Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Placar

Conteúdo Popular

Mostrando conteúdos com a mais alta reputação em 17-09-2021 em todas as áreas

  1. Rodolfo

    Experiencia Nomad e Zip4Me, vale a pena?

    Pessoal, bom dia! Resolvi vir aqui compartilhar um pouco da minha experiência real de compra nos EUA usando a Nomad e a Zip4Me, que tanto é falado aqui no MacMagazine. A Nomad eu já conhecia desde meados do ano passado, quando meu cartão da Nubank passou a ser rejeitado para pagar o AppleCare+ de forma mensal, hoje a Nomad pra mim é de longe a melhor opção, super simples de usar, menores taxas de spread (quando não fazem promoção e não cobram nada, fazendo o cambio comercial), pode ser usado nas lojas americanas, fazer transferencias para outras contas americanas sem custo e fazer investimentos. Único ponto que não gosto muito são as opções de investimento, todas focadas em carteiras/perfis fechados, o que significa um conjunto de ações que eles julgam aderentes aquele perfil, isso deixa o investimento um pouco "engessado", mas é possível transferir para outras corretoras americanas de graça, então esse problema fica menor. A Zip4Me eu conheci aqui pelo site, me cadastrei e fiquei aguardando o momento para efetuar algumas compras, o portal em si é super simples, de começo parece algo quase amador, dado a simplicidade das informações, mas como as recomendações aqui do site e do Breno foram ótimas, resolvi arriscar. Depois do cadastro você recebe o endereço do seu "Storage" nos EUA, e basta adicionar isso nas compras. Grande vantagem aqui é que esse endereço está localizado no estado do Oregon, e por alguma razão lá não tem imposto sobre a compra, isso já da uma economia media ai de 6 a 8% sobre o valor final das compras, o que na conversão é considerável. Bom, indo as compras, fiz um aporte no dia 24/06 na conta da Nomad, naquela semana que o dólar chegou a ficar abaixo de 5, porém teve taxa de spread, então o cambio VET foi de R$ 5,06. No dia 25/06 o valor já está disponível para uso. Fui a Apple Store US online e montei meu pedido: Pack 4 AirTag personalizado, Case silicone iPhone 12, Sport Band Apple Watch, 2 Key Ring da Belkin, Belkin 3-in-1 MagSafe Charger, Logitech Keyboard Combo Touch para iPad Pro 11 Valor total da compra: USD 562,80, com frete grátis e sem impostos Total em reais: R$ 2.846,20 O pack das airtags tinha prazo de entrega de 2 a 3 semanas, os demais estavam com entrega imediata. Assim os pacotes começaram a ser entregues no dia 27/06 na Zip4Me. As Tags vieram da China, via FedEx, com todo o rastreio feito pela Apple, e acabaram chegando antes do esperado, no dia 02/07. A Zip4Me assim que recebia um pacote me enviava um email com notificação, e em até 24 horas depois no portal deles era possível ver a foto das caixas, com o peso. Achei esse serviço super legal, não tem custo nenhum, e você pode confirmar se recebeu o que de fato comprou. Eles oferecem ainda outros serviços (alguns com custo) onde abrem as embalagens, testam os produtos, etc. A medida que os pacotes iam chegam você vai montando o seu envio, com opções de tirar ou não da caixa, enviar tudo de uma vez ou de forma separada, e declarar ou nao o valor, de forma completa ou simplificada. Aqui, optei por enviar tudo em um único pacote, com as caixas, e o valor declarado de forma simplificada, ou seja, dizendo o que são os itens, igual fiz aqui no texto anteriormente, e colocando o valor total da fatura, no meu caso declarei USD 560,00. Esse ponto vale um pouco de atenção, você pode declarar o valor que quiser, pode inclusive não declarar valor nenhum, o imposto no Brasil será de 60% sobre o valor declarado, SE CONDIZENTE COM A REALIDADE, se na hora que chegar no Brasil a fiscalização achar que o valor está menor do que o a realidade, o valor será de 100% sobre o valor que a Receita estipular + ICMS sobre aquela mercadoria (por ex, um notebook para SP tera 18,5% de imposto). Sendo assim, eu poderia declarar um valor menor? Poderia, exceção a base de carregamento e a case com teclado, os demais itens são básicos (mesmo as Tags que no raio X apareceriam basicamente como baterias), mas ainda assim teria um risco de ser sobre taxado. Logo vai de cada um, eu decidi declarar o valor real justamente para ter noção das diferenças de preço entre comprar no Brasil e nos EUA. Claro, existe também o ponto de não ser parado na fiscalização, aqui cada um vai achar uma informação na internet. De que é sorte, de que 100% dos pacotes são minimamente fiscalizados, de