Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

webg3brasil

Membros
  • Total de itens

    1.080
  • Registrou-se em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    20

Tudo que webg3brasil postou

  1. Eu uso o MacBook Pro da assinatura e não tenho nenhum problema com o LogicPro, GarageBand, GuitarRig, Amplitude 4 e Guitar Pro, uso bastante e o sistema é o El Capitan, sem nenhum problema aqui, não sei quais programas vc irá utilizar, mas pra mim, que uso a entrada p2 não tenho problemas.
  2. é o que tá parecendo, tenta pegar com alguém ou levar o ssd pra outra pessoa que tenha um igual o seu pra testar, ver se instala dai vc poderá tirar essa dúvida. Boa sorte!
  3. Quando foi que vc baixou esses sistemas? Foram todos da Mac Store? Se foram antes de 22 de fevereiro 2016, estão todos inválidos, é necessário baixar novamente da Mac Store, se vc baixou de algum site e eles usaram instaladores de antes dessa data, tb não irá funcionar, os certificados venceram todos, por isso é necessário baixar tudo de novo por uma conta válida direto da MAC Store (vai precisar de um mac pra isso)
  4. se tiver SSD pode instalar o El Capitan de boa, se seu uso for internet, redes sociais e emails, vai funcionar de boa, já tive um Air 11" 2010 2GB e funcionava muito melhor que o Yosemite, o SSD ajuda bastante claro, se não tiver SSD esqueça tudo o que disse.
  5. Então, man, vc vai conseguir identificar quais são os arquivos com maiores tamanhos, sua localização, essas coisas, segue um print em anexo pra vc ter uma idéia
  6. Olá amigo, desculpe a demora, vc desabilitou a proteção de integridade antes de fazer o passo a passo? Depois de entrar no Recovery, abra o Terminal e digite o comando: csrutil disable e reinicie baixe o arquivo em anexo e copie para /Library/LauchDaemons abra o terminal e dê o comando: sudo chown root:wheel /Library/LaunchDaemons/noatime.plist Agora reinicie no Recovery e entre no Terminal novamente, habilite a proteção do sistema: csrutil enable reinicie e verifique se agora aparece o noatime aplicando o mesmo comando de verificação.
  7. Esse comando não vai trazer detalhadamente quais arquivos estão ocupando os 182GB que aparecem como Outros, o DaisyDisk sim. '-)
  8. Não, pode fazer nos Apple (mas alguns como o TRIM) já são habilitados de fábrica
  9. Aqui eu coloquei o SSD, abri o Utilitário de Disco e formatei para o HFS+ e restaurei o backup do Time Machie e tudo está funcionando perfeitamente, não precisei instalar o sistema para recuperar o Backup do TM.
  10. Acho que foi quebrado o slot número 2, aconteceu com o notebook da minha esposa, meu filho de apenas 10 meses derrubou algumas vezes o notebook e ocorreu de quebrar o slot (havia um pente de memória lá), já era, agora só tem um slot funcionando.
  11. Abre ele e verifica se não tem pó, e limpe com algum pincel ou algo do tipo, seria legal levar em alguma assistência para troca da pasta térmica, peça para colocarem alguma com base de prata. Foi uma excelente aquisição. Abraço!
  12. Com ele você ganha até 30% de mais performance no disco, pois ele impede que o sistema fique escrevendo a última leitura ou visualização do arquivo, toda vez que vc abre um documento, se não modificou ele, não tem necessidade do sistema ficar escrevendo que vc visualizou aquele arquivo. Basicamente é isso, a grosso modo.
  13. Bem galera, sou novo no mundo SSD, acabei de fazer o upgrade no meu MacBook Pro 2010, porém já venho acompanhando e estudando a utilização do SSD já há algum tempo, o que descobri é que existem alguns macetes e dicas para melhorar ainda mais o seu desempenho, e irei mostrar algumas coisas que fiz pra melhorar ainda mais; não vou entrar em detalhes o que cada recurso é, mas garanto que os benefícios valem a pena, ainda mais se você quiser aumentar a vida útil de sua bateria e diminuir o desgaste dessas unidades (já foi provado que eles duram cerca de 60 anos e não 10 ou 15 anos como muitos devem ter lido por ai): 1 - Habilitar TRIM em SSD de terceiros: se você adquiriu algum SSD não-Apple, como Samsung, Kingston, Corsair, outros, abra o terminal e digite o comando: sudo trimforce enable feche os aplicativos e confirme com Y sempre que solicitado, ele irá reiniciar seu MAC 2 - Desativar sensor de quedas bruscas, no terminal: sudo pmset -a sms 0 3 - Desativar modo repouso e hibernação, no terminal: sudo pmset -a hibernativemode 0 sudo rm /var/vm/sleepimage 4 - Desativar Time Machine Local, no terminal: sudo tmutil disablelocal 5 - Por último, ativar noatime (será necessário entrar no modo Recovery), reinicie o mac segurando a tecla option/alt e selecione o Recovery, lá abra o terminal e desabilite a proteção de integridade do sistema (SIP) com esse comando: csrutil disable reinicie o mac e então pegue o anexo ou crie um arquivo noatime.plist com o Editor de Texto e coloque nesse caminho: /Library/LaunchDaemons/ <?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?> <!DOCTYPE plist PUBLIC "-//Apple//DTD PLIST 1.0//EN" "http://www.apple.com/DTDs/PropertyList-1.0.dtd"> <plist version="1.0"> <dict> <key>Label</key> <string>noatime</string> <key>ProgramArguments</key> <array> <string>mount</string> <string>-vuwo</string> <string>noatime</string> <string>/</string> </array> <key>RunAtLoad</key> <true/> </dict> </plist> Abra o Terminal e digite o comando: sudo chown root:weel /Library/LauchDaemons/noatime.plist Reinicie no Recovery novamente e habilite a Proteção de Integridade do Sistema, no Terminal: csrutil enable Saia do Recovery e reinicie normalmente Para saber se deu certo, de volta no mac, abra o Terminal e digite o comando: mount | grep " / " deverá trazer algo assim: (hfs, local, jornaled, noatime) É isso, bom proveito! Espero ter ajudado de alguma forma! noatime.plist
  14. Bom, eu costumo ir sempre de marcas conhecidas, e no seu caso que será externo, procure pelas famosas: Sony, LG, Samsung, Panasonic; acredito que não terá problemas. O meu ficou impecável, pois o drive é interno.
  15. verifique também o cabo sata que liga o hd/ssd a placa lógica, pois vi relatos que dependendo da "vasão" pode ser que ele não suporte a quantidade de dados sendo transferidos pelo cabo, e sua substituição por outro pode resolver seu problema.
  16. tente baixar um programa chamado Daisydisk e então você enxergará e entenderá o que é esse outros, abraço!
  17. webg3brasil

