Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''UPGRADE''.

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Apple Inc.
    • Apple, Revendas & Assistências
    • Novidades & Rumores
  • Hardware
    • Desktops
    • Laptops
    • Smartphones, Tablets & Gadgets
    • Periféricos, Acessórios & Componentes
    • Hackintosh
  • Software
    • Aplicativos (apps)
    • macOS
    • Outros Sistemas & Mac vs. PC
    • Programação & Desenvolvimento para iOS
  • Outros Tópicos
    • Conectividade: Redes & Internet
    • Multimídia
    • Apple TV+
    • Arte, (Web) Design, 3D & Interfaces
    • Jogos
  • MM Bar & Café
    • Off-Topic & Encontros
    • MacMagazine
    • Ofertas/promoções
    • Ofertas/promoções (EUA)
    • Classificados
    • Usados Apple

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


URL do site


Skype


Localização


Interesses

  1. Salve galera Tenho um MacBook White (Early 2008) que ainda uso para utilizar o pacote Office, assistir vídeos, filmes e séries por streaming e etc. Como tenho um desktop com um i5, para coisas básicas o Mac ainda me supre bem. No entanto, gostaria de saber se ele suporta 8Gb de RAM DDR2. Sei que a Apple diz, de forma oficial, que suporta no máximo 4, mas se for possível colocar um pouco a mais, nem que seja 6Gb, já seria ótimo. Desde já, agradeço. Abraços!
  2. Olá! Tenho um desktop iMac 21pol mid2010, 3,2ghz Intel Core i3, 4gb 1333mhz ddr3, Gráficos Ati Radeon hd 5670 512mb. Ele está lento e gostaria de dar uma sobrevida. O que seria mais indicado para um upgrade: aumentar a memória de 4gb para 16gb (máximo), instalar um SSD, ou ambos (vale a pena ambos)? Obrigado. Rodrigo
  3. Fala galera. Uma dúvida pertinente para quem, momentaneamente, não consegue fazer um upgrade de máquina, para uma mais atual. Ainda mais tendo como fator proibitivo os preços que essas máquinas custam aqui no BR. Tenho um iMac Mid 2011 - 21,5" - praticamente todo original. Só dei upgrade nas memórias. Ainda não consegui deixar com 32 GB, mas está com 26 GB. Vi muitos posts aqui do fórum e notei que muita gente manja bastante do que fazer para melhorar a máquina. Sou designer gráfico (ou seja, não vai ser só para usar programas básicos) e como o dinheiro tá curto pra trocar de máquina, pensei em fazer um bom upgrade nessa minha, pra tentar ficar com ela por mais uns anos. Sendo assim, vai a pergunta. Até onde essa máquina suporta um upgrade? O que é indicado fazer, para que ela aguente de boa sem arregar? Até onde posso ir? Sei que para esses casos, obviamente o ideal é ir atrás de um bom técnico que faça. Mas é bom eu já ter informações pertinentes para já ir direto ao ponto quando for procurar o profissional. Me deem uma luz, por favor. Muitíssimo obrigado pela ajuda. Abraço a todos.
  4. Fala Pessoal, tudo bem? Sou designer e trabalho com edição de vídeos. Tenho um iMac 21,5' late 2012 e quero dar um upgrade para melhorar o desempenho na edição e render. Dei uma pesquisada e me indicaram trocar as 2 memórias de 4GB por 2 de 8GB, ficando com 16GB de memória RAM e colocar um SSD junto ao HD normal, e tentar fazer um Fusion Drive. Seria possível isso neste modelo e seria viável pra meu melhorar o desempenho de edição? iMac (21.5-inch, Late 2012) Processador 2,7 GHz Intel Core i5 Memória 8 GB 1600 MHz DDR3 ( 2 slots de 4GB ) Placa de vídeo NVIDIA GeForce GT 640M 512 MB HD 1TB SATA 5400rpm Abraço!