que se é de pessoa física pra pessoa física passa direto, de que se o valor tiver preenchido eles já deixam passar direto so gerando a guia de imposto, que dependendo do peso na fiscaliza, assim por diante. Honestamente, não sei a verdade, prefiro trabalhar com o pior cenário e considerar que vai ser fiscalizado sempre, logo, considerem num pior cenário, sem risco, 60% de custo sobre o valor da compra. Enfim, no dia 05/07 o envio estava pronto para ser despachado (devido o feriado de 04/07), e uma fatura no valor de BRL 498,89 (USD 95,20) foi gerada pela zip4me para a modalidade de envio Zip4cket Express (entrega de 8 a 16 dias uteis), teoricamente a mais rápida, ja incluso o custo de redirecionamento deles. O peso total do pacote foi de 4,64oz, fiz uma tabela com a distribuição proporcional do custo de frete sobre o peso dos produtos, assim como fiz com o imposto. As opções de pagamento eram PIX ou TED, fiz um PIX e enviei o comprovante via WhatsApp, na hora o valor foi confirmado e o pacote liberado para envio, sendo despachado no dia 06/07/2021. Um código de rastreio dos correios foi gerado, iniciado com a sigla IX, porém até o dia 15/07 nenhuma informação constava no sistema. Do dia 15/07 a 22/07 o objeto apareceu como postado, mas não estava claro se ainda estava nos EUA ou no Brasil. A explicação é que nesse período ele já estava sobre custodia dos correios brasileiros, que possui centros de armazenamento nos EUA, e em transito. No dia 22/07 ele apareceu como recebido na unidade de logística de Curitiba. No dia 24/07 foi encaminhado para fiscalização aduaneira, e no dia 31/07 o valor do imposto foi liberado para pagamento. Como dito anteriormente o valor do imposto foi de 60% sobre o valor declarado (USD 560) e o cambio utilizado foi BRL 5,17, totalizando assim um imposto de R$ 1.737,15. Apesar do portal dos correios dizer que essa guia pode ser paga por cartão de credito ou visa checkout a unica opção que apareceu para mim foi via boleto bancário. Efetuei o pagamento no dia 02/08, o pagamento foi processado no dia 03/08 e o pacote foi entregue na minha cidade (Bragança Paulista - SP) no dia 05/08. Ou seja, 40 dias após a compra ter sido de fato realizada. No resumo, o valor total da compra, incluindo o frete da Zip4Me e Imposto foi R$ 5.082,24 (79% de acréscimo sobre o valor real da compra), com dólar medio de R$ 5,15. Para os itens que existem na Apple Store do Brasil a diferença de preço ficou entre 57% a 17%, sendo que os itens da Apple a variação foi respectivamente 36%, 30% e 17% para AirTag, Capa de Silicone e Pulseira (considerando sobre o valor a vista e também frete grátis), mais detalhes na tabela anexa. A Base de carregamento e o teclado touch para iPad ainda não localizei a venda oficial no Brasil e não consigo fazer a comparação. Resumo da Experiencia: Vale a pena? Depende. Para itens que não existam no Brasil ou personalizados, sem duvida. Se você tem o dinheiro pra pagar a vista, provavelmente você vai economizar um pouco, principalmente se puder esperar 1 mês para receber. Tudo é uma questão de pesar os benefícios e prazos de entrega. Acho super valido considerar a questão do frete, que no meu caso foi quase 18% do valor da compra original. Essa pode ser a grande diferença entre valer a pena ou não. Itens leves com alto valor agregado (por ex as AirTags) resultam em um diferença considerável (36% de economia, porém hoje mesmo saiu uma promo no ponto frio que reduz essa economia para 18%), já a pulseira, que é incrivelmente mais pesada que a capa (provavelmente por causa da embalagem, que poderia ser retirada) a diferença foi só de 17%, devido ao baixo valor agregado (e não é difícil achar promoções no Brasil com valores bem menores que da apple, a questão é o tamanho e a cor). As vantagens para mim aqui são reduzir o máximo o numero de intermediários, ter clareza sobre todo o processo, e nesse ponto a Zip4Me é muito boa, total clareza nas etapas e suporte ativo no WhatsApp para esclarecer duvidas e também ter todo o processo homologado e documentado. Claro que existem outras experiencias validas, agentes de confiança que podem fazer o processo por você e as vezes com custo menor, mas decidi compartilhar minha experiência aqui justamente por ter tido uma experiencia negativa com esses agentes e resolvi me arriscar fazendo por conta própria. Quem tiver interesse eu posso disponibilizar todos os documentos e valores para comprovar os dados que divulguei aqui. Espero ter contribuído! Abraços!
    2 pontos
  2. Joaopedro

