Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

[Dúvida] Memória Mac Pro (2010 e 2012)


Posts Recomendados

Olá pessoal,

Gostaria de uma ajuda de vocês, pois não estou conseguindo entender uma situação.

Pretendo atualizar meus dois Macs Pro, sendo um de 2010 e outro de 2012.

O modelo de 2010 é Octa Core e o de 2012 é um Quad Core.

Até onde pesquisei, site da Apple e no Everymac, para ambos informam para usar memórias PC3-8500 1066Mhz, mas eu abrir eles, encontro memórias PC3-10600 1333Mhz. Alguém sabe porque isso?

Nos dois ao ver as opções dentro do "Sobre Este Mac", mostra memórias com 1066Mhz.

A minha dúvida é... compro memória 1066Mhz ou 1333Mhz? Entendo que a 1333Mhz tem mais velocidade, porém ela iria trabalhar em 1066Mhz, correto?

A diferença de preço entre elas é muito grande, onde o valor para 16GB das 1333Mhz, consigo comprar o dobro, se não mais.

As memórias vou encomendar por um amigo que irá vir dos EUA, e como é um objeto pequeno, vou aproveitar e pegar de maior capacidade. Só que preciso saber qual seria a mais indicada nesse caso.

O link sobre as duas máquinas vou deixar abaixo:

Mac Pro Octa-Core 2,4GHz

http://www.everymac.com/systems/apple/mac_pro/specs/mac-pro-eight-core-2.4-mid-2010-westmere-specs.html
https://support.apple.com/kb/sp589?locale=pt_BR

Mac Pro Quad Core 3,2GHz

http://www.everymac.com/systems/apple/mac_pro/specs/mac-pro-quad-core-3.2-mid-2012-nehalem-specs.html
https://support.apple.com/kb/SP652?viewlocale=pt_BR&locale=pt_BR

Observação: Nas páginas dos dois Macs Pro, diz assim: "Uses 1066 MHz DDR3 ECC SDRAM" (PC3-8500) modules"

Fico no aguardo da ajuda de vocês! Obrigado!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Respostas 33
  • Criado
  • Última resposta

Top Postadores Neste Tópico

Top Postadores Neste Tópico

Imagens Postadas

Em 24/01/2017 at 01:54, Samir Bridi disse:

Olá pessoal,

Gostaria de uma ajuda de vocês, pois não estou conseguindo entender uma situação.

Pretendo atualizar meus dois Macs Pro, sendo um de 2010 e outro de 2012.

O modelo de 2010 é Octa Core e o de 2012 é um Quad Core.

Até onde pesquisei, site da Apple e no Everymac, para ambos informam para usar memórias PC3-8500 1066Mhz, mas eu abrir eles, encontro memórias PC3-10600 1333Mhz. Alguém sabe porque isso?

Nos dois ao ver as opções dentro do "Sobre Este Mac", mostra memórias com 1066Mhz.

A minha dúvida é... compro memória 1066Mhz ou 1333Mhz? Entendo que a 1333Mhz tem mais velocidade, porém ela iria trabalhar em 1066Mhz, correto?

A diferença de preço entre elas é muito grande, onde o valor para 16GB das 1333Mhz, consigo comprar o dobro, se não mais.

As memórias vou encomendar por um amigo que irá vir dos EUA, e como é um objeto pequeno, vou aproveitar e pegar de maior capacidade. Só que preciso saber qual seria a mais indicada nesse caso.

O link sobre as duas máquinas vou deixar abaixo:

Mac Pro Octa-Core 2,4GHz

http://www.everymac.com/systems/apple/mac_pro/specs/mac-pro-eight-core-2.4-mid-2010-westmere-specs.html
https://support.apple.com/kb/sp589?locale=pt_BR

Mac Pro Quad Core 3,2GHz

http://www.everymac.com/systems/apple/mac_pro/specs/mac-pro-quad-core-3.2-mid-2012-nehalem-specs.html
https://support.apple.com/kb/SP652?viewlocale=pt_BR&locale=pt_BR

Observação: Nas páginas dos dois Macs Pro, diz assim: "Uses 1066 MHz DDR3 ECC SDRAM" (PC3-8500) modules"

Fico no aguardo da ajuda de vocês! Obrigado!

Mesmo que você compre as memórias 1333 MHz, os seus dois Macs trabalharão com elas a 1066 MHz, pois o controlador de memória deles operam nessa velocidade.

Processador do seu Mac Pro Octa-Core:
http://ark.intel.com/pt-br/products/47925/Intel-Xeon-Processor-E5620-12M-Cache-2_40-GHz-5_86-GTs-Intel-QPI

Processador do seu Mac Pro Quad-Core:
http://ark.intel.com/Pt-Br/products/39721/Intel-Xeon-Processor-W3565-8M-Cache-3_20-GHz-4_80-GTs-Intel-QPI


Para que as memórias trabalhem a 1333 MHz, você precisará fazer o upgrade do processador. No seu lugar eu aproveitaria a viagem do seu amigo e dependendo do preço que estiver lá fora, encomendaria dois processadores iguais ao do link abaixo com ele para o seu Mac dual processor, porque no Brasil eles valem uma nota (você vai precisar de algumas ferramentas específicas para fazer o upgrade, mas existem vários vídeos no YouTube explicando como fazer):
http://ark.intel.com/Pt-Br/products/52577/Intel-Xeon-Processor-X5675-12M-Cache-3_06-GHz-6_40-GTs-Intel-QPI

Este foi o processador mais forte utilizado no Mac Pro 5.1, dependendo do quanto você pretende gastar, vale bastante a pena.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

10 minutos atrás, DanielPsJr disse:

Mesmo que você compre as memórias 1333 MHz, os seus dois Macs trabalharão com elas a 1066 MHz, pois o controlador de memória deles operam nessa velocidade.

Processador do seu Mac Pro Octa-Core:
http://ark.intel.com/pt-br/products/47925/Intel-Xeon-Processor-E5620-12M-Cache-2_40-GHz-5_86-GTs-Intel-QPI

Processador do seu Mac Pro Quad-Core:
http://ark.intel.com/Pt-Br/products/39721/Intel-Xeon-Processor-W3565-8M-Cache-3_20-GHz-4_80-GTs-Intel-QPI


Para que as memórias trabalhem a 1333 MHz, você precisará fazer o upgrade do processador. No seu lugar eu aproveitaria a viagem do seu amigo e dependendo do preço que estiver lá fora, encomendaria dois processadores iguais ao do link abaixo com ele para o seu Mac dual processor, porque no Brasil eles valem uma nota (você vai precisar de algumas ferramentas específicas para fazer o upgrade, mas existem vários vídeos no YouTube explicando como fazer):
http://ark.intel.com/Pt-Br/products/52577/Intel-Xeon-Processor-X5675-12M-Cache-3_06-GHz-6_40-GTs-Intel-QPI

Este foi o processador mais forte utilizado no Mac Pro 5.1, dependendo do quanto você pretende gastar, vale bastante a pena.

Obrigado pela dica!

Vou pensar a respeito disso...

O mais estranho que achei, foi que os dois MAC PRO vieram de fábrica com memórias 1333MHz. Sei que mesmo usando essas, elas irão trabalhar apenas em 1066MHz, só que não entendi porque a Apple fez isso. Será que já seria para um futuro Upgrade?

Eu fiz uma pesquisa rápida e esse processador estaria uns R$700/cada, ficando R$1.400, o que não chega ao valor de 1 aqui no Brasil (MercadoLivre)

Na questão das memórias, eu gastaria algo em torno de R$300, isso para 24GB (6x 4GB). A minha ideia principal é aumentar os 6GB do Octa-Core para 16GB e o Quad-Core de 8GB para 12GB. Depois futuramente procurar processador para as duas máquinas.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Só para constar...

O Mac Pro Octa-Core que só possui 6GB, parece na verdade estar com 3GB, pois é muito mais lente que o Quad-Core que possui 8GB e apenas um processador.

Ambas as máquinas estão com um SSHD, e o Octa-Core deveria ser superior, mas é mais lento, e ainda por cima não tem todos os recursos instalados que o outro possui, por isso estou querendo colocar mais memória e ver se resolve meu problema, acelerando a máquina.

@DanielPsJr notei que na sua assinatura que possui também um Mac Pro Octa-Core parecido com o meu, só a diferença é que possui 32GB de RAM e duas placas de vídeo. Poderia me dar mais dicas de como melhorar a minha máquina, sem antes trocar os processadores?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Samir Bridi,

Deve haver algo de errado com a sua máquina Octa-Core.

No relatorio do sistema, ela reporta os 6GB que estão instalados? Qual foi a última vez que você fez uma instalação limpa do sistema?