  5. Calma! Antes de me crucificar pelo "relativamente simples", deixa eu explicar 😅 Este tópico trata de uma curiosidade técnica e também de uma esperança para um futuro não distante, rs. Há alguns anos atrás se alguém dissesse que era possível aumentar a memória de armazenamento dos iPhones, iPads e iPods, seria instantaneamente taxado de mentiroso, porém com o avanço dos reparos a nível microeletrônico, isso se tornou possível. Não só aumentar o armazenamento, mas também reparar devices com defeitos de memória antes tratados como insolucionáveis (famosos erros 9, 4013 e 4014 do iTunes). O conhecimento começou a se disseminar, ferramentas novas foram sendo desenvolvidas e hoje é comum encontrar esse tipo de serviço em assistências especializadas em reparo de placa lógica. Eu mesmo que nem me considero um gigante do microscópio, tampouco tenho um laboratório super fancy, faço com certa frequência esse tipo de upgrade e reparo. O vídeo abaixo mostra o procedimento de upgrade de armazenamento num MacBook Air 2020 M1. Irei explicar o que ele fez e dizer o porquê de ser mais fácil do que nos dispositivos mobile. Agora vamos lá. Provavelmente você pensou durante todo o vídeo que esse procedimento não é simples "nem aqui, nem na China" (ba dum tss), mas a real é que é simples, apesar de não poder ser feito pelo próprio usuário como nos Macs antigos. Explico: nos iPhones, iPads e iPods, a placa lógica é bem menor, logo a concentração de componentes é bem maior, o que torna o manuseio da estação de solda a ar mais complexo e arriscado. A chance de espalhar ar quente em componentes que não podem sofrer muito calor é grande, demanda muita prática e técnica. Você pode ver como é feito o procedimento em iPhones neste vídeo. A placa do Mac é bem ampla e os chips de memória estão consideravelmente separados dos demais. Outro ponto é que foi "basicamente" tirar dois chips, colocar dois chips e fazer a restauração. Já nos dispositivos mobile o chip NAND é vinculado a outros componentes da placa, até mesmo ao chip responsável pelo WiFi e Bluetooth, e quando é necessário efetuar o reparo ou fazer o upgrade do armazenamento nesses dispositivos, temos que remover também o chip de WiFi/BT (que também tem seus riscos por ficar próximo a diversos componentes importante) e usar um equipamento nada barato pra copiar dados da memória antiga pra nova (número de série do aparelho e outras informações). Então nesse ponto além de mais complexo quanto a remover os componentes sem danificar outros, também existem mais etapas e mais equipamentos necessários. Eu também não vi no vídeo outras complicações possíveis, causadas pelo chip T2 Security ou algo do tipo. -- Lembrando que este procedimento de troca dos chips de memória NÃO remove iCloud e nem senha de firmware/EFI. Já há um bom tempo é comum encontrar no AliExpress os chips de memória NAND dos iPhones em todas as capacidades possíveis, novos ou retirados de outro aparelho que não pôde ser reparado. Antigamente só mesmo removendo de outras placas lógicas que não tiveram reparo. Ainda não existem esses chips do Mac para comprar, e obviamente não deve ter muita placa lógica de M1 "morta" por aí pra remover componentes já que o modelo é relativamente novo, porém existe a possibilidade de que esses chips dos Macs venham a ser vendidos no varejo também. Caso aconteça, estamos falando da possibilidade de fazer upgrade de memória de armazenamento, ou reparar Macs que tenham tido problemas nesses componentes, causados por desgaste, por exemplo. Outro indicativo de que pode começar a rolar em breve, é que já existe stencil de reballing para M1 à venda na China, o que significa que por lá já estão fazendo esses procedimentos com mais frequência, inclusive com memória RAM. Nos novos Macs com processadores M1 Pro e M1 Max aparentemente o procedimento é o mesmo. Os chips já estão mais concentrados na placa (como você pode ver aqui aos 3m32s), o que vai demandar maior perícia, mas mesmo assim continua mais simples que nos dispositivos mobile. É gambiarra? Não! Se feito por um bom técnico que efetivamente sabe o que está fazendo e tem a perícia necessária, é um serviço indetectável. Há até como reaplicar resina após o reparo pra ficar exatamente como veio de fábrica. O sistema reconhece normalmente o novo armazenamento e não existem efeitos colaterais, como pode ocorrer com a função Hibernar quando se faz uso de adaptadores para SSDs NVME M2 nos MacBooks. Briga de cão e gato... A Apple dificultando a vida dos usuários e dos técnicos em relação à reparabilidade, mas há esperança. Como eu disse no início do tópico, um dia iPhones com defeito de placa eram condenados à lata do lixo e hoje tem reparo para quase tudo.
