Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

electro

Membros
  • Total de itens

    3.681
  • Registrou-se em

  • Última visita

Tudo que electro postou

  1. Exato. Pra quem tem muitos filmes, música, etc, o lance é comprar um HD externo RAID. Ou um NAS com redundância.
  2. NAS que eu gosto (talvez a melhor marca do mercado): http://www.synology.com/products/product.php?product_name=DS411&lang=enu Comprar um TC pra armazenar dados é uma péssima idéia. O HD dele é lento, ele não tem redundância e o HD entra em sleep constantemente, justamente pra economizar energia e prolongar a vida útil. Usar um TC como NAS é pedir pra ter dor de cabeça com performance e longevidade. Quanto à quantidade de armazenamento, se vc tem 1Tb de dados no seu HD e pretende usar o Time Machine, vc necessariamente precisa de mais de 1Tb no TC.
  3. Se vc precisa de um HD externo, compre um HD externo. Se você precisa de um NAS server, compre um NAS. Se você precisa de um meio pra fazer backup sem fio no time machine, compre um time capsule. O Time Capsule é bom para esse uso especifico. Se é pra outro uso, não invente moda.
  4. Aqui não é lugar pra negociar. Achei que o meu irônico "5 reau" serviria pra cortar o barato. Trancado.
  5. A marca é consagrada por ter produtos que duram mais de 10 anos. Existem relatos de pessoas que usam headphones deles há mais de 20 anos e eles ainda funcionam! Eu mesmo nunca usei um, portanto não sei dizer. Já li alguns reviews positivos sobre eles, mas não sei como eles soam.
  6. Acho que quando eu digo que um fone vendido a 300$ vale no máximo 80$ no que tange a qualidade de audio, dá pra se ter uma boa idéia de que o fone em questão não é bom.
  7. Troço ridículo. A Samsung realmente é patética. Só copia na interface e coloca essas telas monstruosas e de qualidade inferior. Existem atualmente dois aparelhos no mercado fora o iPhone que eu considero legais: Nokia Lumia 900 e o HTC one X.
  8. O que vocês não podem perder de vista são os 300$ que esses fones custam. Isso é uma grana absurda no mundo dos headphones! Um fone que custa isso tudo tem que ser muito bom mesmo, o que não é o caso do Beats, seja ele o modelo que for (solo HD, Pro, etc). Nenhum deles é bom a ponto de justificar 300$. O solo HD vale pra mim no máximo uns 80$, levando em conta o audio que ele é capaz de entregar. Eu classifico fones de ouvido por classe de preço, sendo que com entre 60$ e 150$ dá pra comprar fones de ouvido muito bons. Acima de 150$ os fones precisam ter algo de especial, design melhor, qualidade de audio melhor, acessórios, alguma coisa que justifique. Nesse primeiro grupo (60$~150$) eu recomendo os seguintes modelos, sendo que todos eles tem controle para o iPhone/ iPad/ iPod e mic: 1. Sennheiser PX100-II (69$) : on-ear, totalmente articulado (flat-foldable) Esse é o modelo de fone que eu tenho pra sair e tomar umas. Esse fone é ideal pra quem usa transporte coletivo com frequência e não tem onde guardar os fones depois de usá-los. Eles são totalmente dobráveis. O audio desse fone impressiona, principalmente levando em conta que eles só custam 69$. Em termos de volume, eles dão couro em qualquer Beats Solo HD, além de serem bem mais fiéis em audio (os beats tem a péssima mania de deteriorar frequências mais altas e supervalorizar baixas frequência). 2. Sennheiser PX200 (90$) : on-ear, mesmas características que o anterior. O PX200 tem basicamente as mesmas características do anterior, com duas diferenças básicas: ele é fechado (o PX100 é aberto) e as almofadas tem material melhor (um tipo de couro sintético, enquanto os PX100 são de espuma). O audio deles é similar ao do PX100, se diferenciando um pouco graças a essa arquitetura fechada, que inibe pessoas ao seu redor de ouvirem o que vc ouve, enquanto isolam um pouco melhor os ruídos. 3. AKG K451 (149$) : on-ear, fechado, (semi-foldable) Qualquer fone da AKG é bom, essa é a realidade. Nunca testei um que não fosse. Esses aí não fogem a regra. A diferença básica entre eles e os Sennheiser é que os AKG tem materiais mais nobres que os outros e que ele não é totalmente articulado. O audio é similar na minha opinião, com um leve benefício para o AKG. Acima de 150$ eu recomendo os seguintes modelos, sendo que todos eles tem controle para o iPhone/ iPad/ iPod e mic: 1. AiAiAi TMA-1 (219$) : on-ear, fechado, (não articulado) Esse é o fone que eu uso durante o dia (quando não preciso guardar no bolso). Em termos de qualidade construtiva, ele dá gargalhadas ao ver um Beats na frente. O design já ganhou trocentos prêmios e o fone já foi vencedor de vários editor's choice por aí. Tecnicamente esse fone é um fone feito para DJs, mas o audio dele é perfeitamente compatível com o que seres humanos normais ouvem. Ele é melhor que os anteriores em termos de audio, mas não são dobráveis. Por serem de uma classe superior, eles já entregam alguns acessórios extras na embalagem, como extra cushions (almofadas em couro sintético ou espuma), um cabo em espiral sem microfone e controle (pra usar em casa). 2. Bose Quiet Comfort 15 (299$) : on-ear, fechado com active noise-cancelation (semi-foldable) Esse fone é possivelmente um dos melhores no mercado atual (pelo menos na opinião da Bose ). Falando sério, esses fones são ótimos e eu só não os comprei por não ser fã de noise-canceling ativo. Só de pensar que eles custam o mesmo que os Beats, chega a me dar pena de quem compra um Beats sem saber que os Bose Quiet Comfort existem. Maior desvantagem é que se as pilhas acabarem, o audio não rola mais. Olhem também os outros Quiet Comfort da Bose (os da série 3 são ótimos também). 3. AKG K495 (350$) : over-ear, fechado com active noise-cancelation (semi-foldable) Além de serem bonitos, são muito bons e fiéis em qualidade de audio (nada de estourar tímpanos com sons de baixa frequência no talo, vide Beats). O noise-canceling ativo desses fones são recarregáveis via USB e eles funcionam mesmo quando a bateria está descarregada (duas vantagens em relação aos Bose anteriores). Em contrapartida eles são um pouco mais caros e o audio não é melhor que o que os fones da Bose entregam (na minha opinião é tão bom quanto, mas não melhor). Eu particularmente prefiro o design da AKG, mas gosto é gosto (e qualquer um deles não é espalhafatoso como os Beats, que clamam por atenção. Quanto aos fones bluetooth, nenhum deles é realmente comparável aos fones com fio infelizmente. O melhor é comprar fones que tenham cabos de qualidade e que não estraguem com facilidade. Quase todos os que indiquei tem bons cabos e os fabricantes geralmente trocam os fones, caso os cabos apresentem problemas. Os mais caros possuem cabos removíveis (os do primeiro grupo não), o que facilita trocar o cabo em caso de defeito. Não recomendo nenhum fone bluetooth por enquanto. Se vc for aventureiro, compre um de uma marca boa (Sennheiser, AKG, etc) pra testar, mas não espere o mesmo desempenho.
  9. Meu velhinho Cube lindo, firme e forte rodando minha biblioteca musical.
  10. Tem uma porrada de fones melhores. Pra dizer a verdade por esse valor é difícil não achar um melhor. O que vc procura exatamente, que tipo de música vc ouve e em que situações vc pretende usar o fone? Se preço não é problema (se vc pretendia pagar 300$ por esse fone, presumo que não seja) posse te recomendar uns 3 modelos diferentes nessa faixa de preço, todos melhores que o dito cujo. Se vc quer pagar até uns 100-150$, posso recomendar alguns que são melhores também, mas que não tem esse tipo de design apelativo que o beats tem. O que vc quer fazer com o fone exatamente?
  11. Esse fone é puro hype, sinto informar e cortar o barato de quem tem. Tem vários outros fones bem melhores que custam muito menos. E quando digo menos, quero dizer que fones com qualidade superior custam cerca de 1/3 desse valor.
  12. A diferença na qualidade de audio entre os aparelhos é enorme. No caso do iPhone, iPod, a qualidade é bem inferior nas gerações atuais, comparado-as com os 2 ou 3 primeiros iPod. Tenho um iPod antigo aqui dos primeiros e ele dá uma surra no meu iPhone e no meu New iPad. Os componentes de audio eram simplesmente superiores nas primeiras iterações, mas por causa da miniaturização e diminuição de custos (até porque a maior parte das pessoas não consegue distinguir a diferença mesmo), o audio foi deteriorado.
  13. Se tiver um HD externo, tente instalar o OS nele antes. Depois boote por ele e rode o disk utility no HD interno pra verificar danos físicos. Caso uma falha física seja constatada, só trocando o HD.
  14. Curto e grosso: não vale. Vale mais a pena tomar cuidado com o teclado. Esses acessórios tiram o conforto, superaquecem e são feios.
  15. Levando em consideração que os larápios não são tech-savvy (ainda mais com produtos Apple), acho que a probabilidade disso acontecer é bem remota. Não vejo isso como uma falha.
  16. electro

