Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

faustompc

Membros
  • Total de itens

    748
  • Registrou-se em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1

Posts postados por faustompc

  1. iMac c/ FusionDrive 2013 Review 

     

    Olá pessoal, o motivo deste post é fazer um breve review sobre o iMac 2013 com FusionDrive, afim de tirar as dúvidas de possíveis interessados no produto e que eventualmente não se decidiram sobre a compra. 

     

    Optei pelo modelo intermediário de 21,5", aquele com a GPU Nvidea. Configurei-o com o FusionDrive e Magic Trackpad. Tive vontade de adicionar memória RAM no ato da compra mas infelizmente o preço dessa máquina já tava subindo no telhado. Não deu. 

    Comprei com os 8GB padrão mesmo. 

     

    Configuração: 

    i5 2,9GHz, 1TB Fusion Drive, GPU Nvidea c/ 1GB DDR5. 21,5" 

     

    Pontos positivos: 

    1. A tela é muito, muito boa, reduziram absurdamente os reflexos se comparado a versão de 2011 que eu tinha. 

    2. O FusionDrive dessa versão, possui um ssd de 128GB conectado via PCI-Ex. O modelo lançado em 2012 era SATA. 

    As velocidades de escrita e leitura ficaram em torno de 400MB/s e 650MB/s respectivamente. 

    3. iMac incrivelmente silencioso e ao contrário da versão 2011 que eu tinha, esse simplesmente não esquenta, nada. Nem mesmo quando atinjo uso de 100% da CPU - convertendo filme full hd com o app Handbrake. 

    4. Pro meu uso parece que os 8GB de RAM são sufucientes, verificando o Monitor de atividade, em momento algum foi usado memória de troca. 

    5. Boot do Mavericks em 13 segundos. 

    6. Ao contrário do que eu esperava, as caixas de som não são ruins, são bem semelhantes às do modelo 2011, gostei delas. Aprovei. 

    7. O design desse all-in-one é incrível. É lindo de frente, de lado e de costas, rs... 

    8. Embora seja um desktop, ele é leve, bem leve. Se você precisar mudá-lo de lugar, vai achar muito fácil. 

    9. Ótimo desempenho /performance, pelo menos para a configuração acima mencionada. 

     

    Curiosidades: 

     

    Mesmo eu tendo gostado do FusionDrive, resolvi desfazê-lo e gerenciar os discos manualmente. Simplesmente por querer ver como seria, nada me levou a isso. 

    É perfeitamente possível, via linhas de comando no Terminal. 

    Tá bom mas, e caso eu me arrependa e queira refazer o FD, tem como? 

    Tem sim, o próprio Utilitário de disco (no modo de recuperação ou com boot via pendrive de instalação do Mavericks) pergunta se você gostaria de restaurar os discos montando novamente o FD. Basta clicar sobre o primeiro disco da lista, que no caso será o ssd. 

    Se você recusar a oferta de restauração do FD feita pelo Utilitário de Disco, poderá então formatá-los individualmente e particioná-los como quiser. 

    Para ser questionado novamente sobre a restauração do FD, basta sair e voltar ao Utilitário de Disco. 

     

    Isto posto, decidi instalar o sistema no ssd. Deu tudo certo. 

    Agora tenho dois "discos", um ssd de 128GB e um HDD de 1TB. 

     

    Fiz novos testes de velocidade e a coisa melhorou um pouquinho. 

    O ssd apresenta velocidade de escrita e leitura de 400MB/s e 750MB/s, respectivamente. 

     

    E o hd mecânico, que é de 5400RPM, pra minha agradável surpresa, apresenta velocidades de escrita e leitura de 100MB/s e 110MB/s. Respectivamente. 

    Fiquei muito surpreso pois o hd de 7200RPM do iMac 2011 que eu tive, apresentava velocidades de escrita e leitura quivalentes de 100MB/s. Parece que há um pouco de magia neste ponto. kkk. 

     

    Gostei da idéia de gerenciar os discos manualmente. Movi minha biblioteca do iTunes para o hd interno, e também todos os arquivos de vídeo. 