  6. Oi pessoal, de novo aqui para bater papo e trocar ideias com vocês. Tenho o Mac Pro acima (late 2013), do qual sou fã. Já fiz uma série de upgrades nele, de memória para 64 gb, de ssd colocando um AuraPro de 1tb e, o mais recente de processador: coloquei um Intel Xeon E5 12-Core de 2,7 Ghz. Confesso que vi tantas advertências de que era difícil trocar o processador e deveria procurar um especialista que fiquei com receio, mas achei bem simples. Agora, estou com um "problema" adquiri um monitor Monitor Gamer Curvo Samsung Odyssey 49" DQHD, 240Hz, 1mshz, e minhas placas de vídeo do Mac Pro não suportaram a resolução do monitor (5.120 x 1.440), mas a resolução máxima que consegui chegar 3840x1080 por cabo HDMI, proporcionou um tamanho de tela muito agradável para minha visão. Via cabo Display Port, que achei seria melhor, a resolução fica bem pior. Jamais me passou pela cabeça quando adquiri o monitor, que o Mac Pro poderia não suportar a sua resolução. Mas, desde que coloquei esse monitor, tenho ouvido quando ligo o Mac Pro a ventoinha trabalhar (antes só em videoconferências pesadas). Agora vira e mexe, ela dá uma ligadinha e pára. Pois bem, gostaria de atualizar as placas de vídeo. Mas, o que vi em pesquisas da internet são proibitivos, pois caso adquirisse placas de vídeo (no Mac Pro são duas) da sua versão topo de linha dele, já fora de linha, sairia tão caro que acredito daria para comprar um Mac Pro atual. Isso comprando placas usadas, novas nem se encontra. Alguém que tenha o Mac Pro, encontrou solução para isso? Alguma placa atual serve nele para upgrade? Não é uma necessidade premente, pois funciona muito bem, mas nós maníacos por informática, sabemos a incomoda sensação de não poder usufruir o máximo do monitor e ouvir a ventoinha ligar de tempos em tempos, por conta da nova exigência extra do meu ótimo Mac Pro. Vi até caixas externas para placa de vídeo da Razer, mas pelo que li, minhas portas Thunderbolt não correspondem as exigências e correria o risco de gastar muito e não resolver nada. Quem puder sugerir soluções, agradeço.
  7. Buenas! Tenho um iMac 27" 2017 nas configurações abaixo: - Processador: i5 3,4 GHz (Turbo Boost de até 3,8 GHz). - Vídeo: Radeon Pro 570 4 GB. - Memória: 32GB (eram 08 mas fiz upgrade pra 4x8GB). - SSD Externo (Samsung M5 1TB) via USB-C por onde rodo o SO (achei assim melhor do que rodar o SO diretamente no Fusion Drive). Seguinte... Pras coisas do dia-a-dia, roda numa boa. Mas eu faço algumas edições de vídeo no FCPX que geralmente engasgam quando o projeto começa a ficar com edições mais elaboradas (normalmente os trip vídeos), principalmente em arquivos 4K. Usando o Davinci Resolve então, putz. Parece uma carroça mesmo num projeto razoavelmente simples. Os arquivos da biblioteca estão sempre dento do SSD. Já utilizei proxy, mas além de demorar uma vida criando os proxys, não gosto da qualidade do preview. Enfim, quero ver se consigo melhorar isso. Quando fiz o upgrade de RAM achei que fosse melhorar consideravelmente, mas não.... Suspeito que o gargalo esteja sendo no CPU ou GPU. Resumindo minha dúvida: Qual hardware devo focar pra melhorar minha vida nas edições? Novo processador? SSD interno? Mais memória? Eu teria como disponibilizar talvez uns 4 mil pra esse upgrade. E acho que não teria coragem de abrir o iMac em casa, então talvez nesses 4 mil estaria incluído o valor da mão de obra... OBS: Não trabalho com vídeos, mas sou hobbista de áudio/vídeo. Gravo minhas músicas em casa e edito meus vídeos (tanto de música quanto os de viagens).
