Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

iPhone 6s com oxidação


Posts Recomendados

Olá pessoal do MM, tudo certo?

Já criaram um post no site mas não encontrei nada por aqui, então resolvi escrever o que acabou de acontecer comigo.

Sim, eu tenho um iPhone 6s Space Gray que está com sinais de oxidação. Liguei hoje (01/07) para o suporte telefônico da AppleCare para entender a situação e me informar mais sobre o assunto. Expliquei com a maior paciência do mundo e durante a ligação, falaram repetidas vezes que o problema se tratava de um DESGASTE durante o uso do aparelho. Expliquei que a situação não era causada por desgaste, o aparelho sempre foi usado com uma case e começou a oxidar por problemas de fábrica.

Fui orientado a procurar uma assistência técnica autorizada para pagar por uma solução, pois a Apple não irá trocar nenhum aparelho por se tratar de um DESGASTE causado pelo próprio usuário. 

Eu parei por aqui. Tenho iPhone desde o 3G e meu próximo smartphone será um Galaxy. Não vou pagar um preço absurdo por um aparelho que não inova e que ainda oxida sem nenhuma culpa do usuário.

Alguém passando pelo mesmo problema?

Abraço!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Exatamente, a Apple está usando o argumento de que se trata de um dano cosmético, que não impede o uso do aparelho. O ideal é encher o saco da Apple e pedir para escalonar para o Apple Care nos EUA, o que seria o nível 3. 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A apple esta errada nessa situação em não aceitar trocar o aparelho por se tratar de um dano que não prejudica o uso do aparelho, pois quando o usuário for até uma iplace comprar seu novo iPhone (por exemplo, o próximo lançamento) e utilizar o programa de troca oferecido pela apple, a loja vai "pagar"menos por esse iPhone oxidado.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É um dos muitos casos em que a Apple trata como mero dano cosmético.  Logo ela não realizaa a troca do aparelho sob o argumento de que o dano cosmético não impede o uso pleno de todas as funcionalidades do mesmo, o que realmente é errado, pois o aparelho não está reagindo corretamente, pois está oxidando quando na verdade não deveria, e a causa da oxidação não é por culpa do usuário.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

17 horas atrás, Thales Allebrandt disse:

Criei um tópico relatando o mesmo problema com o iPhone 6s que possuo e a resposta por parte da assistência é a mesma: danos cosméticos...

 

É a Apple tripudiando com o consumidor. O produto tem um defeito que não atingiu só a ti, mas a centenas, milhares de usuários, e a Apple simplesmente diz que é um dano cosmético, o que desqualifica para a troca. Ora, um dano cosmético é um dano, assim como um dano no hardware e algumas pessoas podem se sentir lesadas em ter pago R$4.000,00 num celular que oxida "gratuitamente". Coisas que só a Apple faz, e esse argumento tem valido para quem leva para análise em Genius Bar aqui e no exterior. 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

4 horas atrás, Gustavo Jaccottet disse:

É a Apple tripudiando com o consumidor. O produto tem um defeito que não atingiu só a ti, mas a centenas, milhares de usuários, e a Apple simplesmente diz que é um dano cosmético, o que desqualifica para a troca. Ora, um dano cosmético é um dano, assim como um dano no hardware e algumas pessoas podem se sentir lesadas em ter pago R$4.000,00 num celular que oxida "gratuitamente". Coisas que só a Apple faz, e esse argumento tem valido para quem leva para análise em Genius Bar aqui e no exterior. 

Aqui não temos a sorte de ter uma Genius Bar, no máximo a iPlace. Mas concordo contigo, acho  um tapa na cara pagar mais de R$ 4.000,00 em um celular que oxida do nada, se fosse um caso isolado tudo bem, mas está cheio de relatos desse problema pra ser mero problema estético.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Qual vocês acham que pode ser a melhor saída pra esse problema?

Tenho um 6s Plus na cor ouro rosé.. Tava pensando em vender essa bomba o mais rápido possível pra não desvalorizar ainda mais e comprar ou um combo iPhone SE de 64GB + iPad Pro 9.7'' de 128GB ou esperar a chegada do 7 e ficar 3 meses sem celular rs

Tipo.. os erros raramente se repetem, mas me dá preguiça de saber que o iPhone 7 provavelmente vai ser revestido com o MESMO alumínio e vai ter as MESMAS faixas brancas que é perto de onde o smartphone oxida. As vezes penso que o melhor mesmo seja ir pro outro lado da força... E adquirir um S7 Edge (pink gold, só de pirraça)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em 8 de julho de 2016 at 08:30, phpm disse:

Qual vocês acham que pode ser a melhor saída pra esse problema?