    iPhone 13 via Redirecionadores

    Alguém tem noção de quanto ficaria / já fez uma simulação do preço do iPhone 13 Pro Max através desses redirecionadores de Encomendas dos EUA, tipo a Zip4Me? Eu nunca usei e gostaria de ter uma noção do valor dele comprando por esse método.
    2 pontos
  3. Leonardo Nascimento

    Voltando para a Apple

    Galera, estou voltando para o mundo da Apple. Após evento de hoje e vcs que tem mais experiência, vale a pena esperar para pegar o iPhone 13 / Apple Watch 7 ou pega o Iphone 12 + Apple Watch S7 por um preço menor? No site já da para ter uma ideia de quanto será a variação.... Tirando a questão fator grana, digo pelo retorno sobre o valor adicional. Ano que vem em outubro / novembro pretendo ir para USA (se a pandemia liberar), este motivo me fez pensar em investir um pouco menos agora e depois pegar ano que vem os iPhones que terão uma mudança maior... Valeu!!
    1 ponto
  4. ⚠️ Alerta de história das brabas abaixo. Leitura não recomendada para quem defende a marca como se fosse acionista. Antes de tudo, quero esclarecer as intenções aqui: Não sou dono da verdade. O que irei dizer abaixo é fruto de quase nove anos de experiência em reparo de produtos Apple, três deles em uma assistência autorizada. Recebi treinamento de produtos, técnicas de venda e experiência Apple da marca através da plataforma SEED Sales (e da plataforma anterior, cujo nome não me recordo), participei de treinamentos oficiais voltados para técnicos das assistências através do ATLAS e outras plataformas de ensino da maçã, concluí e renovei por anos as certificações da marca (Apple Service Fundamentals, iOS Service Certification, Mac Service Certification entre tantos outros). Fui agraciado com a amizade de profissionais incríveis de diversos setores da marca, com quem também aprendi muito sobre tudo o que a maçã faz e como faz. Enfim, dito tudo isso, preciso dizer que também sou tarado pelos produtos Apple e heavy user. OK, mas pra que esse curriculum vitae todo? Para que os mais céticos entendam que não estou aqui para denegrir intencionalmente a marca, para que não pensem que sou funcionário da XIAOMI infiltrado, haha. Eu vou dizer o que vou dizer porque na minha opinião, baseado na minha experiência, a marca não tem um pós-venda tão bom assim, e acredito que as pessoas (o que inclui você) deveriam ter mais direitos e receber mais respeito ao comprar um produto que mesmo no primeiro mundo tem um alto custo. Right To Repair O direito de reparo não é ainda tão discutido no Brasil, porém gera muita discussão em outros países, ações judiciais, muito estresse, perda de dinheiro (para uns, porque pra outros o lucro é absurdo). O que você diria se levasse seu carro relativamente novo à concessionária pois quebrou um farol dando ré e a marca dissesse que não existe reparo oficial? "Você precisa trocar o seu veículo por completo. O seu antigo nós pegaremos por um valor absurdamente simbólico, iremos remanufaturar e vender pra alguém, e além do mais nós vamos cuidar pessoalmente (e legalmente) para que nenhum mecânico possa fazer esse reparo pra você". Pois é exatamente isso que a Apple faz. Louis Rossman & Jessa Jones Impossível falar de Apple e right to repair sem mencionar esses mitos no que diz respeito a reparo de produtos Apple. O Louis é meio que o inimigo número 1 da Apple nos EUA, haha. Ele é técnico também já há bastante tempo, nunca trabalhou para a marca, e faz um trabalho incrível na sua loja em Nova Iorque. Ele é o bruxo que conserta qualquer coisa a nível de trihas de placas lógicas, aquele seu precioso MacBook que o Genius condenou na loja e disse que não há o que fazer além de comprar outro. Ele é tão desaforado que neste momento está procurando um imóvel próximo a uma Apple Store para montar sua nova assistência técnica, rs. A Jessa Jones é uma mulher incrível que precisou de um reparo em um iPhone