Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Vinícius Túlio

Membros
  • Total de itens

    5
  • Registrou-se em

  • Última visita

Tudo que Vinícius Túlio postou

  1. recentemente eu atualizei o meu com um ssd, mais memoria e a ultima modificação foi atualizar a GPU, agora to procurando pelo modelo de core i7 que ele aceita e num futuro vou tentar atualizar a placa wifi e bluetooth dele.
  2. Este tópico vai ser mais para orientar do que para tirar duvidas. Em agosto do ano passado a placa de video do meu iMac fritou, era a ATI Radeon HD4670 original dele. Há muito tempo atras, eu tinha feito um hack nele e colocado o macOS Catalina, mas alguns programas que uso começaram a exigir suporte via hardware do Metal, desde então comecei a pesquisar o que fazer e descobri que este modelo de iMac que tenho era possível substituir a GPU por uma mais recente, já que ele usa o padrão MXM, o mesmo slot usado para placas de video em alguns notebooks. No inicio das pesquisas, vi que era muito comum usar GPUs da nVidia, fiquei empolgado e resolvi pesquisar preços e possibilidades, Talvez colocar o melhor modelo possível. Bom, mas não é bem assim, com o passar do tempo fui descobrindo que não era simplesmente escolher a melhor GPU do mercado e colocar na maquina, teria que respeitar muitas limitações, as principais delas é de espaço, dissipação térmica e alimentação. Em questão de espaço, o iMac 21,5" se limita a aceitar as placas de video no padrão MXM-A e por causa disto o projeto de alimentação dele é bem limitado também, a placa de video não pode consumir mais que 45w, se não o sistema ficará reiniciando por falta de potencia da PSU. Dentre diversos modelos que podem ser usados, a mais adotada é a nVidia Quadro K1100 ou K2100, que é o limite suportado por esta maquina. Há também opções da AMD, no meu caso optei por uma AMD M5100. Optei por uma AMD por causa da compatibilidade nativa do macOS a uns recursos que no caso das placas da nVidia precisariam de mais modificações do sistema para emular. Mesmo com a vantagem da compatibilidade não foi um processo dos mais fáceis, quebrei muito a cabeça, principalmente porque os tutoriais que existem em fóruns gringos são um pouco confusos, num primeiro momento o sistema não reconhece a placa adequadamente e não ativa o monitor, os tutoriais não deixam claro que obrigatoriamente precisa modificar a vbios da placa, depois deste procedimento ela passa a ligar o monitor integrado. Pelo menos o procedimento é bem documentado e a comunidade desenvolveu algumas maneiras, tentei praticamente todas, mas a que obtive mais sucesso foi usando um linux modificado para eu conseguir acessar a maquina via SSH e fazer o procedimento via terminal de outra maquina. Com a tela funcionando fica mais fácil para conseguir instalar o OpenCore para modificar o macOS, já que para a placa funcionar perfeitamente, precisa adicionar uns parâmetros no boot para que o sistema a reconheça corretamente. Aparentemente seria um passo simples, mas tem algumas coisas que não foram muito bem catalogadas, por exemplo só consegui fazer o meu Mac iniciar normalmente depois de resetar a NVRAM, antes disto só frustração, fazia os passos e só conseguia ver o desktop em modo de segurança. Depois de 4 dias "escovando bits" pra instalar o OpenCore na instalação do High Sierra pra ver a placa funcionando antes de fazer o update do sistema para um mais atual. Por enquanto irei usar ele assim pois preciso resolver algumas coisas urgentes e pesquisar sobre um processador melhor, como deu pra notar a minha maquina ainda esta com o i3 original dela, oficialmente ela aceita somente até o core i5, e isto por causa da limitação da fonte de alimentação não posso colocar qualquer i7 nela, já descobri que há modelos específicos de i7 de baixo consumo que ela aceita. Assim que eu tiver paciência até animo a fazer um passo a passo mais coerente, por enquanto só to aqui contanto sobre a minha experiencia do processo mesmo. abraços a todos!
  3. Carlos tem um pequeno probleminha e procura o seu amigo Dr. Rodrigo para te ajudar. é só uma prova do que nossos iGadgets são capazes de fazer
  4. Olha só, é meio que uma limitação do proprio padrão MiniDV, mesmo que você estiver gravando em HDV, o limite é fisico, sempre ele vai gravar a 30 quadros (27,97) na fita e emular os 24 quadros, outra noticia ruim é o progressive, o sistema de gravação na fita, mesmo sendo digital, tem o limite fisico de sempre gravar intrelaçado na fita emulando o progressivo. eu não sei te dizer o pq o seu FC não o reconhece, mas no premiere teoricamente era para ele reconhecer o pulldown da camera, se ele não reconheceu, vc pode capturar normalmente a 60i e importar no FC e nele especificar qual é o padrão pulldown da sua camera, uma coisa que vc vai ter q testar e pesqueisar para saber qual opção usar, talvez esteja especificado no manual da camera em algum lugar falando sobre isto. bom, espero que isto esclareça um pouco as suas duvidas, abraços
  5. sim, a camera dele é muito boa mesmo... acabei de fazer este curta aqui com o meu: ainda vou fazer outros, mas vou comprar uma case com lente para o meu.
×
×
  • Criar Novo...