Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

JLCA

Membros
  • Total de itens

    40
  • Registrou-se em

  • Última visita

Tudo que JLCA postou

  1. Comentei que a minha estava em 85 e depois da recalibragem foi pra 88. Aí em 3 semanas foi pra 83, subiu pra 84, voltou pra 83 e agora está em 84 de novo. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  2. Mais um fato que comprova que tem algo de errado com esse sistema que analisa a saúde da bateria da linha 11 (que a recalibragem não resolveu): minha mãe tem um iPhone 8 Plus com 3 anos e meio de uso e mais de 1200 ciclos. Hoje ele está com 78% de saúde, mas há 6 meses, quando estava com 3 anos, ele tinha 82% de saúde, muito similar à saúde atual do meu 11 com 1 ano e meio. E o que mais me surpreende é que essa queda acelerada da saúde da bateria do 11 impacta sim na autonomia. Quando recalibrou de 85% pra 88% eu senti uma diferença, e o aparelho fazia umas 7h30 de tela. Agora, com 83%, a autonomia está muito parecida com a do 8 Plus com 78% de saúde. Ontem eu não tinha feito nem 4 horas de tela e já estava abaixo dos 30%. Isso que o 11 é um celular que, quando era novo, fazia 9h de tela tranquilo. Claro que o iOS 14.6 tá drenando muito também, mas eu tenho percebido essa queda na autonomia nesta versão e conforme a saúde vai decaindo. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  3. Essa recalibragem que a Apple fez só pode ser uma fraude. O meu 11 estava com 85% antes da recalibragem. Foi pra 88% e agora, cerca de 1 mês depois, já caiu pra 83%. Eles admitiram que existe um erro de leituras imprecisas da saúde da bateria, lançaram esse recurso mas parece não ter resolvido o problema. Esse sistema de relatório da saúde da bateria pode estar com um problema mais sério, talvez no hardware (não necessariamente na bateria). Enfim… muita gente fala pra não se preocupar, e eu realmente tinha parado de ficar preocupado com isso. Até que a Apple admitiu haver um problema e lançou essa recalibragem que não funcionou. O problema é que essa leitura imprecisa, fornecendo uma capacidade da bateria menor e diferente da real, acaba por afetar a autonomia. Tenho um amigo com um iPhone X há 2 anos, 750 ciclos e 91% de saúde. Meu 11 tem 1 ano e meio, 520 ciclos e 83%. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  4. Não… testei apenas com o chip físico da Claro, e a própria Apple constatou que o físico estava funcionando melhor que o eSIM Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  5. Bom dia, pessoal. Já abri um tópico com o mesmo tema há mais ou menos um ano. Desde quando comprei meu iPhone 11 eu tenho presenciado um problema chato. Antes da pandemia, era bem mais recorrente porque eu saía mais de casa, e era necessário reiniciar o aparelho pra conectar ao 4G. Quando saio de casa, e automaticamente desconecta do WiFi, o 4G as vezes não conecta de maneira automática, sendo necessário ativar e desativar o modo avião (antes era preciso reiniciar o aparelho porque nem fazendo isso resolvia). Na época, há um ano, entrei em contato com a Apple e me orientaram a entrar em contato com a operadora. Falei com a operadora e disseram que não tinha nenhum problema na linha, nem no meu sinal, mas enviaram uma atualização da rede. Depois disso, fiquei sem ter problemas por alguns meses (uns 3/4), mas depois voltou a acontecer uma vez. Saí de casa pra ir ao dentista, e só chegando lá fui notar que o 4G não estava funcionando. Aconteceu essa vez e depois ficou mais alguns meses sem acontecer, voltando agora. Nos últimos dois meses, esse problema aconteceu umas duas vezes. Eu tinha entrado em contato com a Apple de novo depois que aconteceu isso quando fui ao dentista, eles fizeram um teste, pediram pra desativar e ativar assistência WiFi, pediram pra colocar um chip físico e me retornaram dizendo que o eSIM estava com um comportamento diferente e inferior ao do chip físico, mas novamente disseram que era alguma coisa com a operadora. Alguém já passou por isso? É um comportamento normal? Tantas atualizações do iOS e da operadora e não resolveu. Apesar de acontecer as vezes, quando retornarmos ao normal, após a pandemia, tenho receio de que aconteça com mais frequência. Minha garantia já terminou, mas esse problema foi relatado durante a garantia duas vezes, e nas duas vezes a Apple passou a responsabilidade para a operadora. A operadora disse não ter nenhuma instabilidade na minha linha e passou a responsabilidade pra Apple. Como tem acontecido raramente, e ficou sem acontecer por meses, ficou difícil diagnosticar esse problema ainda na garantia. Se voltar a acontecer com mais frequência, vai ser um problema chato de lidar. Imagina perder ligações de emergência, conversas, etc, imaginando estar conectado no 4G mas vc não está. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  6. Boa noite, Fábio. O meu está pedindo a senha quando tento desativar por esse caminho que você mostrou no vídeo. Acho que é oportuno reportar esse problema diretamente para a Apple por meio do site de feedback https://www.apple.com/feedback/ e também entrar em contato com o suporte por telefone ou pelo aplicativo. É uma falha de segurança relativamente grave que permite que qualquer pessoa que tenha apenas o código do seu iPhone consiga desativar a localização do Buscar, e isso impede que o dispositivo seja rastreado. Pode parecer que não mas a Apple de fato lê os feedbacks que a gente manda pra eles por meio do site. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  7. Recomendo conferir quantos ciclos tem sua bateria. Para a Apple, uma bateria normal deve reter pelo menos 80% de sua capacidade após 500 ciclos. Como a sua está em 80%, verifique a quantidade de ciclos. Têm tutoriais no YouTube. Se estiver com menos de 500 ciclos, você pode argumentar pra Apple que se trata de uma bateria defeituosa pq não está dentro do padrão 80%/500. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  8. A minha subiu de 85% pra 88%. Na prática nenhuma mudança na autonomia também. Agora é observar se essa saúde vai continuar caindo rápido igual antes, porque não adianta recalibrar e daqui 2 meses voltar pra 85% ou pra baixo disso. Em teoria, o sistema deve reportar a capacidade real da bateria após a recalibragem. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  9. Minha calibragem ainda não terminou. Também estou com 85% de saúde. Mas pelo menos nesses dois primeiros dias após a atualização do 14.5 eu já senti uma melhora na bateria. No 3utools (que sempre mostra a mesma porcentagem do iOS) aparece 88% e no iMazing 90%. Espero que não caia igual o seu. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  10. Complementando: Quem já fez a recalibragem e teve uma melhora substancial na saúde da bateria, como você, tem que observar se a autonomia da bateria vai melhorar mesmo. E também observar se não vai cair rápido de novo. Não adianta a recalibragem ser bem sucedida se não recuperar autonomia (ainda mais em casos que a % sobe muito) ou se a saúde continuar caindo rápido. Só o tempo dirá. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  11. Tenho um 11 com 1 ano e 5 meses e 85% de saúde. Já chegou a cair 5% em um único mês. Pelo que li na página da Apple, a partir do iPhone 11 eles lançaram um novo sistema integrado de software e hardware para otimizar o desempenho e a vida útil da bateria, para que o desgaste da bateria não impacte tanto na autonomia. Na prática parece não funcionar da maneira que deveria. Desde o fim de 2019, coisa de 3 meses após o lançamento dos modelos 11, muita gente já reclamava nos fóruns sobre uma acentuada queda na saúde da bateria. Eu tenho um amigo que tem um iPhone X com 2 anos de uso e ainda tem 91% de saúde. O meu 11 com 1 ano e meio tá com 85%, e isso que o nosso uso é bem parecido e eu até cuido mais da bateria, não exponho a temperaturas extremas, não deixo cair pra baixo de 20%, etc... mesmo assim esse esforço e cuidado não tem funcionado. Uso o meu iPhone há mais de um ano quase que o tempo todo apenas no WiFi em razão da quarentena, e a bateria deveria estar até mais preservada do que o normal. Sem dúvida que o posicionamento da Apple e o lançamento desse recurso é muito bem vindo. Mas ainda vai correr muita água por baixo dessa ponte. Acho que vai ter gente processando, igual o “escândalo” das baterias dos iPhones 6. Pessoal tá comparando com a “fraude do odômetro” e afirmando que a Apple está escondendo algo pior e maquiando os números. Não chego a ser tão conspiracionista assim, até porque se fosse pra maquiar alguma coisa a Apple não faria tão na cara assim com o lançamento de um recurso como esse. Acredito que identificaram uma falha nesse sistema que faz a medição da