Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Juliano Rossi

Membros
  • Total de itens

    130
  • Registrou-se em

  • Última visita

Tudo que Juliano Rossi postou

  1. Estou com um WATCH Series 0 que comprei logo após o lançamento, logo, com pouco mais de 2 anos, e fora da garantia (sem Apple Care). Hoje cedo o relógio simplesmente morreu. Tela não acende, nem com force restart. Logo, creio ué não há outro caminho, se não o suporte da Apple. E sei que para o WATCH não há muito o que se fazer em termos de reparo de hardware. Eles basicamente trocam o aparelho. Dai, duas dúvidas: 1. Alguém já precisou passar por isso? Se sim, trocaram por outro Series 0 ou rolou upgrade pro Series 1? 2. Qual foi o valor cobrado? No site da Apple li que a taxa para troca de bateria (consequentemente, troca do aparelho), é de R$1059. Confere esse valor?
  2. Minha sugestão é simples e direta: envia um e-mail para [email protected] Ele mantém uma equipe para receber esses e-mails, e *sempre* manda alguém resolver o problema. Inclusive ligam pra vc. Já resolvi problema com esse e-mail, já recomendei essa dica para 2 amigos e o problema deles também foi resolvido (ou, ao menos, teve sua solução acelerada). Não subestime esse e-mail do Tim Cook, ele faz mágicas. Não esqueça de sempre adicionar no e-mail um "I love Apple, but that whole situation is just making me rethink how I see the brand and to question if you guys really care about your users" ou algo do tipo. Edit: Não tinha visto que a história tinha terminado bem. Mas, fica a dica para os outros.
  3. qnd eu me referi ao peso eu tentei fazer um comparativo... isto é, o Air está muito mais para o iPad do que para o Macbook Pro (2kg), não concorda? Isto é... no caso do Air vc não tem de carrega-lo nas mãos, ou ele está na mochila, ou ele está sobre a mesa. Não é como o iPad que precisa ser segurado (em algumas circunstâncias). Logo, coloque um iPad e um Air na mochila... muito dificilmente vc conseguirá identificar essa diferença de 400g. Nas mãos essa diferença pode ser perceptível, mas.. dentro de uma mochila? não é. E o Air se resume a isso: carregar na mochila, pois depois disso, ele fica sobre a mesa. Já um Macbook Pro, com o dobro do peso do Air, com certeza é perceptível dentro de uma mochila.
  4. No fundo eu queria ter comprado um Macbook Pro ao invés de um Air... como o Pro é trambolhudo, eu teria uma justificativa perfeita para ter um iPad
  5. Não entendo... o iMac é superior em especificações técnicas em praticamente TODOS os quesitos, qnd comparado aos MBP de preço equivalente.
  6. sim, mas, eu me refiro a distância de peso deles para um Macbook... no mínimo 1kg de diferença. Falo sobre portabilidade em si.
  7. pois é... o complicado é: o iPad é mais divertido que o Air. O iOS é mais gostoso de usar que o OSX. Mas, no restante? Air e iPad tem pesos relativamente semelhantes (1kg contra 600g... próximos, se formos considerar que um Macbook tem 2kg), ambos são instant on, tem telas de tamanhos similares, etc.
  8. Arthur, no caso do iPad ter 256MB ou 2GB de RAM não afetam em nada a performance do sistema em si. Diferentemente de um sistema baseado em true multitasking, o iPad/iOS não precisam ficar distribuindo a RAM entre vários aplicativos. Se o Infinity Blade precisar de toda a RAM, beleza, ele irá consumir toda a RAM possível. Não é como no Windows ou MacOSX onde você precisa dividir a RAM entre todos os apps que estão abertos (e isso gera a queda de performance, qnd vc não tem ram suficiente). Como o iPad roda apenas 1 app por vez (todos os demais ficam FECHADOS... por mais que a Apple tente dizer que não), ter 256MB ou 2GB, dá na mesma, no aspecto de performance. A questão da RAM no iPad é: quantos apps ele pode manter em cache, sem precisar de reload. Esse é o grande ponto e que eu sempre bato: 256MB não são suficientes para uma experiência adequada.
