Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

webg3brasil

Membros
  • Total de itens

    1.070
  • Registrou-se em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    20

Posts postados por webg3brasil

  1. OpenCore Legacy Patcher é o que você precisa para instalar o macOS Big Sur, e sim o 2012 é 99% compatível com Big Sur , o 1% fica por conta da placa-wifi (trocando ela fica 100%, porém não tem necessidade, visto que o OpenCore Legacy Patcher faz a mágica com a placa original do 2012, e funciona perfeitamente. Dê uma olhada nos videos do Ramon Ferreira no Youtube ou mesmo Gabriel de Pinho, porém o melhor lugar para tirar dúvidas é no fórum gringo MacRumors.

     

    Ref a esquentar, até nos macs compatíveis estava com problema, o Big Sur foi bem problemático, as melhores versões são 11.2; 11.4 e a última 11.6

    as versões problemáticas foram as 11.3.1; 11.5; 11.5.1 e 11.5.2; sem falar nas versões 11.0.1; 11.1 que saíram no início.

    A Apple costuma acertar a mão quando chega próximo do lançamento do sistema seguinte, como é o caso do Big Sur 11.6; Mojave 10.14.6 e Catalina 10.5.7

  2. 3 horas atrás, rafsguedes disse:

    @LeBaldi e @BetoGaleazzo muito obrigado pelas respostas.

    Acredito que para meu uso, os 8gb serão o necessário! Caso venha sentir que preciso de mais, faço um upgrade pra um Pro 16gb.

    🤘

    Só lembrando que não é possível aumentar RAM dos modelos desde 2013, apenas trocando de máquina para uma com maior RAM (eu li e entendi o que escreveu, mas os desavisados, podem pensar que é possível aumentar a RAM dos macs M1 diretamente). 

  3. Em 15/06/2021 at 22:05, Paulo Eduardo Tavares disse:

    Bom, agora tens o meu como exemplo utilizando 10GB! Os dois pentes são iguais. Se um sobe sozinho, pq não subiria com outro par idêntico? Ainda sigo na luta. 

    já foi respondida essa pergunta: 

    só sobe 1 sozinho na frequência 1066Mhz

    se colocar a pente com 1333Mhz sozinho, não irá subir o sistema

    quando você coloca dois pares de frequências diferentes, o que possui frequência maior, reduz para o que tem a frequência 1066Mhz, para subir 16GB nesse modelo, tem que utilizar 2 pares na frequência correta: 1066Mhz.

  4. 29 minutos atrás, Marcelo_P disse:

    Realmente nunca abri um macbook. O meu Air ainda está virgem de fábrica, mas quando me referi aos cuidados, servem para qualquer equipamento eletrônico.

    O iMac realmente dá medo quando você abre a primeira vez. 

    Dá uma olhada nesse video do Luke, onde ele compra usado um iMac 4K i3 e faz ugrade para um i9, trocando também a GPU e colocando 32 GB de RAM.

    Olha como ele empaca na placa de alimentação !!!

    E olha como ele aplica a pasta térmica ! Ele só coloca e nem espalha com uma espátula. O que ocorre é que as vezes você pensa que o dissipador ao encostar no processador com a parta térmica ele irá espalhar pelo esmagamento, pode ser um ledo engano. E se ficar espaços sem pasta na hora do contato ? Como você irá saber ?

    hahaha, é doideira mesmo, nunca abri um iMac, sempre que precisei fazer isso (nas empresas que trabalhei, mandava pra Assistência Autorizada), upgrade de RAM é tranquilo, mas SSD não tem como, melhor deixar com os especialistas, hoje em dia eu abriria, mas na época, não tinha coragem de arriscar não.

  5. 22 horas atrás, Marcelo_P disse:

    Acho difícil ser a pasta térmica, pois o macbook é de 2017, portanto pouco tempo para a pasta térmica ter secado. E também a troca de pasta térmica não é assim para se fazer anualmente ou a cada 2 ou 3 anos, ainda mais em computadores tipo macbook onde é dificílimo abrir e não qualquer um que abre, e outra: As vezes você abre algo para ver, ou nesse caso verificar o estado da pasta térmica, e por um descuido cai um parafuso em duas pernas de um CI queimando-o, ou você danifica um Resistor SMD, ou outro componente ou trilha de bobeira. 

    Por exemplo tenho um iMac onde ele ficou 9 (nove) anos de fábrica, ou seja, sem abrir.

