Ir para conteúdo

Gustavo Jaccottet

Membros
  • Total de itens

    6.441
  • Registrou-se em

  • Última visita

Tudo que Gustavo Jaccottet postou

  1. Primeiro... no momento em que se constata qualquer dano passa a valer um novo prazo de 90 dias. Ainda que a garantia contratual extinga, estás dentro desse prazo de 90 dias. O iPhone 7 é à prova de respingos, logo o teu argumento é sólido. O que tens que fazer é abrir um chamado com o Apple Care e encaminhar o aparelho diretamente para a Apple em Jundiaí. A partir da abertura desse chamado tens mais 90 dias de garantia quando o telefone for reativado.
  2. iPhone 8 e X - Homologação ANATEL e Bandas....

    Hoje em dias não tem mais esse problema. A Apple deixa claro antes de fazer o check-out on Line que a opção pay in full resulta num modelo desbloqueado. Meu iPhone 8 Plus é SIM-Free Unlocked e funciona aqui. Claro que é recomendável levar o SIM-Card daqui para testar, mas eu alerto que muitas pessoas que estão comprando no Paraguai têm me chamado para narrar que o aparelho não funciona com Chip algum. Acredito que sejam produtos oriundos de furto ou roubo, pois devem estar com o IMEI bloqueado, logo fica a dica, olhem na caixa o IMEI e procurem no Google para ver se não está bloqueado. Segue o link: http://www.imei.info Eles não podem te negar a garantia de um produto que faz parte do seu catálogo global. Fica tranquilo.
  3. AppleCare+ para iPhone X no Brasil

    Claro... salvo engano New Hampshire e Vermont também não tem Impostos sobre a venda de bens. Em Setembro fui de Miami até NY de carro... fiz todas as compras "mais caras" em Delaware, que era passagem... economizei muito com a isenção fiscal. Só não consegui comprar os Apple Products por lá, pois Newark, DE, tava fora de rota.
  4. AppleCare+ para iPhone X no Brasil

    Pois é... mas agora fica a dica para os demais... kkkkkk
  5. AppleCare+ para iPhone X no Brasil

    60 dias da data da ativação.
  6. #ExplicaApple

    Dados técnicos, pois eu mencionei alguns itens que tem que estar presente nesse pedido de esclarecimento. Junto disso anexar literatura correspondente. Eu sou advogado, domino pouco, muito pouco e precisamos de mais pessoas aqui no tópico, mas já temos um começo. O #AbusoApple não deu resultado, mas a minha ideia é levar isso ao poder judiciário.
  7. #ExplicaApple