Tenho um 6s Plus na cor ouro rosé.. Tava pensando em vender essa bomba o mais rápido possível pra não desvalorizar ainda mais e comprar ou um combo iPhone SE de 64GB + iPad Pro 9.7'' de 128GB ou esperar a chegada do 7 e ficar 3 meses sem celular rs

Tipo.. os erros raramente se repetem, mas me dá preguiça de saber que o iPhone 7 provavelmente vai ser revestido com o MESMO alumínio e vai ter as MESMAS faixas brancas que é perto de onde o smartphone oxida. As vezes penso que o melhor mesmo seja ir pro outro lado da força... E adquirir um S7 Edge (pink gold, só de pirraça)

Move uma ação no pequenas causas...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

34 minutos atrás, lcmazza disse:

Move uma ação no pequenas causas...

Tô pensando em fazer isso... Mas é um desgaste que talvez compense só pela indenização. 

Melhor do que simplesmente a troca, já que quem tá trocando tá sofrendo do mesmo problema. 

Essa é a solução, infelizmente.. Não queria partir pra medidas judiciais, ainda mais pelo blá blá blá de geral.. Muita gente foi contra eu adquirir um smartphone desse valor, e isso que me deixa mais chateado.. É como se fosse um tapa na cara, e que apesar disso, não tem como.. Meu próximo smart ainda vai ter que ser um iPhone.. Pelo sistema operacional..

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

1 minuto atrás, phpm disse:

Tô pensando em fazer isso... Mas é um desgaste que talvez compense só pela indenização. 

Melhor do que simplesmente a troca, já que quem tá trocando tá sofrendo do mesmo problema. 

Essa é a solução, infelizmente.. Não queria partir pra medidas judiciais, ainda mais pelo blá blá blá de geral.. Muita gente foi contra eu adquirir um smartphone desse valor, e isso que me deixa mais chateado.. É como se fosse um tapa na cara, e que apesar disso, não tem como.. Meu próximo smart ainda vai ter que ser um iPhone.. Pelo sistema operacional..

Deixa de ser bovino brasileiro e procure seus direitos. ;)

É super rápido e não precisa de advogado. Só explicar o que aconteceu, levar o doc num pendrive com os documentos e entrar com ação no CNPJ e endereço da Apple Brasil.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

27 minutos atrás, lcmazza disse:

Deixa de ser bovino brasileiro e procure seus direitos. ;)

É super rápido e não precisa de advogado. Só explicar o que aconteceu, levar o doc num pendrive com os documentos e entrar com ação no CNPJ e endereço da Apple Brasil.

bovino brasileiro haha

conhece alguém que entrou e venceu a causa?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Agora, phpm disse:

bovino brasileiro haha

conhece alguém que entrou e venceu a causa?

Eu já venci, mas não contra a Apple. Com eles estou avaliando se entrarei, pois troquei meu 6S Plus Space Gray por um novo, já que o anterior estava completamente auto-destruído em vários locais. A Apple trocou, mas a bomba ainda não tinha estourado como agora. Eles estão mais chatos... O meu novo também está ruinzinho, mas MUITO menos que o anterior e parou de se lascar. Acho que eu aguento ficar com ele assim, se não progredir. Mas se até o final da garantia ele piorar, aí vou tentar trocar e/ou entrar com uma ação. Não dá pra exagerar também... Mas se estiver ficando muito feio, tem mais é que correr atrás e levar todos os comprovantes que puder, inclusive de pessoas que conseguiram trocar e agora não trocam mais... Notícias, etc... Ninguém merece ficar com um produto tão caro que se auto-destrói. Isso vai contra qualquer natureza de direitos do consumidor.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

5 minutos atrás, lcmazza disse:

Eu já venci, mas não contra a Apple. Com eles estou avaliando se entrarei, pois troquei meu 6S Plus Space Gray por um novo, já que o anterior estava completamente auto-destruído em vários locais. A Apple trocou, mas a bomba ainda não tinha estourado como agora. Eles estão mais chatos... O meu novo também está ruinzinho, mas MUITO menos que o anterior e parou de se lascar. Acho que eu aguento ficar com ele assim, se não progredir. Mas se até o final da garantia ele piorar, aí vou tentar trocar e/ou entrar com uma ação. Não dá pra exagerar também... Mas se estiver ficando muito feio, tem mais é que correr atrás e levar todos os comprovantes que puder, inclusive de pessoas que conseguiram trocar e agora não trocam mais... Notícias, etc... Ninguém merece ficar com um produto tão caro que se auto-destrói. Isso vai contra qualquer natureza de direitos do consumidor.