Antes de lhe dar mais dicas para fazer o upgrade, preciso entender melhor para o que você utiliza a máquina, incluindo o nome das aplicações.

Apenas sugeri o upgrade do processador, para que você pudesse tirar proveito das memórias 1333MHz, mas não há necessidade de fazê-lo, dependendo do seu uso.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@DanielPsJr

Utilizo a máquina hoje pra edição de vídeo, e a instalação do sistema que uso hoje (Sierra), foi limpa, ou seja, não há nenhum vestígio do sistema anterior.

Os programas são os da Adobe e também alguns outros, mas não é sempre que ele fica meio lento, porém já notei nas atividades que 6GB é muito pouco. Às vezes fica uns 300mb livre, isso mostra do pelo CleanMyMac.

Sobre o relatório, sim ele suporta, inclusive a minha possui a mesma configuração da sua (2x2,4GHz). A minha placa de vídeo é uma ATI Radeon 1GB. Essa eu acho que futuramente terei que tentar melhorar, pois muitos programas hoje utilizam a performance da placa de vídeo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

9 horas atrás, Samir Bridi disse:

@DanielPsJr

Utilizo a máquina hoje pra edição de vídeo, e a instalação do sistema que uso hoje (Sierra), foi limpa, ou seja, não há nenhum vestígio do sistema anterior.

Os programas são os da Adobe e também alguns outros, mas não é sempre que ele fica meio lento, porém já notei nas atividades que 6GB é muito pouco. Às vezes fica uns 300mb livre, isso mostra do pelo CleanMyMac.

Sobre o relatório, sim ele suporta, inclusive a minha possui a mesma configuração da sua (2x2,4GHz). A minha placa de vídeo é uma ATI Radeon 1GB. Essa eu acho que futuramente terei que tentar melhorar, pois muitos programas hoje utilizam a performance da placa de vídeo.

@Samir Bridi,

Vou detalhar os possíveis upgrades para a sua máquina por etapas, começando dos mais em conta para os mais caros:


Upgrade de Armazenamento: Qual o modelo de SSHD que você está utilizando? É de 5400RPM ou 7200RPM? Quais são as taxas de leitura e gravação? No meu Mac eu utilizo um RAID 0 de SSD da série UV400, que possui boas taxas de leitura e gravação por um preço acessível. Por mais que o seu SSHD seja melhor que um HD convencional, ele muito provavelmente não possui o mesmo desempenho que um SSD (dos mais recentes, pelo menos). Mas ainda assim enfrentamos a limitação da versão do SATA dos nossos Macs (SATA II), que possui uma taxa de 3Gbit/s (ou 300MB/s), que o RAID 0 acaba contornando (o meu RAID de UV400 marca cerca de 500MB/s de leitura e gravação). Uma outra opção é utilizar adaptadores SATA para PCIe, que conseguem obter as taxas máximas do SSD (neste caso para valer o investimento, o ideal seria utilizar uma série de "performance" como os MX300 da Crucial, que são um dos melhores do mercado). Resumindo, um upgrade para SSD é sempre recomendável para qualquer computador, pois proporciona ao sistema operacional e aos aplicativos, que respondam muito mais rápido às requisições realizadas pelo usuário (é claro que os HDs não são completamente substituíveis, afinal haja dinheiro para manter todo o sistema com SSD. Eu mesmo por exemplo, tenho o RAID 0 de SSD somente para o sistema operacional e para os aplicativos, e 8TB de HDs para armazenar os meus arquivos).

Upgrade de Memória RAM: Com certeza 6GB é uma grande limitação para o potencial que a sua máquina possui e ainda mais para o uso que você faz dela. Um upgrade de memória é muito recomendável no seu caso. Como você vai pedir para um amigo trazer do exterior (o que tornará as coisas bem mais possíveis financeiramente falando), por que já não encomendar pelo menos 32GB? É claro que os 24GB que você mencionou já melhorariam e muito o desempenho atual do seu Mac e provavelmente já resolveriam o seu problema neste momento, mas a minha opinião é que memória RAM nunca é de mais (não vamos entrar na questão que a configuração que você tinha escolhido possivelmente era para manter o triple channel, porque na prática não obtém grande vantagem sobre o dual channel).

Upgrade de Placa de Vídeo: Esta também é uma grande limitação da sua máquina, a HD 5770 já está bem ultrapassada, porém não é o que está tornando-a inutilizável pelo que mencionou. Como você está utilizando os softwares da Adobe, as placas mais indicadas são as da NVIDIA. Segue abaixo um post bem detalhado e muito bem explicado sobre este upgrade. Pessoalmente também recomendo que você o realize, mas se o seu orçamento estiver curto, priorize os outros dois itens anteriores. 

Upgrade do Processador: Aqui é onde a coisa fica mais cara. O seu Mac Pro dual processor, que é igual ao que possuo, com certeza dá conta do recado. Em benchmarks com score multi core como o Geekbench, os dois processadores marcam praticamente a mesma pontuação que um i7 6700K, que é muito mais recente (não se esqueça que o hardware das nossas máquinas já está fazendo aniversário de 7 anos), mas se você estiver com o "orçamento livre" e quiser garantir mais alguns bons anos de vida para o seu Mac Pro (isso se a Apple não nos fizer o favor de remover o suporte do macOS como já fez com os Macs de 2006-2009), um upgrade para o processador que lhe informei anteriormente seria um investimento muito bem gasto. Mas lembre-se, para atividades corriqueiras talvez a diferença não seja perceptível, o que iria mudar na prática, seria o tempo em que você realiza determinadas atividades, como na renderização de imagens, conversões de vídeo, etc (além de proporcionar utilizar as memórias em 1333 MHz como te disse antes - é claro, se elas forem dessa velocidade).


Espero ter lhe ajudado, qualquer dúvida é só falar.

 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

1 hora atrás, DanielPsJr disse:

@Samir Bridi,

Vou detalhar os possíveis upgrades para a sua máquina por etapas, começando dos mais em conta para os mais caros:


Upgrade de Armazenamento: Qual o modelo de SSHD que você está utilizando? É de 5400RPM ou 7200RPM? Quais são as taxas de leitura e gravação? No meu Mac eu utilizo um RAID 0 de SSD da série UV400, que possui boas taxas de leitura e gravação por um preço acessível. Por mais que o seu SSHD seja melhor que um HD convencional, ele muito provavelmente não possui o mesmo desempenho que um SSD (dos mais recentes, pelo menos). Mas ainda assim enfrentamos a limitação da versão do SATA dos nossos Macs (SATA II), que possui uma taxa de 3Gbit/s (ou 300MB/s), que o RAID 0 acaba contornando (o meu RAID de UV400 marca cerca de 500MB/s de leitura e gravação). Uma outra opção é utilizar adaptadores SATA para PCIe, que conseguem obter as taxas máximas do SSD (neste caso para valer o investimento, o ideal seria utilizar uma série de "performance" como os MX300 da Crucial, que são um dos melhores do mercado). Resumindo, um upgrade para SSD é sempre recomendável para qualquer computador, pois proporciona ao sistema operacional e aos aplicativos, que respondam muito mais rápido às requisições realizadas pelo usuário (é claro que os HDs não são completamente substituíveis, afinal haja dinheiro para manter todo o sistema com SSD. Eu mesmo por exemplo, tenho o RAID 0 de SSD somente para o sistema operacional e para os aplicativos, e 8TB de HDs para armazenar os meus arquivos).

Upgrade de Memória RAM: Com certeza 6GB é uma grande limitação para o potencial que a sua máquina possui e ainda mais para o uso que você faz dela. Um upgrade de memória é muito recomendável no seu caso. Como você vai pedir para um amigo trazer do exterior (o que tornará as coisas bem mais possíveis financeiramente falando), por que já não encomendar pelo menos 32GB? É claro que os 24GB que você mencionou já melhorariam e muito o desempenho atual do seu Mac e provavelmente já resolveriam o seu problema neste momento, mas a minha opinião é que memória RAM nunca é de mais (não vamos entrar na questão que a configuração que você tinha escolhido possivelmente era para manter o triple channel, porque na prática não obtém grande vantagem sobre o dual channel).

Upgrade de Placa de Vídeo: Esta também é uma grande limitação da sua máquina, a HD 5770 já está bem ultrapassada, porém não é o que está tornando-a inutilizável pelo que mencionou. Como você está utilizando os softwares da Adobe, as placas mais indicadas são as da NVIDIA. Segue abaixo um post bem detalhado e muito bem explicado sobre este upgrade. Pessoalmente também recomendo que você o realize, mas se o seu orçamento estiver curto, priorize os outros dois itens anteriores. 