lotado de fotos de valor inestimável, teve suas esperanças despedaçadas por um Genius da Apple Store e então decidiu consertar o aparelho sozinha, sem experiência prévia alguma no ramo. Hoje ela é referência no mundo todo, faz reparos tão complexos quanto o Louis e é dona do "iPad Rehab" (procurem o canal deles no YouTube, é conteúdo de ouro). Ambos já foram processados pela Apple por supostamente estarem utilizando peças falsificadas em seus reparos e abrindo aparelhos sem a autorização da Apple (haha, piada). Para que fique registrado, a Apple perdeu os processos. Casos como esses acabaram inflamando a discussão em vários países do mundo e a Apple está tendo que rever suas políticas de repair and warranty para atender a novas leis de proteção aos consumidores. Enfim, eu poderia falar por horas sobre eles, mas vai ficar pra você pesquisar os canais e virar fã também. Desculpe, mas não podemos fazer nada por você a não ser ajudar na escolha de um produto novo. Então você comprou um iPhone de mil dólares ou um iMac Pro de 5 mil dólares e ele não está mais na cobertura do AppleCare? Agora vem a verdade inconveniente porém necessária: os 'técnicos" dos centros autorizados não sabem NADA de reparos. Os treinamentos da Apple consistem em te ensinar a não tomar um choque no ambiente de trabalho, a não atear fogo na loja manuseando baterias e como dizer ao seu cliente que ele não poderá recuperar seus dados e nem seus aparelhos. Não estou brincando, é isso mesmo. Eu estaria em sérios problemas judiciais se mostrasse a vocês o exame de certificação dos técnicos Apple porque existem contratos de confidencialidade, mas é mais ou menos isso mesmo, sem exagero. Querem saber se o técnico é bom em dar notícias ruins. E daí que você derrubou Coca-Cola no teclado do seu MacBook? E daí que quebrou o display do seu Apple Watch? Por que a marca não pode efetuar um reparo, nem que levasse lá seus 30 dias, cobrasse um preço justo e atendesse às expectativas do cliente? Porque não dá dinheiro, e porque os "técnicos" das autorizadas muitas vezes nunca viram um ferro de solda na vida. Seguem o manual e fazem o que a marca ensina e manda. É completamente possível QUALQUER reparo. E de uma maneira mágica ainda te fazem aceitar o fato e a perda, a gastar mais dinheiro e pegar um produto idêntico por um valor alto. "Ahh, mas não fica a mesma coisa depois do reparo, não é seguro também". Bobagem! Aqui é que você precisa tomar seu choque de realidade: não confunda o "curioso" da esquina que troca um display de iPhone por 150 reais com um TÉCNICO, seja ele autorizado ou não. Eu poderia falar de mim, mas vou usar de falsa modéstia e falar sobre diversos colegas de trabalho que fazem um trabalho impecável, como se estivessem fazendo para eles mesmos, utilizando equipamento adequado e de qualidade, com peças de qualidade e sempre se atualizando. Quando seu carro dá problema você joga fora? Leva sempre na concessionária que cobra quase um carro novo? Não, você leva no mecânico, e você tá cansado de ver casos de mecânicos que passam a perna nos clientes, mas isso não quer dizer que não existam bons mecânicos, muito melhores até do que os que recebem treinamento da marca nas concessionárias. Isso é um fato, e se aplica a qualquer ramo da prestação de serviços. "Gosto da Apple porque trocam o aparelho todo em garantia." Curto e breve: trocam por um recondicionado. Você comprou seu iPhone XS Max e deu problema no segundo mês (pode acontecer, normal, sejamos justos) e ficou felizão quando recebeu um "NOVO", rs. Seu XS Max que deu problema no segundo mês será reparado e um dia também será o aparelho "novo" que alguém recebeu em garantia. O ponto positivo da marca é a velocidade com que esse processo ocorre, inegável. iOS cagueta. De uns tempos pra cá o sistema dos iPhones se tornou um baita X9. Agora ele te informa a "saúde da bateria" e os modelos novos informam