    Pessoal, Em 2012, aqui no Fórum do MM, eu e alguns colegas criamos o movimento #AbusoApple. Naquela época a ideia era colher assinaturas suficientes que endossassem uma carta aberta, endereçada para a Apple, e disponibilizada on Line, a fim de que a política de preços nos iMacs 2012 fosse explicada. Agora quero propor a vocês a criação do movimento #ExplicaApple, que consiste em: 1. Colher assinaturas para endossar uma carta aberta a ser elaborada por quem quiser participar, vou comunicar os participantes originais do movimento para se quiserem virem junto, a fim de que a Apple explique alguns pontos obscuros que estamos diante: a) a questão das baterias; 2) estoque de baterias; 3) se o problema já havia sido detectado, configurando assim a previsibilidade diante da obsolência programada ou um mero caso fortuito que atingiu a milhões de usuários?; 4) justificar a obsolência programada; 5) explicar o porquê do valor cobrado com desconto só pode ser aplicado uma vez, considerando que o mesmo problema pode se repetir; 6) explicitar os procedimentos, em outras palavras, ocorre tão somente a troca da bateria ou algum outro componente, que também integre esse procedimento de obsolência programada forçada. 2. Não depender do PROCON e/ou outros órgãos para os que forem diretamente atingidos tenham elementos para ingressarem com ações em defesa dos seus interesses individuais, eu mesmo tenho dois aparelhos que estão habilitados para troca, mas não há estoque. 3. Reacender a força do Fórum do MM no que diz respeito à participação dos amigos, que foram muito participativos na época do AbusoApple, quando o foco era meramente financeiro, agora não, estamos falando da violação direta e literal dos seguintes artigos do CDC: Art. 12. O fabricante, o produtor, o construtor, nacional ou estrangeiro, e o importador respondem, independentemente da existência de culpa, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos decorrentes de projeto, fabricação, construção, montagem, fórmulas, manipulação, apresentação ou acondicionamento de seus produtos, bem como por informações insuficientes ou inadequadas sobre sua utilização e riscos. § 1° O produto é defeituoso quando não oferece a segurança que dele legitimamente se espera, levando-se em consideração as circunstâncias relevantes, entre as quais: I - sua apresentação; II - o uso e os riscos que razoavelmente dele se esperam; III - a época em que foi colocado em circulação. § 2º O produto não é considerado defeituoso pelo fato de outro de melhor qualidade ter sido colocado no mercado. Da mesma forma existe um bom julgado que pode ser usado como embasamento: Ementa: CONSUMIDOR. AÇÃO INDENIZATÓRIA POR DANOS MATERIAIS E MORAIS. ALEGAÇÃO DE QUE OS APLICATIVOS QUE COSTUMA UTILIZAR TORNARAM-SE INCOMPATÍVEIS COM A VERSÃO DE SEU CELULAR APPLE. NÃO DISPONIBILIZAÇÃO PELA RÉ DE ATUALIZAÇÃO DO SOFTWARE DOS APARELHOS. INEXISTÊNCIA DE VÍCIO DO PRODUTO. INTELIGÊNCIA DO ART.12,§2º, DO CDC. INVIABILIDADE DOS PEDIDOS. A autora recorreu da decisão que julgou improcedentes os pedidos indenizatórios formulados na inicial. Sustenta a autora que possui um aparelho celular IPHONE 3GS, versão 4.2.1, que se tornou obsoleto para rodar os aplicativos que utiliza, em razão da incompatibilidade com a versão. Diz que a fabricante deveria disponibilizar a atualização das versões. Em razão disso, pretende que a ré a indenize no valor de um IPHONE mais atual, no valor de R$ 1.099,00, além dos danos morais pelos transtornos vivenciados. A ré argumenta que o aparelho celular da autora está sendo utilizado há cinco anos e que não se trata de vício do produto. Menciona que os aplicativos foram atualizados pelos que os desenvolveram e que estão a exigir um sistema operacional superior. Inviável o tipo de atualização pretendida pela autora. Poderia ter baixado versão dos aplicativos compatível com seu aparelho. Não praticou ato passível de ser indenizado. O caso em exame não diz com vício do produto, mas com desatualização e incompatibilidade do sistema operacional para determinados aplicativos. O produto não é considerado defeituoso quando outro de melhor qualidade é colocado no mercado, consoante disposto no art.12,§2º, do CDC. Os pleitos da autora não se sustentam, pois seu aparelho não apresenta qualquer defeito, apenas está desatualizado para a utilização da gama de aplicativos disponibilizados. A tecnologia vem avançando rapidamente, de modo que anualmente novos modelos de aparelhos são lançados no mercado, com versões mais avançadas, mais potentes e com mais funcionalidades. Obviamente que os aplicativos também sofrem evolução. Não há respaldo legal para os pleitos da autora. A ré não pode ser punida por colocar no mercado aparelhos com versões mais avançadas e nem pelos alegados transtornos da autora por estar encontrando dificuldade para baixar aplicativos em seu celular. A decisão de improcedência da demanda deve ser mantida, ainda que por fundamentos diversos dos acima. SENTENÇA MANTIDA. RECURSO IMPROVIDO. (Recurso Cível Nº 71005809348, Primeira Turma Recursal Cível, Turmas Recursais, Relator: Mara Lúcia Coccaro Martins Facchini, Julgado em 31/03/2016) 4. Notem que o julgado que citei menciona o Software. Problemas de hardware são ainda mais graves, pois influenciam, no caso da bateria, no desempenho do Software "Master" de um Device, qual seja, o seu OS. Enfim, Convido a darmos início a esse movimento. Att. Gustavo
  8. #ExplicaApple

    Precisamos de mais gente, pessoas da área de TI para dar detalhes técnicos... as assinaturas seriam numa plataforma do Google
  9. Escassez de Apple TV