Upgrade do Processador: Aqui é onde a coisa fica mais cara. O seu Mac Pro dual processor, que é igual ao que possuo, com certeza dá conta do recado. Em benchmarks com score multi core como o Geekbench, os dois processadores marcam praticamente a mesma pontuação que um i7 6700K, que é muito mais recente (não se esqueça que o hardware das nossas máquinas já está fazendo aniversário de 7 anos), mas se você estiver com o "orçamento livre" e quiser garantir mais alguns bons anos de vida para o seu Mac Pro (isso se a Apple não nos fizer o favor de remover o suporte do macOS como já fez com os Macs de 2006-2009), um upgrade para o processador que lhe informei anteriormente seria um investimento muito bem gasto. Mas lembre-se, para atividades corriqueiras talvez a diferença não seja perceptível, o que iria mudar na prática, seria o tempo em que você realiza determinadas atividades, como na renderização de imagens, conversões de vídeo, etc (além de proporcionar utilizar as memórias em 1333 MHz como te disse antes - é claro, se elas forem dessa velocidade).


Espero ter lhe ajudado, qualquer dúvida é só falar.

 

 

Tchê! Que baita aula! :D

Muito obrigado por todas as dicas que você mencionou, com certeza irá me ajudar muito e também a outros usuários que forem buscar informações sobre o mesmo assunto.

Vou pesquisar sobre as taxas de leitura/gravação dos meus SSHDs, e dependendo, trocar para um SSD. Pena que o valor de um com 512GB é bem salgado aqui no Brasil, mas conseguindo de fora, já ajuda bastante. Ainda sim, penso em até fazer um Fusion Drive, mas para isso vou precisar estudar como fazer, pois posso colocar um SSD de 120GB e usar esse SSHD de 1TB para ajudar na questão de armazenamento.

Ah! Os SSHDs que tenho são 7200RPM e SATA III, o que infelizmente no Mac Pro não consegue obter o máximo desempenho dele :(

Li em alguns lugares que o Mac Pro tem algumas incompatibilidade com HDs de 2TB ou superior, isso é verdade ou não?

Sobre as memórias, pensei em pegar até mais que os 24GB, já que encontrei um valor legal nas memórias de 4GB, ou seja, vou usar os 4 slots de cada processador. Infelizmente os demais upgrade, terei que deixar para mais tarde, pois não estou com muita verba agora, quem sabe meio do ano ou final do ano, mas colocando mais memória, certamente irá ajudar e muito.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Samir Bridi, imagina, estamos aqui para aprender e ajudar :)

Infelizmente alguns membros do fórum postam qualquer coisa só para contabilizar mais um post no contador, mas fazer o que né, rs.

Sobre as taxas de leitura e gravação, você pode utilizar o AJA System Test e o Blackmagic Disk Speed Test, ambos são gratuitos e estão disponíveis para download na Mac App Store.

Se você não for utilizar o adaptador SATA para PCIe, recomendo que compre dois SSDs iguais (de 128GB, 240GB ou o que o seu orçamento permitir) e faça o RAID 0.

No meu Mac eu utilizo 4x HDs de 2TB e não tenho nenhum problema de compatibilidade, este tamanho era inclusive possível de configuração na época da nossa máquina. Já cheguei a ler em algum lugar sobre incompatibilidade com o HD de 3TB, mas vira e mexe também vejo algumas máquinas fazendo uso do mesmo.

Editado por DanielPsJr
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

7 horas atrás, DanielPsJr disse:

@Samir Bridi, imagina, estamos aqui para aprender e ajudar :)

Infelizmente alguns membros do fórum postam qualquer coisa só para contabilizar mais um post no contador, mas fazer o que né, rs.

Sobre as taxas de leitura e gravação, você pode utilizar o AJA System Test e o Blackmagic Disk Speed Test, ambos são gratuitos e estão disponíveis para download na Mac App Store.

Se você não for utilizar o adaptador SATA para PCIe, recomendo que compre dois SSDs iguais (de 128GB, 240GB ou o que o seu orçamento permitir) e faça o RAID 0.

No meu Mac eu utilizo 4x HDs de 2TB e não tenho nenhum problema de compatibilidade, este tamanho era inclusive possível de configuração na época da nossa máquina. Já cheguei a ler em algum lugar sobre incompatibilidade com o HD de 3TB, mas vira e mexe também vejo algumas máquinas fazendo uso do mesmo.

É verdade...

Esses tempos mesmo eu vi alguns comentários das quais não tinha nada a ver com o tópico criado, mas é a vida...

Fiz o teste com o BlackMagic Disk Speed Test, e acusou 175Mb/s de gravação e 195Mb/s de leitura. Realmente esta bem abaixo até mesmo dos 300Mb/s de um SSD, o que já deve melhor ainda mais o desempenho do sistema. Estou pensando mesmo em mais para frente tentar buscar um SSD de 240GB e fazer um Fusion Drive, assim terei o ganho no desempenho e no armazenamento.

Infelizmente hoje no sistema da Apple não temos como decidir onde os programas serão instalados, igual ao Windows, por isso tenho medo de colocar direto um SDD sem o Fusion Drive.

Eu hoje ainda não comprei esses HD de 2TB para o Mac Pro, devido a alguns artigos que li a respeito da incompatibilidade, mas você agora dizendo que tens e que funciona, já penso em aumentar a capacidade para final do ano, que é onde mais tenho trabalho.

Esse RAID 0 que você fez, tu esta usando duas placas PCI-SSD? Poderia me fornecer mais detalhes sobre isso, tive interesse em ver como funciona.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Samir Bridi,

Nunca montei um Fusion Drive, mas o procedimento me pareceu ser um pouco mais trabalhoso que o RAID 0, que é nativo do sistema (felizmente a Apple nos devolveu a possibilidade de fazê-lo no Sierra).

Quando eu estava usando somente um SSD costumava mover manualmente os apps que não permitem a escolha do local de instalação (alguns permitem escolher sim).

Para fazer o RAID com os SSDs, comprei dois adaptadores de 5.25 para 2.5 e removi o drive de DVD, mas também existe um adaptador SATA para PCIe que permite fazer o RAID 0 (oferece mais do que o dobro de performance do que eu tenho hoje, mas só tem para vender nos EUA e comprar pelo eBay não rola por conta dos custos de importação já pré-definidos): http://www.sonnettech.com/product/tempossdproplus.html

Segue uma foto da montagem do meu RAID:

IMG_0065_2.jpg

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Fala pessoal,

Esse topico sobre Mac Pro está tão interessante que resolvi participar também...B)

A grande vantagem dos Mac Pros 4.1 e 5.1 (2009 ~ 2012) é justamente permitir uma gama muito grande de upgrades, não que isso os tornem superiores aos Mac Pro 6.1 (2013 em diante) mas em alguns casos é possível equipará-los um pouco aos novos, para torná-los digamos, menos obsoletos.

Alguns podem até ser perguntar, mas por que afinal investir numa máquina já com seus 5 ~ 7 anos de idade ? Vale a pena ? Não seria melhor juntar essa grana dos upgrades, vender o velho e pegar o novo ?

A resposta pode até parecer óbvia mas não é tão simples assim. O fato é que os novos Mac Pros (lixeira) são muito caros, com a carga de impostos + o valor "Apple" no Brasil, comprar um novo Mac Pro hoje é algo para poucos, ao mesmo tempo, o valor de mercado dos Mac Pros antigos (ralador de queijo) os tornaram atrativos devido a baixa procura e grande oferta de máquinas em pleno funcionamento.

O hardware do Mac Pro sempre foi alvo de elogios e admiração, são máquinas muito bem construídas, refrigeração eficiente, robustas e de acordo com sua idade, máquinas muito capazes. O fato da Apple empregar processadores da série Xeon e memórias ECC além claro de fartura em slots PCIe 2.0, torna essas máquinas aptas para trabalhos pesados mesmo nos dias de hoje, muitos dos Mac Pros 4.1 e 5.1 são capazes por exemplo de editar vídeos em 4K com o simples investimento numa GPU moderna de digamos R$ 2.500,00, não é pouco, mas esse valor somado ao valor de um Mac Pro antigo está bem aquém do valor de um Mac Pro novo.

Além de tudo que comentei no parágrafo acima, há ainda aqueles que como eu possuem hardware legado, são placas de captura de vídeo, placas com DSPs dedicados para processar áudio, storages Fibre Channel que usam slots PCIe que inexistem nos novos Mac Pros.