  8. Fala, galera Estou necessitado de fazer um upgrade no meu mac pq ele tá extremamente lento e com a bateria já no limite e também pq não tenho 10k pra dar em um novo, mas estou em dúvidas em alguns pontos... Qual a melhor marca de bateria disponível para ele? bbbaterias é um bom lugar de se comprar? Tem alguma outra memória ram boa para o meu modelo de mac que não seja corsair ou crucial? os preços estão bem salgados... SSD eu estou pendendo para o crucial, mas aceito dicas Deus os abençoe.
  9. Ola pessoal, acabei de desfazer do meu iMac 21.5 i5 modelo 2011, tinha colocado 16GB de RAM e tava trabalhando que eh uma beleza, e adquiri um iMac 21.5 i5 Mid 2014, com 8Giga de Ram, descobri que não eh possível fazer upgrade de memoria, esta correto? Nao tem nenhuma outra forma? senti uma pequena diferença do meu com 16Giga e esse com 8Giga, eh possível colocar um SSD nele? Quem ai possui esse modelo conseguiu fazer algum upgrade?
  10. Bom dia, só preciso, gentilmente, da ajuda de vocês, sou novo aqui Quero fazer um upgrade no meu MacBook Pro 2011, estou pensando em comprar um ssd de 1tb da Kingdian no AliExpress, pois está um preço bacana e nos comentários do anúncio todos falam muito bem dele, mas tenho receio de o slot não ter o melhor encaixe ou não ser compatível... alguém pode ajudar-me ?
  11. MINHA EXPERIÊNCIA FAZENDO UPGRADE NO MEU MAC MINI LATE 2012 Mais memória RAM e SSD pra ganhar desempenho no velho Mac. Este é apenas um relato de um quase leigo sem nenhuma pretensão. Se ajudar alguém, será ótimo. Mas não há base técnica aqui. Se serviu pra mim, não necessariamente servirá pra outra pessoa, portanto, não me responsabilizo sobre qualquer efeito que possa causar a terceiros. PORQUE ATUALIZAR? Meu Mac Mini saiu de fábrica assim: Modelo MD388BZ/A Processador Intel quad core i7 2,3GHz RAM 4GB DDR3 HDD 1TB 5400 rpm Mas apesar de ser o top dos Mini pré fabricados de sua época (perdendo apenas para o Mac Mini Server que já vinha com dois HDD de 2TB), desde algumas versões atrás de Mac OS X que eu já vinha notando uma certa lentidão pra rodar a maioria dos aplicativos, com um destaque especial para o Adobe Photoshop Lightroom (mexo muito com fotografias pesadas em formato RAW). Aliás, pura generosidade minha. Na verdade tudo estava completamente “carroçal”, principalmente depois de algumas horas ligado trabalhando. Mas a gota d'água foi há uns dias atrás quando tentei, pela primeira vez, conectar uma TV através da Thunderbolt e não consegui. Ele reconheceu a TV, inclusive com seus dados de resolução e modelo, mas não passou sinal de vídeo. Fui, enfim, a uma assistência autorizada aqui de Maceió-AL onde foram constatadas duas coisas: 1- A porta Thunderbolt, que eu nunca havia usado, estava mesmo com defeito. Eu ainda tinha esperança de ser o adaptador para hdmi mas não teve jeito. Coincidentemente ou não, faz um tempo que tem uma atualização 1.2 de firmware thunderbolt que está em loop na minha App Store. Eu atualizo, dá um erro no fim e ela aparece disponível lá pra eu atualizar novamente. Enfim, ainda não estou totalmente convencido de que trata-se de um problema físico. 2- Ao contrário do que eu pensava, meu Mac Mini é um late 2012 e não 2014. Lembro bem que fiz a pesquisa no site da Apple e me dirigi a uma loja iPlace para comprar o modelo que eu tinha visto lá. Assustei-me então, três anos depois, que eles estivessem vendendo Macs desatualizados e, que pela ansiedade de tê-lo em meus braços, não tive o bom senso de verificar esse importante detalhe no ato da compra. Mas não, estava tudo certo. O Mac mini late 2014, com suas malditas memórias soldadas na placa, ainda não tinha sido lançado. Ufa! Ainda cheguei a questionar uma outra coisa sobre a chegada do High Sierra: bastou eu instala-lo que começaram a aparecer, diariamente, “telas de kernel panic da morte”. Estivesse o meu Mac ocioso ou trabalhando, acontecia