    Nas lojas físicas têm sobrando.
  10. iPhone X

    Claro, até porque o IMEI é válido. Até alguns modelos chineses, como Xiaomi, VIVO, dentre outros, tendo um IMEI válido não vai ser bloqueado.
  11. AppleCare+ para iPhone X no Brasil

    Eu fui mais prático. Peguei um endereço no Delaware, onde não tem imposto e comprei.
  12. AJUDA: iPhone X - pick up contact

    Sim. Na hora do check-out da compra existe um campo para se preencher os dados de quem vai retirar o aparelho. É solicitado o nome, ID e telefone. A ID pode ser o passaporte ou outro documento válido nos EUA para fins de identificação civil. Não adianta por o número do RG ou CPF daqui do Brasil. Complicado falar com algumas lojas Joe. O ideal é ligar para a Apple e pedir para que a loja seja comunicada. Outro ponto: quando retirei meu MacBook apenas me foi solicitado o QR Code junto da minha assinatura, não pediram a minha ID. Presumiram que eu estando na posse do QR Code eu era o Gustavo.
  13. iPhone X bloqueado Best Buy

    A Best Buy vende desbloqueado para a Operadora X ou Y. Tens que entrar em contato com a Best Buy e pedir o desbloqueio do IMEI ou com a operadora ao qual ele está atrelado, geralmente tem contato por chat, e pedir o desbloqueio via IMEI. A AT&T faz isso de boa, a T-Mobile não sei. Também há pessoas que fazem o desbloqueio de IMEI, mas não sei quem o faça para te indicar, sei que esse serviço existe. Abs. e boa sorte, Gustavo Editado: o serviço de desbloqueio por IMEI é ilegal no Brasil, por isso recomendo que o faça ou com a operadora ao qual o iPhone está vinculado.
  14. [Apple TV 4K] Instabilidade com o tvOS

    Pelo App da Apple TV... como fazia na Apple TV 4, quer dizer, como ainda faço. O App nativo do webOS 3.5 funciona perfeitamente. Por isso a minha dúvida se o problema é software ou hardware.
  15. Prezados, Estou usando a Apple TV 4K desde Outubro e tenho notado uma certa instabilidade no que diz respeito ao tvOS e a sua compatibilidade com a versão do Netflix com suporte DolbyVision e 4K. Minha conexão de Internet está OK, tenho 240mbps (consigo 120/130mbps de velocidade real), da mesma forma que o problema que vou narrar ocorre tanto com a Apple TV conectada ao Cabo quanto recebendo sinal via Wi-Fi. Sempre que estou vendo algum programa em 4K, seja ele filme, série, enfim, a Apple TV começa a apresentar instabilidades, que vão desde a perda de alimentação do sinal Apple TV ---> TV, o que demanda a reconexão do Cabo HDMI 2.0, da mesma forma algumas vezes se faz necessário o reinício forçado, enfim. Minha dúvida é basilar: se trata de um problema de software ou hardware? Se for de software seria do tvOS (alguém mais está notando o mesmo problema que eu?) ou do App do Netflix, pois o problema só acontece quando estou assistindo a um conteúdo 4K. Não fiz o teste de um Filme em 4K pela iTunes Store, mas será a última tratativa antes de enviar a Apple TV para a AT. Grato, Gustavo
  16. Iphone X

    Esse prazo vai cair. Os prazos já estão em 1-2 semanas e já há disponibilidade de pickup, exceto para os modelos T-Mobile. AT&T, Sprint e Verizon estão com os estoques cheios, T-Mobile sempre é o mais demorado. E nem na Best Buy... porque é problema!
  17. iPhone X - impressões no uso diário

    Li o teu post e ainda estou no aguardo do meu iPhone X. Eu no momento estou com iPhone 8 Plus e concordo com a questão do hardware. O processador é extremamente potente para um iOS que tem que atender à demanda dos usuários desde o iPhone SE até o X (considerando os aparelhos ainda vendidos, sem levar em conta os que estão recebendo o iOS 11).
  18. iPhone 8 e X - Homologação ANATEL e Bandas....