    Deixei todo o resto no ssd e ainda tenho livre, dos 128GB existentes, 85GB no SSD. 

    E no hdd tenho uns 750GB livres. 

     

    Embora a biblioteca do iTunes esteja fisicamente localizada no hd, o iTunes está instalado no ssd e tudo flui muito bem, rápido e sem lags. 

     

    Outro ponto curioso: 

    Agora o BootCamp permite que eu escolha em qual disco quero instalar a partição Windows (vou usar para rodar alguns games). Pode ser no ssd ou hdd. 

    O TimeMachine via TimeCapsule faz o backup dos dois discos de forma automática, o que é muito bom. Pensei que ele iria se restringir apenas ao ssd que é onde o sistema está instalado. 

     

    Tô muito satisfeito. 

  2.  

    Sem problemas!

     

    Vamos começar pelo "Ordenar por". Ele simplesmente altera a ordem dos arquivos dentro da pasta:

     

    - Sem ordenação:

     

        A.jpg

        D.jpg

        B.jpg

        C.mp3

     

    - Ordenado pelo nome:

     

        A.jpg

        B.jpg

        C.mp3

        D.jpg

     

     

    Já o "Agrupado por" cria grupos de arquivos e aplica uma ordenação dentro dos grupos:

     

    - Sem agrupamento e ordenação:

     

        A.jpg

        D.jpg

        B.jpg

        C.mp3

     

    - Agrupado pelo tipo:

     

        - Arquivos jpg:

          A.jpg

          D.jpg

          B.jpg

     

        - Arquivos mp3:

          C.mp3
     

    - Agrupado pelo tipo, ordenado pelo nome:

     

        - Arquivos jpg:

          A.jpg

          B.jpg

          D.jpg

     

        - Arquivos mp3:

          C.mp3
     
     
     
    Caso não tenha ficado claro, me avise que tento outra abordagem.
     
    Abraços!

     

     

    Muito obrigado pela resposta... 

  3. Eu não jogo games via Apple TV então não posso dizer sobre. Mas assisto muitos filmes e seriados. O que sempre faço é converter cada novo filme ou seriado baixado para .mp4 (codec H.264) usando o Handbrake. Depois coloco eles no iTunes e usando o compartilhamento familiar, aparece tudo no Apple TV. Sem lags, sem erros. Com legendas e opção de audio inglês /português quando disponível no video. Após converter, também uso o App Subler (mac) para adicionar informações sobre o filme, capa, capítulos de 10 em 10 min. etc. Ontem eu tava assistindo o filme ParaNorman (uma animação /desenho) de quase 2 horas, em 1080p. Detalhe mais curioso ainda: meu Apple TV é o de 2ª geração, que teoricamente suporta resolução de até 720p. Veja a configuração completa do meu setup na minha asinatura logo abaixo. 

  4. Os meus ficam todos organizados por tipo. Marco a opção de exibir extensão dos arquivos nas preferências do Finder. Depois clico no icone dele e abre-se uma janela, exemplo: o meu tá configurado pra abrir uma janela com a pasta do meu usuário (a da casinha), então eu teclo cmd j e na janelinha q se abre eu marco as duas caixas de seleção lá em cima e depois vou em "Ordenar por: Tipo" e depois em usar como padrão. 

  5. Como disse anteriormente, eu só tenho SSD+HDD no hack, no mac de verdade é apenas o HDD por enquanto. Dessa forma eu não cheguei a realizar o procedimento em questão.

    Mas buscando no Google encontrei o seguinte. http://www.macworld.com/article/2015664/how-to-split-up-a-fusion-drive.html

     

    Adalberto, sabe me dizer se tem como refazer o fusion drive depois, caso eu me arrependa de desfazê-lo? Neste tutorial que você postou ensinam só a desmanchar a coisa. Não falam nada sobre o inverso. Grato. PS.: vcs que dominam o idioma, poderiam fazer uma busca em inglês pra mim no Google? Depois eu vou traduzindo no google translate. 

×
×
  • Criar Novo...