Entendo.. O meu também está utilizável. As marcas são perto da entrada do fone de ouvido... na verdade começou assim... hj a parte de baixo tá toda zuada... cheia de riscos/marcas... é um detalhe que de longe ngm observa ou consegue notar, ainda mais por ser na região do aparelho que mais tem buracos. Mas depois que vc vê pela primeira vez, é como se a proporção daquilo fosse 100x maior do que realmente é.. em outras palavras, perde um pouco o tesão de usar o smartphone.. e tô pensando na desvalorização na hora de revender.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

1 minuto atrás, phpm disse:

Entendo.. O meu também está utilizável. As marcas são perto da entrada do fone de ouvido... na verdade começou assim... hj a parte de baixo tá toda zuada... cheia de riscos/marcas... é um detalhe que de longe ngm observa ou consegue notar, ainda mais por ser na região do aparelho que mais tem buracos. Mas depois que vc vê pela primeira vez, é como se a proporção daquilo fosse 100x maior do que realmente é.. em outras palavras, perde um pouco o tesão de usar o smartphone.. e tô pensando na desvalorização na hora de revender.

Se você está na dúvida se vale a pena passar por tudo, apesar de ser um processo simples, fica atento se ele está piorando e vá tirando fotos periódicas. No máximo servirão como provas... Agora, se piorar, aí dá raiva mesmo. Quanto a desvalorização, não se preocupe pois isso é mais supervalorizado por algumas poucas pessoas. Quem compra item usado não liga muito pra isso na maioria das vezes. Na minoria das vezes vai ter alguém exigente, mas aí que se f... vende pra outro que não seja. Não dá pra cobrar caro em coisa usada de qualquer forma, se quiser vender logo. 100 reais de diferença também, não vai pagar o combustível até o fórum rsrs 

Enfim, fica de olho na evolução e acho que a dica é essa. Abs e boa sorte

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

2 minutos atrás, lcmazza disse:

Se você está na dúvida se vale a pena passar por tudo, apesar de ser um processo simples, fica atento se ele está piorando e vá tirando fotos periódicas. No máximo servirão como provas... Agora, se piorar, aí dá raiva mesmo. Quanto a desvalorização, não se preocupe pois isso é mais supervalorizado por algumas poucas pessoas. Quem compra item usado não liga muito pra isso na maioria das vezes. Na minoria das vezes vai ter alguém exigente, mas aí que se f... vende pra outro que não seja. Não dá pra cobrar caro em coisa usada de qualquer forma, se quiser vender logo. 100 reais de diferença também, não vai pagar o combustível até o fórum rsrs 

Enfim, fica de olho na evolução e acho que a dica é essa. Abs e boa sorte

Vou fazer isso mesmo... tirar as fotos e ir guardando.. Qualquer coisa abro um processo mesmo

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O meu também está na mesma situação, um 6S Plus branco, sempre usado com a capa de couro da Apple. Uma vez tirei para limpar e reparei que tinha uns riscos irregulares no alumínio, exatamente como nas fotos que circulam por aí.

 

O mesmo "defeito cosmético by Apple" aparece bem evidente em volta das linhas da antena. Nunca deixei cair e sou super chato com o cuidado de eletrônicos.

 