    Num certo dia resolvi instalar um SSD no lugar do SuperDrive e por isso teria que abri-lo. Como já lido com eletrônica bem antes de fazer engenharia e tenho bastante experiência em abrir equipamentos eletrônicos, abri com critério e cuidado. Aproveitando que estava aberto, resolvi verificar o estado das pastas térmicas da GPU e CPU. Ao verificar percebi que estavam normais e não estavam secas, mas como já tinha chegado até esse ponto, resolvi troca-las somente pela oportunidade. Mas o que realmente precisava de uma limpeza eram as 3 (três) ventoinhas e poeiras nas entradas da ventilação.

    Sim, pode ser poeira, ref a abrir MacBook Air, pelo que entendi, você não tem muita familiaridade, é algo bem simples e não o monstro que é um iMac, não tem nenhuma dificuldade e ref a pasta térmica, eu abri um Xbox One X e a pasta que veio de fábrica, estava mal aplicada, isso varia , não é questão de marca, pode acontecer. Uma pasta térmica de qualidade dura 8 anos (Artic MX-4, por exemplo).

  6. 32 minutos atrás, Rafael Scheid disse:

    Faz uma verificação de hardware. Reinicie segurando a tecla D para abrir o Diagnostics para verificarmos se há algo de errado detectado no hardware.

    Considerando que nada esteja errado com o hardware, creio que há um ajuntado de coisas que podem estar gerando baixa performance. Primeiro o SSD ser mais rápido não significa que ele se comunicará mais rápido com a máquina. Ela crescia suportar esta condição também para que o conjunto funcione.
    Estes Macs não possuem processadores muito potentes, e os softwares modernos como Big Sur e serviços super exigentes com processamento como aplicativos de videoconferência e tudo mais devoram a CPU.
    Por fim, esta máquina tem 4GB de RAM? Se sim, é outro item que sofre muito com os softwares modernos.

    É um pacote de hardware complicado que você tem aí.

    Não existe Air 2017 com 4GB, apenas 8GB ou 16GB.

    Pode ser superaquecimento (falta de limpeza interna e troca da pasta térmica).

  7. Não possuo mais o MacBook Pro 2010, porém para resolver o problema era instalar o Windows 10 através do DVD (que automaticamente escolhia o modo Legacy) e então instalava os drivers da GPU corretamente. Isso ocorre porque a Apple endereçou errado o hardware (tabela de endereçamento de periféricos/drivers/dispositivos na BIOS), o macOS ignora essa tabela, porém o Windows lê e considera corretamente (parece ironia, mas é real), por conta disso ao instalar o driver correto da GPU no modo UEFI, a tela fica preta, pois não localiza no índice correto da tabela de endereçamento, tem vários tópicos pela internet a respeito disso, e até casos que conseguiram corrigir a tabela, mas se não quer perder tempo com isso, use o método DVD que é infalível. Um dos motivos de corrigir a tabela de endereçamento é a possibilidade de utilizar a eGPU no MacBook pelo Windows 10, o modo Legacy, já é mais complicado utilizar a eGPU (nem sei se é possível).

  8. O que você tem que se atentar é para o encaixe da bateria e a disposição da mesma dentro da case/carcaça, os modelos de bateria do 2010-2011 são diferentes dos 2012-2015, as baterias para o Air 2015 e 2017 são as mesmas, pois o modelo 2017 é um 2015, rebatizado para 2017 (aumentaram o Clock 200MHz, eliminaram a versão 11" e 4GB RAM, 2017 só tem modelos com 8GB), outra coisa que muda é o padrão de m2 proprietário Apple, os modelos 2013-2017 usam padrão nvme (mas tem encaixes diferentes), os modelos anterior a 2013, no caso 2010-2012, usam m2 proprietário padrão SATA, fora essas particularidades, a bateria dos modelos 2013 à 2015 são praticamente o mesmo encaixe, podendo sim utilizar bateria compatível com modelo acima. Quando for comprar utilize os 7 dias (compras pra internet), caso não encaixar no seu Mac, devolva, simples assim.

  9. 8 horas atrás, misael disse:

    Muito obrigado pelo retorno. Realmente faz sentido o seu comentário. Tendo isso como base, vejo que o caminho mais prático seria instalar um SSD SATA 2,5" padrão, que já é um grande aumento de performance em comparação aos tradicionais HD's.