o problema. Mas pouco se discutiu sobre isso, pois eu imaginei que com um futuro upgrade de hardware ou com alguma atualização de sistema isso seria (ou será) corrigido. Então, enquanto estava sendo atendido, perguntei à técnica se eles tinham peças para uma melhoria de desempenho. Me foram ofertados: 2 RAM SODIMM DDR3 4GB PC3L-12800 CL11 1 Sandisk SSD PLUS 480GB Como a intervenção para consertar a Thunderbolt exigiria a troca da placa lógica e isso custaria o mesmo preço do upgrade, acabei decidindo-me pela segunda opção, afinal, no meu caso, ligar dois monitores ao mesmo tempo faz menos falta que R$ 1.500,00 a menos no bolso. O desempenho do computador estava me enchendo mais a paciência. Organizei algumas coisas no HDD, rodei o Time Machine e entreguei o Mini lá 7 dias depois para o serviço e, após rápida pesquisa, ja cheguei com a informação de que não bastaria apenas o SSD. Ele deveria estar acompanhado de um cabo flat específico e umas presilhas. Eles também obtiveram essa informação, como era de se esperar. Em suma, eu não teria os dois armazenamentos imediatamente instalados. Teria de esperar pela chegada do cabo. Uma observação: Eu poderia ter comprado as peças e as ferramentas e feito eu mesmo o upgrade (no iFixit não parecia ser nada de outro mundo) mas estou traumatizado com serviços mal prestados por mim mesmo anos atrás aos meus saudosos MacBook White late 2007 e iPad 2. Já me bastava ter o trabalho de reinstalar o sistema e adaptar as minhas coisas a um armazenamento ceifado pela metade. Mal sabia eu quanto trabalho o High Sierra me daria. ENFIM, COM AS NOVAS PEÇAS Quando recebi o MAC (ponto pra assistência pois foi no mesmo dia em que o deixei) já com o SSD e as memórias, resolvi instalar o sistema nele. Na primeira tentativa, optei de cara pelo INTERNET RECOVERY. Planetinha rodando e barra de progresso andando a passos de tartaruga (como a própria tela preveniu-me): Mas quando chegava na interface gráfica, não havia maneira de enxergar o SSD e, consequentemente, de escolhe-lo como destino da instalação. O utilitário de disco simplesmente nem o mostrava, semelhante à tela abaixo. OBS: Aconteceu uma coisa parecida quando fui atualizar do Sierra pro High Sierra, ainda com as peças originais, e posso falar disso em outra oportunidade. E a cada nova tentativa no INTERNET RECOVERY, parecia que algo estava sendo gravado no disco pra iniciar a instalação (apareceu até uma misteriosa partição de 2GB da qual eu não me lembro o nome agora). Mas eu sempre terminava não ultrapassando esse ponto. RECORRENDO AO PODER DO TERMINAL Depois de muitas tentativas frustradas resolvi tentar, pelo terminal do Utilitário do MacOS, utilizando o comando diskutil list , enxergar o dispositivo e, como suspeitei, o computador reconhecia que havia o SSD conectado mas não mostrava ele montado. DISK0 é a representação do dito cujo: /dev/disk0 (internal, physical): #: TYPE NAME SIZE IDENTIFIER 0: *480.1 GB disk0 1: {por aqui deveria ter mais informações sobre a partição, mas ela não existia} 2: Ao fazer o comando diskutil eraseDisk JHFS+ MACSSD /dev/disk0 consegui formatar o disco e montá-lo com o nome de MACSSD e agora o Utilitário do MacOS já conseguia enxerga-lo. Assim consegui direcionar a instalação do sistema para ele. Problema resolvido? Nem perto disso. VOLTANDO À INSTALAÇÃO Ao tentar instalar no SSD, agora devidamente reconhecido, o sistema chegava a gravar nele uns 5GB que parecia ser a estrutura de instalação. Esta chegava a rodar mas, ao final, quando reiniciava a máquina, dava um erro e não instalava. Mostrando novamente a tela abaixo após um pouco de maçã e barra de progresso: Cheguei a tentar instalar algumas outras vezes via INTERNET RECOVERY e outras tantas via PENDRIVE DE INSTALAÇÃO (a essa altura já tinha providenciado um num outro Mac para tentar agilizar nas tentativas) mas o SSD nunca chegava a ser reconhecido