quando o display foi trocado, seja ele original, recém tirado de outro aparelho idêntico ou paralelo. É só mais coisa pra você cliente aquecer o bolso da Apple. Sabe por que? Se eu quiser trocar apenas o vidro do seu iPhone novinho com a tela trincada (porém funcional), te cobrar uma fortuna e dizer que o display é original Apple, você vai engolir! Afinal o sistema não tem como detectar esse reparo, o serviço fica impecável e você vai sair feliz da vida com 1499 reais a menos no bolso sendo que eu gastei - sério - cerca de 15 reais e uns 20 minutos. E a saúde da bateria?? Fácil. Você troca a bateria por uma de boa qualidade, saúde da bateria volta a 100% porém permanece o aviso de "MANUTENÇÃO". Então o técnico faz uns 10 testes de estresse na bateria nova, a porcentagem cai para 99% e o aviso de manutenção some. Eu não estou dizendo isso para te afastar ainda mais de uma assistência não autorizada. O bom técnico vai te esclarecer como funciona o reparo em uma não autorizada, te cobrar um preço justo e fazer um bom serviço. Só estou te dizendo isso pra que não ache que a Apple tá te livrando dos golpes por aí. Ela quer mesmo é o seu dinheiro na troca da bateria ou te empurrar um aparelho novo. Aliás, esse negócio de "saúde da bateria" é uma bobagem sem tamanho também. Não é raro ver um aparelho com 78% de saúde da bateria com boa autonomia e gerenciamento de carga e um aparelho com 90% de saúde da bateria drenando carga. Esse é um tema muito complexo, mas aqui vai um conselho de amigo: para de ficar esquentando a cabeça com um número que não quer dizer muita coisa e atente-se à duração e boa vida útil e recarga da sua bateria. Você viveu uma década sem essa função e agora parece um bitolado olhando isso toda hora, deixando cair uma lágrima sempre que o número muda. A autorizada é mais confiável. Mais ou menos. Os "AASPs" (Centros de Serviço Autorizados Apple) não são de propriedade da marca. Não passa de uma assistência assim como qualquer outra, porém que decidiu se vender, digo, fazer parceria com a marca para promover a loja. Eles recebem treinamento, acesso a produtos de qualidade, equipamentos, treinamentos, manuais, suporte da marca, e ganham muito pouco por isso. Por isso não é raro ver autorizadas fazendo "cambalacho". Dizendo ao cliente, por exemplo, que quando o display dele quebrou "vazou cristal líquido" dentro do aparelho danificando a placa e impossibilitando o reparo, rs. A solução? Compra um novo! Mas note que, nem sempre uma assistência autorizada é também uma revenda autorizada (no Brasil temos o casos das iPlaces que podem reunir as duas coisas), mas na maioria das vezes é assistência ou revenda. E de onde vem esse aparelho novo que você tá comprando? Da Apple (Centro de Distribuição de Jundiaí/SP, pra ser mais exato) é que não é. Mas eu vou me abster de maiores comentários, porque eu não quero generalizar. Nem todo mundo é sujo, mas tenha ciência de que muitos são. "Tela e batelia oliginal". Mais uma coisa pra falar sem rodeios: se não saiu zero da caixa lacrada, não é peça "original". As autorizadas conseguem sim peças da marca (nem sempre elas trocam, pode ser que encaminhem para outro centro autorizado fazer a substituição), mas não quer dizer que é o que estão te vendendo. A autorizada não ganha quase nada fazendo esse reparo, a marca cobra sua fatia grande do bolo. Por que não usar da fama de autorizada para colocar peças mais baratas por conta própria e cobrar o preço informado no site da Apple? Pra que fique claro, felizmente eu trabalhei em um centro de reparo autorizado muito correto, o proprietário é um homem justo, sem ganância, e sempre prezou pelo bom serviço e atendimento. Mas isso acontece. Eu costumo dizer que existem quatro tipos de peças: - "Original": Produto fabricado pelo fornecedor oficial e atual da Apple. Simples assim. - "Linha AAA fake": É a paralela gourmetizada, o cara diz