  9. Eu não entendo pq toda vez que eu falo na escassez de RAM no iPad as pessoas começam a falar de desempenho. O iPad não tem true-multitasking, ele não roda apps em background (exceto raras exceções), logo, mais ou menos RAM não afetam performance nele. O problema da falta de RAM é simples: eu não posso abrir o UOL, G1 e Macmagazine no Safari (em 3 abas diferentes), sair do Safari, jogar 10 minutos de Infinity Blade e voltar para o Safari. Sabe pq? simples: pq qnd eu voltar para o Safari, adivinha... as 3 abas terão sido expurgadas da RAM! Vou ter de recarrega-las novamente, do zero. E adivinha????? Se eu decidir voltar para o Infinity Blade... pois é: vou ter de recarregar o app do zero, pq ele tbm foi expurgado da RAM para dar espaço as 3 abas recarregadas do Safari. Percebe? Eu simplesmente não posso ter Infinity Blade, Safari, Vídeos.app e iBooks armazenados na RAM ao mesmo tempo, se abro um, o outro é expurgado e eu precisarei recarrega-lo de novo. Acho isso vergonhoso. Simplesmente não me entra na cabeça como a Apple pode ter sido tão CANALHA em ter colocado apenas 256MB no iPad e 512MB no iPhone. Isso sem contar os primórios dos apps para iPad. Lembro até hoje de apps como The Elements, Need for Speed Shift e Epic Citadel chegando ao ABSURDO de falarem nas descrições dos seus apps: "Se o app travar qnd vc tentar abri-lo, desligue seu iPad e religue-o". Essa instrução era dada pq fazendo isso vc limpava a RAM e resolvia o problema que estava fazendo os apps travarem: falta de RAM. Boa parte desse problema foi resolvido qnd o iOS 4.0 chegou, já que el administra RAM de forma mais eficiente que o 3.2... mas, por uns 6, 7 meses os usuários de iPad tiveram de conviver com isso. E até hoje convivem, é bom dizer. Assistiram o demo do The Daily qnd ele foi anunciado? Pois bem, o app fechou sozinho, ao vivo. Pq? simples: pq faltou RAM.
  10. O iPod touch ao qual vc refere é o 4G ou outra geração? Pois suspeito que o Wifi do 4G foi seriamente comprometido com o design da nova traseira, em 100% inox (sem aquelas área em plástico que o 1G, 2G e 3G tinham)
  11. Para aqueles que tem os dois gadgets: como é a recepção Wifi do iPad, qnd comparado ao do iPod touch? Tenho pensado em adquirir um iPad, mas enfrento um problema um tanto chato: esse ano praticamente todas as minha aulas da faculdade acontecem em um dos prédios mais isolados do campus... nesse prédio o iPod touch não consegue captar nenhuma rede, já o Macbook consegue captar 3 redes. E estou pensando em pegar um iPad para substituir o Macbook, só que dai vem a questão: a recepção do iPad está mais próxima do iPod touch 4G ou do Macbook (Air)?
  12. Acho que a grande questão do iPad 2 é o uprade de RAM. Nada fará mais diferença na experiência do uso do iPad do que a adição de RAM. Fino, leve, rápido? Ok, tudo isso é ótimo. Mas... RAM continua sendo oq mais afetava a experiência do iPad 1. Foi inclusive oq me fez esperar pelo iPad 2... na minha opinião o iPad 1 foi um produto com "erro" de projeto, 256MB não são suficientes para ele. Qnt ao Air, tenho um de 11" e to procurando explicar para mim mesmo onde o iPad pode se encaixar na minha vida, o Air já preenche todas as lacunas nas quais eu pensava que um iPad poderia me ser útil.
  13. provavelmente pq os carregadores feitos para iPhone/iPod devem trabalhar em 5W, que devem ser insuficientes para o iPad. Mas enfim, vlw por responder :-)
  14. Mas dá para carregar o iPhone/iPod touch com esse carregador?
  15. se eu vier a comprar (to tentando encaixar no orçamento, hehe), seria o preto com capa de poliuretano verde ou cinza... Isto é, eu achei a cinza "morta" até demais, passa até a impressão de ser um produto de menor qualidade (que as demais cores). E o verde eu acho que casa bem com a bezel preta. as demais cores de poliuretano estão fora de cogitação, são "fofinhas" demais. Não dá para ser levado a sério usando um iPad com uma case colorida dessas. Queria mesmo era uma smart cover preta, mas... o preço aqui no BR será proibitivo demais. eu ODEIO o iPhone branco, mas... adorei o iPad branco. Não sei se compraria ele, mas achei bonito sim.