O pior não é pagar mais de 4 mil em um aparelho e acontecer isso, o pior é a Apple não dar a mínima reconhecendo o erro. Não adianta trocar por outro porque vai acontecer a mesma coisa provavelmente. É a primeira vez em muitos anos que tenho problema com um iPhone. Eu vou reclamar com eles perto de vencer a garantia, lá por Novembro.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Estava vendo os relatos aqui de vocês e é um absurdo tudo isso que vem acontecendo. Primeiro com o iPhone 6/6 plus que entortava com facilidade e agora o 6s/6s plus oxidando. Aí a gente para e pensa: quanto tempo leva para um smartphone desse nível ser desenvolvido desde os rabiscos, aos moldes em 3D, protótipos e fabricação. Será possível que não há tempo o suficiente para a apple testar e observar o aparelho antes de lançar no mercado? Um aparelho desse custo tem que no mínimo aguentar firme e forte até o consumidor não querer mais ele e não começar a entortar e oxidar do nada, com um uso normal e seja ele com ou sem case. Eu mesmo uso meus smartphones sem nenhuma proteção e nunca tive problema de riscos, claro que eles eram de policarbonato na traseira mas o vidro da tela e as bordas de metal sempre se manteve intacto. Eu estou querendo muito comprar um iPhone, talvez o 7 e mesmo não tendo nenhuma novidade para mim acho meio válido já que seria o meu primeiro. Mas ao menos espero que haja novidades nos materiais utilizados na construção deles ou então ficará muito difícil. Outra coisa que resolveria esse problema seria a volta do corpo de vidro, embora os cuidados devem ser dobrados. Estou temeroso quanto ao investimento em um iPhone devido a inúmeras reclamações. Mas a minha vontade de ir para o iOS é muito grande.

Editado por lordney
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

1 hora atrás, lordney disse:

Estava vendo os relatos aqui de vocês e é um absurdo tudo isso que vem acontecendo. Primeiro com o iPhone 6/6 plus que entortava com facilidade e agora o 6s/6s plus oxidando. Aí a gente para e pensa: quanto tempo leva para um smartphone desse nível ser desenvolvido desde os rabiscos, aos moldes em 3D, protótipos e fabricação. Será possível que não há tempo o suficiente para a apple testar e observar o aparelho antes de lançar no mercado? Um aparelho desse custo tem que no mínimo aguentar firme e forte até o consumidor não querer mais ele e não começar a entortar e oxidar do nada, com um uso normal e seja ele com ou sem case. Eu mesmo uso meus smartphones sem nenhuma proteção e nunca tive problema de riscos, claro que eles eram de policarbonato na traseira mas o vidro da tela e as bordas de metal sempre se manteve intacto. Eu estou querendo muito comprar um iPhone, talvez o 7 e mesmo não tendo nenhuma novidade para mim acho meio válido já que seria o meu primeiro. Mas ao menos espero que haja novidades nos materiais utilizados na construção deles ou então ficará muito difícil. Outra coisa que resolveria esse problema seria a volta do corpo de vidro, embora os cuidados devem ser dobrados. Estou temeroso quanto ao investimento em um iPhone devido a inúmeras reclamações. Mas a minha vontade de ir para o iOS é muito grande.

Exato... Não era nem pra cogitarmos trocar e nem vender todo ano, mas esses defeitos do aparelho pedem por isso. O mais trágico é que hoje em dia um smartphone barato, de 1000 reais, cai, molha, e nada acontece com ele. Mas o iPhone é extremamente frágil.. além dos danos naturais dele, a própria estrutura dele é muuuuito frágil.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe do debate

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, entre agora para postar com ela.

Visitante
Responder este tópico…

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Limpar editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    • Nenhum usuário registrado visualizando esta página.



  • Conteúdo Similar

    • Por pedrodolce
      E aí tudo bem?
      Há duas semanas comprei um iPhone 13 Pro de 512GB, e estava dando tudo certo com ele, pelo menos até ontem…
      Desde ontem (25/11), qualquer ligação que eu faça feita com o alto-falante do iPhone, quem recebe a ligação fica ouvindo um chiado que não cessa (parecendo como se estivesse assoprando no microfone), porém esse chiado desaparece quando utilizo outras formas nas ligações, como usar AirPod ou deixar no viva-voz.
       
      De acordo com um tópico que encontrei em um blog de tecnologia, esse problema é idêntico ao relatado por alguns usuários no lançamento do iPhone 8, como podem ver no link: https://canaltech.com.br/amp/smartphone/iphone-8-plus-esta-apresentando-ruido-estatico-durante-ligacoes-100938/
       
      Queria saber se alguém está enfrentando o mesmo problema no iPhone 13 ou se já passou por isso com o iPhone 8 ou outros modelos, e o que fez para resolver.
       
      Obrigado!
       
