ficar exatamente como veio de fábrica. O sistema reconhece normalmente o novo armazenamento e não existem efeitos colaterais, como pode ocorrer com a função Hibernar quando se faz uso de adaptadores para SSDs NVME M2 nos MacBooks.
      Briga de cão e gato... A Apple dificultando a vida dos usuários e dos técnicos em relação à reparabilidade, mas há esperança. Como eu disse no início do tópico, um dia iPhones com defeito de placa eram condenados à lata do lixo e hoje tem reparo para quase tudo.
    • Por Poblan
      Pelo visto meu MacBook foi infectado por algum tipo de vírus, malware ou algo do gênero.
      Observei nas preferências do meu navegador Safari, dentre as opções, um buscador chamado Ecosia. Além disso, quando realizo uma busca diretamente pela barra de endereços, apesar ter o Google como meu buscador padrão, acabo tendo retorno de outros buscadores como o Bing ou Yahoo.
      Fiz pesquisas na internet para tentar solucionar a questão e percebi que parecer ser uma infecção antiga, no entanto, até o momento não achei uma solução recente para aplicar ao problema.
      Estou utilizando a versão 11.6 do macOS, Big Sur.
      Agradeço caso alguém consiga ajudar.
    • Por Desirée Oliveira
      No início do ano, a tela do meu computador MacBook Pro deu um problema e apareceram glitches incontroláveis. O aparelho é o modelo MacBook Pro 15” i7/ 2.6 Ghz/ 512 GB ssd/ 16 gb/ Touch Bar / Cinza Espacial e então decidi procurar uma Assistência Autorizada da marca no Brasil/SP. Fui até a empresa STI Tecnologia, deixei para orçamento e eles me instruíram a realizar a troca do display inteiro. O valor desse serviço era de R$ 5.475,00. O que se espera de um investimento desses é o máximo de qualidade e eficiência. Na época, entenderam que o problema existia a partir de negligência de uso - modus operandi da assistência. Acreditando no que me disseram, aceitei a proposta e seguimos com a troca do display.
      No dia 05 de Março, retirei o equipamento da loja e, naquele momento, me disseram que a garantia do serviço/peça era de 3 meses. No dia, questionei porque de ser tão pouco tempo, já que são peças originais, e a atendente me informou que era procedimento da Apple.
      O computador é a minha ferramenta de trabalho e é com ele que eu consigo sobreviver financeiramente. Os aparelhos da Apple não são nem um pouco acessíveis, assim como seus serviços. Ter essa ferramenta e realizar um serviço autorizado, com peças originais, não foi simples. Demandou muito investimento, suor e horas trabalhadas. Esse aparelho é meu patrimônio.
      Para minha surpresa, no dia 14 de Junho, alguns glitches voltaram a aparecer no meu equipamento e no dia 15 de Junho liguei para a STI agendando um horário para mostrar o que estava acontecendo. A empresa marcou horário para o dia 18 de Junho, pela manhã. Chegando lá, contei minha história para um novo atendente e ele chamou sua superior para entender como proceder. Após cerca de 20min de espera a resposta chegou: me informaram que a garantia havia vencido no dia 05 de Junho e não poderiam fazer nada sobre isso. O PROBLEMA VOLTOU A ACONTECER 9 DIAS DEPOIS DA GARANTIA DELES. A solução que me deram era de deixar meu computador novamente, realizar um novo orçamento e, provavelmente, ter que desembolsar um valor semelhante ou maior que o serviço anterior. Mas me deram uma alternativa: deixar o equipamento e, se eu não autorizasse o serviço, pagar uma taxa de R$100,00. Engraçado, pra não dizer trágico, é que o mesmo problema aconteceu com a máquina, mas dessa vez a negligência de uso não existia. Ou seja: será que não foi, desde o início, um problema de fabricação? Pedi para falar com o técnico responsável pela troca do display para me explicar um pouco mais do diagnóstico que ele tinha dado, mas ele se recusou a conversar comigo. 
      No momento, fiquei indignada! Como é possível 9 dias depois da garantia o equipamento original que eles trocaram não estar mais funcionando? O serviço deles foi tratado como alimento perecível. Os atendentes da loja disseram pra eu entrar em contato com o 0800 da própria Apple e então liguei, dali mesmo, para o número. E, após 30 minutos em espera, o call center me retornou com a mesma resposta. Aí eu fiquei ainda mais frustrada. Me senti roubada.
      O meu questionamento é: como pode uma empresa multinacional e uma representante de serviços da mesma reagir com tanto descaso ao consumidor? Me senti, e ainda me sinto, impotente por ter seguido as orientações e ter conduzido meu problema da maneira mais correta possível.
      Pra piorar a situação, levei em outra assistência técnica autorizada e eles me deram como diagnóstico "substituir o display completo que está danificado, não há como repará-lo". Palavras da própria assistência. E o valor do orçamento foi ainda mais caro que da primeira vez: R$6.565,00. Claro que não deixei lá, então tive que pagar uma taxa de R$180,00 dessa vez. 
      Estou sendo extremamente ridicularizada. Completamente impotente. Desesperada para que a Apple olhe para o meu problema. Confiei e investi na marca e estou passando por uma grande decepção. 
      Tentei contato em outros canais com a Apple e eles só me responderam via consumidor.org.br, no dia 21 de Junho. Até agora, dia 29 de Junho, nenhum outro update. 
       