Claro que é possível adquirir enclosures PCIe para Thunderbolt mas são difíceis de serem encontrados no Brasil e custam muito...mas muito caro. Para se ter idéia, um enclosure da Magma com 3 slots PCIe para TB2 custa hoje no Brasil aproximadamente R$ 6.000,00, ou seja, um setup completo desses mais um Mac Pro novo bem configurado não sai por menos de R$ 30.000,00. O mesmo setup com um Mac Pro antigo com 32GB de RAM ECC e uma GeForce GTX 980 chutando alto custaria algo em torno de R$ 15.000,00. Claro que a performance em alguns casos não será a mesma, mas o trabalho com certeza será concluído nos dois setups.

Não podemos esquecer também que os novos Mac Pros usam placas da AMD, logo, sem possibilidade "nativa" de usar CUDA, portanto, esqueça aceleração em aplicações profissionais da Adobe e DaVinci enquanto estas não oferecerem compatibilidade total com OpenCL. Lógico que podemos utilizar uma solução de eGPU tipo Bizon Box ou Akitio e conectar uma GPU GeForce num Mac Pro novo usando a interface Thunderbolt 2, lembrando que isto irá custar um bom dinheiro e as soluções de eGPU para Mac ainda estão num estágio digamos "intermediário", ou seja, ainda há muitos bugs e limitações em setups deste tipo.

Agora, chega de tagarelar e já que o tópico tomou o rumo dos SSDs usados como meio de armazenamento nos Mac Pros antigos, vou falar um pouco de minha experiência nesse território.

Como vocês, também cheguei no ponto onde comecei a pesar a performance dos HDs do meu Mac Pro, tenho um 5.1 twelve core (2 x X5670) com 64GB RAM ECC rodando a 1333Mhz, minha GPU é uma ATI Radeon HD 5870, ultrapassada já mas edita projetos até 1080p com fluidez no FCPX. Porém a performance dos meus HDs não acompanha o poder da máquina, de início, troquei 2 HDs por 2 SSDs Samsung EVO 840 de 250GB cada.

A performance melhorou mas não a ponto de me animar, por natureza sou um cara chato, procuro na medida do possível extrair o melhor do menor e para mim ainda não estava bom. Contornei essa situação montando um volume em RAID0 com os dois SSDs, a performance dobrou mas como sabem, nossos "raladores de queijo" pecam por ter apenas interfaces SATAII limitadas a 3Gb/s, taxas médias de 500MB/s me atendiam nas edições mas quis ir além. Pesquisando soluções de adaptadores SATAIII para Mac Pro me deparei com placas PCIe com dois canais SATA de 6Gb/s o que me daria uma taxa média de 1000MB/s mas aí encontrei um problema. Para eu utilizar meus SSDs nas baias do Mac Pro eu teria que fazer adaptações no backplane SATA original do Mac Pro, e como disse anteriormente, sou um cara chato e como tal odeio gambiarras.

Pesquisando um pouco mais deparei-me com uma nova categoria de SSDs, são os chamados M.2 ou NGFF. Esses SSDs tem uma característica interessante, eles possuem um controlador de interface própria e um "form factor" bem compacto. Há 3 tipos de SSDs NGFF, aqueles com interface SATA que continuam limitados aos 6Gb/s, aqueles com interface PCIe AHCI que são limitados pelos número de lanes (x2 ou x4) e por fim aqueles com interface PCIe NVMExpress (x4) que não são compatíveis com nossos Mac Pro para volumes inicializáveis (boot).

De pronto já excluí os SSDs m.2 com interface SATA e os M.2 com interface PCIe NVMExpress, sobraram os M.2 PCIe AHCI que são capazes de inicializar nossos Mac Pros e oferecem performance próxima dos 1500MB/s. Existem 2 modelos particularmente interessantes para nossos Mac Pros, os Samsung XP941 e os Samsung SM951, ambos tem variações AHCI e NVMExpress, lembrando que para nós tem que ser AHCI. Os NVMExpress podem ser usados com a instalação de um driver especial como unidades de armazenamento secundárias, mas estas unidades não são bootáveis.

Existem muitas outras marcas de SSDs M.2 PCIe AHCI compatíveis com nossos Mac Pros, mas os Samsung são confiáveis e já foram exaustivamente testados na gringa, por isso limitei minha escolha a eles. Aí veio outro ponto importante, pela natureza de como os SSDs são construídos e funcionam, SSDs maiores possuem taxas de leitura/gravação maiores, logo, limitei novamente minha busca em unidades de 512GB. Infelizmente os Samsung SM951 AHCI são difíceis de ser encontrados mesmo lá fora, os mais comuns são de 128GB e 256GB AHCI ou 512GB NVMExpress. Além disso, eles custam mais caro embora ofereçam taxas superiores de leitura/gravação bem próxima dos 1500MB/s comentados anteriormente.

Por sorte, encontrei um Samsung XP941 AHCI de 512GB, sua interface PCIe é x4 e nesta capacidade oferece taxas médias de leitura de 1120MB/s e gravação de 999MB/s, não é bem o que eu queria mas o preço dessas belezuras começam a pesar na escolha e na relação custo/benefício acabei optando por ele mesmo.

Ainda tive que comprar um adaptador PCIe para NGFF M.2, encontrei um adaptador genérico mas muito bom que suporta a interface PCIe x4 já com 5GT/s, ou seja, PCIe 2.0 e estou hoje usando ele em meu Mac Pro.

Todo meu workflow melhorou da água pro vinho, de quebra, ainda tenho dois SSDs SATA conectado nas portas SATAII do Mac Pro onde instalei outras versões de MacOS e isso me ajuda bastante para testes ou mesmo validar minhas placas legadas.

Na gringa, existe um adaptador PCIe NGFF M.2 Quad, ele é PCIe x16 e pode comportar até 4 SSDs M.2 SM951 operando em RAID0 rompendo a barreira dos 5600MB/s mas o custo dessa brincadeira mesmo lá fora, iria ficar em proibitivos US$ 5,000.00, isso mesmo, você não leu errado não, são 5000 trumps no que é hoje considerada a mais rápida solução de armazenamento para os Mac Pros antigos.

Pessoal, posso desculpas pelo post gigante, mas tudo isso foi para exemplificar como os Mac Pros antigos ainda são máquinas que se bem configuradas podem realizar o mesmo trabalho dos novos Mac Pros por uma "fatia" do valor destes. Comentei em outro post sobre Mac Pro como escolher uma GPU moderna para nossas máquinas e turbiná-las a ponto de bater pau-a-pau com as novas também nesse quesito, pode ter certeza que vale a longa leitura !

Grande abraço !

Editado por pollaris
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

38 minutos atrás, pollaris disse:

Fala pessoal,

Esse topico sobre Mac Pro está tão interessante que resolvi participar também...B)

A grande vantagem dos Mac Pros 4.1 e 5.1 (2009 ~ 2012) é justamente permitir uma gama muito grande de upgrades, não que isso os tornem superiores aos Mac Pro 6.1 (2013 em diante) mas em alguns casos é possível equipará-los um pouco aos novos, para torná-los digamos, menos obsoletos.

Alguns podem até ser perguntar, mas por que afinal investir numa máquina já com seus 5 ~ 7 anos de idade ? Vale a pena ? Não seria melhor juntar essa grana dos upgrades, vender o velho e pegar o novo ?

A resposta pode até parecer óbvia mas não é tão simples assim. O fato é que os novos Mac Pros (lixeira) são muito caros, com a carga de impostos + o valor "Apple" no Brasil, comprar um novo Mac Pro hoje é algo para poucos, ao mesmo tempo, o valor de mercado dos Mac Pros antigos (ralador de queijo) os tornaram atrativos devido a baixa procura e grande oferta de máquinas em pleno funcionamento.

O hardware do Mac Pro sempre foi alvo de elogios e admiração, são máquinas muito bem construídas, refrigeração eficiente, robustas e de acordo com sua idade, máquinas muito capazes. O fato da Apple empregar processadores da série Xeon e memórias ECC além claro de fartura em slots PCIe 2.0, torna essas máquinas aptas para trabalhos pesados mesmo nos dias de hoje, muitos dos Mac Pros 4.1 e 5.1 são capazes por exemplo de editar vídeos em 4K com o simples investimento numa GPU moderna de digamos R$ 2.500,00, não é pouco, mas esse valor somado ao valor de um Mac Pro antigo está bem aquém do valor de um Mac Pro novo.

Além de tudo que comentei no parágrafo acima, há ainda aqueles que como eu possuem hardware legado, são placas de captura de vídeo, placas com DSPs dedicados para processar áudio, storages Fibre Channel que usam slots PCIe que inexistem nos novos Mac Pros.