    • Por Vitor Bastos
      iPhone sem qualquer detalhe, nenhum arranhão, tanto nas laterais, quando na tela e traseira. Sempre utilizado com capinha e película. Nunca caiu nem foi trocado nenhuma peça. Tudo funcionando 100% (Face ID, alto-falantes, microfone, câmeras).
      Porcentagem da bateria 89%.
      Valor: R$ 3.800,00
      Conteúdo:
      iPhone
      Cabo USB 
      Carregador
      Fones de ouvido (nunca utilizados)
      Não aceito trocas!
      Link da venda (mercado livre)
      https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-2095739268-iphone-xs-max-256gb-cinza-espacial-_JM







    • Por Ricardo Campos
      Preferencia para cor preta rsrs
    • Por Gilmar Jeronimo
      Iphone 8 64GB, pouco utilizado e simplesmente perfeito (saúde da bateria em 88%). Nenhuma avaria ou risco, tudo funcionando perfeitamente, um celular para pessoas muito exigentes. Celular desbloqueado, adquirido no Brasil e homologado pela Anatel, sem surpresas na hora de utilizar.

      Estou vendendo porque estava parado há um bom tempo!

      Não acompanha fone e não acompanha carregador e para compensar vai levar duas capinhas zeradas, uma da Spigem que só esta custa mais de R$ 100, e outra capinha original da apple.

      R$ 1.600











    • Por raffa_iphones
      Iphone XR 64 - preto - novo, lacrado na caixa!
      1 ano de garantia Apple.
      Link ML= https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-2075828070-apple-iphone-xr-64-gb-preto-_JM



    • Por BetoGaleazzo
      Calma! Antes de me crucificar pelo "relativamente simples", deixa eu explicar 😅
      Este tópico trata de uma curiosidade técnica e também de uma esperança para um futuro não distante, rs.
      Há alguns anos atrás se alguém dissesse que era possível aumentar a memória de armazenamento dos iPhones, iPads e iPods, seria instantaneamente taxado de mentiroso, porém com o avanço dos reparos a nível microeletrônico, isso se tornou possível. Não só aumentar o armazenamento, mas também reparar devices com defeitos de memória antes tratados como insolucionáveis (famosos erros 9, 4013 e 4014  do iTunes). O conhecimento começou a se disseminar, ferramentas novas foram sendo desenvolvidas e hoje é comum encontrar esse tipo de serviço em assistências especializadas em reparo de placa lógica.  Eu mesmo que nem me considero um gigante do microscópio, tampouco tenho um laboratório super fancy, faço com certa frequência esse tipo de upgrade e reparo.
      O vídeo abaixo mostra o procedimento de upgrade de armazenamento num MacBook Air 2020 M1. Irei explicar o que ele fez e dizer o porquê de ser mais fácil do que nos dispositivos mobile.
       
      Agora vamos lá. Provavelmente você pensou durante todo o vídeo que esse procedimento não é simples "nem aqui, nem na China" (ba dum tss), mas a real é que é simples, apesar de não poder ser feito pelo próprio usuário como nos Macs antigos. Explico: nos iPhones, iPads e iPods, a placa lógica é bem menor, logo a concentração de componentes é bem maior, o que torna o manuseio da estação de solda a ar mais complexo e arriscado. A chance de espalhar ar quente em componentes que não podem sofrer muito calor é grande, demanda muita prática e técnica. Você pode ver como é feito o procedimento em iPhones neste vídeo. A placa do Mac é bem ampla e os chips de memória estão consideravelmente separados dos demais. Outro ponto é que foi "basicamente" tirar dois chips, colocar dois chips e fazer a restauração. Já nos dispositivos mobile o chip NAND é vinculado a outros componentes da placa, até mesmo ao chip responsável pelo WiFi e Bluetooth, e quando é necessário efetuar o reparo ou fazer o upgrade do armazenamento nesses dispositivos, temos que remover também o chip de WiFi/BT (que também tem seus riscos por ficar próximo a diversos componentes importante) e usar um equipamento nada barato pra copiar dados da memória antiga pra nova (número de série do aparelho e outras informações). Então nesse ponto além de mais complexo quanto a remover os componentes sem danificar outros, também existem mais etapas e mais equipamentos necessários. Eu também não vi no vídeo outras complicações possíveis, causadas pelo chip T2 Security ou algo do tipo. -- Lembrando que este procedimento de troca dos chips de memória NÃO remove iCloud e nem senha de firmware/EFI.
      Já há um bom tempo é comum encontrar no AliExpress os chips de memória NAND dos iPhones em todas as capacidades possíveis, novos ou retirados de outro aparelho que não pôde ser reparado. Antigamente só mesmo removendo de outras placas lógicas que não tiveram reparo. Ainda não existem esses chips do Mac para comprar, e obviamente não deve ter muita placa lógica de M1 "morta" por aí pra remover componentes já que o modelo é relativamente novo, porém existe a possibilidade de que esses chips dos Macs venham a ser vendidos no varejo também. Caso aconteça, estamos falando da possibilidade de fazer upgrade de memória de armazenamento, ou reparar Macs que tenham tido problemas nesses componentes, causados por desgaste, por exemplo. Outro indicativo de que pode começar a rolar em breve, é que já existe stencil de reballing para M1 à venda na China, o que significa que por lá já estão fazendo esses procedimentos com mais frequência, inclusive com memória RAM.
      Nos novos Macs com processadores M1 Pro e M1 Max aparentemente o procedimento é o mesmo. Os chips já estão mais concentrados na placa (como você pode ver aqui aos 3m32s), o que vai demandar maior perícia, mas mesmo assim continua mais simples que nos dispositivos mobile.
      É gambiarra? Não! Se feito por um bom técnico que efetivamente sabe o que está fazendo e tem a perícia necessária, é um serviço indetectável. Há até como reaplicar resina após o reparo pra ficar exatamente como veio de fábrica. O sistema reconhece normalmente o novo armazenamento e não existem efeitos colaterais, como pode ocorrer com a função Hibernar quando se faz uso de adaptadores para SSDs NVME M2 nos MacBooks.
      Briga de cão e gato... A Apple dificultando a vida dos usuários e dos técnicos em relação à reparabilidade, mas há esperança. Como eu disse no início do tópico, um dia iPhones com defeito de placa eram condenados à lata do lixo e hoje tem reparo para quase tudo.
    • Por Fernando Braz
      iPhone 11 PRO de 512gb em perfeito estado, sem detalhes pois sempre foi utilizado com película e capinha.
      Acompanha aparelho, cabo, caixa e a capinha original também. Saúde da bateria em 85%.
      Pagamento será na hora via pix, estou em SP.
      R$5.500

