Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

jailsonrs

Membros
  • Total de itens

    737
  • Registrou-se em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    4

Tudo que jailsonrs postou

  1. Apenas verifica direitinho se o seu roteador / rede suporta HD conectado para Time Machine. De resto, pode deixar ele conectado no seu roteador que é sucesso.
  2. Desconheço isso. Ele na prática, cria uma estrutura da sua pasta com arquivos, e faz a checagem para ver se há alterações. Não existe essa dele corromper "inteiro" não. Vc pode até mesmo fazer ele parcialmente, alterar arquivos enquanto ele está fazendo o backup, passar meses sem fazer, etc... Ele é bastante robusto e simples ao mesmo tempo. O que pode acontecer, se a rede for instável, ele demorar muito mais tempo do que o habitual para concluir, porque ele vai checar as versões dos arquivos que ele já fez backup e o que tem na máquina, e isso as vezes leva mais tempo do que o próprio backup. Para o primeiro backup, o ideal é fazer a noite. Liga o Mac e deixa ele fazendo e no dia seguinte está pronto.
  3. O mercado de iPhone usado e velho é gigante. Mas também está ai outra neurose, que é ficar "economizando" o aparelho para revender em melhor condições depois de uns anos. Tem gente que sequer usa os acessórios originais. Claro que um aparelho com uma bateria com um desgaste menor vai ser melhor apreciado na revenda. Mas no geral, acho que é muita neurose, mas como não sou dono da verdade, vai de cada um.
  4. jailsonrs