Claro que é possível adquirir enclosures PCIe para Thunderbolt mas são difíceis de serem encontrados no Brasil e custam muito...mas muito caro. Para se ter idéia, um enclosure da Magma com 3 slots PCIe para TB2 custa hoje no Brasil aproximadamente R$ 6.000,00, ou seja, um setup completo desses mais um Mac Pro novo bem configurado não sai por menos de R$ 30.000,00. O mesmo setup com um Mac Pro antigo com 32GB de RAM ECC e uma GeForce GTX 980 chutando alto custaria algo em torno de R$ 15.000,00. Claro que a performance em alguns casos não será a mesma, mas o trabalho com certeza será concluído nos dois setups.

Não podemos esquecer também que os novos Mac Pros usam placas da AMD, logo, sem possibilidade "nativa" de usar CUDA, portanto, esqueça aceleração em aplicações profissionais da Adobe e DaVinci enquanto estas não oferecerem compatibilidade total com OpenCL. Lógico que podemos utilizar uma solução de eGPU tipo Bizon Box ou Akitio e conectar uma GPU GeForce num Mac Pro novo usando a interface Thunderbolt 2, lembrando que isto irá custar um bom dinheiro e as soluções de eGPU para Mac ainda estão num estágio digamos "intermediário", ou seja, ainda há muitos bugs e limitações em setups deste tipo.

Agora, chega de tagarelar e já que o tópico tomou o rumo dos SSDs usados como meio de armazenamento nos Mac Pros antigos, vou falar um pouco de minha experiência nesse território.

Como vocês, também cheguei no ponto onde comecei a pesar a performance dos HDs do meu Mac Pro, tenho um 5.1 twelve core (2 x X5670) com 64GB RAM ECC rodando a 1333Mhz, minha GPU é uma ATI Radeon HD 5870, ultrapassada já mas edita projetos até 1080p com fluidez no FCPX. Porém a performance dos meus HDs não acompanha o poder da máquina, de início, troquei 2 HDs por 2 SSDs Samsung EVO 840 de 250GB cada.

A performance melhorou mas não a ponto de me animar, por natureza sou um cara chato, procuro na medida do possível extrair o melhor do menor e para mim ainda não estava bom. Contornei essa situação montando um volume em RAID0 com os dois SSDs, a performance dobrou mas como sabem, nossos "raladores de queijo" pecam por ter apenas interfaces SATAII limitadas a 3Gb/s, taxas médias de 500MB/s me atendiam nas edições mas quis ir além. Pesquisando soluções de adaptadores SATAIII para Mac Pro me deparei com placas PCIe com dois canais SATA de 6Gb/s o que me daria uma taxa média de 1000MB/s mas aí encontrei um problema. Para eu utilizar meus SSDs nas baias do Mac Pro eu teria que fazer adaptações no backplane SATA original do Mac Pro, e como disse anteriormente, sou um cara chato e como tal odeio gambiarras.

Pesquisando um pouco mais deparei-me com uma nova categoria de SSDs, são os chamados M.2 ou NGFF. Esses SSDs tem uma característica interessante, eles possuem um controlador de interface própria e um "form factor" bem compacto. Há 3 tipos de SSDs NGFF, aqueles com interface SATA que continuam limitados aos 6Gb/s, aqueles com interface PCIe AHCI que são limitados pelos número de lanes (x2 ou x4) e por fim aqueles com interface PCIe NVMExpress (x4) que não são compatíveis com nossos Mac Pro para volumes inicializáveis (boot).

De pronto já excluí os SSDs m.2 com interface SATA e os M.2 com interface PCIe NVMExpress, sobraram os M.2 PCIe AHCI que são capazes de inicializar nossos Mac Pros e oferecem performance próxima dos 1500MB/s. Existem 2 modelos particularmente interessantes para nossos Mac Pros, os Samsung XP941 e os Samsung SM951, ambos tem variações AHCI e NVMExpress, lembrando que para nós tem que ser AHCI. Os NVMExpress podem ser usados com a instalação de um driver especial como unidades de armazenamento secundárias, mas estas unidades não são bootáveis.

Existem muitas outras marcas de SSDs M.2 PCIe AHCI compatíveis com nossos Mac Pros, mas os Samsung são confiáveis e já foram exaustivamente testados na gringa, por isso limitei minha escolha a eles. Aí veio outro ponto importante, pela natureza de como os SSDs são construídos e funcionam, SSDs maiores possuem taxas de leitura/gravação maiores, logo, limitei novamente minha busca em unidades de 512GB. Infelizmente os Samsung SM951 AHCI são difíceis de ser encontrados mesmo lá fora, os mais comuns são de 128GB e 256GB AHCI ou 512GB NVMExpress. Além disso, eles custam mais caro embora ofereçam taxas superiores de leitura/gravação bem próxima dos 1500MB/s comentados anteriormente.

Por sorte, encontrei um Samsung XP941 AHCI de 512GB, sua interface PCIe é x4 e nesta capacidade oferece taxas médias de leitura de 1120MB/s e gravação de 999MB/s, não é bem o que eu queria mas o preço dessas belezuras começam a pesar na escolha e na relação custo/benefício acabei optando por ele mesmo.

Ainda tive que comprar um adaptador PCIe para NGFF M.2, encontrei um adaptador genérico mas muito bom que suporta a interface PCIe x4 já com 5GT/s, ou seja, PCIe 2.0 e estou hoje usando ele em meu Mac Pro.

Todo meu workflow melhorou da água pro vinho, de quebra, ainda tenho dois SSDs SATA conectado nas portas SATAII do Mac Pro onde instalei outras versões de MacOS e isso me ajuda bastante para testes ou mesmo validar minhas placas legadas.

Na gringa, existe um adaptador PCIe NGFF M.2 Quad, ele é PCIe x16 e pode comportar até 4 SSDs M.2 SM951 operando em RAID0 rompendo a barreira dos 5600MB/s mas o custo dessa brincadeira mesmo lá fora, iria ficar em proibitivos US$ 5,000.00, isso mesmo, você não leu errado não, são 5000 trumps no que é hoje considerada a mais rápida solução de armazenamento para os Mac Pros antigos.

Pessoal, posso desculpas pelo post gigante, mas tudo isso foi para exemplificar como os Mac Pros antigos ainda são máquinas que se bem configuradas podem realizar o mesmo trabalho dos novos Mac Pros por uma "fatia" do valor destes. Comentei em outro post sobre Mac Pro como escolher uma GPU moderna para nossas máquinas e turbiná-las a ponto de bater pau-a-pau com as novas também nesse quesito, pode ter certeza que vale a longa leitura !

Grande abraço !

@pollaris,

Os seus posts são gigantes, mas com certeza valem a leitura, rsrs.

Indiquei o seu post das GPUs para o @Samir Bridi, conforme você pode ver no histórico deste tópico. Considero ele o melhor compilado de informações no nosso idioma (ao menos do que eu já lembro ter visto), pena que você postou depois que eu já tinha gastado algum tempo de vida pesquisando e lendo em fóruns gringos, mas devo confessar que não me arrependo do tempo que gastei B)

Também estava cogitando utilizar um adaptador para M2 mais pra frente, mas encontrar um controlador compatível com os nossos Macs, pode não ser uma tarefa fácil. Poderia compartilhar conosco qual você está utilizando?

Outra coisa que estou atrás também, é um adaptador PCIe de USB 3.0. Você utiliza algum por acaso?

Editado por DanielPsJr
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

HAHAHAHA Obrigado Daniel, são grandes mesmo, sei lá, não gosto de ler mas adoro escrever... As vezes é tanta coisa que acabo cometendo umas gafes ortográficas mas o que vale é a intenção de ajudar mesmo.

Eu escrevi aquela "bíblia" sobre as GPUs por 2 motivos, primeiro que não tinha nada em português e sempre via a galeria com dúvida. Segundo que mesmo na gringa, sempre achei muita informação desencontrada e muita informação errada ou que induzia ao erro.

Agradeço por ter lembrando do post e fico feliz que tenha gostado, pena que não foi tão útil para você mas espero de coração que seja útil para outros que assim como nós, tivemos que ralar caçando e juntando informação aos montes em outro idioma e ir experimentando na tentativa e erro até achar a solução ideal para dar sobrevida aos nossos Mac Pros.

Em relação ao adaptador, o que utilizo é um genérico, não tem marca nenhuma mas existe um perfeitamente compatível e de marca que posso recomendar, é o Lycom DT-120 muito usado na gringa e bem elogiado por sinal. Esse tem ótimo custo/benefício mas se você quiser algo realmente "power" e estiver disposto a romper fronteiras vá de Amfeltec mas já aviso, estes custam os olhos da cara + um rim !!!

Um detalhe interessante que acho importante frizar, o adaptador PCIe para NGFF M.2 é uma espécie de placa "pass-thru", ele não possui nenhum IC ou componente especial, possui apenas as trilhas elétricas que fazem a ponte do slot PCIe para o slot M.2. Como eu mencionei no post anterior a interface está embutida no próprio form factor dos SSDs NGFF e por isso mesmo é importante também estar atento a este detalhe já que há versões de M.2 SATA, PCIe AHCI e PCIe NVMExpress.

