Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

DanielOlivieri

Membros
  • Total de itens

    11
  • Registrou-se em

  • Última visita

Conquistas de DanielOlivieri

  1. Olá Del Rei! Obrigado pela resposta. Realmente, eu procurei por um post sobre isso e não encontrei. É isso mesmo. Se tocar firmemente na região da maçã ou para cima, algo vibra dentro do iPhone dando a impressão de ter algo solto ou mal encaixado. Verifiquei com duas pessoas que possuem e aparentemente, á algo normal e está relacionado a camera (pelo menos é a explicação mais pausível que achei neste site http://iphoneportugal.com/forum/index.php?topic=28296.0 Creio que deve ser normal ou então, um problema mundial uma vez que independente de onde foi fabricado (o meu no Brasil ou outros que verifiquei na China), é comum a todos os 4S. Que chato a Apple não esclarecer isso. Liguei no suporte da Apple e até chamado de troca foi aberto, sem que o atendimento explique algo disso. No demais, só é estranho mesmo, Em nada interfere no aparelho (tudo funciona perfeitamente)
  2. Alguem aqui já realizou a troca de um iPhone, ou outro iGaget comprado na Apple Store do Brasil (site)? Teve problema? Demora? Achei muito estranho o workflow. Além de ter o prazo estimado bastante extenso entre o recebimento do defeituoso e o envio do novo.
  3. Olá foristas! Ontem eu recebi meu iPhone 4S de 32GB que comprei na Apple Store do Brasil (e o iPhone também foi fabricado aqui). Achei estrenho ao "pulsar" o dedo na parte superior traseira (por xemplo, quando se vai apoiar oi deido para falar), ele faz barulho de alguma peça solta dentro dele. A princípio, achei que eram os botões (volume/vibra/wake), mas não são. Realmente á algo solto, ou mal fixado dentro dele que nestas tripidações, e possível ouvir nitidamente. Alguem mais já percebeu este defeito? Abraço
  4. Olá Pessoal! Eu comprei o Numbers para iPad/iPhone e mandei algumas planilhas que eu tenho através do iCloud. Até ai OK. Meu problema está no reconhecimento das fórmulas que eu possuo nestas planilhas que foram criadas pelo Ms-Excel. A formula com problema, faz um cálculo simples de subtração de horas como por exemplo de entrada e saída (exemplo: Entrada em A1 como 08:00 e saída em B1 como 18:00, a formula no Excel é =(B1-A1) resultando 10:00, mas no Numbers, tem exclamação). Já verifiquei as propriedades dos campos A1 e B1 setando como hora no formato 55:55:55 mas mesmo assim, não consegui. Alguem já passou por isso. Desde já, obrigado pela atenção.
  5. Obrigado pela dica GHPereira! Estou vendo com um amigo e vamos entrar com um processo contra a OI. O difícil vai ser conseguir por escrito da loja, que eles não se reponsabilizam. Aliás, fui na loja que eu compre e conversei com o gerente. Expliquei o caso e perguntei se ele gostaria de me acompanhar até uma delegacia para fazer um BO por desrespeito ao CDC....obviamente, foi muito solícito e disse que resolveria meu caso. Uns dois dias depois, ele me liga para levar o aparelho no açougue, quer dizer, para a tal Bright Star (SIMM do Brasil) que lá, eles resolveriam meu problema. Enquanto isso, continuo com o problema no falante. É um absurdo de impressionante (ou não, nem sei mais), como uma situação simples, planejada, acordada e normal como uma garantia assegurada por lei, é tratada desta forma. Cheguei a indagar algumas vezes, porque eles não processam a Apple por difamar a OI em seu site, pois lá diz que a OI e as demais teles, são responsáveis pela garantia do iPhone no Brasil. Mas lidar com acéfalos (ou expertos que se fazem de bobos) que não sabem interpretar um texto claro, objetivo e direto (acho que o pleonasmo aqui imperou feio), só pode dar nisso mesmo. Estou até esperançoso de que logo mais, comece a venda do 4s no Brasil.......uma certeza eu tenho, não comprarei na OI.....nunca mais.