saúde da bateria e que é algo generalizado na linha 11, não sendo possível especificar um lote para iniciar um programa de recall. Então lançaram um recurso para que o software tente recalibrar esse sistema para mostrar a real saúde da bateria. A Apple deixou claro que o problema não é com a bateria, nem com a saúde da bateria em si, mas com esse sistema que faz a análise da saúde da bateria. Ele provavelmente está informando uma porcentagem de capacidade equivocada e o iOS trabalha dentro dessa capacidade errada que foi informado pelo sistema, resultando em menos horas de uso e uma autonomia pior e que se deteriora cada vez mais rápido. Ou seja, a bateria tem uma saúde boa, o problema é nesse sistema de software e hardware. O que me deixou intrigado é que, caso a recalibragem não dê certo, irá aparecer uma mensagem recomendando enviar o iPhone a uma autorizada para que eles realizem a troca da bateria de graça (mesmo fora da garantia) para restaurar 100% da capacidade. E aí que está o problema: como você mesmo deu de exemplo o caso da bateria nova que em 2 meses já estava em 95%, essa troca da bateria não vai solucionar o problema, que deve ser no hardware (algum componente fisico na placa mãe do iPhone). A bateria nova trocada de graça pela Apple vai sofrer do mesmo problema e sua saúde será informada de modo equivocado e impreciso. Em suma, só vejo problema caso a recalibragem não dê certo e apareça a mensagem de “recall” da bateria, porque significa que o software não conseguiu recalibrar e que o problema pode ser físico, no hardware, não adiantando trocar a bateria por uma nova. Vamos aguardar pra ver Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  12. Quando comprei meu iPhone 11 e coloquei um chip da Claro aparecia uma mensagem de falha nessa frequência também, mas eu sabia que era da operadora/SIM porque tinha mais informações e não apenas “falha, tente novamente”. Entrei em contato com a Claro e disseram que seria uma falha no chip. Fui a uma loja da operadora e comprei um e-SIM, que uso até hoje. Nunca mais tive esse problema. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  13. É um iPhone 11. O que apareceu no meu foi “panic-base”, não sei se é tão grave quanto “panic-full”. Quanto ao gerenciamento de RAM, eu fiz uma nova restauração pelo iTunes, e está Ok. Os aplicativos não chegam a fechar totalmente a ponto dela janela dele ficar preta ou branca, mas ao abrir apps que estão em segundo plano já há algum tempo, dá pra perceber que o aplicativo é reiniciado. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  14. *IMPORTANTE* POSICIONAMENTO DA APPLE Apple lança recurso para recalibrar baterias dos iPhones 11, 11 Pro e 11 Pro Max. A novidade deve chegar com o iOS 14.5 dentro de algumas semanas. O iOS irá identificar se há algum erro no sistema de saúde de bateria. Em caso positivo, automaticamente será iniciada uma recalibragem da bateria e do sistema de saúde da bateria que pode durar algumas semanas (a recalibração precisa aprender a rotina de cargas do usuário para ser concluída). A recalibração pode ser bem sucedida ou mal sucedida. Sendo bem sucedida, a mensagem de que está havendo uma recalibração irá desaparecer e a saúde da bateria poderá sofrer alterações (provavelmente deve subir). No entanto, se a recalibração for mal sucedida, será mostrada uma mensagem para enviar o iPhone a um serviço autorizado que irá realizar a troca da bateria LIVRE DE COBRANÇA. É evidente que o número de reclamações quanto à saúde da bateria tem sido muito maior entre os usuários dos iPhones 11, o que comprova que pode haver algum problema com as baterias. É possível que seja apenas algum bug do sistema de saúde da bateria, uma vez que esse sistema foi atualizado para “ajudar a preservar” os impactos da queda da capacidade da bateria a partir dos iPhones 11. Eu mesmo já observei a saúde caindo 5% em 30 dias, sem haver nenhum impacto no desempenho. Já tive uma experiência recente do iPhone 11 reiniciar sozinho. A Apple deve ter tomado conhecimento dessas reclamações já há alguns meses e, como é difícil constatar um problema na bateria apenas em alguns lotes (pq há uma dispersão muito grande de pessoas com a linha 11 com esses problemas), e como é extremamente custoso abrir um programa de recall para todos os aparelhos da linha (são milhões de unidades), decidiram lançar esse recurso que irá identificar se há ou não um defeito. Seria uma espécie de recall condicionado à constatação de problema por esse novo sistema que irá recalibrar as baterias. Importante dizer que, mesmo detectado algum problema e recomendado o serviço técnico, a bateria pode continuar sendo usada porque não representa nenhum risco à segurança. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  15. Boa tarde! Alguém já teve problemas com aplicativos fechando em segundo plano com frequência no iOS? Aparentemente começou com a versão 14.4.1, com a qual tive vários problemas, como iPhone reiniciando sozinho (panic-base), péssimo gerenciamento de RAM e aplicativos crashando/travando. Pensei que poderia ser a versão do iOS, mas atualizei pro iOS 14.4.2 e o problema de gerenciamento de RAM continuou. Então cogitei ser o armazenamento cheio (61GB de 64GB) e comecei a liberar espaço. Foram 10GB liberados e resolveu o problema por um momento. Mas agora voltou a acontecer de novo. Estou com 57GB de 64GB... são 7GB livres pro sistema, sendo que a Apple fala que deve haver pelo menos 1GB livre pra evitar esses problemas. A solução seria uma restauração pelo iTunes? Já restaurei pelo iTunes há algumas semanas, antes do 14.4.1, mas se isso resolver, posso tentar de novo. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  16. Se você se importa com peso, tamanho e 5G, vale a pena pagar um pouco mais no iPhone 12. Além de tudo isso, ele também tem tela OLED de alta resolução se comparado com o painel LCD *quase* full HD do iPhone 11. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  17. Realmente, você tem razão... é um direito que temos que exercer como consumidor, independente do grau/intensidade do defeito, não deixa de ser um defeito. Vou entrar em contato com a Apple, mas terei de enviar diretamente pra eles porque a autorizada da minha cidade tem notas muito ruins no Google e é conhecida por não seguir o padrão Apple. Nem sei como ainda são autorizados. Abraço! Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  18. Bom dia! Valeu pela resposta. Essa sombra sempre esteve ali, mas eu não me preocupava muito, até porque é bem na borda, mas é o mesmo problema que esses iPhones das outras imagens, de pessoas que conseguiram efetuar o reparo gratuito na garantia. Só fui pesquisar e vi que se trata de um defeito nessa última semana. Infelizmente minha garantia terminou há uns 3 meses, mas posso tentar alegar vício oculto, difícil de se perceber pelo consumidor, mas que se manifesta com o tempo (desde que não seja por mal uso e dentro da vida util do produto, que no caso de smartphone é de 5 anos), uma vez que a própria Apple diz que não exclui os direitos do Código de Defesa do Consumidor. Ao mesmo tempo tenho um certo receio de induz-los a reparar gratuitamente fora da garantia por ser um defeito pouco perceptível. Vou pensar aqui e qualquer coisa entro em contato com eles nessa próxima semana. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  19. Boa tarde! Notei recentemente que meu iPhone 11 tem uma sombra, bem apagada e sútil, no canto superior esquerdo, bem na borda. Aparece mais em cores cinza e colorido, sendo imperceptível nas cores branca e preta. Pesquisei no Reddit e vi vários usuários com o mesmo problema, nos iPhones XR e 11, e até iPhones mais antigos. Aqueles que recorreram ao suporte da Apple ainda na garantia, afirmaram que foi constatado que se trata de um defeito de display, gerando o reparo gratuito. Na comunidade Apple aqui do Brasil, pesquisei pelo termo “mancha” e vi usuários com o mesmo problema: sempre no canto superior esquerdo, um pouco mais afastada da borda do que a sombra do meu iPhone, e majoritariamente na linha XR e 11. Vi uma pessoa comentando que a Apple levou os displays LCDs dos iPhones 11 e XR ao limite. Como os painéis LCDs não podem ser dobrados na borda como os OLEDs, é difícil fazer um display ponta a ponta sem colocar bordas muito grossas. É por isso que todos os Androids com telas LCD tem um “queixo” na parte de baixo, totalmente assimétrico com o restante das bordas. No caso dos iPhones 11 e XR, as bordas não são tão grossas e são simétricas. De fato, levaram o display LCD ao limite. No entanto, por curiosidade, peguei o iPhone 8 Plus da minha mãe e também notei uma mancha na borda superior esquerda. Usuários comuns não devem notar essas manchas, mas elas estão lá. É bem possível que alguém com XR ou 11 também tenha essas manchas no display, mas ainda notou. Alguém mais já viu algo do tipo? As duas primeiras fotos fui eu que tirei (11 e 8 Plus) e as outras duas são imagens que encontrei na internet de usuários com o mesmo problema. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  20. Boa noite. Tenho um iPhone 11 e desde sempre percebo que, quando ele está bloqueado e vou dar dois toques pra tela acender, nem sempre ela responde e acende, sendo necessário repetir os dois toques. Isso acontece eu diria que 3 em cada 10 vezes que o celular tá com a tela bloqueada. Nunca presenciei, em nenhum outro momento, durante a utilização do iPhone, qualquer falha na resposta ao toque. Acontece apenas quando a tela está bloqueada. Recentemente a Apple abriu recall para iPhones 11 com falha no módulo de resposta ao toque, mas o meu não está incluso. Muitas pessoas vão dizer que é a película, mas eu já tive outros dois tipos de película e esse problema acontecia também. E se fosse a película, eu deveria observar outros erros na resposta ao toque durante a utilização do iPhone, e não apenas e exclusivamente para acender a tela bloqueada. Será que isso é um problema? Ou mais pessoas já presenciaram isso e é normal? Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  21. Bom dia, Estou com um problema que já tinha parado faz um tempo. Desde que comprei meu iPhone 11 em novembro do ano passado, ao sair do Wi-Fi de casa, as vezes ele não conectava ao 4G automaticamente. Não adiantava desligar e ligar os dados celulares, nem ativar e desativar o modo avião. Era preciso reiniciar o iPhone. Esse problema é bem intermitente. Deve acontecer 1 a cada 10 vezes. Como estou de quarentena desde março, desde essa época foi mais difícil detectar esse problema porque eu saía pouco de casa. Em meados desse ano, contatei o suporte da Apple, que recomendou a redefinição dos ajustes e entrar em contato com a operadora pra ver se não era problema com eles. Entrei em contato com a Claro, que disse não haver nenhum problema, mas mesmo assim encaminharam uma atualização. Nessa época eu também desativei as ligações WiFi que estavam ativadas. Depois disso, fiquei sem ter esse problema por meses... até ontem. Como falta 1 semana pra minha garantia terminar, pensei que isso fosse um sinal pra eu entrar em contato com a Apple. Porem, como teve atualização pro iOS 14.2 e também teve uma nova atualização da operadora junto, penso que tenha a ver com algum bug de atualização (modem) ou até mesmo alguma incompatibilidade com as ligações Wi-Fi (depois que eu ativei voltou a dar problema). De qualquer forma, acredito não ser normal isso acontecer. Mesmo com as ligações WiFi ativadas, deveria funcionar normalmente. Um amigo me disse que pode ser um problema de baseband... mas eu não sei. Se fosse um defeito na placa de rede do celular, antena, deveria acontecer com mais recorrência. Ah, e dessa última vez que aconteceu eu não precisei reiniciar o celular. Apenas ativei e desativei o modo avião. E um detalhe: uso um e-SIM, ou seja, chip virtual (interno). Alguém já passou por isso? Devo entrar em contato com a Apple de novo considerando que minha garantia está terminando (até 14/11)? Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  22. Se realmente estiver dentro da câmera, acredito que a garantia cobre sim. Eventualmente essa partícula pode acabar atrapalhando na hora de tirar fotos com o sensor principal. Já vi gente que conseguiu trocar o iPhone direto com a Apple porque entrou sujeira (por fora) naquele pequeno “anel” do flash. Coisa pequena, mas trocaram. Entre em contato com o suporte pelo 0800 ou por chat direto no aplicativo “Suporte da Apple” e tente fundamentar dizendo que você tem receio de que essa partícula atrapalhe a utilização da câmera. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  23. É um bug que está acontecendo nesse exato momento com todo mundo que tá no iOS 14 Beta. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  24. Vi nesse vídeo Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  25. Vou seguir esse tutorial. Selecionar minha operadora manualmente, assim o iPhone não fica procurando por outras redes. Vamos ver se ajuda um pouco Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
×
×
  • Criar Novo...