Já nos adaptadores PCIe para M.2 mais invocados como os da Anfeltec, possuem dissipadores pois os SSDs NGFF costumam esquentar um pouco e possuem também ICs dedicados e alguns chipset próprio para realizar RAID por hardware.

Um alternativa comercial já pronta interessante é o OWC Accelsior, é basicamente a controladora PCIe com 2 SSDs M.2 com interface SATA, esse é pegar, instalar no Mac Pro e ser feliz mas a velocidade de leitura/gravação fica aquém da solução que usei pois eles são SATAIII e não PCIe "puro".

Eu atualmente não estou usando nenhuma interface PCIe para USB3.0 porque não tenho essa necessidade no Mac Pro, mas posso recomendar as placas da Sonnet e NewerTech que são totalmente compatíveis com nossos Mac Pros, há inclusive modelos com USB3.0 e eSATA.

Ambas marcas são tradicionais no mundo Apple, quem conhece Apple de longa data deve se lembrar dos upgrades de PowerPC G3 para os Power Macintosh e Mac Performa que tornaram a Sonnet notória em upgrades para Macs.

Tá vendo, acabei escrevendo demais de novo...rssssss

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ahhh Daniel,

Existe ainda uma outra opção, há na gringa adaptadores PCIe para NGFF no formato proprietário Apple, esses adaptadores permitem usar os mesmos SSDs que a Apple usa nos MacBooks Pro e Air, são mais difíceis de ser encontrados no Brasil e não há suporte para boot no Mac Pro embora alguns fizeram funcionar. 

A princípio eu pensei em usar um SSD Apple e quase comprei um desses pra testar no meu Mac Pro mas depois que vi o preço dos SSDs Apple e sem garantia de funcionar 100% acabei desistindo da idéia e indo para os NGFF convencionais no formato M.2 

Eu ia correr o risco pois os SSDs da Apple são os mais rápidos disponíveis hoje, mas depois com muita pesquisa acabei concluindo que eles são variantes dos XP941 e SM951 da Samsung apenas com o conector proprietário o que na prática talvez não resultasse em grande diferença.

Editado por pollaris
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Caraca! Que tópico mais lindo... Só informações imprescindíveis!!

Obrigado @pollaris por participar, toda e qualquer informação para melhorar ainda mais o desempenho de nossos Mac Pro, são ótimas!

@pollaris Esse SSD que você menciona são aqueles via chip correto? Quando troquei o HD do iMac da minha irmã por um SSD, notei que tem um espaço no iMac dela para colocar esse tipo de SSD direto na placa, e também pesquisei que são muito mais rápidos. O valor deles não difere muito dos SSD comuns, mas para os nossos Mac Pro, teria que comprar um adaptador para isso realmente. Existe por um acaso um adaptador duplo, onde possa colocar 2 placas SSD M2, e fazer RAID 0?

@DanielPsJr Eu hoje tenho um PCIe de USB 3.0 da Inateck. Infelizmente só funciona até a versão 10.9.5 do sistema operacional, mas hoje uso o El Capitan e a placa ainda continua funcionando, porém apenas 2 portas das 4. Como você não gosta de gambiarras assim como eu, recomendo essas PCie sem utilizar cabo de força para funcionar, porém são mais caras que as demais.

Aqui alguns modelos:

https://www.amazon.com/Oodelay-UB-131-SuperSpeed-Profile-Windows/dp/B00XB64AMO/ref=sr_1_2?ie=UTF8&qid=1485879612&sr=8-2&keywords=pcie+usb+3.0+mac+pro

https://www.amazon.com/Sonnet-Allegro-Pro-PCIe-card/dp/B00XPUHO10/ref=sr_1_4?ie=UTF8&qid=1485879612&sr=8-4&keywords=pcie+usb+3.0+mac+pro

https://www.amazon.com/Sonnet-Allegro-4-Port-Windows-Compatible/dp/B00GRGCV2G/ref=sr_1_7?ie=UTF8&qid=1485879612&sr=8-7&keywords=pcie+usb+3.0+mac+pro

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

1 hora atrás, Samir Bridi disse:

Caraca! Que tópico mais lindo... Só informações imprescindíveis!!

Obrigado @pollaris por participar, toda e qualquer informação para melhorar ainda mais o desempenho de nossos Mac Pro, são ótimas!

@pollaris Esse SSD que você menciona são aqueles via chip correto? Quando troquei o HD do iMac da minha irmã por um SSD, notei que tem um espaço no iMac dela para colocar esse tipo de SSD direto na placa, e também pesquisei que são muito mais rápidos. O valor deles não difere muito dos SSD comuns, mas para os nossos Mac Pro, teria que comprar um adaptador para isso realmente. Existe por um acaso um adaptador duplo, onde possa colocar 2 placas SSD M2, e fazer RAID 0?

Boa tarde Samir,

Isso mesmo, são aqueles SSDs que se parecem com um módulo de memória RAM.

Em relação ao adaptador, existem sim versões que podem acomodar 2 ou 4 SSDs M.2 em RAID 0.

Esses adaptadores são produzidos pela Amfeltec mas custam muito caro mesmo comprando lá fora (+/- US$ 300,00) e simplesmente desapareceram do mercado, nem mesmo no e-bay estou encontrando eles. Por enquanto, não existem alternativas à Amfeltec com valor inferior e o mesmo padrão de qualidade, compatibilidade e desempenho.

Uma solução mais simples seria utilizar 2 adaptadores, cada um em seu respectivo slot PCIe dentro do Mac Pro e fazer o RAID 0, irá funcionar perfeitamente, só não é uma solução tão elegante quanto usar um adaptador com 2 ou 4 slots M.2 além da desvantagem de ocupar 2 slots PCIe do Mac Pro.

Atenção que existe um adaptador com 2 slots M.2 muito fácil de ser encontrado (mesmo no Brasil), porém com sinalização do slot M.2 diferente, um dos slots é M.2 Key M (usados geralmente nos SSDs PCIe) e o outro slot é Key B (usado nos SSDs SATA). Esses da Amfeltec que menciono possuem 2 ou 4 slots M.2 Key M (que é o que realmente nos interessam pois permitem taxas bem mais altas).

 

Editado por pollaris
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

4 minutos atrás, pollaris disse:

Boa tarde Samir,

Isso mesmo, são aqueles SSDs que se parecem com um módulo de memória RAM.

Em relação ao adaptador, existem sim versões que podem acomodar 2 ou 4 SSDs M.2 em RAID 0.

Esses adaptadores são produzidos pela Amfeltec mas custam muito caro mesmo comprando lá fora (+/- US$ 300,00) e simplesmente desapareceram do mercado, nem mesmo no e-bay estou encontrando eles. Por enquanto, não existem alternativas à Amfeltec com valor inferior e o mesmo padrão de qualidade, compatibilidade e desempenho.

Uma solução mais simples seria utilizar 2 adaptadores, cada um em seu respectivo slot PCIe dentro do Mac Pro e fazer o RAID 0, irá funcionar perfeitamente, só não é uma solução tão elegante quanto usar um adaptador com 2 ou 4 slots M.2 além da desvantagem de ocupar 2 slots PCIe do Mac Pro.

Atenção que existe um adaptador com 2 slots M.2 muito fácil de ser encontrado (mesmo no Brasil), porém com sinalização do slot M.2 diferente, um dos slots é M.2 Key M (usados geralmente nos SSDs PCIe) e o outro slot é Key B (usado nos SSDs SATA). Esses da Amfeltec que menciono possuem 2 ou 4 slots M.2 Key M (que é o que realmente nos interessam pois permitirão taxas mais altas).

 

Opa! Show!

Vou procurar mais a respeito desses adaptadores e também desses SSDs.

Assim como no nosso amigo @DanielPsJr odeio gambiarras! Sou mais em gastar um pouco e colocar uma placa PCie com esses SSD (M2), porém tentar com 2 slots, o que já vai ajudar e muito.

Esses dois modelos seriam compatíveis com o nosso Mac Pro:

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-711194455-ssd-m2-250gb-samsung-850-evo-mz-n53250bw-m2-sata-lll-_JM

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-799323278-ssd-sandisk-x400-512gb-m2-m2-2280-leitura-540-mbs-_JM

Infelizmente são bem mais caros que os SSDs comuns, mas como ainda uso hoje em dia o gravador de DVD, não tenho como me desfazer e colocar SSD comum em RAID 0, só fazendo umas gambiarras mesmo interna.