    • Por Vinicius95
      iPhone comprado na Holanda no dia 25/09, chegou essa semana pra mim, foi aberto apenas para passar pela fiscalização! 
       
      Valor: R$ 8.900
      Valor via PIX e pode retirar em Curitiba no Shopping Pátio Batel


    • Por Gustavo Viegas
      Pessoal, alguém mais observou que a opção áudio espacial não tem botão de ativação? 
       
      no meu caso, não uso Apple Music (assino Spotify). Pode ser por isso?
      qualquer ajuda é bem vinda! Obrigado!
    • Por ericlb
      Boa noite, pessoal!
      Segue descrição mais detalhada do aparelho:
      • Modelo: iPhone 11 Pro
      • Armazenamento: 64GB
      • Cor: Midnight Green (verde meia-noite)
      • Origem: Brasil (modelo Anatel comprado no Ponto Frio com NF em meu nome e carregador padrão brasileiro)
      • Data de ativação: 01/05/2020 (menos de um ano e meio de uso)
      • Garantia: Venceu em 30/04/2021, mas nunca precisou ser acionada.
      • Saúde da bateria: 83%
      • Motivo da venda: Consegui uma promoção interessante no 12 Pro e optei por fazer o upgrade.
      • Acessórios: O iPhone acompanha todos os acessórios originais (fone de ouvido + carregador USB-C de 20W + cabo USB-C para lightning) + capa de brinde.
      • Estado de conservação: Ótimo. Só não digo perfeito pois possui aqueles leves riscos na tela ocasionados pelos bolsos das calças e pela falta de película protetora, mas nada que seja visível durante o uso... apenas contra a luz (e com muito esforço, rsrs) é possível observar – sou perfeccionista e reparo nesse mínimos detalhes, então gosto de mencionar para que o comprador esteja ciente também.
      FOTOS: https://drive.google.com/drive/folders/1QQfP9CESpv3ZzTG2Wp3tJwXCejaV_ms2?usp=sharing
      Tenho diversas referências aqui no fórum como comprador e vendedor. A quem interessar, me avise que passo.
      A respeito do preço, vi uma média de R$4.000,00 a R$4.500,00 dependendo do estado do aparelho, então pensei em pedir no meio dessa faixa, em torno de R$4.300,00, mas posso negociar.
      Sou do Rio de Janeiro e dou preferência para o negócio presencial, mas posso fazer via MercadoLivre para segurança de ambas as partes caso o interessado seja de outro estado.
      Grande abraço a todos e bons negócios!
  • Estatísticas do Fórum

    • Total de Tópicos
      53,1k
    • Total de Posts
      443,3k
×
×
  • Criar Novo...