    Raid 0

    Se tiver um sistema de backup, meio que de boa. Mas RAID O ainda mais com SSD meio que não faz muito sentido nos dias de hoje. Fiz RAID 0 em um Mac Pro 2012 antigo com 4 HDs de 500GB e ficou absurdamente rápido. Mas falei para o dono que era pra manter o HD do Time Machine conectado o tempo todo, porque qualquer problema em algum disco, já era.
  5. Por definição legal, um ano após a data de compra pelo consumidor. Essa data consta na nota fiscal de compra: https://www.apple.com/legal/warranty/products/ios-warranty-brazilian-portuguese.html A Apple tem também o sistema de ativação que pode ou não coincidir com a nota fiscal. Há casos que no sistema da Apple passa a contar da ativação do produto, porém o que vale, em caso de divergência, SEMPRE é a nota fiscal.
  6. Eu particularmente ficaria no Mojave, que oferece suporte ao Office 365 e demais programas da Adobe atuais. Se tiver algo que peça uma versão mais recente, coloca o Catalina.
  7. Alguns modelos de MacBook, acho que até 2016 ou 2017 ainda permitiam upgrade de SSD. Mas RAM simplesmente é impossível.
  8. iPhone agora nos modelos maiores realmente tem uma bateria que dura um dia inteiro para mais. Mas os modelos menores e aparelhos antigos, duravam um dia de uso normal ou exigiam uma recarga parcial para um uso mais intenso. Com uma média de uma carga por dia, em dois anos chega a um número próximo de 700 ciclos. E como a bateria não é de grande capacidade, qualquer perda (ou seria perca?) de capacidade, conta. Esse cenário de troca a cada dois anos é para usuário neurótico que fica conferindo diariamente o status da saúde da bateria. Dai ele vai ter sempre uma bateria digamos "aceitável". Sinceramente, esse lance de saúde da bateria é uma bobagem. Depende muito do perfil do usuário, o que ele tem instalado, ajuste de brilho, etc... Simplesmente usem o aparelho e quando tiver ruim, troque a bateria.
  9. Bateria de desgasta das mais diversas formas. Seja por ciclos, idade, temperatura, etc... Até mesmo carregamento rápido pode degradar a bateria, seja pela velocidade e porque a aquece mais. Acredito que a questão da saúde da bateria as vezes dependendo do usuário, mais atrapalha do que ajuda, porque muitos entram em uma neura e começam a fazer absurdos para preservar um ítem que é consumível. Pode acontecer de uma bateria que foi "poupada" dar problema do nada com saúde próxima de 99%. Acontece. Sou da seguinte opinião: Use o aparelho e mantenha uma power bank na mochila por perto. Em casa ou no trabalho, prefira o carregamento lento por precaução, e a cada dois anos, troque a bateria. Quando o aparelho pedir a segunda troca, depois de 3 a 4 anos, já é hora de investir em outro aparelho dependendo do seu perfil de uso.
  10. Precisa ser mais específico. Qual o modelo? Qual o ano? Qual o processador? Quanto de RAM? Exatamente para que vc usa o Mac?
  11. Foram os MacBooks Pro de 2012. 13" e 15" Mid 2012. Acho que teve o modelo de 17" também Mid 2012, sendo esse o último de 17". Oficialmente aceitam 8GB DDR3 1600, mas é possível instalar 16GB DDR3 1600 neles, com dois pentes de 8GB. No final de 2012 saíram os retina, que mataram de vez os upgrades de RAM.
  12. Sim, fazem. Mas o fazem em um aparelho caríssimo, onde o aparelho atual do modelo mais básico da linha custa 7 mil no site da Apple.
  13. Comprei o meu iPad Air 3 na Fast Shop, lacrado, novo, nota fiscal e tudo mais. Abri, ativei e fiz tudo certinho. Quando fui ver a data do fim da garantia, estava incorreto. Entrei em contato com a Apple, pediram a cópia da nota, que já constava o serial, e em dois dias corrigiram. Essa questão da ativação é um pouco "ambíguo". Se eu pegar um iPhone 6 comprado no varejo e que nunca foi ativado e ativar ele agora, vai ter garantia de quando? Acredito que a Apple deva ter um controle com a data de fabricação e uma estimativa de tempo que levaria para o produto seja vendido. Já peguei cinco MacBooks Pro em um antigo trabalho que a data de venda estava 4 dias a frente quando recebi e fui ativar o AppleCare. Simplesmente fiz a ativação do AppleCare e ganhamos 4 dias a mais de cobertura. E esses cinco MacBooks, sequer tinham sido ligados, porque eu peguei o serial pela caixa deles. Esse controle da Apple com os número de séries tem suas falhas. O que vale é a nota fiscal. https://support.apple.com/pt-br/HT202696 Data que consta no registro da Apple não quer dizer nada a grosso modo. Só entrar em contato com a Apple e corrigir.
  14. A garantia legal é baseada na data da emissão da nota fiscal. Caso você tenha algum problema, basta apresentar a nota fiscal e pronto, fim de papo. Acredito que deveria terem deixado isso claro no contato. Aconteceu algo semelhante com o meu iPad Air 3° geração que a data da ativação era de uns 40 dias anteriores a data da emissão da nota. Entrei em contato com a Apple, enviei a nota e alteraram em 2 dias. Segue link do artigo de suporte da Apple onde explica: https://support.apple.com/pt-br/HT202696 Se você recebeu um produto novo, lacrado, sem marcas de uso e fez a configuração inicial sem problemas e não tinha nenhum ciclo de bateria, vc recebeu um produto novo. Uma divergência no controle que a Apple tem sobre o serial dos produtos não quer dizer que vc pegou um produto usado. Facilmente se resolve corrigindo a data de compra e fim de papo. Apenas corrija a garantia com a Apple e seja feliz. A Apple sabe que pode ter divergências e tem até um artigo falando sobre isso. Acho que é muito desnecessário devolver ou ficar teorizando que foi um produto reembalado, usado ou algo assim.