  6. Olá pessoal! Algumas atualizações do meu caso: - Sábado de manhã, me ligam da Oi para dar uma posição em relação ao meu chamado da ANATEL. A atendente diz que entende mas que sente muito pois a Oi não fabrica (descobriu a roda) o aparelho e que não pode dar garantia. Após desafia-la a entrar no site da Apple ou até então, ligar para a Apple para ver que é responsável pela garantia, ela disse (acho que pela vigésima vez) que entendia, e que sentia muito mas a Oi não dispõe de um sistema para a troca de iPhone para pessoa fisica que se eu fosse juridico, seria fácil resolver e que eu poderia ligar para o call center e sugerir a criação deste sisteminha (olha o nível de ironia e estresse que temos que passar). Indaguei se a Oi assinou o contrato de representação e venda de iPhone com a Apple, no escuro pois neste contrato, deve estar claro os deveres e responsabilidades de cada um. Mais uma vez, usou da ironia e disse que eu deveria perguntar para o dono da Oi. Resumindo, ela disse para eu procurar meus direitos (depois que sugeri uma inversão de valores) que eu ganharia mais dinheiro que uma troca de aparelho (ela não percebeu que eu não procuro dinheiro, para isso eu trabalho, procuro e exijo apenas o meu direito de consumidor). Ai comecei a trollar o perfil da Oi no Twitter. Logo em seguida, me pediram meus dados que dariam uma tratativa. Hoje, me liga um pessoa da ouvidoria para dizer mais do mesmo, isto é, que a Oi não fabrica, não pode dar garantia e bla bla bla. Mesmo citando o artigo 18 do CDC, ele volta ao assunto de que não fabrica, não dá garantia e os mesmo quais quais quais. Ainda vou tentar uma última cartada que é ir na loja e como não vão resolver meu problema (por que será que eu tenho esta certeza), chamo uma viatura e vamos para o DP com o gerente fazer um BO. Dai em diante, apenas na justiça, mas quieto, de graça, isso não vai ficar, ah não. Pessoal, se pensam em comprar um iPhone....não façam isso na Oi....se precisar usar a garantia eles juram com a corda já no pescoso que não são responsáveis, que não é com eles. Não comprem iPhone em lojas da OI....#ficadica
  7. Pois é véio, amanhã eu vou passar na loja sim (claro que antes vou tomar uns 3 comprimidos para pressão) e vamos ver o que vai dar. Estou pensando em gravar a conversa, o pessoal por incrível que pareça, fica incomodado com isso pois pode ser prova contra eles. (ainda estudo essa possibilidade). Outra situação que penso também é chamar a polícia para levar o gerente para uma delegacia e fazer BO (vou conversar com um amigo advogado antes) por desrespeito ao código de defesa do consumidor (vendo o blog de um forista daqui, houve um caso, não em relação a garantia de iPhone mas sobre venda casada e claro, o gerente não quer correr o risco), mas também está sob estudo. Valeu pela ajuda..
  8. Pessoal, Posso estar errado mas iPhone em garantia, não deve passar por assistência técnica para reparo. A operadora tem de trocar e ponto. Eu sou cliente da Oi e estão indicando um tal de Bright Star mas lendo as reclamações no site Reclame Aqui, não penso nem em passar pela mesma rua dessa empresa, quiça mandar meu iPhone (mesmo porque, está na garantia). Para iPhone fora de garantia (com mais de 12 meses desde a compra), a Itautec está dando o suporte "oficialmente" pela Apple. Dizem que o preço é salgado mas enfim, o que no Brasil em se tratando de Apple não é caro? Neste caso, no 0800 da Apple (na opção de iPhone), tem o número do suporte da Itautec. Para quem é cliente da TIM (antes de me tornar da Oi, eu passei pela TIM), tem o email [email protected] que sempre tive "meus problemas" (meus por causa deles), resolvidos. Se alguem tiver de outras operadoras, por favor, postem aqui
  9. Você nem imagina o estress. Ainda bem que dá para absorver coisas boas....enquanto eu ilustrava para a atendente o que era um iPhone, minha esposa rachava o bico. Se minha avó fosse viva, tenho certeza absoluta que saberia o que pelo menos, siguinficaria um iPhone (a sim netinho, aquele aparelhinho da maçã que serve pra falar né?), mas enfim....sigamos. Anatel, o prazo acaba na terça que vem se não me engano (5 dias úteis), então só resta esperar. Mas estou de olho no site pois uma vez, a VIVO encerrou um chamado meu junto a Anatel sem sequer ter me ligado.....olho aberto Amanhã vou na loja pessoalmente pois vou próximo do local, mas não espero que o meu direito seja respeitado não...mas enfim, se vier, é lucro. Mas com certeza, vou até o final, não achei R$ 1.900,00 (na verdade, ainda estou pagando) no lixo para jogar fora assim.. Sobre o açougue, véio, lendo as reclamações, açougue até é uma definição bem carinhosa para aquele lugarzinho que chamam de assistência técnica mas que mais parece, câmara de gás de campo de concentração para aparelhos celulares (detalhe, precisa enviar e receber por correio, não é um professor pardal que se encontra nas esquinas não, fica em Sorocaba) Obrigado e sigamos brigando (pelos nossos direitos)....