que é linha A, te cobra preço de linha A mas é peça capeta. - "Linha AAA": essa é a peça que você deve procurar. Muitas vezes é fabricada por empresas parceiras da fornecedora oficial, possuem acesso à "receitinha do bolo" e fazem peças de boa qualidade. Aqui não vai ter um centavo de preço abusivo da marca. Se for abusivo vai ser por parte do técnico, mas é como eu disse, existem "mecânicos e mecânicos". - "Capeta/Paralela": essa é a oliginal que o cara te cobra 150 reais, deixa seu aparelho sem parafuso, tudo montado torto. Péssima qualidade de material e acabamento. Display com cores sem vida, brilho ruim, as vezes impede também o bom funcionamento do sensor de proximidade do aparelho que fica localizado junto à câmera frontal, touch sem precisão e com delay alto. O mesmo serve para as baterias e quaisquer outras peças. Procure um bom técnico e não "precinho", procure indicações, histórico, teste o seu produto após o reparo. Negocie o preço. Peça garantia. Exija sempre uma ordem de serviço assinada ou carimbada descrevendo o modelo e número de IMEI do aparelho e tudo o que foi reparado e/ou substituído. Assistência autorizada só em garantia, poupe seu bolso. As intenções aqui são boas, note que eu não fiz qualquer propaganda sobre assistência, e também saiba que não faço reparos para clientes que não são locais. Eu estou com a mão ardendo. Qualquer coisa que estiver abaixo DESTA linha será atualização/edição após eu ter feito a postagem, talvez algo que eu queria ter dito e esqueci, rs.
    1 ponto
  5. Breno, faz uns dias que não apareço por aqui, mas não poderia voltar e deixar bem explícito minha gratidão por todo o suporte que você me forneceu! Obrigado mesmo, Breno, por ter dedicado parte do seu tempo precioso para me ajudar. O mundo se torna um lugar melhor com pessoas como você. Eu desejo tudo de bom e muita saúde! Eu liguei para o suporte Apple e eles me enviaram para uma assistência técnica autorizada. Meu MacBook estará pronto amanhã! Graças aos seus ensinamentos, eu consegui elogios do técnico "parabéns por sua expertise". E tudo isso foi graças à você! Obrigado de coração. Meu computador está salvo. A manutenção ficou por entorno de 190, uma vez que a garantia não resolve besteira que o usuário faz no sistema.
    1 ponto
  6. Bem interessante.. Esclareceu bem detalhado.. principalmente agora com o lançamento do 13 fizeram esse incetivo de cashback no nomad, estou pensando em colocar dinheiro lá pra ganhar esse cashback... Ahh, e admiro a coragem em gastar 1000 reais em cases e pulseiras kk
    1 ponto
  7. Em alguns casos quando se faz um clean install também é executado um upgrade de firmware. Se for esse o caso a atualização de firmware corrigiu algum bug em um ou mais chips responsáveis pelo gerenciamento de energia.
    1 ponto
  8. Cara, excelente teu depoimento! Compartilhar sua experiência esclareceu algumas dúvidas que eu tinha, e que pesquisando em sites, foi só bla bla bla, e aqui em seus detalhes minuciosos e transparência ficou claro o processo para min. E ainda chegar à conclusão que para a compra de um iPhone por exemplo não vale a pena, quando comparado a vendedores paralelos aos canais oficiais da Apple. obrigado!
    1 ponto
  9. Fala Breno! Pois é amigo, a respeito da bateria foi uma surpresa e boa. Apesar de ter consciência quanto a necessidade da troca dela, aliviou um pouco o 'estado em manutenção''ter saído. Quanto ao Catalina, isso é verdade! O OS ainda esta recebendo atualizações, o próprio safari acabou de me disponibilizar uma nova versão também. Vou deixar esse negocio quieto. Bom saber que apesar de rodar bem o Big Sur ele esquenta a maquina. Alta temperatura é péssimo para quaisquer que sejam. Obrigado, amigo!
    1 ponto
  10. Resolvi, apaguei o SSD através do utilitário de disco e o sistema reconheceu o mesmo e já instalei o El Capitan
    1 ponto
  11. Leonardo Nascimento