de fato, voltando sempre à tela acima. Às vezes dando até problema ainda na tela de Internet Recovery. O interessante é que, com o auxílio de um case usb, quando iniciava o sistema pelo antigo HDD que fora retirado, eu conseguia ter total acesso ao SSD, podendo gravar arquivos nele normalmente, mexer neles e apaga-los. Dava até pra ver a incrível diferença de velocidade do sistema só por causa do upgrade na RAM. Mesmo rodando o sistema através da USB, ele já estava muito mais redondo que antes do upgrade. Nesse meio tempo, já estava entristecido por algumas matérias na internet que davam a entender que eu deveria ter comprado algum modelo específico de SSD para que ele pudesse ser reconhecido pelo meu Mac Mini. Conseguiria eu convencer a loja a aceitar de volta o SSD, que inclusive fora sugerido por eles mesmos? Eles são assistência autorizada Apple. Teoricamente sabem mais que eu a respeito. Tentar de novo ou desistir? Que dilema! DOWNGRADE “ACIDENTAL” DE SISTEMA Eis que, após formatar o SSD, apagando qualquer vestígio do High Sierra que tenha ficado nele depois tantas tentativas mal sucedidas, entra em ação novamente o desacreditado INTERNET RECOVERY que, para a minha surpresa, colocou em ação uma instalação do OS X Mavericks, que era o sistema operacional em vigor quando comprei o Mini. Bem que eu estava achando estranha aquela estética da tela gráfica do instalador. Depois, pesquisando mais a fundo sobre o Internet Recovery, me pareceu que essa é uma prática adotada quando não é detectado qualquer vestígio de sistema no Mac. Deixei rodando a instalação e, após voltar de um compromisso fora de casa, lá estava o OS 10.9 instalado e rodando perfeitamente no SSD. FINALMENTE, O HIGH SIERRA Com um medo gigantesco, após o peso de vinte horas ininterruptas de tentativas mal sucedidas, ainda na tela gráfica do Mavericks, dei dois cliques no instalador do High Sierra do pendrive. Barra de progresso… ... O computador reinicia… Escolho o SSD como destino… Uma hora e quarenta minutos de tensão, expectativa e barra de progresso… ... O computador reinicia de novo… Vem a maçã com mais barra de progresso… Digite o seu Apple ID… aí eu acreditei, levantei da cadeira e dei um soco no ar. A partir daí foi tudo normal, como recuperar arquivos através do Assistente de Migração, ativar o Trim e baixar alguns aplicativos. Pelo ótimo desempenho que o meu Mac Mini late 2012 está apresentando, após cerca de 5 anos de lançamento e um upgrade de memória e armazenamento, acho que demorarei mais alguns anos sem tirar um escorpião gigante do bolso dentro de uma loja da maçã. Enquanto escrevia esse relato, houve mais um kernel panic. Aparentemente estão mais escassos. Ainda pretendo contactar a Apple pra ver se me ajudam com o caso não resolvido do Thunderbolt. No fim disso tudo fiquei com um assunto mal resolvido com o High Sierra: ele tem algum bug na instalação que o faz às vezes não detectar o disco interno ou estaria ele programado para só aceitar ser instalado do zero em certos modelos? Isso eu não saberia responder.
  12. Bom dia, pípou. Entonces, tenho um iMac (Mid 2010 - Core i3) e ele está com os 4GB iniciais de RAM. Não tenho necessidade em fazer o upgrade de memória, tudo que eu uso roda redondo, tranquilo aqui. Maaaassss.... Caso eu colloque 8GB de RAM, irei sentir diferença considerável no desempenho? Ou nem sinta tanta diferença. Alguém sabe?
  13. Pessoal tudo bem? To precisando fazer um upgrade no meu Mac Mini Late 2012, trocar o o HD pra um SSD e minha duvida é quanto a compatibilidade principalmente de espaço. Nas especificações que achei na Apple informa a possibilidade de upgrade até 256GB de SSD, mas não fica claro se esta era a unica opção que a Apple dava na época, ou se trata de uma limitação do device em suportar SSD de até 256GB. Então pra quem já fez upgrade nessa maquina ou quem sabe do assunto, qual seria o limite?