Esse pelo que noto, possui 2 slots mas seria Key B, o que deve usar a taxa de até 500Mb/s, isso?

https://www.amazon.com/SilverStone-Technology-PCI-E-Adapter-ECM20/dp/B01798WOJ0/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1485885878&sr=8-1&keywords=pcie+m2

Esse o modelo simples do Key M:

https://www.amazon.com/SilverStone-Technology-PCI-E-Card-ECM21/dp/B01M7MPU9J/ref=sr_1_3?ie=UTF8&qid=1485886041&sr=8-3&keywords=pcie+m2+key+M

Pela Amazon, encontra diversos modelos, só resta saber qual é bom, que seja compatível com o Mac Pro e que realmente vai entregar a taxa de velocidade.

Os que tem dessa marca que você mencionou, são bem diferentes desses ai (http://amfeltec.com/squid-pci-express-carrier-boards-for-m-2-ssd-modules/?view=list). Inclusive tem até cooler para refrigerar os slots :o

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

22 minutos atrás, Samir Bridi disse:

Opa! Show!

Vou procurar mais a respeito desses adaptadores e também desses SSDs.

Assim como no nosso amigo @DanielPsJr odeio gambiarras! Sou mais em gastar um pouco e colocar uma placa PCie com esses SSD (M2), porém tentar com 2 slots, o que já vai ajudar e muito.

Esses dois modelos seriam compatíveis com o nosso Mac Pro:

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-711194455-ssd-m2-250gb-samsung-850-evo-mz-n53250bw-m2-sata-lll-_JM

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-799323278-ssd-sandisk-x400-512gb-m2-m2-2280-leitura-540-mbs-_JM

Infelizmente são bem mais caros que os SSDs comuns, mas como ainda uso hoje em dia o gravador de DVD, não tenho como me desfazer e colocar SSD comum em RAID 0, só fazendo umas gambiarras mesmo interna.

Esse pelo que noto, possui 2 slots mas seria Key B, o que deve usar a taxa de até 500Mb/s, isso?

https://www.amazon.com/SilverStone-Technology-PCI-E-Adapter-ECM20/dp/B01798WOJ0/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1485885878&sr=8-1&keywords=pcie+m2

Esse o modelo simples do Key M:

https://www.amazon.com/SilverStone-Technology-PCI-E-Card-ECM21/dp/B01M7MPU9J/ref=sr_1_3?ie=UTF8&qid=1485886041&sr=8-3&keywords=pcie+m2+key+M

Pela Amazon, encontra diversos modelos, só resta saber qual é bom, que seja compatível com o Mac Pro e que realmente vai entregar a taxa de velocidade.

Os que tem dessa marca que você mencionou, são bem diferentes desses ai (http://amfeltec.com/squid-pci-express-carrier-boards-for-m-2-ssd-modules/?view=list). Inclusive tem até cooler para refrigerar os slots :o

Samir,

Esses 2 SSDs M.2 dos links do ML que você postou são SATA III, ou seja, tirando o fato de que são menores que os SSDs 2,5" padrão, não oferecem ganhos significativos em performance continuando limitados nos 500~550MB/s. Mas se a dúvida era justamente essa, sim, eles são compatíveis com nossos Mac Pros.

Os SSDs M.2 PCIe são mais caros sim, lembre-se que eles possuem uma controladora embutida e isso acaba encarecendo o produto, note também que os SSDs padrão M.2 são relativamente novos no mercado (introduzidos em meados de 2014) e começaram a se popularizar no Brasil no início de 2016, por isso, ainda custam muito caro.

O adaptador do primeiro link da Amazon é dual, isto significa que ele pode operar tanto com SSDs SATA quanto PCIe, note que ele possui 2 portas M.2 sendo uma delas Key M (PCIe) e outra Key B (SATA).

O adaptador do segundo link da Amazon é M.2 Key M, bem parecido com os usados em nossos Mac Pros e provavelmente irá funcionar sem maior stress.

Sim, os Amfeltec são top, gostaria muito de ter o Quad com 4 SM951s mas sem chance (leia-se $$$) pra isso agora.

Em relação a compatibilidade, sei que há trocentos milhões de adaptadores e "provavelmente" todos farão exatamente a mesma coisa, mas se não quer correr riscos testando adaptadores que podem não funcionar como o esperado, recomendo comprar o Lycom DT-120, esse é garantido que funciona e é facinho de achar mesmo aqui no Brasil.

Editado por pollaris
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Obrigado pelas dicas @pollaris!

Gostei dessa opção de usar o SSD via PCie, mesmo sendo bem mais caro, mas não seria preciso nenhuma gambiarra interna do Mac Pro, e continuo mantendo a gravadora de DVD.

Meu único problema é o investimento ser sempre para dois Mac Pro, pois fazer upgrade em um apenas, ao usar o outro, a diferença fica enorme, mas vamos conforme o bolso heheheh

Como comentei acima com o @DanielPsJr, vou investir primeiro nas memórias dos dois, aumentando o do Octa-Core para 32GB e o do Quad-Core para 16GB. Hoje meu Octa-Core tem apenas 6GB de ram, ou seja, 3GB (3x1GB) em cada processador. É rápido e tudo, mas peca na hora de abrir mais programas e trabalhar em segundo plano, justamente por falta de memória. Já o meu Octa-Core, possui 8GB (4x2GB) e roda mais liso... Futuramente quero investir nesse SSD via PCie e também em processadores novos, pois como tu mesmo disse, nossos raladores de queijo ainda vão muito longe!

Gosto do ralador de queijo pela vantagem dos upgrades e também de poder usar HDs interno, o que no Mac Pro (lixeira), é tudo externo (USB 3.0 ou Thunderbolt). Pesquisei os valores dos cases via Thunderbolt e são uma fortuna, então ainda sim vou investir nos meus raladores aqui heheheh

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe do debate

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, entre agora para postar com ela.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.




  • Conteúdo Similar

    • Por Edy Oliveira
      Apple Mac Mini (2012), processador i5, 16gb de ram, 500GB HD. Em perfeito estado, sem nenhuma marca na carcaça e funcionando perfeitamente!
      Teclado APPLE sem fio, conexão bluetooth, original apple, funciona perfeitamente com o macOS. 
      Tudo em ótimo estado! É comprar, instalar e usar! Sem nenhum problema!
      Envio o Mac formatado.
      Obs: Mac mini vai com caixa, manual e cabos.

       
      Características
      MarcaApple Linha Mac mini (2012) Modelo Mac Mini 2.5 GHz Processador Intel Core i5 dual core, 2,5GHz Memória RAM 16 GB Capacidade de armazenamento 500 GB Nome do sistema operacional Mac Versão do sistema operacional Sierra 10.12 Conectividade Wi-Fi,Porta Ethernet,Bluetooth Portas de vídeo VGA,DVI

      R$ 1.800,00



    • Por ericlb
      Boa noite, pessoal!
      Segue descrição mais detalhada do aparelho:
      • Modelo: iPhone 11 Pro
      • Armazenamento: 64GB
      • Cor: Midnight Green (verde meia-noite)
      • Origem: Brasil (modelo Anatel comprado no Ponto Frio com NF em meu nome e carregador padrão brasileiro)
      • Data de ativação: 01/05/2020 (menos de um ano e meio de uso)
      • Garantia: Venceu em 30/04/2021, mas nunca precisou ser acionada.
      • Saúde da bateria: 83%
      • Motivo da venda: Consegui uma promoção interessante no 12 Pro e optei por fazer o upgrade.
      • Acessórios: O iPhone acompanha todos os acessórios originais (fone de ouvido + carregador USB-C de 20W + cabo USB-C para lightning) + capa de brinde.
      • Estado de conservação: Ótimo. Só não digo perfeito pois possui aqueles leves riscos na tela ocasionados pelos bolsos das calças e pela falta de película protetora, mas nada que seja visível durante o uso... apenas contra a luz (e com muito esforço, rsrs) é possível observar – sou perfeccionista e reparo nesse mínimos detalhes, então gosto de mencionar para que o comprador esteja ciente também.
      FOTOS: https://drive.google.com/drive/folders/1QQfP9CESpv3ZzTG2Wp3tJwXCejaV_ms2?usp=sharing
      Tenho diversas referências aqui no fórum como comprador e vendedor. A quem interessar, me avise que passo.
      A respeito do preço, vi uma média de R$4.000,00 a R$4.500,00 dependendo do estado do aparelho, então pensei em pedir no meio dessa faixa, em torno de R$4.300,00, mas posso negociar.
      Sou do Rio de Janeiro e dou preferência para o negócio presencial, mas posso fazer via MercadoLivre para segurança de ambas as partes caso o interessado seja de outro estado.
      Grande abraço a todos e bons negócios!
    • Por Mary Staub
      Entrego em mãos em São Paulo. 
      Motivo da venda: troca pelo iPad Pro 12,9
      441 ciclos de bateria.
      Valor: R$8.200 (apenas o Mac)
      R$9.000 com teclado original e suporte.
       