    Voltando para a Apple

    Legal, eu penso nisso, estou voltando para a apple, sem contar que meu relógio e celular são mais antigos (s10 + gear Sport) logo iPhone 12 + Apple Watch Se vai ser um baita salto sem gastar tanto. Até pq, pode ser que eu n me adapte (Acho difícil). Tenho um MacBook com M1 já, uso para trabalhar.
    1 ponto
  12. sobre o iPhone 13 fico mas parecido com uma versão do iPhone 12S nao vejo motivo algum pra troca de iPhone pois foi poucas as alterações que a Apple fez no modelo atual iPhone 13. o próprio Apple Watch nao mudou nada puro estética e nada mas ao meu ver a melhor opção custo beneficio hoje e o Watch Se ta atualizado tem as novas funções ou seja e o Bom e Barato
    1 ponto
  13. Boassss Falei que ia curtir !!!
    1 ponto
  14. Bruno Régis Duarte

    Voltando para a Apple

    Boa tarde, O que realmente me chamou atenção do 12 pro 13 (modelos PRO) foi a diferença no foco das câmeras. No restante, acho que não sentirá de fato diferença. Pegaria o 12 por um valor inferior e ano que vem você já pega o 13 num valor bom. Abraço!
    1 ponto
  15. Heitor

    Voltando para a Apple

    Segunda opção (iPhone 12 + Apple Watch), sem dúvidas! Pra mim, as atualizações do iPhone 12S 13, foram muito pequenas. Nem a bateria, que promete ter um ganho considerável, me chamou muito atenção, porque meu iPhone 12 já é bom pra mim. Acho que se juntar o notch ligeiramente menor + câmeras atualizadas + processador novo + bateria maior, ainda não é um argumento bom o suficiente pra recomendar a compra. Sem falar que a experiência de ter um iPhone de 2020 com um Apple Watch novo é muito melhor do que ter apenas um iPhone novo.
    1 ponto
  16. Tinha um pedaço de madeira pinus jogado lá em casa, sobra de uma prateleira, aproveitei e fiz o pal rest com ela, apenas cortei no tamanho ideal do K2, arredondei um pouco a extremidade com uma lima e em seguida passei uma lixa fina, e vida que segue.
    1 ponto
  17. Na hora que a autorizada tentasse me cobrar por procedimento feito em um aparelho coberto pela garantia eu já teria criado provas e teria ido à justiça. Você tem recibo desse pagamento? Ordem de serviço? Só nessa a Apple já abraça um abacaxi. Outra coisa, como pode a solução do fabricante ser a sugestão de um upgrade? Então o aparelho que eles vendem não serve pra nada, a menos que tenha upgrade? Se as coisas realmente são como você está falando, acho difícil que a justiça não te dê razão. Outra coisa que eu sempre digo: iMac novo no Brasil é furada. Lembro de quando trabalhava em uma revenda autorizada, vendo cliente pagar 10k num computador sem tela Retina, com processador i5 1,6ghz dual core e sem SSD... Várias vezes deixei de vender ao invés de iludir a pessoa. Não vale 3k. Insista na justiça. Uma coisa é a máquina não dar conta do recado devido à exigência do profissional, outra coisa é ela simplesmente não funcionar. Boa sorte!
    1 ponto
  18. leomkt

    Como adicionar Keyword em video?

    Pessoal, trabalho com fotografia e tenho um catálogo no Lightroom onde arquivo algumas referencias em foto e em vídeo. As fotos são fáceis de taggear com Keywords e salvar essas keys nos metadados do arquivo. Porém, em caso de videos, só consigo manter a keyword enquanto o video permanece no catálogo. Não é possível salvar nos metadados do arquivo. Há alguma forma de fixar keywords em arquivos de vídeo?
    0 pontos
  19. Heitor

    Voltando para a Apple

    Barato já é demais, né? Menos caro seria o mais adequado.
    0 pontos
Este ranking está baseado em São Paulo/GMT-03:00
×
×
  • Criar Novo...