    Todos os modelos comprados na modalidade “pay in full” são desbloqueados e todos os modelos comprados nos EUA têm garantia por aqui.
  19. iPhone 7

    E agora, já sabemos 99,99% do iPhone 6S. E o iPhone 7? Será que a Apple vai revolucionar o mercado de uma vez por todas? sigma, pode começar com os rumores!
  20. iPhone 8S/9 e iPhione XS/XI

    Fala galera, Agora que já sabemos design e os recursos dos iPhone 8/8 Plus e do iPhone X, que muitos especulavam, dentre eu, ser chamado de iPhone Edition, já se fala numa futura edição de 6,46", assim teríamos dois iPhone com tela em OLED: iPhone XI: 5,8", talvez Apple A12, 4GB de RAM iPhone XI Plus: 6,46", Apple A12, 4GB de RAM Aposto em finalmente um iPhone com certificação IP68 e uma proporção de tela tal qual agora, 18,5:9, um iPhone mais fino, com curvas mais elegantes. Espero muito do iOS 12, pois a capacidade de processamento do A11 Bionic é espetacular, muito superior ao que se imaginava ou especulava. Abs. a todos, Gustavo
  21. [Telefonia] TIM Beta

    Fala pessoal, Não entendo como funciona o TIM Beta. Se alguém souber me explicar como compro um Chip e quais as vantagens. Vi algo sobre convite. Meu e-mail é [email protected] Abs,
  22. iPhone X - Preço no Brasil

    Olha... segundo os rumores do Chinês aquele da KGI a Apple "apenas" produziu até agora entre 2-4mi de iPhones X, o que não supre nem a demanda da Califórnia. A produção só deve entrar nos eixos em meados de Outubro. A Apple consegue produzir entre 600 e 800mil iPhones por dia. Digamos que ela vá produzir 600 mil iPhones X a partir de hoje até o dia 03, o que são 39 dias... totaliza 23.400.000, somando-se ao montante que já existe dificilmente vai dar conta da demanda dos 15 países em que será disponibilizado no dia 03 de Dezembro. A Apple vai sofrer para ajustar a oferta até as festas de fim de ano. Para se ter ideia, ano passado, com o iPhone 7 Plus, que foi lançado aqui em Novembro, a venda pela internet só o entregava em 22 de Dezembro e no site americano, no mesmo período, a espera por alguns modelos ainda era de 4-5 semanas, logo é bom garantir na pré-venda e se chegar lá e tiver disponível, dentro dos 14 dias, devolve, pede o estorno no cartão e leva outro pagando em espécie, e ainda entrega o iPhone 6 Plus como forma de entrada. O iPhone 8 Plus tem de sobra, a Apple tá produzindo em massa faz um tempo já, suficiente para suprir toda a demanda.
  23. Talvez encontre alguns modelos vendidos na Europa, mas não achei os links. Esse padrão que eu chamo de asiático (telas com diagonal iguais ou superiores a 5” é algo dominante). As dimensões dos aparelhos tendem a cair à medida que a tela infinita se propagar, basta ver que o iPhone X é pouco maior que o iPhone 8, um iPhone SE, com tela de 5”, sem bordas, seria meu sonho de consumo.
  24. iPhone X - Preço no Brasil

    Bom, eu acho que o cenário vai ser de acordo com os rumores. Li no 9to5mac que o Chinês aquele da KGI tem informações de que a Apple produziu, até agora, algo em torno de 2-4mi de unidades de iPhone X. Assim, nem mesmo com a produção acelerada, que seria em torno de 600-800 mil unidades por dia (eu acredito que menos, haja vista a complexidade do iPhone X, estimo em 400 mil unidades/dia), chegaríamos no dia do lançamento com no máximo 20mi unidades para um grande número de Países, inclusive China, Reino Unido, França e Japão, ou seja, a Apple vai ou tirar um coelho da cartola ou não vai conseguir dar conta da demanda até às festas de fim de ano. Um estoque de 2mi de unidades já seria pouco para o mercado brasileiro, em tempos de fim de ano, imaginem para suprir os 15 primeiros países a receber o iPhone X. Vai ter gente dormindo na fila de novo e/ou cambista vendendo iPhone.
  25. iPhone X - Preço no Brasil

    Os importadores devem reduzir os preços quando a Apple divulgar os preços. Um dos importadores mais famosos, que pediu sigilo, falou que pode reduzir em até R$600,00 (ou até mais) os seus preços.
×