  14. Opa pessoas, tenho um macbook pro 2011 que está bem surradinho e gostaria de deixar ele bom novamente. Estive vendo pra fazer um upgrade de memória a SSD, porém gostaria de saber se alguém já fez e se vale a pena? Vi que o máximo que consigo é 8GB de memória ram, com isso e um SSD ele ficaria bom novamente? E a troca é fácil de ser feita? Obrigado.
  15. Procurei em muitos lugares e nenhum vi certeza no que era dito. É possível fazer upgrade de 128gb para 256gb ? Desculpe o incomodo :D E muito obrigado =D
  16. Pessoal, estou com um MacBook pro meados de 2012 e fiz a troca do HD por um SSD 480gb. Tentei fazer o upgrade usando o restaurador, tentei fazer instalação limpa do Catalina usando direto no SSD no local do HD anterior... Mas o único jeito foi colocando o SSD numa case e fazendo a instalação limpa. Quando eu coloco o SSD no conector sata do Mac ele apresenta um erro interno ao copiar dados de destino e não vai. Aí instalei o Catalina normal e tentei colocar o SSD já com o Catalina instalado dentro do Mac.. mas, ele não inicia.. Fica com uma interrogação e não vai.. Aí estou suspeitando do cabo flat... Será que procede?! Com o USB ele funciona normal... Não sei o que fazer... Obrigada.
  17. Pessoal, tenho uma MacBook Pro Early 2011 com 4GB de RAM e queria saber se é possível fazer upgrade de memória, pensei em colocar um pente de 8GB e deixar 1 de 2GB dos que vieram com ele. Alguém que já fez, sabe me dizer se é possível pois fiquei meio confuso, em um lugar diz que cada slot suporta 4GB, porém nas especificações não fica muito claro se cada slot suporta 8GB cada. https://support.apple.com/kb/SP619?locale=en_US&viewlocale=en_US https://support.apple.com/pt-br/HT201165 Obrigado.
  18. Bom dia, comprei um MacBook Pro Retina mid 2013, aposentei o meu antigo mid 2012, gostaria de indicações para upgrade de ssd, ja que o mesmo nao tem o ssd soldado na placa. Vi esse modelo que precisaria de uma adaptador vendido por 14 reais: SD WD Green M.2 2280 4800GB - WDS480G2G0B - Western Digital porem sera que a velocidade é maior que o que vem de fabrica no macbook? Grato.
  19. Olá, estou com uma duvida, antes de fazer eu queria saber se tem alguma restrição, eu estou prestes a comprar um MacMini 2018 em Julho na Apple, porem para economizar eu vou pegar com apenas 8GB ram padrão, porém, quando chegar aqui no Brasil eu pretendo comprar 16GB da ram 2666MHz DDR4 para o MacMini, eu já olhei aqui no Mercado Livre e talz, aparentemente esta tudo certo, eu só queria saber se por questões técnicas tem algum empecilho com performance ou compatibilidade por questão de marca que eu preciso me atentar antes, tem alguma que seja mais recomendada que outra para ter o máximo de tranquilidade possível?
  20. Fala galera, Estou com um problema no meu MacBook, como coloquei no título ele é um MacBook Pro de 13’ Mid 2012. Ele liga, no entanto após iniciar, desliga sem fazer nenhum ruído. Pensei que fosse bateria, pois a mesma nunca foi trocada e já apresentava a mensagem para ser substituída. Abri-lo e desconectei o pug de bateria e tentei ligar. Começou a ligar normalmente e após a inicialização completa, desligou novamente, mesmo estando ligado só no cabo. Ou seja, minha teoria de problema na bateria em tese caiu. Estava fazendo pesquisas para fazer alguns upgrades nele, mas com isso não sei o que faço. Qual seria a melhor opção?? Agradeço a quem puder me ajudar.