      Mais alguém passou ou está passando por essa frustração? 
       

    • Por jonascandal
      Boa galera, blz?
      Então, eu sou produtor musical e áudiovisual e estou começando a desenvolver projetos que requerem configurações boas, atualmente tenho um Win i3 6gb 500gb porém o mesmo já está sofrendo muito para rodar meus projetos.
      Estou pesquisando trocar de computador, porém os preços dos Apple ainda estão bem altos, ainda mais na atual situação,
      Minha dúvida é o seguinte, pesquisando iMacs usados, em torno de 5k, acha alguns i5 com 8gb ou mais até, porém fica aquela dúvida, será se um iMac de 2011 ou anterior vai "aguentar" os processos pesados e programas de música / vídeo ? 
      Com o mesmo valor investido, consigo pegar um Win com config melhor, as vezes até zero, porém vejo muita gente dizendo que os Macs tem uma vantagem enorme para trabalho em relação aos Win.
      Compensa um iMac usado mesmo com configs "antigas"? 
      Pensei na possibilidade de um iMac pela facilidade do "tudo-em-um", já que os Macbooks mesmo usados ainda passam o limite, e os MacMini precisam de todos os "periféricos" conectados.
      Queria saber opiniões, Macbook? iMac? MacMini? Lembrando que até um 5k seria o ideal, já que a musica ainda não paga 100% minhas contas kk mas a ideia é um Comp que aguente mais uns anos até conseguir investir em um melhor.
      ps: estava pesquisando e boa parte vem com placa de vídeo "fraca", as vezes bate aquela vontade jogar, seria interessante um que rodasse mesmo no min uns joguinhos kk
       
      Valeeeeu!!
    • Por Camila Ramos
      Olá !
       
      Estou pensando em vender meu Macbook Air/19.
      é meu primeiro notebook da Apple e não sei como avaliar ele.
       
      Infos: Acabei de checar e ele está com 309 ciclos. Foi comprado em agosto de 2019.
      8GB
       
      Está em em perfeitas condições.
      Quanto mais ou menos eu poderia pedir por ele?
       
       
    • Por misael
      Pessoal,

      é possível instalar um SSD M2 (https://www.kabum.com.br/produto/115794/ssd-crucial-p2-500gb-m-2-nvme-leituras-2300mb-s-e-gravacoes-940mb-s-ct500p2ssd8?gclid=CjwKCAjwy42FBhB2EiwAJY0yQvqWRHzDDtNMoR8qi1nkrSZduko9EHL1gyDGO8xKkfQz7rz6IW5T3hoCA3AQAvD_BwE) no Macbook Pro 13' mid 2012? Se possível, o desempenho dele seria melhor do que de um SSD normal?
       
    • Por brunoffc
      Fala, galera 
      Estou necessitado de fazer um upgrade no meu mac pq ele tá extremamente lento e com a bateria já no limite e também pq não tenho 10k pra dar em um novo, mas estou em dúvidas em alguns pontos... 
       
      Qual a melhor marca de bateria disponível para ele? bbbaterias é um bom lugar de se comprar? 
       
      Tem alguma outra memória ram boa para o meu modelo de mac que não seja corsair ou crucial? os preços estão bem salgados... 
       
      SSD eu estou pendendo para o crucial, mas aceito dicas
       
      Deus os abençoe. 
    • Por lpz12
      Oi, pessoal! beleza?
      Tenho um mac mini late 2012 (comprado em 2014). em 2015 coloquei RAM da kingston, 2 slots de 8gb, totalizando 16gb, DDR3 1600.
      A questão é que eu trabalho com softwares de edição e exijo muito da memória, recentemente coloquei um SSD de 500gb da crucial que deu um novo fôlego, mas os 16gb de ram tão sempre ali no limite quando abro os softwares e acompanho pelo cleanmymac x.
      Queria saber se uma memória ram mais nova, da crucial ou corsair por exemplo, pode dar uma diferença de desempenho nele, ou se não vai fazer a menor diferença.
      Ah, eu fiz downgrade e uso o mojave!
       
      Valeuuuu
       
  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      53,3k
    • Total de Posts
      443,5k
×
×
  • Criar Novo...