      WhatsApp: 11 99698-0224









    • Por augustorosasco
      https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-2011278952-macbook-pro-13-128gb-8gb-27ghz-early-2015-a1502-_JM
      Apple Macbook Pro Retina 13 I5 2.7ghz 8gb 128gb.
      Acompanha dois carregadores, dentre eles o original. 
      Atualizado na última versão do sistema operacional (MacOS Big Sur).
      Em ótimo estado de funcionamento.
      Marcas de uso (um risco na traseira, marquinha leve na borda inferior e dois pés de apoio trocados, vide fotos)  
      Tela em perfeito estado. 
      Som um pouco estourado (Problema comum com MacBooks desse modelo, porém nunca atrapalhou pois sempre usei com fones)
      Bateria com 794 Ciclos 
      Não aceito trocas.
      Despacho para todo Brasil, entrega em mãos na região da Av Paulista.
    • Por Fernando Braz
      Vendendo meu iPad Air pois não me adaptei, ainda na garantia até ano que vem.
      Acompanha Pencil de segunda geração, película já aplicada e case smart folio.
      R$5.990 completo.
      Sempre utilizado com capa e película, equipamento impecável.
      Aceito troca com macbook M1.

      Retirada em mãos por SP e pagamento na hora via PIX.

    • Por Iran Parra
      Oi gente, eu gostaria de tirar uma dúvida.
      Eu comprei um MacBook Pro 13" 2012 usado e as luzes de indicação de bateria laterais não acendem quando eu aperto o botão... Nem elas e nem a luz branca frontal que pisca quando ele está fechado em repouso. O que eu posso fazer para consertar? Essas luzes são conectadas onde e o que comanda o funcionamento delas? 
      Observação: Eu já resetei o SMC e NVRAM mas não solucionou os problemas. Por favor me ajudem, agradeço desde já.     :D
    • Por Desirée Oliveira
      No início do ano, a tela do meu computador MacBook Pro deu um problema e apareceram glitches incontroláveis. O aparelho é o modelo MacBook Pro 15” i7/ 2.6 Ghz/ 512 GB ssd/ 16 gb/ Touch Bar / Cinza Espacial e então decidi procurar uma Assistência Autorizada da marca no Brasil/SP. Fui até a empresa STI Tecnologia, deixei para orçamento e eles me instruíram a realizar a troca do display inteiro. O valor desse serviço era de R$ 5.475,00. O que se espera de um investimento desses é o máximo de qualidade e eficiência. Na época, entenderam que o problema existia a partir de negligência de uso - modus operandi da assistência. Acreditando no que me disseram, aceitei a proposta e seguimos com a troca do display.
      No dia 05 de Março, retirei o equipamento da loja e, naquele momento, me disseram que a garantia do serviço/peça era de 3 meses. No dia, questionei porque de ser tão pouco tempo, já que são peças originais, e a atendente me informou que era procedimento da Apple.
      O computador é a minha ferramenta de trabalho e é com ele que eu consigo sobreviver financeiramente. Os aparelhos da Apple não são nem um pouco acessíveis, assim como seus serviços. Ter essa ferramenta e realizar um serviço autorizado, com peças originais, não foi simples. Demandou muito investimento, suor e horas trabalhadas. Esse aparelho é meu patrimônio.
      Para minha surpresa, no dia 14 de Junho, alguns glitches voltaram a aparecer no meu equipamento e no dia 15 de Junho liguei para a STI agendando um horário para mostrar o que estava acontecendo. A empresa marcou horário para o dia 18 de Junho, pela manhã. Chegando lá, contei minha história para um novo atendente e ele chamou sua superior para entender como proceder. Após cerca de 20min de espera a resposta chegou: me informaram que a garantia havia vencido no dia 05 de Junho e não poderiam fazer nada sobre isso. O PROBLEMA VOLTOU A ACONTECER 9 DIAS DEPOIS DA GARANTIA DELES. A solução que me deram era de deixar meu computador novamente, realizar um novo orçamento e, provavelmente, ter que desembolsar um valor semelhante ou maior que o serviço anterior. Mas me deram uma alternativa: deixar o equipamento e, se eu não autorizasse o serviço, pagar uma taxa de R$100,00. Engraçado, pra não dizer trágico, é que o mesmo problema aconteceu com a máquina, mas dessa vez a negligência de uso não existia. Ou seja: será que não foi, desde o início, um problema de fabricação? Pedi para falar com o técnico responsável pela troca do display para me explicar um pouco mais do diagnóstico que ele tinha dado, mas ele se recusou a conversar comigo. 
      No momento, fiquei indignada! Como é possível 9 dias depois da garantia o equipamento original que eles trocaram não estar mais funcionando? O serviço deles foi tratado como alimento perecível. Os atendentes da loja disseram pra eu entrar em contato com o 0800 da própria Apple e então liguei, dali mesmo, para o número. E, após 30 minutos em espera, o call center me retornou com a mesma resposta. Aí eu fiquei ainda mais frustrada. Me senti roubada.
      O meu questionamento é: como pode uma empresa multinacional e uma representante de serviços da mesma reagir com tanto descaso ao consumidor? Me senti, e ainda me sinto, impotente por ter seguido as orientações e ter conduzido meu problema da maneira mais correta possível.
      Pra piorar a situação, levei em outra assistência técnica autorizada e eles me deram como diagnóstico "substituir o display completo que está danificado, não há como repará-lo". Palavras da própria assistência. E o valor do orçamento foi ainda mais caro que da primeira vez: R$6.565,00. Claro que não deixei lá, então tive que pagar uma taxa de R$180,00 dessa vez. 
      Estou sendo extremamente ridicularizada. Completamente impotente. Desesperada para que a Apple olhe para o meu problema. Confiei e investi na marca e estou passando por uma grande decepção. 
      Tentei contato em outros canais com a Apple e eles só me responderam via consumidor.org.br, no dia 21 de Junho. Até agora, dia 29 de Junho, nenhum outro update. 
       
      Mais alguém passou ou está passando por essa frustração? 
       

    • Por rmodesto
      Olá.
      Meu MacBook Air M1 está encerrando o Apple Music sozinho por falta de memória para aplicativos, esteja ele rodando sozinho no Mac ou com outros aplicativos. Ele está configurado para tocar as músicas em Dolby Atmos automaticamente e as músicas não estão baixadas.
      Qual poderia ser o problema? Se baixar as músicas evita esse problema?
       
    • Por jonascandal
      Boa galera, blz?
      Então, eu sou produtor musical e áudiovisual e estou começando a desenvolver projetos que requerem configurações boas, atualmente tenho um Win i3 6gb 500gb porém o mesmo já está sofrendo muito para rodar meus projetos.
      Estou pesquisando trocar de computador, porém os preços dos Apple ainda estão bem altos, ainda mais na atual situação,
      Minha dúvida é o seguinte, pesquisando iMacs usados, em torno de 5k, acha alguns i5 com 8gb ou mais até, porém fica aquela dúvida, será se um iMac de 2011 ou anterior vai "aguentar" os processos pesados e programas de música / vídeo ? 
      Com o mesmo valor investido, consigo pegar um Win com config melhor, as vezes até zero, porém vejo muita gente dizendo que os Macs tem uma vantagem enorme para trabalho em relação aos Win.
      Compensa um iMac usado mesmo com configs "antigas"? 
      Pensei na possibilidade de um iMac pela facilidade do "tudo-em-um", já que os Macbooks mesmo usados ainda passam o limite, e os MacMini precisam de todos os "periféricos" conectados.
      Queria saber opiniões, Macbook? iMac? MacMini? Lembrando que até um 5k seria o ideal, já que a musica ainda não paga 100% minhas contas kk mas a ideia é um Comp que aguente mais uns anos até conseguir investir em um melhor.
      ps: estava pesquisando e boa parte vem com placa de vídeo "fraca", as vezes bate aquela vontade jogar, seria interessante um que rodasse mesmo no min uns joguinhos kk
       
      Valeeeeu!!
    • Por Camila Ramos
      Olá !
       
      Estou pensando em vender meu Macbook Air/19.
      é meu primeiro notebook da Apple e não sei como avaliar ele.
       
      Infos: Acabei de checar e ele está com 309 ciclos. Foi comprado em agosto de 2019.
      8GB
       
      Está em em perfeitas condições.
      Quanto mais ou menos eu poderia pedir por ele?
       
       
  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      53k
    • Total de Posts
      442k
×
×
  • Criar Novo...