  16. to usando o próprio ícone do remote.app (do iOS), acho bem mais condizente com o conceito do iTunes (que é muito mais baseado no Play e não na música... hoje iTunes é app, podcast, filmes, etc...). e tbm "deitei" o semáforo. Fazendo esses 2 ajustes, ficou perfeito.
  17. Ah, quem dera. A case antiga custava $39, e chega aqui no BR por R$150 O detalhe é, agora a case de $39 é a de poliuretano, isto é, as cases "fofinhas" custarão R$150. As de couro custam $69, mesmo preço do Magic Trackpad, por exemplo, que chega ao BR por R$269. Logo, eu não esperaria Smart Covers de couro (as únicas com cores decentes) por menos de R$250, infelizmente.
  18. Tem MatLab pra Mac sim. Foi um port BEMMM porco, mas tem sim. E tem que rodar 1080p sim... uma vez fiz um teste aqui, com iTunes, Safari e Mail aberto o Air (1.4ghz, 4GB) conseguiu aguentar 5 vídeos em 720p (quicktime, .mov), rodando liso. A partir do sexto vídeo começou a engasgar.
  19. eu acho que o Air tem dois problemas para ser encarado como computador principal: 1. armazenamento 2. é um notebook Enfim, é complicado conviver com um 64, 128GB de armazenamento. Eu pelo menos não conseguiria. E... eu juro que não entendo como as pessoas conseguem usar notebooks como computadores principais, não consigo ficar mais do que 2h usando um. A ergonomia de notebooks é TERRÍVEL.
  20. Estranho, o meu Air roda 1080p tranquilo. e enfim, sou estudante de engenharia aeronáutica e uso o Air como meu notebook na faculdade... tem me atendido perfeitamente. O único problema mais sério é que o MatLab for Mac foi PORCAMENTE portado para o MacOSX, resultado: ele é BEM lento. Mas não creio ser um problema do Air em si, mas sim do software mal-feito mesmo. Para você ter uma idéia, mesmo rodando o Windows via Parallels, o MatLab for Windows acaba sendo mais rápido que o o MatLab nativo do OSX.
  21. rott, acho que posso ter me expressado mal... primeiro, o teclado de portugual tem o mesmo tamanho do teclado americano, assim como tem o mesmo tamanho do teclado do macbook air 11", do pro 17", etc... é exatamente isso que eu venho falando. Oq está sendo discutido aqui é A HIPÓTESE do padrão ABNT2 brasileiro exigir teclas maiores (que limitariam a sua implementação no Air 11", por exemplo). Existem dezenas de padrões de teclados produzidos pela Apple, do Português ao Alemão. Mas... são todos do mesmo tamanho, e não é isso que estamos debatendo, entende? com relação ao BR e sua demanda... sim, não tem ABNT2 aqui por que historicamente somos deixados de lado pela Apple BR mesmo. NInguém está dizendo o contrário. dentro do seu cenário hipotético onde a apple criasse um novo teclado maior (a ponto de não caber nas dimensões do Air 11"), sim, seria necessária uma reengenharia do projeto. Isso é óbvio.
  22. acho difícil a apple fazer isso, por dois motivos: 1 - o corpo unibody tem uma "cova" mais profunda onde são acomodadas as teclas. Se o teclado ABNT2 exigisse um aumento do teclado isso implicaria em um projeto totalmente novo, com um corpo unibody totalmente remodelado (para ser vendido apenas no BR, hehe). Poderia até mesmo exigir uma total reengenharia das peças, posicionamento dos alto-falantes, etc... 2 - a apple busca sempre manter uma experiência uniforme entre seus produtos... veja o teclado wireless do iMac. Ele poderia ser maior, para acomodar melhor as teclas (pois muitas teclas ficam bem apertadas nele), mas não... a apple preferiu que o teclado do iMac fosse IDENTICO ao dos Macbooks. Logo, eu não vejo a Apple optando por tamanhos diferentes de teclado, não é "a cara da Apple", hehe.
×
×
  • Criar Novo...