    OS X El Capitan

    Consegui remover o arquivo, mas não adiantou nada, ficou igual o seu tb, mais ou menos isso ai 416MB, não sei o que isso influencia, estou com SSD e tirando o consumo desse kernel_task, aparentemente o sistema está estável e normal, sem superaquecimento ou outras coisas acontecendo.
  18. Funciona muito bem amigo, o meu da assinatura troquei o SuperDrive por um interno (retirado de um Sony Vaio) e funciona perfeitamente em 1280x800 (resolução nativa), imagine em um Retina, agora independente do modelo, você precisará adquirir algum programa que reproduza o formato, eu uso Macgo Blu ray Player
  19. Normalmente não funciona até lançarem a versão final do OS, ai o Itaú lança a versão compatível, enquanto isso mantenha uma partição com o El Capitan ou Yosemite, que não terá problemas.
  20. Vocês estão enganados quanto a quantidade de RAM, oficialmente a Apple informa que só aceita 8GB (2x4gb) porém isso não é verdade, ele aceita sim dois pentes de 8gb somando 16GB, o único porém é a versão do OS X e o barramento 1066MHz, precisa estar acima do Mountain Lion (10.8) pois tem alguns updates de firmware a partir do Lion (10.7) o que permitiu o reconhecimento de 16GB (é o máximo que ele aceita), referente aos amigos que estão com problema, é devido exatamente a quantidade de memória RAM 4GB (padrão desse macbook) é muito pouco, hoje pra programar no mínimo 8GB, e se vc procurar alguns videos comparando esse mac com 8GB e 16GB, verá que o salto é gigantesco, e sim, você poderá trabalhar por muitos anos com essa versão, até a Apple tirar o suporte do OSX acredito que ainda demorará pelo menos mais 3 anos. É minha máquina principal, paguei 2mil e vale cada centavo. Recomendo fazer esses dois updates: 16GB (2x8GB) DDR3 1066MHz 512GB SSD
  21. Eu ouvi dizerem que o Mini não tem microfone interno e que por isso a Siri não funcionaria, não sei se é verdade, mas pode ser isso.
  22. webg3brasil

    OS X El Capitan

    Bem pessoal, voltando aqui com a solução do meu problema da pasta Aplicativos que insistia em ficar inglês, independente do idioma que escolhia, caso alguém esteja com problemas ou venha ter no futuro, segue minha contribuição com meus 2 centavos: Criei um novo pendrive de boot já com o 10.11.5 e bootei o mac com ele, instalei por cima mesmo, como uma nova instalação (mas sem apagar nada), ele corrigiu o problema, havia esquecido isso, pois já tive problemas no passado (na época do Snow Leopard, faz muito tempo e não me recordava mais, só fui me lembrar que tive problemas assim, depois de já ter instalado o sistema e percebido que meus programas e arquivos não haviam sido alterados, permanecendo intactos como os havia deixado). Esse é um recurso muito bom do Mac, que não temos no Windows que ocorre de criar aquela pasta Windows.old, no Mac a instalação por cima funciona muito melhor. Um grande abraço a todos!
  23. webg3brasil

    OS X El Capitan

    Fiz o mesmo e infelizmente não deu certo. Obrigado por tentar me ajudar, continuo garimpando soluções na net, enquanto isso, curtindo bastante o sistema. Abraço!
  24. webg3brasil

    OS X El Capitan

    Obrigado amigo, mas infelizmente não deu certo, até removi depois o .localized com o rf -rf e refiz com o último comando, mas mesmo assim não funcionou.
×
×
  • Criar Novo...