  21. Fala pessoal! tudo certo? Recentemente eu adquiri um macbook pro early 2015. I5 2.7, 8GB RAM, 256 GB HD. Como trabalho com design e edição de fotos e vídeos pretendo fazer um upgrade na RAM e no HD. Para a RAM pensei em comprar esse modelo, aprimorando para 16 GB https://www.americanas.com.br/produto/57968599/memoria-notebook-ddr3-16gb-2x-8gb-1333mhz-corsair-mac-memory?pfm_carac=corsair%20mac%20memory&pfm_index=1&pfm_page=search&pfm_pos=grid&pfm_type=search_page%20&sellerId A real dúvida é no SSD. Me interessei muito nos modelos da samsung, 970 Evo, Evo plus ou pro, olhando para 1TB, mas tenho medo de simplesmente "derreter" o mac com esse upgrade. https://www.americanas.com.br/produto/98556688/hd-ssd-samsung-v-nand-970-evo-plus-nvme-m-2-1tb?pfm_carac=samsung%20970%20evo%20plus&pfm_index=4&pfm_page=search&pfm_pos=grid&pfm_type=search_page%20&sellerId Sabem me dizer um modelo seguro de SSD para instalar? A quantidade de GB (ou 1TB) podem influenciar em algum possível dano na máquina? Como saber se o PC pode superaquecer? Obrigado!
  22. Visitante

    MacBook white 2010: ainda vale o upgrade?

    Oi, pessoal! tudo bem ? Sou nova no fórum, gostaria muito da opinião de vocês sobre esse assunto. Tenho um MacBook white de 2010, já pensei em vendê-lo mas o valor é muito baixo e acabei mantendo ele em casa. (Foi meu primeiro Mac, ganhei dos meus pais e tenho um apego rs). Trabalho com design e ele está a pior máquina pra trabalhar com pacote Adobe. Tentei reinstalar o osx com o cd ue veio da época que comprei, mas ele informa que o Mac não tem memória suficiente (?). Era minha opção, trabalhar com OSX antigo nesse Mac já que usaria só emergências. Fiz uma pesquisa rápida e pensei em fazer um upgrade de memória e hd. Mas pelos custos (fiz a conta bem rápida) daria mais ou menos R$700. Não sei se é barato, mas achei caro pra investir numa máquina tão velhinha. So que como o valor de um MacBook novo vale uma boa pensada, queria saber com o que tenho agora: AINDA vale a pena fazer upgrade nesse MacBook? Obrigada
  23. Olá, pessoal! Tenho um macbook pro 13, mid 2012, processador 2,5GHz, Intel Core i5, memória ram de 4GB 1600MHz. Ultimamente tenho achado muito lento (já estava e piorou com o Mojave)... até pra aparecer algum arquivo recém incluído no Finder demora... Utilizo o notebook para algumas pequenas edições no iMovie e também Photoshop. Um upgrade para 8GB de memória ram já resolveria? Vale fazer mais alguma mudança? Tenho até pesquisado outros notebooks (Dell ou Samsung) com uma configuração mais avançada (i7, 16gb ram), mas queria ver se ainda dava pra manter esse macbook com upgrade. Obrigada!
  24. Boa tarde Gente, estou com uma grande duvida, se alguem puder me ajudar agradeço. Estou pretendendo realizar um upgrade no meu macbook air, mais lendo alguns topicos, vi gente falando que pode e outros que podem ser realizado a troca de memoria e hd, poderiam me informar se é possivel ou não? Agradeço desde já.
  25. Bom dia, pessoal! Bom... Como vocês já leram, eu pretendo fazer um upgrade no meu iMac 21.5 de 2011. O processador é um Intel Core i5 2,5 GHz, tem o total de 4 GB de memória RAM 1333 MHz DDR3, placa de vídeo AMD Radeon HD 6750M 512 MB e um HD de 500 GB SATA . Minha intenção é trocar o i5 por um i7, mas não sei até qual o meu iMac suporta. A memória pretendo colocar 4 de 4 GB, totalizando 16 GB. A placa de vídeo eu realmente não tenho ideia de qual eu poderia colocar. E o HD, eu queria substituir por um SSD. Vocês poderiam me informar os modelos de cada componente que meu iMac suporta, com o máximo de detalhes possível? Não quero comprar nada errado e gostaria dele o mais atualizado possível. Vocês me aconselhariam pedir para uma assistência técnica montá-lo ou conhecem alguém que faria por um preço mais em conta? Fora que, pelo o que eu conheço das AT da Apple, não tenho tanta certeza se eles fariam a troca pra mim com as peças compradas sem ser com eles. E eu tenho muito receio, pois não assisto o processo e isso me deixa MUITO com o pé atrás. Obrigada desde já, Melissa Vieira.
×
×
  • Criar Novo...