    iOS 6

    Novos apps para o Music Player e Music Store, que depois do iOS 5 ficaram uma lástima no iPad.
  17. Pq o som do Apple TV deveria ser mais alto? O que conta é o amplificador interno. O sinal do AirPort é tão forte que dá pra conectar um fone de ouvido diretamente nele. O Apple TV é feito pra ligar numa TV e possui um sinal provavelmente menos intenso, suspeito eu. Vc está usando os dois configurando o volume pelo iOS ou está deixando o volume ser controlado pelo amplificador conectado nas portas dos dois? PS.: o AirPort express também tem saída de audio digital ótica.
  18. Eu tenho um iBook G3 466 Clamshell rodando OS X panther (suporta até o Tiger) e logo mais vou voltar a ter um Cube G4. No longo prazo ainda gostaria de ter um iMac G4. Na real essas maquinas não tem lá muita utilidade prática, mas eu gosto delas, principalmente pelo design e valor histórico/ emocional. Com essas versões de OS e um desempenho não comparável aos Macs atuais, fica praticamente impossível usá-las normalmente. Elas ficam bonitas em cima do móvel, no entanto... Os iPods antigos funcionam muito bem, e são compatíveis com as versões atuais dos macs. Eu tenho um iPod de 2a geração de 10 Gb que é uma beleza. O desempenho dele é tão bom que deixa os iPods e iPhones novos no chinelo (no que diz respeito a audio).
  19. Se vc tiver um segundo Mac, existe a opção de dar boot em FireWire mode no seu iBook e instalar o OS pelo outro Mac, conectando os dois pela porta FireWire. Esse segundo Mac precisa muito provavelmente ser um PPC também (nunca testei com um Intel e um PPC simultaneamente, mas acho que não funciona pelas versões distintas de instalador do OS). Outras alternativas: garimpar um leitor/ gravador externo de DVD FireWire usado e usá-lo ou então trocar o leitor de DVD desse iBook, o que dá pra fazer se vc tiver as ferramentas e um pouco de coordenação motora.
  20. Não é especifico, só comprar um com as mesmas especificações, porém como havia dito no meu post anterior, seu problema provavelmente não é o HD.
×
×
  • Criar Novo...