    Caso eu decida instalar um SSD SATA 2,5" padrão, qual modelo oferece uma maior velocidade de leitura e gravação para instalar no Macbook Pro mid2012? Atualmente eu uso um Kingston de 240 GB. Quero instalar um de 480 GB.

    acho que isso não tem muita diferença, os melhores são Samsung EVO

  10. Nunca vi esse modelo 2010 usando mais que 5GB simultaneamente, talvez para quem utilize várias aplicações em simultâneo, seja necessário, mas renderizar videos pelo Final Cut X ou utilizar LogicPro, 8GB são suficientes, e como já foi falado para utilizar os 16GB os dois pentes precisam ser 1066MHz, e não é uma memória barata, também é difícil de encontrar o par nessa frequência. Boa sorte!

  11. 9 horas atrás, misael disse:

    Pessoal,

    é possível instalar um SSD M2 (https://www.kabum.com.br/produto/115794/ssd-crucial-p2-500gb-m-2-nvme-leituras-2300mb-s-e-gravacoes-940mb-s-ct500p2ssd8?gclid=CjwKCAjwy42FBhB2EiwAJY0yQvqWRHzDDtNMoR8qi1nkrSZduko9EHL1gyDGO8xKkfQz7rz6IW5T3hoCA3AQAvD_BwE) no Macbook Pro 13' mid 2012? Se possível, o desempenho dele seria melhor do que de um SSD normal?
     

    Você precisaria de um adaptador para SATA-3, tipo aquela gaveta (caddy) que usamos para o SSD no lugar do DVD, porém o fato de ser SSD m2 não quer dizer nada, a interface é que determina e todos os modelos 2012, inclusive os que usam m2 proprietário (caso do Air 2012 e rMBP 2012) a interface é SATA-3, ou seja, limitado à no máximo 600mbps, somente os modelos rMBP / Air a partir de 2013 utilizam o padrão m2 nvme, que garante uma taxa de transferência acima de 850mbps, chegando a muitas vezes 1100mbps ou 2200mbps dependendo do ano do MacBook Air/Pro.

    Se deseja multiplicar ou dobrar a velocidade do MBP 2012, utilize o SSD SATA-3 2.5" Samsung EVO 860 em RAID-0, usando o Caddy no DVD em conjunto com outro SSD de mesmo modelo na porta SATA 2.5" padrão.

    Irá atingir algo em torno de 900/1100mbps utilizando RAID-0, para isso terá que utilizar ou macOS Mojave ou macOS Catalina, mas através do patch do Dosdude1 (que foi o único meio que consegui fazer funcionar RAID-0)

    Tem tópicos de RAID-0 no fórum, dê uma pesquisada RAID-0 em APFS

  12. Utilize o MountEFI e apague a pasta Windows (se existir) dentro da partição EFI, a partição EFI fica oculta é a primeira coisa que é lida ao iniciar os Macs. Outra alternativa é o App OpenCore Configurator, ele tem um montador de partição EFI embutido. Boa sorte!

  13. Em 01/05/2021 at 22:33, luigustavo disse:

    Eu tenho um MacBook Pro 17” 2011 e fiz a instalação do patch nessa versão.

    A instalação ocorreu tudo bem e até fiz um rápido uso, mas nesse momento ainda não está “aceitável” o uso.

    As ventoinhas acionam demais e ocorre muito travamento, porém, está melhor do que versões anteriores do patch.

    Creio que alguns meses consigam deixar excelente igual os 2012 e 2013 (iMac).

    Torcendo.

    na verdade os macs que não possui api metal só serve mesmo para testes, pois se precisar de usar um Final Cut ou AutoCAD que demanda da GPU, no Big Sur, que depende da api metal, vai acabar crashando esses apps, por isso, só vale como teste mesmo, se quer utilizar algum sistema nesses macs anteriores a 2012, vai de macOS Mojave. Caso tenha algum iMac ou MacPro que é possível trocar a GPU por alguma com suporte à api metal, ai sim vale a troca do sistema e GPU compatível, caso contrário, não vale o esforço. 

  14. Pessoal que ainda tem esperança do Big Sur em macs antes de 2012, há uma esperança, fizeram alguns patchs no OpenCore Legacy Patcher 1.1.0 que conseguiram trazer de volta o suporte ao OpenGL e algumas GPUs como Nvidia 9400m / 320m e Intel HD Graphics 3000. Dêem uma chance, ainda tem glitches gráficos, mas já é alguma coisa, principalmente para testes e aprendizado.

×
×
  • Criar Novo...