  15. De acordo com o EveryMac a Apple descontinuou o seu MacBook em 27 de Outubro de 2016. Depois de cinco anos de descontinuado, a Apple considera o produto clássico e não oferece mais suporte de hardware, exceto se tiver peças em estoque ou em certas regiões. Independente de qualquer coisa, recomendo levar ou enviar para uma A.T o quanto antes o seu Mac, porque o prazo de disponibilidade de peças está no fim.
  16. Eu tinha um exatamente igual a esse. RAM é soldada, mas ele aceita upgrade de HDD / SSD. Existe um adaptador que permite que vc coloque também um SSD NVMe M.2 nele, aumentando ainda mais o armazenamento. O adaptador custa em média R$ 130,00 no Mercado Livre já no Brasil ou menos de R$ 50,00 no Aliexpress. Se vc tiver paciência, pela do Aliexpress mesmo. Coloca um SSD NVMe de uns 256GB para sistema e programas e deixa o HDD de 1TB para arquivos. Já é uma máquina um tanto quanto datada, com processador de quarta geração, mas para um uso básico ou até mesmo algo moderado, ainda dá conta. O que mata ele atualmente, é o lento HDD que simplesmente não dá para um uso no dia a dia. Sistemas atuais não foram feitos para funcionar em HDD. Coloca um SSD NVMe nele e verá a diferença. Procura no Google "Mac mini SSD upgrade" que vc vai ver o quanto é fácil a instalação do SSD mantendo o HDD que veio nele.
  17. Nem li todas as respostas e vou dar a minha opinião. Depende, e muito, do que a pessoa vai fazer com o aparelho. Um iPhone é um aparelho premium, com o melhor que a tecnologia tem a oferecer. Se a pessoa optar pelos modelos Pro, além de tudo terá uma excelente câmera e desempenho de sobra para 3 anos de uso pleno. Sempre deem preferência para pegar modelos com bastante armazenamento. Pegar os com parcos 64GB é complicado, visando a longevidade do aparelho. Se a pessoa usa pouco o aparelho, e basicamente vai usar para navegação, e-mails, redes sociais e coisas do tipo, qualquer outro aparelho mid-end ou mid-premium Android atende perfeitamente. Android amadureceu bastante e atualmente é um sistema bastante robusto e estável. Se a pessoa baixar apenas aplicativos conhecidos da Google Play e tiver o mínimo de noção ao navegar, dificilmente terá problemas de segurança. No final, tudo depende do bolso e preferência da pessoa. Se a pessoa escolhe um iPhone, ela terá em mãos um dos melhores aparelhos e dificilmente terá preocupações. Não acho que seja nem hype e nem status.
  18. Se não está apresentando problemas, acho melhor esperar o máximo possível para fazer a troca, assim o futuro comprador terá uma bateria trocada mais pra frente, aumentando a vida útil da máquina.
  19. Ele só funciona 60Hz em 1080p 4K ele funciona a 30Hz https://support.apple.com/kb/sp691?locale=pt_BR https://support.apple.com/kb/sp690?locale=pt_BR 4K 60Hz somente em modelos mais novos. Como já é um Mac bastante antigo, na época que ele saiu, monitores 4K não eram tão comum quanto hj em dia. Acho que naquela época um monitor 4K deveria custar mais do que o MacBook, rs.
  20. Recentemente fiz um upgrade para um amigo em um Lenovo T450 com i5 de 5° geração para 8GB de RAM e SSD. Levando em conta as diferenças do sistema, dá uma verdadeira surra no MacBook 2012. Vai de cada um, mas usar um i5 2° geração em 2012 é pedir pra passar raiva. Mas claro, vai de cada um. Tem gente usando Core 2 Duo ainda e atende a pessoa... Mas essas comparações com notebooks Windows recentes em sua maioria são totalmente descabidas. Muita gente compara os bons i5 e i7 que a Apple sempre usou com Pentium e Celeron com 4GB de RAM e HDD.
  21. MacBook de 2012... vamos lá. É um i5 de segunda geração. Estamos na 11° geração dos Intel. 10GB de RAM. Deve ter vindo com 4GB (2xGB) e o dono comprou um pente de 8GB. Até ai ok, mas usa memória DDR3 já um tanto antiga. Intel Iris 4000, uma GPU básica e datada. SSD SATA. Ok, dá pro gasto. Tela HD 1200x800 Vc vai investir 2k nessa máquina. Uma máquina com um hardware de 10 anos atrás. Oficialmente parou no High-Sierra e tem suporte ao Office 2016, Adobe acho que até 2017 e alguns programas atuais. Para um uso básico, bem básico mesmo, ele vai rodar. Com muito esforço e na força bruta CPU e GPU vai conseguir rodar um vídeo 1080p no Youtube ou visualizar os mapas 3D no Google Maps. Pode ser que ele dure mais 10 anos. Pode ser que ele dure mais um ano. A questão do desempenho e se atende ou não é bastante subjetiva. Tem gente que ainda usa Core 2 Duo e jura que atende. E quem somos nós para discordar. Mas eu não compraria uma máquina com quase uma década de idade.
  22. Não consigo ver como bom negócio pagar 4300,00 em um MacBook que vai receber o Monterey sem todos os recursos e provavelmente vai ser a última versão. Melhor juntar mais um pouco e pegar logo um Air M1. Esse é o problema dos Macs Intel que eram nem tão baratos e nem tão caros. Ficam em um limbo onde o dono não quer vender por pouco mas um M1 custa pouca coisa a mais. E convenhamos, é um Mac de 6 anos atrás...
  23. Sempre usei Mac com monitor externo. Funciona sem problemas, exceto pelo Dock que sempre fica mudando de monitor. Kkkkk Só comprar e plugar. Prefira monitor Displayport ou HDMI e compre um cabo ou adaptador de boa qualidade.
  24. Windows ARM virtualizado rodando um game que roda no modo virtualizado dentro do Windows virtualizado. Fuja disso.
  25. O melhor antivírus que existe é o próprio usuário. Macs por terem menos participação no mercado, tem menos ataques, mas vez ou outra aparece alguma notícia sobre um malware em geral. Uso Mac e Windows e nunca instalei um antivirus dedicado. Mas respondendo a sua pergunta. Sim, tem vírus. Se o seu Mac vai ser infectado, ai depende de vc, mas com um pouco de noção, as chances são mínimas.
×
×
  • Criar Novo...