  10. Comprei meu iPhone no começo de maio em uma loja da Oi aqui em São Paulo e desde a segunda passada (17/10/11), o auto-falante do aparelho (não o externo) vem apresentando distorção nas ligações aparentando estar rachado ou estourado. Já sabendo que a responsável pela garantia, é a operadora e que a Apple não tem assistência técnica "oficial" para iPhone no Brasil, liguei no falido e ineficiente call center da Oi para saber o procedimento para a troca do aparelho (além deste defeito no auto-falante, o botão wake/sleep apresenta mal contato em determinados momentos mas nunca me impediu de usar, já o fone --auto-falante-- rachado, fica difícil/impossível escutar o interlocutor). Das 5/7 vezes que tentei o contato, a ÚNICA vez que eu consegui falar com um atendente, juro que tive que desenhar um iPhone por telefone pois a pobre alma, não tinha nem idéia do que eram as palavras Apple e iPhone (acho que assimilou depois que citei que era invenção do Steve Jobs, sério mesmo, precisei fazer isso), e a respsta foi a que imaginava "o sr. tem que ligar para o setor de suporte para fazer os procedimentos" (acredito que deveria estar munido de alicate, chaves de fenda, philips, etc). Não perdi tempo e abri uma reclamação na Anatel (já tive problema com o meu 3G que na época, VIVO, também adora elevar o já alto, nível de estresse). Dois dias depois, me ligou uma pessoa da Oi para tratar o "meu problema". Na verdade, meu problema aumentou pois esta pessoa (muito bem intencionada e eficiente diga-se de passagem), era algum técnico/engenheiro e queria tratar "meu problema de sinal que deixava a ligação ruim e com chiados". Depois de explicar para ele, ele disse que iria encaminhar o chamado para outra fila mas que eu deveria arriscar ir na loja que eu comprei. Para não perder tempo, encontrei o telefone da loja e liguei. Depois de ouvir absurdos do tipo "não somos responsáveis por garantia de iPhone", ou "ligue na Apple para obter suporte" e explicar que se ligar na Apple, o atendimento eletrônico encerra mandando ligar para a operadora e todo o martírio, a pessoa do outro lado, pediu meu telefone e disse que retornava (opa, fiquei até contente e achei que minha novela, acabaria). E de fato retornou, me passou um número e mandou digitar a opção 3. Perguntei de quem era esse telefone com toda pompa, ouvi "Apple". Opa, melhor ainda, vou tratar direto com quem entende. Liguei no número. Primeiro que não existe opção 3. Segundo que era de um call center de venda de aparelho. Após conversar com o atendente, ele me passou o telefone e email de uma empresa que é a assistência técnica da Apple (oras, será que nem a Apple sabe que ela existe oficialmente no Brasil), com nome de Bright Star. Em uma rápida pesquisa no site Reclame Aqui (excelente site também), rapidamente é fácil chegar a conclusão de "preciso passar do outro lado da rua desta empresa, manter distância". De todas as reclamações que a SIMM do Brasil (subsidiária da Bright Star), e olha que não são poucas, apenas uma (eu disse UMA) foi respondida e mesmo assim, totalmente evasiva. Lendo os relatos, fiquei com um sentimento de dó, medo e raiva (mesmo que alheio). Eles perdem celulares, não dão feedback, não arrumam, enfim, meu iPhone não vai para este açougue. Pois bem, continuo esperando ainda alguma posição pela Anatel (que nunca me deixou na mão) e enquanto isso, comprei mais remédio para a pressão e calmantes (fitoterápicos). É impressionante como um negócio simples e previsto (tanto na lei como entre as empresas que no caso, a Apple e as teles), torna-se um negócio, cansativo, altamente estressante e chato. Como já li aqui no forum (em algum post), "Isso aqui io io, é um pouquinho de Brasil iaia" Volto para relatar mais capítulos da minha saga conforme novos fatos forem aparecendo. Se alguem tiver alguma dica ou comentário, será bem vindo.
×
×
  • Criar Novo...